Apple Watch lança coleção limitada de pulseiras em comemoração aos Jogos Olímpicos do Brasil 2016.

A Apple desta vez vem com uma novidade olímpica para os amantes do relógio inteligente Apple Watch. Além dos modelos de pulseiras já conhecidos pelos consumidores da marca como o feito de aço inox, couro, nylon e fluorelastômero de diversas cores, a companhia da maçã tem previsão de lançar as novas pulseiras para celebrar os Jogos Olímpicos do Brasil 2016.

Dentro de alguns dias a Apple começará a vender 14 tipos diferentes de pulseiras de nylon para o relógio que terão como tema as cores bandeira de cada país. Pelas cores divulgadas, podemos ver a que país se referem as pulseiras: Brasil, Estados Unidos, Países Baixos, África do Sul, México, Japão, Canadá, Austrália, Alemanha, França, China, Jamaica, Nova Zelândia e Grã-Bretanha.

O que faz um Apple Watch?

O Apple Watch é um relógio inteligente com display force touch (que é um toque com mais pressão) que foi apresentado ao mercado no ano de 2014. Ele possui sensores infravermelhos que medem a frequência cardíaca, além dos aplicativos, GPS, conexão Wi-Fi direta e funciona em contato com o iPhone (não é preciso tirar o celular do bolso para controlar suas funções, o relógio mostra as notificações de mensagem, ligações e permite que você controle a playlist de músicas). É um aparelho moderno, inovador e ideal para quem gosta de praticar atividades físicas, por exemplo, já que ele mostra o resumo de cada atividade. Vale a pena conhecer todos os modelos do relógio inteligente na página da Apple – www.apple.com/br.

Quando o Apple Watch Olimpíadas 2016 estará disponível?

É claro, como se trata de uma edição comemorativa das Olimpíadas 2016 e que estará disponível durante os jogos que se iniciam no dia 5 de agosto e terminam em 21 do mesmo mês, ela só poderá ser encontrada no Brasil. A loja fica no Rio de Janeiro, sede dos Jogos Olímpicos, no Shopping Village Mall, Barra da Tijuca.

Certamente esta edição limitada das pulseiras para Apple Watch será no futuro uma verdadeira joia de coleção para os colecionadores e fanáticos pelos produtos da maçã, em especial do relógio inteligente. As pulseiras serão vendidas pelo valor de US$49,00, o equivalente a R$160,98 considerando o câmbio do dia. Alguns atletas americanos, como o corredor e adversário do jamaicano Usain Bolt Trayvon Brommel, já têm em mãos (ou em pulso) a pulseira com as cores da bandeira americana.

Se você é um dos afortunados que estarão no Rio de Janeiro para assistir aos Jogos Olímpicos e fã da empresa da maçã, é melhor separar um tempo do seu dia para enfrentar a lotação da única loja em que as pulseiras Apple Watch estarão disponíveis.

Por Ana Luiza Suficiel

Pulseiras Rio 2016


Empresa está realizando cursos e preparando profissionais para utilizar o aplicativo Tradutor durante os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro 2016.

Durante os últimos anos, muito se questionou a respeito do legado deixado pelos Jogos Olímpicos desse ano e pela Copa do Mundo de 2014, muito graças aos altos gastos durante o desenvolvimento desses enormes eventos. Se por um lado o legado deixado pelo Estado é bastante questionável, o legado deixado pelo mundo virtual começa a ser bom. Após diversas empresas lançarem seus apps para os dispositivos móveis, ajudando os moradores da cidade e principalmente os turistas a se locomoverem pelo trânsito e pelo transporte público, agora é a vez da Google anunciar suas novidades para as Olimpíadas de Agosto.

Como a cidade maravilhosa deverá receber mais de 500 mil turistas, juntamente de 10 mil atletas de todo o globo terrestre, a Google aproveitou para promover um de seus principais, mas também criticado produto. A empresa está oferecendo cursos para que funcionários como aqueles que trabalharam em quiosques, hotéis, museus, ônibus e vendedores, possam ter o auxílio do Tradutor para se comunicar com os turistas da melhor forma possível.

Diversos funcionários desses setores, inclusive, foram escolhidos pela empresa para fazerem parte de cursos presenciais a respeito do uso do aplicativo e da comunicação com os estrangeiros que chegarão ao Brasil possivelmente já algumas semanas antes dos Jogos.

A empresa também vem trabalhando para ensinar os funcionários a traduzirem textos, como cardápios e placas, com o aplicativo da Google, que possui uma funcionalidade que permite ao usuário realizar a tradução de textos do português para o inglês e vice-versa, de forma instantânea, bastando apenas focar a câmera no texto em questão. A partir de então, uma imagem com a tradução é exibida pelo aplicativo.

A Google, demonstrando que realmente está interessada nessa questão, também vem realizando blitzes em praias para ajudar os moradores do Rio de Janeiro a usarem o Tradutor para se comunicarem com os estrangeiros durante os jogos. Além disso, cursos online por meio de vídeos também vem sendo disponibilizado pela Google.

O aplicativo é gratuito e está disponível para iOS e Android, com diversas ferramentas para a tradução de conteúdos que podem ajudar bastante os usuários, mesmo com os tradicionais erros em diversos momentos, algo que pode acabar gerando algumas pequenas gafes de ambas as partes.





CONTINUE NAVEGANDO: