Novo modelo Galaxy Tab A 2018 da Samsung conta com visual inovador, linhas leves e teve uma pequena mudança nas dimensões.

Os tablets já fizeram muito sucesso, mas depois foram perdendo lugar para os smartphones, só que agora esses aparelhos estão voltando a ser procurados pelo consumidor e é de olho nesse crescente mercado que a Samsung resolveu investir no Galaxy Tab A 2018, considerado hoje um dos melhores modelos. E as novidades começam já pelo lado de fora, pois o Galaxy Tab A 2018 conta com visual inovador, linhas leves e teve uma pequena mudança nas dimensões.

Seguindo a tendência dos smartphones, a Samsung resolveu deixar o Galaxy Tab A 2018 maior na vertical, é só compará-lo com outros modelos para ver que ele é bem mais comprido que os concorrentes.

A tela de 8 polegadas é perfeita para quem gosta de assistir a vídeos em qualquer lugar e esse modelo traz o botão de início para visualizar todos os programas e também ter acesso às configurações do tablet. Outros dois botões estão disponíveis, sendo que um é para retornar, seja a conteúdos ou páginas na internet e o outro é para definir o programa que será utilizado.

Outro recurso usado pela Samsung em seus smartphones e que é encontrado no Galaxy Tab A 2018, são as curvas e elas ficaram no tamanho certo, sem exagero, deixando o visual mais sofisticado. Um botão localizado na lateral do tablet serve para aumentar ou diminuir o áudio e uma vantagem é que tem uma forma de 'travar' o acesso ao aparelho, evitando assim, que curiosos fiquem mexendo em suas coisas. O botão que destrava o tablet também fica localizado na lateral.

O modelo encontra-se disponível apenas nas cores prata e preto, que são as mais procuradas, mas claro que tem aquelas pessoas que gostariam muito de adquirir um modelo deste em outras tonalidades, mas a Samsung deverá manter somente essas duas cores.

Uma das novidades do Galaxy Tab A 2018 é a presença de um filtro para a luz da tela. Muitos usuários reclamam que após um longo período usando o tablet, acabam ficando com as vistas cansadas, mas este modelo tem um recurso que quando ativado, reduz a luz da tela e assim, o uso por longos períodos acaba não sendo tão cansativo para a visão.

Outra novidade que certamente será muito comemorada pelos usuários é que a bateria conta com uma duração maior, podendo chegar a 14 horas de uso direto sem precisar se preocupar em recarregá-la.

O Galaxy Tab A 2018 roda o Android 7.1 e o espaço interno para armazenamento de arquivos, fotos, áudios e vídeos é de 16GB. Quem precisar de mais espaço para armazenamento poderá usar um cartão de memória, podendo chegar a 256GB. A câmera na tela é de 5MP e a traseira é de 8MP, sendo que as duas têm flash e garantem fotos com bons resultados. Quem quiser dar um retoque nas imagens, poderá usar o editor disponibilizado pela Samsung, aplicando diversos filtros e até mesmo fazer montagens.

O Galaxy Tab A 2018 já está há alguns meses no mercado e mostrou que é uma ótima opção para quem precisa de tela maior. É um tablet que roda tranquilamente os aplicativos mais populares, até mesmo os mais pesados. Não é a melhor opção para quem é exigente em relação a fotos e gravação de vídeo, mas para o dia a dia, atende perfeitamente.

O valor também é um diferencial, pois se compara a modelos de outras marcas, que não contam com uma configuração tão robusta. É um tablet fácil de ser transportado por ser bem fino, leve e conta com poder de sobra para atender a maioria dos usuários, oferecendo rapidez, beleza e poder de processamento.

Por Russel

Samsung Galaxy Tab A 2018


Modelo traz diversas novidades e ótima configuração.

Há alguns anos um aparelho eletrônico causou verdadeiro frisson em todo o mundo: os tablets. Com as mesmas características de um computador e unindo também algumas peculiaridades de aparelhos celulares, esse dispositivo foi fabricado em diferentes modelos pelas empresas. E uma das companhias que teve muito sucesso com os tablets que colocou no mercado foi a Samsung. E um dos melhores modelos da marca é o Samsung Galaxy Tab A 2018. Conheça agora um pouco mais sobre a ficha técnica deste apetrecho.

Design do Samsung Galaxy Tab A 2018

A primeira informação importante a respeito deste tablet é que a Samsung resolveu investir em uma nova aparência para este modelo. Pois, anteriormente, a marca apostou em aparelhos mais “largos”, pode-se colocar assim. Já para este modelo, as dimensões foram alteradas. Seguindo a mesma linha dos smartphones da empresa, a Samsung desenvolveu o Galaxy Tab A 2018 com um tamanho maior na vertical, ou seja, mais comprido. Você consegue fazer essa percepção quando se compara este modelo com os aparelhos mais antigos da empresa.

A tela do Galaxy Tab A conta com oito polegadas. Além disso, a tela conta com o já tradicional botão de início que dá acesso a todos os programas e as configurações do aparelho. Além deste recurso, a tela ainda apresenta mais dois botões. Um para voltar a conteúdos e páginas antigas e o outro para escolher qual programa vai ser usado.

As extremidades do objeto contam com as famosas curvas, que a Samsung também vem empregando nos celulares. Para aumentar ou diminuir os áudios emitidos pelo aparelho existe um botão na lateral do tablet. Por fim, para ter acesso aos conteúdos do Galaxy Tab A é necessário destravar o aparelho. Para isso, existe mais um botão também na lateral que serve para realizar essa função. O Galaxy Tab A foi fabricado em cores mais frias: preto e prata.

Novidades que foram inseridas neste tablet

Algumas pessoas que usam dispositivos móveis sentem certo incômodo se ficarem muitas horas olhando para a tela do aparelho. Pois, segundo eles a luz emitida pela tela vai cansando a vista. Uma solução que a Samsung encontrou para ajudar na solução deste problema é a tela azul. Esse recurso é um filtro que pode ser ativado, no qual a luz da tela se torna menos intensa. E pode ser desativado quando o dono do aparelho quiser.

Outra novidade é em relação à bateria. Este modelo conta com uma bateria de maior duração diária. Segundo as informações, agora este tablet pode ficar longe da tomada por até 14 horas seguidas.

Por fim, este aparelho conta com o Android 7.1. Uma das últimas versões deste software. Além disso, o sistema operacional pode ser atualizado quando novas versões estiverem disponíveis.

Sobre a memória deste objeto

O Samsung Galaxy Tab A 2018 tem uma memória de 16 gigabytes. Assim como celulares, a fabricante também disponibilizou o uso de cartão de memória para aumentar o espaço de armazenamento. Dessa forma, com a utilização deste dispositivo o Galaxy Tab A 2018 pode ter uma memória de até 256 gigabytes. Com este número, você não precisa se preocupar com todo o conteúdo, programas e aplicativos instalados no tablet.

Sistema de câmeras

Os tablets também contam com câmera frontal e traseira. A que está posicionada na tela conta com 5 megapixels e a traseira tem 8 megapixels. Ambas as câmeras contam com flash e fazem ótimas fotos. A Samsung inseriu neste aparelho um excelente editor de imagens. Com uso dele, é possível usar filtros, fazer montagens e tantos outros recursos.

Valor do Samsung Galaxy Tab A 2018

O Galaxy Tab A 2018 foi lançado no mês de dezembro de 2017. Com isso, o aparelho já está há um tempo no mercado. A tendência é que seu preço caia cada vez mais. Levando em consideração que a Samsung sempre traz novidades para o seu setor de dispositivos móveis. Atualmente, o Samsung Galaxy Tab A 2018 pode ser encontrado a partir de R$ 1.200.

Por Isabela Castro

Samsung Galaxy Tab A 2018


Até agora não se tem muitas especificações divulgadas sobre os principais lançamentos do ano de 2014. Isso por que as empresas preferem fazer o maior mistério possível até que chegue a temporada de grandes épocas de compras em todo o mundo. Datas comemorativas e feriados são a oportunidade perfeita para amarrotar o mercado com opções de produtos.

Até lá, só resta ir montando um quebra-cabeça com os rumores de novidades das principais marcas competitivas do mercado de tecnologias.

Uma delas, e sem dúvida a que mais tem ganhado destaque e críticas positivas, o Google encontra-se uma maré de felicidade com seu aparelhos e os mais recentes lançamentos.

Um exemplo disso é o smartphone Nexus, que, junto com a fabricante LG, vem desbancando gigantes como a Samsung com o simples diferencial de preço que possui. Além disso, o pequeno phablet vem todo equipado com dispositivos capazes de rodas todos os aplicativos da empresa sem susto e sem contratempos.

Além do smartphone, a “franquia” Nexus, possui também seu tablet, que não deixa nada a desejar aos outros competidores.

Esse furacão de rumores que pode se chamar a internet ainda traz boas novidades sobre o novo tablet da Google, o Nexus 8.

Após o aparelho aparecer no site da empresa e ser removido logo em seguida, sua existência foi comprovada e, agora, informações sobre o seu display surgiram na rede.

O Google Nexus 8 deve ter uma tela de 8,9 polegadas de acordo com alguns sites especializados. Conforme informações desses sites, o tablet pode inspirar outras empresas a lançarem aparelhos com dimensões similares no mercado, por causa do seu preço mais acessível.

Quase não existem informações concretas a respeito das especificações técnicas do Google Nexus 8, mas boatos indicam que o aparelho virá instalado com o sistema operacional Android 4.5 além de contar com um processador quad-core 64 bits Moorefield, da Intel.

O Nexus 8 poderá ser lançado em meados de julho ou agosto, essa é a época padrão geralmente utilizada pelo Google para lançar seus tablets. Outros sites afirmam que o aparelho pode chegar antes, em abril, o que é uma informação bastante contestável, diga-se de passagem, visto estarmos em março e ainda não termos qualquer indício de lançamento.

Por Halifas do Bonfim

Google Nexus 8

Foto: Divulgação


A Asus lançou no último dia 17 de fevereiro no mercado brasileiro o seu mais novo tablet. Batizado de Fonepad 7 o dispositivo traz aos usuários algumas melhorias feitas em relação ao modelo que foi apresentado em 2013. Como atrativo o aparelho conta com uma tela de 7 polegadas e tem capacidade para efetuar ligações telefônicas.

Outro ponto interessante presente no Fonepad 7 é o fato de que o aparelho irá oferece uma experiência quase que pura em relação ao sistema operacional até porque o Android que integra o dispositivo sofreu poucas modificações.

Em termos visuais o modelo lançado pela Asus é um pouco mais fino que o aparelho lançado no ano passado. O dispositivo atual conta com 10,5mm de espessura. A bateria que mantém o aparelho “vivo” também foi modificada tendo seu tamanho reduzido. Isso justifica a redução das dimensões do aparelho como um todo. No lugar dos 4.270 mAh o Fonepad 7 tem 3.950 mAh.

A fabricante de origem taiuanesa de dispositivos eletrônicos também chamou a atenção para o processador que integra o aparelho. É um Dual-Core Z2560, ele tem uma capacidade de processamento superior ao Z2420 que está no modelo que foi colocado para a venda no ano passado.

A câmera embutida no aparelho também apresenta mudanças, para melhor, claro. No modelo atual ela tem um sensor de 5 megapixels na parte traseira. Já na parte frontal o gadget conta com uma câmera de 1,2 megapixels (com capacidade de efetuar videochamadas).

Mesmo com os diversos pontos modificados para melhor, alguns outros ainda deixaram muito a desejar. É o caso da capacidade de armazenamento interno. O modelo lançado no ano passado contava com 16 GB para armazenamento de qualquer tipo de arquivo e aplicativo, o novo modelo só tem 8 GB.

Apesar disso, convém lembrar que pode haver expansão por meio de cartão de microSD. A memória RAM por sua vez não sofreu alterações.

O Asus Fonepad 7 é fabricado em terras nacionais e será vendido por R$ 999. O modelo já vem com o Android 4.2.2 Jelly Bean. O usuário poderá atualizá-lo para a versão 4.3.

Por Denisson Soares

Asus Fonepad 7

Foto: Divulgação


A Samsung inovou com um  estilo de dispositivos de grande porte  em 2011, quando a marca surpreendeu o mercado dos smartphones com o lançamento do Galaxy Note, criando toda uma nova classe de dispositivos que hoje muitas vezes se referem como 'phablets'. 

Phablets, como o nome sugere, são dispositivos que atravessam a fronteira entre a 'ph'one e uma t'ablet'. Os usuários adoraram a ideia do phablet e em apenas três anos, a série phablet  tornou-se o produto mais bem sucedido e rentável da Samsung. Agora, em 2014, a empresa  claramente decidiu que é hora de fazer o mesmo com seus tablets – supersize.

O Samsung Galaxy Tab 12.2 Pro é um dos primeiros deste tipo – um tablet 12,2 polegadas maior do que todos os outros lá fora. É quase tão grande quanto um laptop, e com a palavra "Pro" em seu nome, há uma clara inclinação para negócios e produtividade. Assim a Samsung inova novamente sucedendo com um aparelho considerado grande para a média, mas muito potente. Alguns consideram o  Galaxy Tab 12.2 Pro o início de uma nova era de dispositivos de crossover entre tablets e laptops; seria então o primeiro “tabtop”? 

No papel, a Samsung tem verificado tudo para deixá-lo mais leve e atual. Com um display de 2560 x 1600 pixel extremamente afiado, e um poderoso Exynos 5420 de chip Octa-Core sob o capô, além do mais recente Android 4.4 KitKat adornado com uma nova interface de usuário que a Samsung chama Revista UX. Há também duas versões desse mesmo tablet – uma só Wi-Fi que é mais barato, e uma mais cara com conectividade 4G LTE. A partir daí, temos uma primeira versão do Samsung Galaxy Pro Tab 12.2, e podemos ter uma visão antecipada de como isso tudo vem ao mercado, agregando muita tecnologia e novidade  para seus usuários.

Basta agora ver o que o mercado de smartphones reserva para 2014, principalmente em se tratando de Samsung que teve uma presença tão marcante com lançamentos de dispositivos em 2014.

Por Jaime Pargan

Samsung Galaxy Tab 12.2 Pro

Foto: Divulgação


Há muitos de que ainda mantêm a dúvida entre escolher um smartphone ou um tablet,  embora os menos conhecedores da tecnologia ainda tenham dúvida se precisa de ambos ou apenas um.

Felizmente estamos à disposição para ajudá-lo a tomar essa decisão, quer se trate de adquirir o seu primeiro dispositivo ou talvez atualizar-se com as novas tecnologias disponíveis no mercado.

Há inúmeras coisas a considerar quando se trata de escolher entre um telefone ou um tablet, mas as questões-chave que você precisa perguntar a si mesmo são: como o aparelho vai ser usado e para que, o quanto você pretende gastar e quão importante é o tamanho da tela para sua navegação.

A maior diferença em telefones e tablets é, obviamente, o tamanho da tela. Esta distinção é cada vez mais desconsiderada quando citamos os smartphones supersized que começam a invadir o mercado de tablets de 7 polegadas.

Procurando o melhor dos dois mundos? Então você pode querer verificar os novos modelos de  6,44 polegadas, como o  Sony Xperia Z Ultra ou o Nokia Lumia 1520 de 6 polegadas,há até mesmo o Asus FonePad de 7 polegadas.

Os telefones são os melhores dispositivos de mensagens, por isso, se você realiza envio de uma grande quantidade de textos,  ou precisa verificar constantemente seu e-mail ou passar horas em serviços de mensagens instantâneas, você pode ter mais sucesso na escolha de um smartphone. Os Tablets são capazes de gerenciar e-mails, bem como executar alguns serviços de mensagens instantâneas, mas os telefones no geral oferecem melhor desempenho para estas atividades.

Para os que amam tirar fotos, muito provavelmente seu novo dispositivo móvel também seja os smartphones, pois comportam câmeras melhores do que os tablets, sendo também muito mais fácil de transportar.

Tablets moram em sua fantasia? Bem, há certamente uma abundância de opções disponíveis hoje em dia, como também preços acessíveis e diversidade de tamanho para os tablets.

Por Jaime Pargan

tablet ou smartphone

Foto: Divulgação


Nokia Lumia 1520A Nokia deve apresentar mais cinco novos aparelhos nas próximas semanas em um evento da marca que ocorrerá no próximo dia 22. Até o momento, sabemos que será apresentado o lançamento que já foi divulgado há uns dias: o Lumia 1520. Ainda assim, há indícios de que a companhia tenha novos produtos que vão além do smartphone.

Para quem não sabe, a Microsoft comprou a Nokia e isso pode trazer várias mudanças. As notícias que estão correndo são de que a marca pode até trazer uma versão ainda mais nova do Lumia, junto com o próprio lançamento da geração. Mas a especulação não para por aí. Os comentários são de que este Lumia pode vir como um tablet.

O que sabemos, é que em abril deste ano a marca afirmou que lançaria quatro novos dispositivos da geração Lumia no ano de 2013. Dois deles já estão no mercado.

Quem divulgou as informações foi o site The Verge, e elas parecem ser bastante verossímeis, pois o veículo disse ter uma fonte com grande conhecimento sobre o planejamento da empresa. O site ainda afirmou que a Nokia pode apresentar algo muito especial, além dos possíveis lançamentos.

Aos entusiastas da tecnologia vale agora aguardar até que as novidades cheguem ao mercado.

Por Jaime Pargan


LG G PadA LG está buscando novas alternativas para competir nos diferentes segmentos de eletrônicos, sobretudo os tablets.

A empresa sul-coreana anunciou o lançamento do G Pad, um modelo de tablet que apresenta uma tela full HD de 8,3 polegadas. O G Pad tem a complicada missão de brigar pelo mercado do iPad e para isso aposta no peso de 338 gramas, enquanto o modelo da Apple apresenta 662 gramas.

O G Pad traz boas configurações para a disputa com as demais concorrentes. Ele possui um processador Quad-Core Snapdragon de 1,7 GHz, 16 GB de espaço para armazenamento (expansível com cartão de memória) e 2GB de RAM. O modelo vem equipado com duas câmeras. Uma traseira de 5 megapixels de resolução, e uma frontal de 1.3 MP.  Para dar conta do recado, o G Pad virá equipado com uma bateria de 4.600 mAh.

O diferencial do G Pad fica por conta dos aplicativos e o programa QPair, que permite que o usuário veja as chamadas e mensagens recebidas por um smartphone no tablet. Assim é possível responder utilizando o próprio aparelho, sem a necessidade de usar o celular. O sistema operacional do tablet será o Android 4.2.2 (Jelly Bean)

Ainda não há data para a chegada nas lojas, contudo o modelo será apresentado na IFA 2013 nas cores branca e preta.

Por Robson Quirino de Moraes


Aparelhos da Alcatel no BrasilNa última quarta-feira, dia 11 de julho, a Alcatel divulgou algumas novidades para o mercado brasileiro. De acordo com o anúncio, quatro novidades chegarão ao Brasil: três celulares inteligentes e um tablet.

Além do anúncio dos quatro novos gadgets, a Alcatel informou que todos serão fabricados diretamente no Brasil, devido à isenção fiscal proveniente da Lei do Bem. Com isso, os preços dos dispositivos caem bastante, deixando-os mais atrativos aos consumidores. A produção acontecerá de forma terceirizada, porém a Alcatel afirmou que pretende abrir uma fábrica própria no território brasileiro.

Os quatro smartphones anunciados são o Idol (top de linha), o Mpop (modelo intermediário) e o Pixo (gadget de entrada), além do tablet Evo Touch 7.

O Evo Touch 7 é um tablet exclusivo da operadora de telefonia TIM e vem com memória RAM de 1 GB, Wi-Fi e 3G, resolução de 1024 x 600 pixels em um display de 7 polegadas, 1 GHz de processamento, capacidade de armazenamento interno de 4 GB e conectividade com Bluetooth.

O Idol conta com display de 4.7 polegadas, câmera traseira com 8 MP, processador com dois núcleos, 960 x 540 pixels de resolução, capacidade de armazenamento interno de 16 GB, 9,7 milímetros de espessura e capacidade para dois chips.

Já o Mpop possui câmera traseira com 5 MP, display com 4 polegadas e 800 x 480 pixels de resolução. E o Pixo tem capacidade de armazenamento interno de 512 MB, câmera traseira de 2 MP e 1 GHz de processamento.

O preço do Idol será R$ 999, do Mpop será R$ 569 e do Pixo será R$ 399. O Evo Touch 7 ainda não teve seu preço divulgado, pois dependerá da TIM. Todos os gadgets têm sistema operacional Android.

Por Guilherme Marcon


Destaque em 2012 graças ao seu hardware de alta performance, o PadFone ainda não está à venda no mercado brasileiro.

O smartphone capaz de se transformar em um tablet, recebeu um modelo novo apresentado durante a MWC 2013. O aparelho, batizado de PadFone Infinity, conta com tela Full HD, conexão 4G e um novo processador.

O novo Asus PadFone foi revelado no último dia 26 e chamou bastante atenção durante o evento de tecnologia mais famoso do mundo.

O aparelho vem com Android 4.2, processador Snapdragon 600 quad-core de 1,7 GHz, memória RAM de 2 GB, câmera de 13 megapixels e bateria de 2.400 mAh.

Além das especificações técnicas super atraentes, o design do PadFone Infinity também chama atenção, com corpo em alumínio aeronáutico bem desenvolvido e 8 mm de espessura.

Mas sem dúvida o que mais se destaca nesse aparelho é a sua capacidade de expansão em forma de tablet através de um dock, que na nova versão recebeu melhorias e ganhou uma tela IPS de 10 polegadas.
Claro que tudo isso estaria justificado no preço do aparelho, que tem o valor inicial de 999 euros, aproximadamente R$ 2,5 mil.

O smartphone contará com versões de 32 GB e 64 GB, mas até o momento a fabricante não informou quando ele chegará às lojas.

Por Felipe Santos Bonfim


Fonte: Gadgets.com

 

A Samsung apresentou recentemente o seu mais novo lançamento no mundo dos eletrônicos: o Mobile Beam Projector.

Este aparelho consiste em um projetos de imagens portátil que pode ser usado em dispositivos móveis como tablets, computadores e smartphones.

O Móbile Beam Projector possui um design luxuoso, resolução da imagem projetada de 640 x 360 nHD, bateria de 1650 mAh e exige para ser usado saída do tipo MHL/HDMI.

Deste modo, esta novidade é ideal para a apresentação de slides dispensando a necessidade de ter um data show e notebook.

O Móbile Beam Projector já foi lançado na Coréia do Sul com preço de US$ 221,00 e deve chegar em pouco tempo a outros países do mundo.

Fonte: Sam Mobile

Por Ana Camila Neves Morais


A empresa de informática – Mícron – divulgou durante este mês de dezembro que irá trazer mais uma inovação para o ramo de eletrônicos.

A novidade do momento será um novo tipo de memória RAM que a empresa irá desenvolver em parceria com a AgigA Tech.

Esta nova memória terá a capacidade de guardar dados por períodos maiores de tempo sem a necessidade de o aparelho estar ligado.

A melhoria proposta pode ser feita a partir do uso de módulos de memória do tipo flash com os pentes sendo equipados com multicapacitadores que possibilitaria o fornecimento de energia pelo dispositivo, pois este componente libera energia em quantidade maior do que recebe.

Apesar da idéia inovadora, para a sua efetiva implantação será necessária, também, a mudança dos sistemas operacionais que não conseguiriam – na atualidade – reconhecer estes novos pentes.

A Mícron não divulgou quando esta nova memória Ram estará disponível no mercado e nem os seus preços comerciais.

Por Ana Camila Neves Morais


Um dos grandes problemas da tecnologia na atualidade está no uso exagerado por crianças e adolescentes impedindo as mesmas de realizarem atividades importantes como estudos, brincadeiras e outros.

Para tentar frear esta situação, o governo da Coréia do Sul anunciou nesta última semana que irá iniciar no próximo ano um programa de evita o vício de crianças em eletrônicos e no uso da internet.

Esta orientação será oferecida nas escolas de todo o país para da pré-escola até o ensino colegial.

Toda esta preocupação do governo coreano se justifica já que cerca de 2 milhões de pessoas no país fazem tratamentos médicos por não conseguirem ficar fora da rede de computadores além de 2,55 milhões de pessoas que usam smartphones por mais de 08 horas diárias atrapalhando todos os aspectos da vida como interações sociais, trabalho, lazer e outros.

Esta situação não melhora muito quando as crianças são analisadas já que os bebês na Coréia do Sul assistem a desenhos em tablets e usam smartphones como brinquedos gerando uma verdadeira compulsão.

De acordo com a Agência Nacional da Sociedade da Informação cerca de 160 mil crianças no país com idade entre 5 e 9 anos são dependentes da internet deixando até de fazer ações básicas como se alimentarem e irem ao banheiro.

Para tentar contornar esta situação, o programa do governo da Coréia do Sul irá apresentar para crianças com 03 anos as atividades interessantes existentes na internet. Para quem possui entre 04 e 05 anos serão iniciadas informações sobre o perigo de se usar de modo excessivo a grande rede além das formas de controlar este desejo compulsivo pelo uso de eletrônicos conectados.

Para reforçar estas atividades, as escolas coreanas irão aumentar as atividades e brincadeiras feitas sem o uso da internet.

Por Ana Camila Neves Morais


A Apple continua incansável na oferta de produtos com qualidade para seus usuários e anunciou que irá criar o iPad Mini com tela de retina.

Esta informação vem atender à principal reclamação dos proprietários deste pequeno tablet que está relacionada com a resolução de sua tela.

Com isso, o novo iPad Mini terá uma tela com resolução de 2058 x 1536 e uma densidade de 326 pixels por polegada.

Fonte: Tecnologia.uol.com.br

 

Além da nova tela, a próxima versão do iPad Mini terá apenas uma barra de LEd para tornar o dispositivo mais leve além de outras melhorias tecnológicas em seus aplicativos e funções.

No entanto, todas estas melhorias estarão disponíveis apenas a partir do terceiro trimestre de 2013 para comércio no mercado mundial.

Por Ana Camila Neves Morais


Imagine conseguir conectar diferentes equipamentos digitais, como uma câmera ao seu celular e tablet, e assim conseguir utilizar a potencia da lente da sua câmera para fazer imagens que serão processadas, armazenadas e enviadas para redes sociais pelo smartphone? Pois o aplicativo Eye-Fi foi feito pensando nesta possibilidade.

Na verdade a funcionalidade dele é um grande cartão de memória que possui um transmissor Wi-Fi integrado.

A empresa está presente no mercado já há algum tempo, sempre pensando no desenvolvimento de soluções em termos de conectividade, e recentemente aproveitou um grande evento para lançar um aplicativo especialmente feito para conectar uma câmera a outro dispositivo móvel, como tablet ou smartphone.

A utilização é bastante simples, basta que os usuários conectem o cartão de memória na câmera e depois deixar que o dispositivo se comunique com outros equipamentos para mandar os arquivos para o celular ou para o tablet, de acordo com a preferência do usuário.

A solução é ideal para aquelas pessoas que querem tirar fotos de qualidade e enviar por e-mail, mensagem ou postar nas redes sociais de forma rápida.


Mais uma novidade ligada ao mundo da tecnologia acabou juntando os celulares, os tablets e a saúde com um único objetivo. Esses dois dispositivos técnicos, do mundo das comunicações vão dar a sua contribuição ao campo da saúde ajudando a fazer o diagnóstico do câncer.

Os cientistas que fazem parte do Instituto Avançado de Ciência e Tecnologia da Coreia do Sul informam que o touchscreen de alguns aparelhos irá ajudar as pessoas que sofrem de câncer a fazer os seus diagnósticos sem passarem meses à espera de exames médicos que concluam esse mesmo diagnóstico.

Este diagnóstico só é possível porque os ecrãs dos celulares e dos tablets vão permitir a detecção de material biomolecular. As telas vão funcionar pela verificação de sinais elétricos através do toque com os dedos. Os cientistas confirmam que os ecrãs vão ter a capacidade de fazer o reconhecimento 100% fiel das moléculas de DNA, assim como das proteínas que vão fazer a determinação da existência ou não de câncer nos pacientes.


Situado entre o que pode ser designado de smartphone ou de tablet, o novo Samsung Galaxy Note foi apresentado recentemente numa feira em Berlim.

Apesar da excelente qualidade do ecrã e a da grande velocidade deste aparelho, existem ainda alguns aspectos que poderão deixá-lo decepcionado.

O Samgung Galaxy Note possui um ecrã tátil “Super Amoled” com alta definição. A sua diagonal é de 5,3 polegadas, com uma resolução de 1280 x 800 pixels, ou seja, a mesma resolução que costuma ser encontrada nos ecrãs com mais do dobro da diagonal. Ainda assim, o Samsung Galaxy Note pesa apenas cerca de 180 gramas e é bastante fácil de ser segurado na palma da mão, pois tem menos de 1 cm de espessura.

O sistema operacional que integra este smartphone é o Android 2.3 Gingerbread. O processador é um Dual Core de 1,4 GHz, o que faz com que o aparelho seja um dos smartphones mais rápidos do mercado. Mas a grande novidade do Note é a SPen, que serve para inserir notas no ecrã, usando a nova aplicação SMemo. Assim, você poderá retirar marcações como se estivesse usando um bloco de notas em papel.

O que acaba prejudicando a avaliação do Galaxy Note é o seu sistema de reconhecimento de escrita, que é ainda muito lento e precisará ser melhorado.


Já estão disponíveis para smartphones e tablets aplicativos que permitem acessar o nosso computador pessoal, de forma remota, em qualquer momento e a partir de qualquer lugar. Com a simples instalação de um programa torna-se possível visualizar, no smartphone ou no tablet, todos os conteúdos que estejam arquivados no computador, incluindo a informação que esteja guardada no desktop.

As acessibilidades tornam-se ilimitadas, uma vez que estes aplicativos permitem, para além da consulta da informação, efetuar downloads da informação armazenada nos computadores a que se acesse remotamente, bem como fazer uso de todos os programas que ali estejam instalados.

O acesso remoto, por via do smartphone ou do tablet, pode ser feito não apenas para o nosso computador pessoal, mas também para o do trabalho, por hipótese, ou para qualquer outro do nosso círculo de familiares e amigos, desde que não se trate de computadores protegidos ou inseridos em redes fechadas.

Deste modo, deixa de ser necessário você andar com o cabo de transmissão de dados de um lado para o outro, pois com esta aplicação os seus problemas estão resolvidos.


Até agora, o Galaxy Nexus pode até ser o único dispositivo a rodar o sistema operacional Android 4.0 (também chamado de Ice Cream Sandwich), mas vários smartphones e tablets irão participar dessa festa em um futuro próximo.

Ficou ainda mais óbvio para todos quando a Samsung postou em sua página do Facebook uma lista dos dispositivos “GALAXY” que estão definitivamente prontos para serem atualizados para a maior e mais recente versão do Android.

O Samsung Note e o Galaxy S II serão os primeiros a serem atualizados durante o primeiro trimestre de 2012.

Em seguida serão atualizados os seguintes dispositivos: Samsung Galaxy S II LTE, Galaxy R, Galaxy Tab 10.1, Galaxy Tab 8.9, Galaxy Tab 7.7 e o Galaxy Tab 7.0 Plus.

No entanto, isso não significa que somente a Samsung possa desfrutar do Ice Cream Sandwich. Muito pelo contrário, empresas como HTC, Motorola e Sony Ericsson também estão buscando formas de atualizar seus aparelhos.

O site Phone Arena revelou uma lista completa com o nome dos dispositivos a serem atualizados e a previsão para que isso aconteça.

Por Junior Beluzzo


Em um evento realizado no dia 09 de fevereiro em San Francisco, Estados Unidos, a HP exibiu os seu novos produtos, o tablet TouchPad e os smartphones HP Veer e o Pre3, além do webOS, sistema operacional desenvolvido pela HP.

O HP Veer tem como foco angariar clientes corporativos, sendo suas configurações as seguintes: capacidade de 8GB ou 16GB, acesso à rede HSPA e Wi-Fi, além de outras funcionalidades.

O telefone modelo Pre3 apresenta tela de 3,6 polegadas touchscreen e vem com câmera de 5 megapixels e Bluetooth.

O novo tablet TouchPad utiliza o sistema operacional webOS e possui 13mm de espessura, display de 9.7 polegadas e vem disponível com capacidades de 16GB ou 32GB. Possui recursos que visam atingir uma quantidade maior de público, visto que a Apple em breve também lançará o seu novo tablet, o iPad 2.

Por Andrea Gomes

Fonte: Info


O dia está chegando. O tablet da Apple estará circulando por aí e todos poderão respirar aliviados e abrir as janelas. Será  o fim da prisão imposta pela empresa americana.

Do que estou falando? A Apple está mantendo pessoas presas?

É, mais ou menos. É que há poucos dias do lançamento oficial do iPad, desenvolvedores correm para terminar de escrever seus aplicativos para o aparelho. O problema é que a maioria nunca botou as mãos num de verdade, e precisa trabalhar com emuladores.

Enquanto isso, uma minoria de privilegiados trabalha trancado em escritórios sem janelas. Esses fazem parte de um grupo seleto que foi agraciado pela Apple para testar seus programas num iPad de verdade. Mas por causa de todo o mistério em torno dele, tais escolhidos precisam trabalhar em ambientes fechados para que ninguém veja o aparelho.

Ou seja, são praticamente cativos da Apple. E o que é pior: elas adoram isso.

Por Maximiliano da Rosa





CONTINUE NAVEGANDO: