Como Rastrear Celular com Google Find My Device

Saiba aqui como rastrear o seu celular através do Google Find My Device.

A perda ou roubo de um celular é causa de enorme prejuízo a seu proprietário, principalmente quando considerada a evolução tecnológica apresentada pelos mais diferentes modelos de smartphones, além de seus valores financeiros. Devido a esta necessidade, surgiu no mercado o Google Find My Device, em português, Encontre Meu Dispositivo. O principal objetivo desta ferramenta é permitir aos usuários de smartphones Android rastrear seu dispositivo móvel.

A ferramenta criada pelo Google permite o acionamento de um alarme sonoro à determinada distância, bloqueio do aparelho e envio de mensagem como tentativa de comunicação com a pessoa que possivelmente tenha encontrado o dispositivo. Em situações mais críticas é possível realizar o reset completo do smartphone, desta forma apagando os dados pessoais presentes no aparelho.

Como rastrear seu aparelho celular utilizando os recursos do Google Find My Device

O primeiro passo para rastrear seu smartphone é acessar o site do Google Find My Device e realizar o login utilizando sua conta do Google. É necessário levar em consideração que esta operação só será bem sucedida ao utilizar a mesma conta ativa no aparelho perdido. Após realizar o login o usuário será redirecionado para o site autenticado com as informações do aparelho perdido e também os recursos disponíveis na ferramenta.

Para prosseguir com o processo de rastreio do smartphone dê zoom no mapa localizado em cima do ícone do dispositivo. Em seguida, o usuário pode utilizar o recurso Play Sound. Esta opção fará com que o smartphone emita um alarme sonoro pelo período de cinco minutos, cabendo ao proprietário do celular manter a emissão do alarme durante o tempo estipulado ou interrompendo o processo através da opção Stop Ringing.

Leia também:  Parceria por patentes da Samsung e Nokia foi renovada

Outra opção que pode ser selecionada pelo usuário é a Secure Device, através da qual é possível bloquear o aparelho. Esta função permitirá ao proprietário do smartphone redigir um mensagem na opção Recovery Message, além da adição de um número de telefone para contato na opção Phone Number. Estas mensagens, que são opcionais, serão exibidas na tela de bloqueio do dispositivo. Como último passo do processo de rastreio do dispositivo, o proprietário terá a opção de apagar todas as informações presentes no smartphone. Para tal, deverá clicar na opção Erase Device e confirmar a ação.

Em situações de furto ou roubo, é dever do proprietário do smartphone entrar em contato com a operadora de telefonia responsável pelo dispositivo para providenciar o bloqueio do IMEI, desta forma impedindo que qualquer outra pessoa possa habilitar uma nova linha móvel no telefone.

O IMEI é uma sequência numérica, única, que identifica cada dispositivo móvel existente no planeta. Em português a sigla International Mobile Equipment Identity significa Identificação Internacional de Equipamento Móvel e funciona como uma espécie de impressão digital de cada aparelho.

O IMEI é composto por uma sequência numérica dividida em quatro grupos. Cabe também dizer que os dispositivos dual sim (capacidade para dois chips) apresentam dois números de IMEI.

O IMEI pode ser localizado no aparelho e na caixa fornecida pelo fabricante. Em casos de roubo ou furto o proprietário também poderá encontrar esta informação, em caso de dispositivo com sistema operacional Android, através do painel de sua conta Google. Aqui também é importante salientar que a conta Google deve ser a mesma ativa no smartphone. O próprio Google Find My Device armazena o número do IMEI do dispositivo móvel, localizado no ícone de informações.

Leia também:  iOS - Versões antigas serão compatíveis com novos apps da Apple

Como se pode observar, o processo de localização de um dispositivo móvel perdido ou roubado pode ser facilitado quando utilizado os recursos disponibilizados pelo Google através do Google Find My Device. Mas mesmo assim é recomendada toda atenção e cuidado com seu dispositivo móvel como forma de evitar possíveis dores de cabeça em função de qualquer descuido que culmina com a perda do aparelho.

Luis Fernando Bernardo

Outros Conteúdos Interessantes

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *