Confira o que o aplicativo promete para as próximas atualizações e o que já foi atualizado.

O mundo no qual vivemos hoje é mais que tecnológico! Totalmente conectado e mais do que tudo instantâneo, tudo que consumimos vive em constante atualização: com o Whatsapp não é diferente. Esse app caiu nas graças do público e é hoje o ficheiro de mensagens mais usado no Brasil.

O famoso "zap" procura estar sempre se atualizando, trazendo novas funcionalidades e também mudando o visual, para não ficar para trás em relação aos concorrentes. O último novo recurso implantado foi a possibilidade de apagar mensagens enviadas. A atualização vinha sendo testada e agora já se popularizou.

Um dos pontos nos quais o Whatsapp perdia para os concorrentes, era a questão da chamada em grupo. Em aplicativos como o Skype, por exemplo, é possível gerenciar salas de reunião, já que o recurso permite que vários usuários interajam simultaneamente na mesma conversa.

As próximas novidades do Wpp prometem aniquilar esse problema, trazendo configurações acerca da chamada em grupo, bem como novos emojis, trazendo imagens mais modernas.

O Whatsapp sempre se preocupa em manter as animações de acordo com o andamento do mundo, adicionando o que falta: já contamos com personagens sem gênero definido, por exemplo, bem como escolha da cor do emoji (você pode usar a pele negra), entre outros itens de representatividade como grávidas, casais homoafetivos, pessoas de idade etc. Outra função que estava sendo testada, foi incorporada e agora promete ser otimizada é acerca da localização: você pode ativá-la e seu contato vai saber onde você está em tempo real, mesmo se você estiver em trânsito. Essa solução é excelente para quem viaja ou apenas quer se certificar de fazer um trajeto em segurança, mandando informações em tempo real de sua locomoção. Existe o modo de envio rápido e também o mais prolongado, onde o contato selecionado para receber sua localização pode acompanhar seu trajeto ao vivo.

Contas verificadastambém prometem pintar pelo app, por isso o emoji de "check" foi até proibido (a fim de não confundir os usuários). O futuro do utilitário também promete melhorias na câmera acoplada ao aplicativo. Para os felizardos que utilizam a versão Oreo (mais atual) do Android, o Wpp pretende permitir que a chamada de vídeo seja arrastada para apenas uma parte da tela, liberando a mesma para o uso de outras funcionalidades. Só usará esse recurso quem possuir tecnologia compatível.

Além de uma caixa inteligente de formatação, a forma de enviar áudios também será revolucionada: não será mais necessário segurar o botão para continuar gravando. Você poderá acionar a gravação e seguir falando de mãos livres, até que queira interromper o áudio e enviá-lo. As formas de deletar e cancelar áudios continua a mesma (arrastando para a esquerda). Para mudança de número, há também mais uma novidade: quando você for nas configurações para acionar a opção de mudança, haverá a possibilidade de notificar seus contatos. Assim, você não precisará informar um por um de sua mudança. Você aciona a opção de notificação de mudança de número e pronto, todo o trabalho está feito.

O compartilhamento de arquivos também vem sendo otimizado, afinal, antes podíamos mandar apenas fotos e multimídia "comum", sendo que agora é possível enviar pdfs e docs. A expectativa é que possamos enviar qualquer arquivo usando o Whatsapp.

E você, já atualizou o seu aplicativo? Sempre mantenha seu dispositivo em dia para não perder nenhuma novidade! Fique de olho na sua Play ou Apple Store!

Compartilhe conosco o que você gostaria que tivesse no Whatsapp e quais funções são as mais usadas por você, comentando esse post!

Por Carolina B.

Whatsapp


Consumo da bateria pode chegar a 20% em celulares Android e 15% em aparelhos da Apple.

Não há dúvidas de que o Facebook se tornou quase indispensável na vida da maioria das pessoas. Afinal, a partir dele é possível checar quase tudo, desde o aniversário de um amigo até as últimas notícias do Brasil e do mundo.

Sendo assim, muita gente também usa o aplicativo da rede social no celular, devido a sua praticidade e notificações. Porém, saiba que isso pode estar consumindo uma parte considerável da bateria do seu aparelho Android.

Descubra a seguir como isso acontece e como acessar o Facebook sem usar o aplicativo.

Consumo de bateria no Android e IOS

Após alguns testes realizados pela equipe do site de Tecnologia Tech World Zone, constatou-se que o aplicativo do Facebook pode reduzir a autonomia da bateria em até 20%, só pelo fato de estar instalado em um smartphone com sistema Android, ou seja, sem ser utilizado. Isso acontece porque esse app opera enviando informações a todo o momento.

Em outro teste realizado pelo repórter Samuel Gibbs (The Guardian), esse mesmo aplicativo seria capaz de reduzir até 15% da bateria do iPhone 6S Plus. Já em outros aparelhos da Apple, haveria uma pequena variação dessa porcentagem.

Como acessar o Facebook sem usar o aplicativo

Uma alternativa para substituir o app do Facebook seria acessar a rede social através de um navegador, como o Chrome ou Safari. Dessa maneira, seria possível poupar boa parte da bateria, sem ter que recorrer tanto ao carregador.

Dicas para poupar a bateria do seu celular

Para economizar a bateria do seu smartphone, é interessante seguir estas 7 dicas:

  1. Altere o brilho automático da tela do aparelho, de forma a ajustá-lo conforme suas necessidades.
  2. Utilize um papel de parede preto ou bem escuro, pois assim será utilizada menos energia para iluminar a tela. Há diversas opções desse tipo no Pinterest.
  3. Desligue o GPS quando ele não estiver em uso.
  4. Feche apps em segundo plano.
  5. Desative aplicativos que não estão em uso.
  6. Atualize os aplicativos sempre quando for necessário, porque isso é feito justamente visando à melhoria do seu desempenho e consumo de bateria.
  7. Desligue a opção vibrar, a não ser que seja muito necessário para você.

Agora ficará bem mais fácil economizar a bateria do seu celular e tê-lo sempre à mão quando de fato você precisar!

Você usa o aplicativo do Facebook? Deixaria de utilizá-lo para economizar bateria?

Camilla Silva.


Empresa está realizando cursos e preparando profissionais para utilizar o aplicativo Tradutor durante os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro 2016.

Durante os últimos anos, muito se questionou a respeito do legado deixado pelos Jogos Olímpicos desse ano e pela Copa do Mundo de 2014, muito graças aos altos gastos durante o desenvolvimento desses enormes eventos. Se por um lado o legado deixado pelo Estado é bastante questionável, o legado deixado pelo mundo virtual começa a ser bom. Após diversas empresas lançarem seus apps para os dispositivos móveis, ajudando os moradores da cidade e principalmente os turistas a se locomoverem pelo trânsito e pelo transporte público, agora é a vez da Google anunciar suas novidades para as Olimpíadas de Agosto.

Como a cidade maravilhosa deverá receber mais de 500 mil turistas, juntamente de 10 mil atletas de todo o globo terrestre, a Google aproveitou para promover um de seus principais, mas também criticado produto. A empresa está oferecendo cursos para que funcionários como aqueles que trabalharam em quiosques, hotéis, museus, ônibus e vendedores, possam ter o auxílio do Tradutor para se comunicar com os turistas da melhor forma possível.

Diversos funcionários desses setores, inclusive, foram escolhidos pela empresa para fazerem parte de cursos presenciais a respeito do uso do aplicativo e da comunicação com os estrangeiros que chegarão ao Brasil possivelmente já algumas semanas antes dos Jogos.

A empresa também vem trabalhando para ensinar os funcionários a traduzirem textos, como cardápios e placas, com o aplicativo da Google, que possui uma funcionalidade que permite ao usuário realizar a tradução de textos do português para o inglês e vice-versa, de forma instantânea, bastando apenas focar a câmera no texto em questão. A partir de então, uma imagem com a tradução é exibida pelo aplicativo.

A Google, demonstrando que realmente está interessada nessa questão, também vem realizando blitzes em praias para ajudar os moradores do Rio de Janeiro a usarem o Tradutor para se comunicarem com os estrangeiros durante os jogos. Além disso, cursos online por meio de vídeos também vem sendo disponibilizado pela Google.

O aplicativo é gratuito e está disponível para iOS e Android, com diversas ferramentas para a tradução de conteúdos que podem ajudar bastante os usuários, mesmo com os tradicionais erros em diversos momentos, algo que pode acabar gerando algumas pequenas gafes de ambas as partes.


App é parecido com o Popcorn Time e deve chegar em breve para iOS.

Os aplicativos que visam facilitar a vida dos usuários, como os de streaming de vídeos, são cada vez mais comuns. O Netflix é um grande exemplo de aplicativo/serviço que surgiu há poucos anos atrás e hoje é simplesmente um dos serviços móveis mais utilizados do mundo. O Looke, seu ''irmão'' brasileiro, também vem ganhando seu espaço. Porém, é evidente que sempre existem usuários que preferem não pagar por esses serviços e acabam optando por serviços piratas. Para isso, existem aplicativos como o CineTela.

O aplicativo permite aos usuários poder assistir filmes de graça nos dispositivos com Android e vem ganhando destaque na Internet. Os usuários que possuem o aplicativo instalado em seu dispositivo móvel podem acessar os filmes sem a necessidade de assinar qualquer plano pago ou download, espalhando conteúdo pirata no sistema operacional do robozinho verde.

Este tipo de aplicativo, aliás, vem se tornando tema de cada vez mais polêmica, visto que o CineTela é apontado como uma espécie de sucessor do PopCorn Time, que foi encerrado há um bom tempo graças as autoridades, por também distribuir conteúdo multimídia pirata. O problema é que o código do antigo serviço continua disponível, o que faz com que outros projetos possam se aproveitar do mesmo para criar outras ''versões'' do aplicativo.

O CineTela, embora possua a mesma proposta do PopCorn, acaba por se diferenciar do seu ''antecessor'' por alguns motivos, como por exemplo, o fato do PopCorn se utilizar de transferências via P2P, sem a necessidade de hospedar todo o conteúdo pirata em um servidor online, o que acaba por dificultar a queda do serviço por ataques de autoridades, por exemplo, como aconteceu com o serviço de hospedagem Mega, há tempos atrás. Já no caso do CineTela, o conteúdo é disponibilizado por meio de vídeos que são encontrados na própria Internet.

Outro problema para aqueles que tem interesse no aplicativo é o fato de ele só disponibilizar filmes dublados, o que pode e deve acabar afastando aqueles que preferem filmes legendados.

Todavia, é evidente que o aplicativo não está disponível para download na Play Store, visto que não é permitido que apps que violem direitos autorais ou leis façam parte da loja de aplicativos do Android. Por enquanto, a promessa é de que o aplicativo brasileiro também chegue ao iOS, embora evidentemente ele também não será disponibilizado na Apple Store, sempre dependendo de lojas alternativas e jailbreaks para que possa ser utilizado pelos usuários.

Maria Luiza Mazzo


App utiliza criptografia, não permite prints das telas e deixa que usuários possam apagar mensagens enviadas.

Nos dias atuais, é cada vez mais difícil manter suas mensagens seguras, principalmente as mais íntimas, sem a incerteza de que alguém poderá ''printa-las'' e colocá-las na Internet ou simplesmente se arrepender de uma mensagem enviada e não ter como apagá-la. Estes são os problemas mais comuns com os cada vez mais populares mensageiros, Mas você já pensou em se livrar de todos esses problemas com um novo mensageiro ? Conheça o Privates, aplicativo mensageiro que promete ser o mais privado e seguro do mundo até o momento.

O aplicativo conta com criptografia e não permite que algum dos usuários presentes na conversa tire print da tela, podendo acabar expondo suas mensagens para outras pessoas ou até mesmo grupos. Com ele, ainda é possível apagar uma mensagem já enviada, não apenas do seu dispositivo, mas também da pessoa a qual deveria recebe-la.

Tentando evitar os famosos prints na tela, o aplicativo faz com que hajam três maneiras de um usuário visualizar uma mensagem no app. Entre elas, a opção de o usuário tocar dois botões de forma ininterrupta na tela do aplicativo, segurar o aplicativo de uma forma já determinada para que seja identificada ou então tirar uma foto de seu rosto, algo certamente nunca visto anteriormente em um app de mensagens, ao menos. Caso o usuário mesmo assim tire um print de sua conversa, o usuário que teve suas mensagens ''printadas'' será alertado, como acontece atualmente no Snapchat.

Outra novidade do aplicativo é a possibilidade de excluir uma mensagem já enviada para um amigo ou um simples contato. Evidentemente que, para que a ''tática'' seja efetiva, seu contato ainda não pode ter visualizado a mensagem, já que nesse caso, pouco importaria apagar a mensagem do aplicativo. O aplicativo também oferece as chamadas mensagens autodestrutivas, visto que é possível fazer com que uma mensagem seja excluída após 3, 12 ou 24 horas.

O aplicativo tinha a ideia de inicialmente servir como um meio de comunicação entre pacientes e médicos, ramo de apps que vem crescendo ultimamente, porém, a ideia acabou crescendo e se tornou no possível mensageiro mais seguro do mundo.

Por enquanto, o aplicativo está disponível para o iOS 7.0 ou versão superior, sendo que uma versão para Android e Windows Phone está em desenvolvimento e deve ser lançada em breve. O aplicativo é gratuito.

Maria Luiza Mazzo


Empresa disponibiliza kit para desenvolvedores produzirem mais aplicativos direcionados à Saúde.

Existe um ramo de aplicativos que ainda não possui tanto suporte em número de apps, porém, que deve crescer cada vez mais em breve, trata-se dos aplicativos que pretendem aproximar o trabalho médico daqueles que precisam ou procurar um médico ou realizar acompanhamento. Buscando auxiliar nesse crescimento, a Apple lançou o framework CareKit, que auxilia os desenvolvedores a criarem aplicativos com esse intuito.

O framework havia sido anunciado pela empresa da Maçã há cerca de um mês, entretanto, somente agora ele foi lançado e deve fazer com que o número de aplicativos que auxiliam no gerenciamento médico cresça, ao menos dentro da plataforma do iOS.

A Apple já possui um framework com o objetivo de aproximar médicos e pacientes, porém, o foco maior é na coleta de dados para estudos. Enquanto isso, o CareKit também foca na coleta de dados, porém, com o objeto de gerenciar as condições e alterações nas condições do paciente.

As informações que são coletadas por meio do CareKit podem ser compartilhadas com seu médico, bem como com pessoas de sua família.

Por enquanto, por se tratar de um framework recém lançado, apenas quatro aplicativos o utilizam, porém, a tendência é que este número suba rapidamente em breve com um maior tempo do CareKit disponível para os desenvolvedores.

Entre as possibilidades trazidas pelo framework, temos o Cary Card, que auxilia o paciente quanto aos remédios e atividades físicas que deve completar durante o dia, podendo ser monitorado pelo Apple Watch e pelo iPhone.

Já o Insight Dashboard faz o mapeamento e detecção de todos os sintomas do usuário, mostrando os tratamentos possíveis de acordo com os mesmos. Como mencionado anteriormente, o usuário terá a possibilidade de compartilhar seus resultados com o médico e com a família, para alertá-los a respeito de suas condições médicas, o compartilhamento é feito por meio da função chamada ''Connect''.

Enquanto isso, o Monitor de Sintoma e Mensuração é a funcionalidade mais atrativa do CareKit, visto que ele faz um monitoramento completo do paciente. Ele permite ao usuário gravar os sintomas, a evolução dos mesmos, monitorando temperatura e tentando mensurar o tamanho da dor do paciente. Além disso, o progresso do paciente pode ser registrado por meio de alertas ou até mesmo imagens.

Maria Luiza Mazzo


Novo app permite que usuários sejam avaliados na esfera amorosa, profissional e pessoal.

Você já pensou em participar de uma rede social onde o único objetivo é poder avaliar todas aquelas pessoas que você conhece? Desde o seu melhor amigo, até o seu vizinho, ex-namorado e até mesmo seu chefe? Nós já vimos algo do tipo com o Lulu, aplicativo que gerou enorme polêmica no Brasil e chegou a ser banido. Agora, um aplicativo lançado promete causar ainda mais polêmica. Trata-se do Peeple.

O aplicativo havia sido anunciado em Outubro do ano passado, 2015, por Julia CorDray e Nicole McCullough, que já na época sofreram uma verdadeira enxurrada de críticas, já que seria possível avaliar pessoas que sequer estavam cadastradas no serviço.

Agora, o aplicativo já polêmico antes mesmo de seu lançamento está disponível para download para os usuários da App Store, da Apple. Ainda não se sabe quando o aplicativo será lançado para o Android ou talvez até mesmo para o Windows Phone, mas se o aplicativo estiver de pé até lá, é bem possível que isso ocorra em breve ao menos para os usuários do Android.

Os usuários do iOS que já contam com o aplicativo poderão avaliar qualquer pessoa que esteja entre seus amigos no Facebook ou contatos do Celular, nas esferas profissional, amorosa e pessoal, possibilitando a pessoa que for avaliada criar uma reputação, embora o que pode acontecer é exatamente o contrário.

Com as avaliações, seria possível ao usuário poder melhorar suas relações, nas três esferas citadas, já que boa qualificação amorosa pode representar ao menos uma ajudinha na hora de você encontrar um novo (a) namorado (a), bem como no caso da esfera profissional, que irá permitir aos usuários conseguirem oportunidades melhores de empregou ou aumentar suas chances de ser chamado por uma empresa com sua reputação no app.

É possível avaliar as pessoas em até 5 estrelas e para que o app não acabe sofrendo uma série de processos, é possível que o usuário avaliado possa simplesmente controlar o que será ou não público em seu "perfil", já que não é necessário que o mesmo esteja cadastrado.

Inicialmente o app sequer iria exigir dos usuários ter a pessoa nos contatos ou Facebook, mas a medida foi tomada para evitar possíveis casos de bullying no app.

Por João Trajano


Novo app leva recurso de videochamada para outros aplicativos de mensagens. Aplicativo possui versões para Android e iOS.

O WhatsApp, como todos sabem, é um app de conversa de texto e chamadas de voz, através dele também é possível enviar vídeos, imagens e até fazer ligações para outros usuários desse app, mas o que falta, ou melhor, faltava nesse aplicativo é o recurso de videochamada. Agora o que você irá dizer quando descobrir que no WhatsApp é possível fazer chamada de vídeo? Com certeza irá mencionar algo do tipo: "Como assim?" ou "O Whats não tem essa opção". Realmente, o Whats não disponibiliza aos seus usuários esse recurso, mas um aplicativo de nome Booyah, lançado no dia 1º desse mês para Android, é uma ótima alternativa. Vale lembrar que existe também uma versão do app para iOS.

O Booyah é um aplicativo gratuito e não necessita de cadastro, essa chamada pode ser feita por até 12 pessoas ao mesmo tempo. Basta baixar o app, instalar, clicar no menu no ícone na forma de uma pessoa e enviar a solicitação. Esse convite pode ser enviado para um grupo ou contatos do Whats, que receberão um link para baixar o app Booyah e um link para participar do chat.

Segundo informações de Dany Fishel, CEO da Rounds, até o momento não existe versão para o Windows Phone e a mesma só será feita a partir do momento que a demanda para esse novo app aumentar.

Esse novo app de videochamada – Booyah – possui um diferencial interessante em relação a outros app, o usuário que fizer a chamada não precisa ficar esperando ser atendido, ele manda o convite e assim que a outra pessoa puder atender o Booyah envia uma notificação para quem realizou a chamada e a mesma pode entrar para conversar.

O Booyah pode ser utilizado por outros apps de conversas tais como: Facebook Messenger, iMessage, Snapchat e outros. Dos vários app de conversa de texto, o Whats é o único que não possui esse recurso, podendo ser facilitado agora pelo Booyah. Vale lembrar que o Skype possibilita essas chamadas com até 25 pessoas, o Google Hangouts com até 10 pessoas e o Face Time para até 01 pessoa.

Você pode baixar o Booyah pela Play Store, instalar, enviar os convites e já começar as videochamadas pelo WhatsApp.

Andreza


O aplicativo monitora o uso de dados do aparelho, gerencia o uso de memória RAM, libera memória do aparelho e otimiza o desempenho do Android.

Um dos grandes problemas dos smartphones atuais, é a falta de autonomia oferecida aos usuários por parte das fabricantes, já que as baterias atuais garantem apenas algumas horas de uso. Porém, para tentar amenizar esses problemas existem diversos aplicativos que se dispõe a reduzir o consume de energia, entre eles, o app Battery Optimizer & Cleaner, criado pela McAfee.

Com ele, é possível criar um monitoramento do uso de dados em seu dispositivo, bem como gerenciar o uso de memória RAM, liberar memória do aparelho e otimizar o desempenho de seu Android, com apenas alguns toques no aplicativo.

Conheça as funções oferecidas pelo app para melhorar o desempenho do seu smartphone:

Para tal, após baixar o aplicativo em seu smartphone, você verá que em sua tela inicial ele apresenta diversas informações a respeito do seu aparelho e na opção ''Memória'', é possível liberar memória, melhorando o desempenho do seu aparelho com apps que estão consumindo dados temporários do seu smartphone.

Já na opção ''Bateria'', é possível encontrar o tempo estimado que sua bateria dure e realizar alterações para diminuir o brilho da tela e desativar a vibração para economizar a bateria de seu smartphone. Caso seu dispositivo esteja com pouca memória, é possível na opção ''Armazenamento'', excluir aplicativos e arquivos de seu dispositivo, bem como também liberar memória temporária do seu dispositivo.

Ainda há a opção ''Dados'', onde é possível gerenciar o uso de dados de sua rede de internet, sendo que o usuário pode realizar ajustes para que você não estoure o limite de dados do seu plano antes do final do mês, sendo que é possível escolher o limite e criar um alerta quanto a data de cobrança, para que o usuário possa gerenciar seus dados móveis.

O aplicativo é extremamente interessante e pode ser muito útil principalmente para usuários que possuem dispositivos mais simples e com bateria menos potente, sendo mais uma entre as diversas opções disponíveis para o Android. No aplicativo, ainda é possível ajustar alguns pontos quanto às diversas funcionalidades que ele possui, para otimizar ainda mais o desempenho do seu smartphone.

O ''Battery Optimizer & Cleaner'' é 100% gratuito.

Por Paulo Henrique

App


Projetos Astoria e Islandwood foram encerrados devido a diversas reclamações dos desenvolvedores.

O Windows Phone sofre com a falta de suporte que muitas empresas não dão ao sistema da Microsoft, acabando por optar por simplesmente não lançar seu aplicativo para o sistema ou então fazer uma adaptação mal feita para os usuários e depois acabar por não atualizá-lo mais. Uma das tentativas da empresa em fazer com que o cenário mudasse era o Projeto Astoria, que facilitava o trabalho dos desenvolvedores para portar aplicativos do Android para o Windows Phone, o qual a Microsoft anunciou seu fim na quinta-feira, 25.

O projeto era um sopro de esperança para os usuários que gostariam de contar com mais opções de aplicativos no Windows Phone e foi encerrado exatamente no mesmo dia em que a empresa anunciou a compra da Xamarin, empresa que trabalha com ferramentas para que os desenvolvedores possam lançar seus aplicativos (para o iOS, Android e Windows Phone) de forma simples e nativa para todos os sistemas.

A empresa também havia lançado na época outro projeto nomeado de "Islandwood", este para portar aplicativos do iOS para o Windows Phone, porém, ambos acabaram ficando de lado com o passar do tempo e agora estão sendo abandonados de vez pela empresa norte-americana.

A notícia foi dada por Kevin Gallo, da Microsoft, que anunciou que a empresa acabou optando por desistir de ambos os projetos pois ouviu diversas reclamações feitas por parte dos desenvolvedores, que acham que o projeto ficou confuso e desnecessário, o que acabou travando o desenvolvimento dos dois projetos por parte da Microsoft.

Como a empresa também anunciou a compra da Xamarin, em outras palavras, a situação muda, mas certamente para um cenário mais positivo, já que o Xamarin possui muito mais suporte e sucesso do que as duas tentativas fracassadas da Microsoft.

Outra notícia é que a Microsoft pretende dar maior destaque aos aplicativos e outros disponíveis no iOS, da Apple. A expectativa é de que diversos aplicativos da loja da maçã acabem por chegar em breve ao Windows Phone, sendo mais uma excelente notícia para os usuários do sistema, que ao que parece, finalmente vão começar a parar se sofrer com a falta de compatibilidade nos aplicativos.

Por Isis Genari


Aplicativo passará a permitir edição e compartilhamento das mensagens.

O Telegram vem ganhando cada vez mais notoriedade no mercado, inclusive no Brasil, muito graças às quedas no serviço do Whatsapp por ações judiciais. Recentemente, a empresa anunciou que possui mais de 100 milhões de usuários e mais de 15 bilhões de mensagens são trocadas por dia. Agora, para comemorar o feito, a empresa anunciou uma série de novidades para o mensageiro.

O que acontece é que o Telegram atualizou os canais de mensagem para a versão 2.0, o que faz com que agora seja possível coisas que vão desde mensagens silenciosas a edição para mensagens, entre outras diversas novidades anunciadas pelo aplicativo, que vem ganhando cada vez mais o gosto do usuário, apresentando mais novidades até mesmo que seu concorrente Whatsapp.

Os canais são o meio que o mensageiros encontra de transmitir essas mensagens para os usuários e mesmo após mudar de canal, ainda é possível ler as mensagens anteriores que você já enviou e recebeu em seu aplicativo.

Agora, com o canal 2.0, as melhorias incluem por exemplo, a possibilidade de você compartilhar uma mensagem recebida por algum amigo, tanto dentro ou fora do mensageiro. Tudo isso, por meio de um link, que ao ser acessado faz com que o usuário que clicou no link seja redirecionado para a mensagem dentro do canal.

Outra novidade também bem interessante é a possibilidade de se editar mensagens as quais contém erros, o que deve ser extremamente útil principalmente para aqueles que muitas vezes vão enviar uma mensagem mais formal pelo mensageiro, que exige uma ortografia correta e culta e acabam errando na hora de digitar.

Agora também teremos os botões de ação rápida para os bots, que permitirá aos usuários compartilharem o conteúdo que os bots conseguirem dentro do aplicativo, desde links a fotos e vídeos. Também teremos agora a opção de silenciar mensagens para que os administradores de um grupo possam enviar mensagens aos usuários sem os notificá-los. Ainda sobre os moderadores, uma nova função chamada de assinaturas de admin irão fazer com que os seguidores tenham acesso a identidade do administrador que por acaso enviou uma mensagem não vinculada a seu perfil.

Por Isis Genari.


Novidade deve fazer com que as empresas possam enviar anúncios por meio de mensagens para os usuários.

Não é mais segredo para ninguém que o Facebook pretende fazer grandes alterações na rede social e principalmente nos seus apps, entre eles, o Messenger, aplicativo para os usuários poderem conversar pelo chat, em seus smartphones. Porém, uma das novidades que o Messenger deve receber já no segundo trimestre deste ano, não deve agradar em nada os usuários.

As informações são do site TechCrunch, que obteve acesso a documentos que comprovam a mudança para o segundo trimestre já deste ano. A ''novidade'' deve fazer com que as empresas possam enviar anúncios por meio de mensagens para os usuários que já as contataram pelo meio. Ou seja, suponhamos que você enviou uma mensagem, há 3 anos atrás, para a fabricante de seu smartphone. Com a nova forma de anúncios, essa fabricante poderá agora, te enviar um anúncio por meio do Messenger.

No documento divulgado pelo site, a própria empresa já incentiva seus maiores anunciadores a fazer com que seus usuários entrem em contato com elas por meio de suas páginas, para poder aumentar o leque de usuários a qual poderão enviar as mensagens com anúncios assim que a função for liberada pela rede social.

No documento divulgado pelo site, ainda é citada a existência de um link bem curto, para que os usuários possam entrar em contato com as empresas pelo Facebook. Embora a empresa tenha admitido a existência do link, o que reforça a chance de tal função se tornar realidade em breve, a empresa disse que não comentaria as especulações, e afirmou que a empresa trabalha para que seus usuários não recebam mensagens que não desejem.

Para se ter uma ideia do alcance que a publicidade no aplicativo teria, hoje o Messenger conta com 800 milhões de usuários em todo o mundo e certamente vários milhões desses, já contataram alguma empresa por meio da rede social.

As informações divulgadas pelo site parecem ser certeiras quanto a chance de termos anúncios no aplicativo, que finalmente seria monetizado pelo Facebook, algo que ainda não aconteceu e deve irritar e muito os usuários. Porém, ao declarar que trabalha para que os usuários não recebam mensagens indesejadas, a empresa deixa bem claro que, tal conteúdo não deve ser invasivo, o que nos faz imaginar que exista até mesmo uma opção, dos usuários cancelarem o recebimento de tais mensagens pelas empresas que contataram.

Por Isis Genari

Facebook Messenger

Foto: Divulgação


Problema faz com que contas compartilhadas \”vazem\” informações para os outros usuários.

Recentemente o Instagram recebeu uma atualização que traz ao aplicativo, após anos de pedidos por parte dos usuários, a opção de alternar mais facilmente entre uma conta e outra, o que já era possível em outras redes sociais mas não no Instagram, o que já havia gerado muitas reclamações por parte dos usuários. Agora, pouco tempo após a novidade ter sido disponibilizada ao público, a função parece ter gerado um pequeno problema na rede social das fotos.

O erro acontece quando um grupo de usuários decide dividir uma conta, como a conta de um fã clube, de um site, de uma empresa, etc. O aplicativo acaba por simplesmente ''vazar'' a mensagem de um usuário para todos os demais que possuem acesso a conta. Além disso, é possível visualizar até mesmo notificações de um determinado usuário com o erro na popular rede social.

Em outras palavras, o erro do Instagram age como se sua conta pessoal também fosse compartilhada com os demais usuários que não deveriam receber nenhum tipo de notificação ou mensagem privada, acabando por expor a privacidade dos usuários. O erro acaba por divulgar mensagens e notificações entre os usuários que compartilham uma conta, sendo que um único usuário acaba por receber as notificações de um e outro as mensagens do mesmo usuário.

Porém, muitos usuários relatam que após 24h, o erro simplesmente sumiu e nem todos que contam com contas compartilhadas com outros usuários estão relatando o erro no aplicativo, ao menos até o momento.

O Instagram ainda não se pronunciou sobre o problema de privacidade, mas é provável que em breve a empresa se pronuncie e acabe por lançar rapidamente uma nova atualização para não expor os usuários na rede social com o gerenciamento de contas.

O erro foi relatado pelo site Android Central, que comprovou o problema no aplicativo. Certamente o problema deve gerar incômodo entre os usuários, principalmente pela possibilidade de um amigo ou até mesmo alguém desconhecido que compartilha a conta dentro de um grupo, acabe recebendo suas mensagens e notificações, mas em breve, o problema deve ser solucionado pela empresa, através de uma simples atualização para os usuários.

Por Isis Genari.


Atualização do aplicativo já está disponível e disponibiliza cerca de 100 novos emojis para os usuários da versão para Android.

O Windows Phone, além de receber uma atualização do WhatsApp completamente adaptada ao Windows 10 Mobile (adequando perfeitamente o aplicativo ao sistema da Microsoft), também recebeu uma série de novos emojis para os seus usuários. Agora foi a vez do Android receber a edição 2.12.441 do WhatsApp, que traz 100 novos emojis para o aplicativo.

A atualização chegou cerca de 1 semana após ser disponibilizada para o Windows Phone, até mesmo pelo fato da atualização do sistema da Microsoft não ser apenas referente aos emojis, mas também a adequação do aplicativo ao sistema.

É possível baixar a nova atualização já no site do aplicativo, enquanto a atualização não é lançada na Play Store, já que ainda está em fase beta, podendo ocorrer eventuais erros e bugs no aplicativo. A atualização é válida para todos os smartphones com Android. Porém, embora a atualização seja liberada para os usuários de todos os smartphones com Android, alguns aparelhos ainda não receberam a atualização de imediato, o que deve acontecer de forma gradual para todos os usuários.

Caso você deseje saber se seu aparelho está ou não na lista apta a receber a nova atualização, é necessário acessar a Play Store e verificar a existência de um novo update para o Whatsapp. Lembrando que para receber a atualização é necessário ter no mínimo o Android 2.1, ou seja, a atualização chegará para praticamente todos os smartphones, mais cedo ou mais tarde, já que hoje pouquíssimos smartphones ainda contam com a antiga versão do sistema Android.

Porém, nesses casos, nem todas as funções estão disponíveis para os usuários, é válido lembrar, devido às limitações do sistema.

De qualquer maneira, é possível baixar o arquivo pelo apk mirror, para poder instalar a atualização no seu smartphone, caso ele ainda não tenha recebido a atualização, embora esse processo possa acabar gerando danos ao seu sistema.

O Whatsapp também deve liberar em breve novas atualizações, visto que a empresa junto ao Facebook, que a comprou há certo tempo, estão planejando novidades para o aplicativo, como maior integração com o Facebook, além de possíveis punições para quem receba diversos bloqueios no mensageiro.

Por Isis Genari.


Novo aplicativo tem a proposta de conectar vizinhos e facilitar a colaboração de informações das redondezas.

O Nearbee, plataforma totalmente brasileira, surge com uma proposta muito interessante: simplificar o contato entre vizinhos por meio da colaboração de informações que sejam do interesse de todos que morem em determinadas regiões.

A ideia surge com inúmeras possibilidades. O aplicativo será capaz de localizar os usuários por meio do GPS dos dispositivos móveis e conectá-los a pessoas que estejam próximas. Será possível, por exemplo, relatar transtornos em ruas que estão em obras, assaltos nas redondezas, atividades suspeitas, acidentes e até eventos.

Caso seja do interesse, será possível solicitar alguma ferramenta ou qualquer outra coisa que surja em um momento inusitado. Se você precisar de uma furadeira, que tal usar o app para pedir emprestado aos seus vizinhos?

E se surgir uma festa e você não tiver companhia? Talvez alguém que more nas proximidades também não tenha e esteja aceitando convites.

Outra ação que será possível é o quadro de avisos, através dele será possível oferecer-se, por exemplo, para passear com os cachorros da vizinhança, dar aulas de idiomas e até mesmo colocar-se à disposição para pintar paredes ou realizar pequenos reparos. É uma espécie de aquecimento comercial entre pessoas próximas. Muitas vezes precisamos de algo e não temos como saber quem pode nos ajudar, quando o auxílio acontece por meio de quem está perto, todo o esquema fica facilitado.

Apesar de o aplicativo estar em fase de testes, já é possível realizar o download para Android. Caso você seja usuário do sistema iOS, saiba que a empresa está trabalhando para isso e que em breve haverá uma versão disponível.

O Nearbee pode tornar-se muito útil, contudo, para atingir os objetivos é preciso que as pessoas colaborem. Em uma época de busca por constantes informações, o app é valioso quando trata de questões relacionadas à segurança ou relações comerciais. A facilidade de uso visa atingir pessoas de todas as faixas etárias e proporcionar novas relações sociais.

Por Beatriz 

Nearbee


Aplicativo garante economia por meio de caronas em viagens entre diferentes cidades.

Uma boa notícia para o bolso dos consumidores brasileiros: chegou ao Brasil o BlaBla Car – aplicativo garante economia por meio de caronas em viagens entre diferentes cidades.

O app já possui presença em mais de 20 países e foi desenvolvido na França, em 2006. A plataforma conta com uma espécie de rede social onde cada usuário possui um perfil que inclui informações de contato. Outro fator interessante é que os participantes podem ser avaliados a fim de diminuir eventuais dores de cabeça.

Com mais de 20 milhões de usuários, o serviço chega ao Brasil de forma totalmente gratuita. A usabilidade é bem simples: O motorista da viagem publica seu ponto de origem, destino e eventuais paradas. Pessoas interessadas em ir para o mesmo local no dia e hora previamente determinados poderão escolher pegar uma carona. Os custos da viagem são compartilhados e dessa maneira ambos os lados saem ganhando com a economia.

A empresa ressalta que o aplicativo no Brasil pode vir a ser cobrado no futuro, no momento a fase é de implantação e a gratuidade serve como uma maneira das pessoas conhecerem e avaliarem o serviço. Em 6 países, já existe a cobrança de uma taxa que varia entre 10% e 15%.

Além da economia, o BlaBla Car pode ser visto como uma alternativa capaz de diminuir o trânsito devido ao número elevado de veículos nas rodovias. É uma boa iniciativa também no aspecto sustentável e social.

Julien Lafouge, Diretor Geral da empresa na América Latina, informou que a companhia está em fase de expansão e que pretende, sem citar nomes, ampliar seus serviços para outros países perto do Brasil. Ele reconheceu também, que de maneira geral, a América Latina é um mercado de muito potencial para a empresa devido a seus territórios e turismo intenso.

O aplicativo está disponível tanto para o sistema Android quanto para o iOS.

E então, você pretende experimentar a novidade?

Por Beatriz 

BlaBla Car

Foto: Divulgação


Google Play Store oferece apps úteis e funcionais para os usuários do Android.

Com o aprimoramento tecnológico e a chegada de diversos recursos que visam proporcionar comodidade aos usuários, os desenvolvedores de aplicativos procuram atender as necessidades e o gosto de cada usuário, contudo, nem sempre esse objetivo é alcançado. Alguns aplicativos não possuem muita utilidade e sobrecarregam o aparelho, além de comprometer a autonomia da bateria do aparelho.

Para facilitar a vida dos usuários de smartphones, mais especificamente os usuários do sistema operacional Android, iremos citar alguns dos aplicativos mais úteis e que tornam sua vida mais fácil.

A Google Play Store hospeda uma infinidade de aplicativos e, muitas vezes, há uma dificuldade em encontrar o aplicativo ideal que atenda a necessidade de cada um. As ferramentas / aplicativos disponíveis possuem funções como bússola, tradutor online, calculadora científica e até afinador de violão, o que atende a gregos e troianos.

Para aumentar a funcionalidade do seu aparelho, que pode fazer muito mais que receber e realizar chamadas, citaremos alguns dos aplicativos grátis mais úteis:

O Smart Tools é um aplicativo interessante e que possui diversas funcionalidades, como bússola, medidor de distância, medidor de decibéis, velocímetro, régua, conversor de unidades, espelho, lanterna, nivelador, dentre outros. Para os mais exigentes, o aplicativo dispõe de uma versão paga que centraliza as funções e retira os anúncios de produtos.

Para os mochileiros e viajantes existe o TripAdvisor, um aplicativo baseado em um sistema de buscas das melhores atrações turísticas em todo o planeta, que inclui: hotéis, albergues, restaurantes e avaliações, comentários e fotos de outros usuários sobre os locais.

Um aplicativo pouco popular, mas bastante útil é o Google Googles. Com ele o usuário tira uma foto de um produto e o aplicativo lista uma série de informações a respeito do mesmo. Ele pode identificar autor de uma obra artística, encontrar produtos mais baratos na internet através de código de barras, identificar paisagens famosas, além de outras funcionalidades.

Além destes, citamos o clean máster, para limpar o aparelho, MalMath (calculadora científica), Wear Audio Recorder para realizar gravações de áudio com facilidade, App Lock para proteger com senhas seus aplicativos e o Google Tradutor Offline, utilizado para realizar traduções em diversos idiomas sem depender da internet, basta baixar pacotes de idioma.

Por André César

Android


TU Go é o novo app lançado pela Vivo para concorrer diretamente com o WhatsApp.

O aplicativo de mensagens instantâneas WhatsApp virou febre por todo o país, desbancando as mensagens de texto por SMS ou mesmo as ligações, já que o aplicativo possui a opção de enviar mensagens de voz. São milhares de usuários conectados, e o número só cresce.

Com todo esse sucesso, a empresa Vivo resolveu lançar um aplicativo semelhante, com o objetivo de concorrer com o WhatsApp no Brasil. O anúncio do novo aplicativo foi feito no último dia 28, durante um evento de tecnologia e telecomunicações ocorrido em São Paulo, a Futurecom.

O novo aplicativo, batizado de “TU Go”, não é exclusividade brasileira. Já existem versões disponíveis em países da América Latina como a Colômbia e também na Inglaterra. Ainda durante o evento, o presidente da Telefônica/Vivo, Amos Genish afirmou que o novo serviço tem tudo para ser um bom concorrente para o WhatsApp.

A operadora ainda não divulgou as plataformas que suportarão o novo aplicativo, nem quando o TU Go será disponibilizado para download pelos usuários. A iniciativa da operadora é retrato de sua insatisfação com serviços como o WhatsApp e o Viber.  Genish voltou a defender “regras iguais para todos”, durante a sua fala no evento. A insatisfação da empresa está relacionada à competição existente entre as empresas de telefonia e os serviços de internet oferecidos por empresas especializadas, conhecidas no mercado como OTTs (Over-the-tops). O presidente da Vivo defende regras iguais, mas não espera que a Anatel tome a frente da regulação das OTTs.

Com mais de 900 milhões de usuários por todo o mundo, e alguns milhões também em território nacional o WhatsApp já é uma marca consolidada e aceita pelo público. A expectativa é sobre quais as funcionalidades a Vivo oferecerá em seu aplicativo, para convencer os usuários fiéis do WhatsApp, a migrarem para sua opção.

A Vivo não é a primeira a tentar concorrer com o WhatsApp. No Brasil existem serviços semelhantes como o Zap Zap Messenger, versão nacional do aplicativo de mensagens, que possui emoticons diferenciados, e uma opção de um mural interativo, onde os usuários podem conhecer outras pessoas para trocar mensagens. O aplicativo foi lançado em abril do ano passado e é iniciativa do programador Erick Costa, que atualmente mantém sozinho o aplicativo.  Embora possua funcionalidades diferenciadas, o aplicativo não chega nem perto da fatia de mercado atingida pelo seu concorrente mais famoso.

Por Patrícia Generoso

TU Go


Uma boa notícia para donos de Windows Phone e também de desktop Windows. A Microsoft anunciou aquilo que pode ser tendência para o futuro. Seus aplicativos de smartphones rodarão sem maiores problemas no seu computador, desktop com o sistema operacional Windows. A novidade foi revelada pela Microsoft nesta semana e mostra que o futuro pode ser isto.

Claro, que tudo isso vai depender dos desenvolvedores, que terão a opção na hora de programar seu aplicativo, mas a novidade será muito bem-vinda. Futuramente teremos o mesmo aplicativo sincronizado e integrado com a sua conta, e os aplicativos todos instalados em seus dispositivos. A novidade se chama “Universal Windows App”. Os desenvolvedores podem usar todo o poder do DirectX, plataforma única e exclusiva do mundo Microsoft.

Porém não é apenas o Windows que aproveitará esta novidade. O Xbox One também receberá a novidade. Para os gamers em geral é uma bela novidade, pois o mesmo jogo rodará em todo o Ecossistema da Microsoft. Não apenas jogos, mas também aplicativos para o console, já que o Xbox One vem com a proposta de ser além de um videogame como todos nós conhecemos, sendo um oposto do PS4, que também é um console super potente, mas que não tem toda essa integração a lá Microsoft.

A decisão mostra a reinvenção do Windows. O futuro da tecnologia pode ser este, a compra de um único gadget para todas as funções, uma amostra do futuro agora em 2014. A decisão da Microsoft pode ser muito bem usada por qualquer fabricante. Quem sabe não teremos a mesma integração no mundo Android, que sofre bastante com aparelhos que não entregam uma experiência de uso muito satisfatória, pecando em vários aspectos, mas que tem uma bela integração com os seus serviços. É a Microsoft mostrando que não vai deixar barato nessa área e quer cada vez mais integração.

Por Leandro de Souza


A Copa do Mundo já está perto de começar e, por ser no Brasil, é óbvio que ficamos pensando nas novidades e lançamentos que a tecnologia estará trazendo para nosso uso. E, pensando em aplicativos para dispositivos móveis como tablets, celulares, smartphones e demais aparelhos, o fato é que muitos apps foram criados para os amantes de futebol e para todos que querem ficar por dentro de tudo que for mais importante em termos de Copa do Mundo FIFA 2014. Logo, para mostrar essas funções e novidades, a questão é que nossa matéria destacará cinco aplicativos essências para o principal evento de futebol de todos os continentes.

SPORTV: COPA DO MUNDO DA FIFA

Esse é um aplicativo disponível para os sistemas operacionais Android e iOS. Nele é possível ver detalhes e pormenores sobre todas as equipes que disputarão o mundial em terras brasileiras.  Também será bacana poder acompanhar, por meio desse app, a tabela da competição e tudo sobre os grandes craques de todas as seleções.

FIFA

Esse é o app oficial da organizadora da Copa.  Ele pode ser baixado de modo gratuito e vem com as melhores informações sobre tudo: jogos, tabelas, resultados, jogadores, estatísticas, estádios e muito mais. O aplicativo, por sua vez, também é compatível com os sistemas operacionais iOS e Android.

Torce Brasil

Aqui já estamos falando de um app exclusivamente brasileiro e que, por isso mesmo, tem um foco maior na seleção brasileira, levando em conta as escalações, os perfis dos atletas e com um destaque sobre o grupo do Brasil na copa do mundo de 2014.  É legal porque é possível acompanhar os jogos do time de Luiz Felipe Scolari em tempo real.

Agora, cabe ao leitor escolher seu app favorito para curtir, no conforto de seu gadget, todas as novidades do mundial, sabendo que são inúmeras as opções oferecidas por este mercado sempre em ascensão que sempre busca surpreender seu público cada vez mais exigente.

Torce Brasil

App Torce Brasil

Foto: Divulgação


Depois de algumas falhas do WhatsApp, o aplicativo Telegram reaparece nos celulares de alguns usuários. Comparações então estão sendo feitas a partir daí para concluir se afinal é melhor ficar no velho WhatsApp ou o pouco conhecido Telegram.

Os dois se alimentam, igualmente, do conjunto de contatos do usuário. Isso delimita a inclusão de pessoas no app, o que traz mais privacidade aos usuários. Então, para usar o aplicativo, é preciso o número do celular de quem quer conversar e o a instalação completa do serviço. Os dois também têm a opção de criação de grupos. Até aqui estão empatados.

O Telegram começa perdendo no quesito mensagens de voz. O WhatsApp dá a opção do áudio, o que o Telegram ainda não possui. Os outros recursos os dois oferecem as mesmas coisas, envio de fotos, vídeos, localização e contato.

Há ainda certa desvantagem do Telegram para envios desses arquivos. O aplicativo só compartilha o “pacote”, enquanto o WhatsApp envia de maneira mais simples os arquivos. O que difere um do outro e que compensa usar o Telegram, por outro lado, é a opção de buscar imagens direto dos resultados do Google.

No quesito ligações, os dois voltam a empatar. Nenhum faz ligações telefônicas ou VoIP para os contatos. O WhatsApp anunciou logo após a sua compra pelo Facebook que vai incluir o recurso ainda em 2014. Mas, enquanto isso, seguem empatados.

O WhatsApp pode ser baixado gratuitamente, contudo após um ano de uso, o usuário precisará desembolsar US$ 0,99. Em contrapartida, ganhando vantagem no quesito custos, o Telegram sai na frente. Ele é totalmente gratuito.

O mais interessante do Telegram é que, por ser em nuvem, tem versões não apenas para celular, mas também para Windows, Mac e Linux. Apesar de não ser oficial, são altamente funcionais. Até surgiu uma nova versão para Google Chrome, que permite usar também em ChromeBooks. Já o WhatsApp, a versão é somente para a plataforma móvel.

Por Carolina Miranda

WhatsApp e Telegram

Foto: Divulgação


Para os usuários que utilizam o sistema operacional Android e gostam de compartilhar vídeos e fazer colagens e edições com fotos, chegaram no Google Play Store três aplicativos voltados para essas funções.

O Collage Maker é um aplicativo voltado somente para a colagens de fotos. Já o VIDDME permite que você poste e compartilhe vídeos na internet. O Studio Design foi desenvolvido para a edição de fotos, adicionando efeitos a elas. Todos os apps estão disponíveis gratuitamente. Veja a seguir a descrição detalhada dos três.

O app Insta Collage Maker é um app totalmente gratuito e de simples funcionamento, com funções voltadas para dar efeitos em fotos. O aplicativo permite fazer diversas montagens nas imagens, podendo adicionar efeitos, cores e iluminação. Ele oferece também 18 formatos de montagem, com opção de compartilhar sua foto com amigos ou salvá-la no smartphone. Ele está disponível para as versões Android 2.1 ou superiores.

Já o VIDDME permite que o usuário poste seus vídeos diretamente do celular para a internet, sem precisar de identificação, login ou conta. Ele funciona como o YouTube, mas você não precisa se identificar para colocar sua gravação de imagem na internet. Para quem não quer postar seus vídeos em redes sociais como o Facebook, e quer total anonimato, não deixe de baixar esse aplicativo para o seu smartphone. Ele está disponível para as versões Android 2.3.3 ou superiores.

Para os apaixonados por fotografia, o Studio Design cumpre a função de edição de imagens. Nele, há opções de inserir textos na foto com diversas fontes, balões de conversa, diversas cores e filtros, contornos, figuras, etc. Com ele sua foto se tornará única, com diversos efeitos diferentes e bonitos. Depois de terminar a edição, compartilhe diretamente com seus amigos ou salve em seu celular. Ele está disponível para as versões Android 4.0 ou superiores.

Por Danilo Gonçalves


A gigante de buscas Google apresentou a mais nova solução para usuários de smartphones e tablets que nunca gostaram de ter de pagar por um aplicativo que editasse documentos do Office, da Microsoft. É a nova versão no aplicativo QuickOffice, totalmente gratuito.

Com o novo QuickOffice, será possível criar, ler e editar arquivos do Word, do Excel e do PowerPoint, do pacote Office. Também será possível abrir arquivos em formato PDF e criar pastas compactadas na extensão .ZIP.

Além disso, o aplicativo será compatível com o Google Drive, o que permitirá que arquivos do Office sejam abertos e salvos tanto pelo QuickOffice, quanto pelo serviço virtual de documentos do Google.

Outra novidade anunciada pelo Google é que os usuários que acessarem suas contas pessoais no novo QuickOffice pelo Android ou iOS até o dia 26 de setembro, ganharão gratuitamente mais 10 gigabytes de armazenamento por dois anos no Google Drive.

Com essas novidades o Google descontinuará as versões antigas do aplicativo. Sendo assim, será necessário que usuários do Quickoffice Pro e do Quickoffice Pro HD atualizem seus aparelhos. Os cadastrados e usuários do serviço Quickoffice for Google Apps for Business também terão de fazer a atualização.

Por Jorge Souza


Após a Apple liberar a nova versão do sistema operacional para os aparelhos da marca, o iOS 7, a rede social Facebook entrou no embalo e soltou a atualização de seu aplicativo para o iPad e iPhone, com grandes alterações em seu visual.

As principais mudanças estão nas cores do aplicativo (que ficou com visual mais limpo e mais parecido com a nova versão do sistema operacional da Apple) e na mudança da barra de ferramentas, que passou do topo do aplicativo para o seu rodapé.

É lá que, agora, ficam as opções de exibição da linha do tempo e feed de notícias, o serviço de troca de mensagens e os avisos e notificações. Outra mudança essencial no aplicativo é a opção de voltar à linha do tempo, após abrir um link dentro do aplicativo, apenas “puxando” a tela para o lado direito, sem que seja necessário apertar o botão “voltar”.

A atualização do aplicativo Facebook deve ser feita por meio do aplicativo App Store, no botão “atualizações”. Para os donos de aparelhos da Apple que já migraram para o iOS 7, há a opção de ter o aplicativo atualizado automaticamente, caso a opção tenha sido selecionada nas configurações do aparelho.

Por Jorge Souza


Com a estreia na nova versão do sistema operacional da Apple, o iOS 7, muitos aparelhos da marca da Maçã lançados até 2010 ficarão sem atualização, como é o caso do iPhone 3GS, a primeira versão do iPad e a quarta geração do iPod.

Porém, os usuários de devices antigos não ficarão na mão: a Apple anunciou que donos de hardwares antigos terão direito a uma “última versão compatível” de aplicativos, para suprir as necessidades no caso de uma tentativa de download de versão não suportada pelo firmware em uso.

Funciona assim: quando você tentar baixar um aplicativo que não funciona no seu dispositivo, o recurso exibe uma pergunta, dentro da App Store, se você quer fazer o download da última versão compatível do aplicativo com o seu aparelho.

Isso significa que você não precisa, necessariamente, trocar o seu aparelho da Apple por um mais novo caso ele não suporte o iOS 7. Testes mostram que versões de aplicativos populares como o Twitter o Instagram rodam em sistemas operacionais mais antigos, como o iOS 4.3.3 ou o iOS 4.2.1, sem maiores problemas de funcionalidade.

Por Jorge Souza


O nome do sistema é Insight, que é projetado pela Google Glass e parcialmente financiado pelo Google, o aplicativo consegue identificar uma pessoa apenas com o reconhecimento de roupas e outros acessórios. O smartphone ou fone do Glass do usuário, o avisaria assim que terminasse o reconhecimento de alguma pessoa conhecida, evitando que ela passe desapercebido pelo mesmo.      

A empresa diz que o objetivo dessa tecnologia, é ajudar os usuários a identificar familiares e amigos em locais com superlotação, como aeroportos, shows, ruas e etc, a fim auxiliá-lo a não ficar perdido, ou não perder um encontro com essas pessoas.

O grande inconveniente é que esse reconhecimento é baseado em roupas e acessórios de uma pessoa, que são armazenadas em um banco de dados fechado, o que acarreta que se a pessoa mudar seu esquema de roupas, acabará passando desapercebida pelo sistema do Insight.

O banco de dados de reconhecimento é criado de uma forma bastante prática. Através de fotos diversas de uma pessoa, o aplicativo cria um arquivo que registra os padrões de roupas e cores, gerando algo como uma impressão digital da aparência de cada um, permitindo o reconhecimento após esse registro. É lógico que existem avançados sistemas de reconhecimento facial, mas esse app pode realizar o reconhecimento mesmo se alguém estiver de costas, onde o rosto não pode ser visto. 

Por Fábio G. Santos


O novo serviço permite que o consumidor desfrute de seus programas favoritos da HBO, como filmes, séries, documentários e os extras por trás das cenas. Cada episódio de cada temporada de sua série favorita já está disponível para smartphones, tablets e Android.

O aplicativo permite a seleção de programas favoritos para serem assistidos a qualquer hora e em qualquer lugar, permitindo a montagem de uma programação própria. A vantagem é poder ver sua série ou filme favorito, simultaneamente à transmissão da TV, não importa onde estiver. Ainda é possível acionar um alerta para quando seu programa favorito for atualizado, assim o expectador ficará interado das novidades oferecidas pela HBO em tempo real, sendo possível o download de legendas e ainda a reprodução de vídeos de qualidade em alta definição.

Parece tudo muito bom, e perfeito, não é mesmo? O problema é que o aplicativo está disponível somente para assinantes da TV por assinatura SKY. Ao baixar o HBO GO, será solicitado os dados da sua conta TV por assinatura, para só assim o aplicativo ser validado.

Aos assinantes da SKY, não percam tempo de corram para a play store do seu smartphone e adquiram já o novo aplicativo HBO GO.

Por Fábio G. Santos


App Pocket YogaQuer praticar Yoga, mas está sem tempo de ir a uma academia ou marcar um horário com um profissional? Parece que seus problemas acabaram, e isso graças a mais uma inovação dos aplicativos para smartphones.

O Pocket Yoga é uma maneira prática de manter o treinamento de Yoga em casa. Você só tem que pegar o celular, baixar o aplicativo e colocá-lo bem pertinho do local escolhido para a prática dos exercícios e deixar a ferramenta guiar o andamento da sessão. O aplicativo disponibiliza diversos tipos de prática, bem como níveis de dificuldade e monitoramento da duração. Além de tudo, o Pocket Yoga conta com a descrição das posições e as vantagens de cada uma delas. Ele está disponível para iOS e Android através da App Store e na Google Play.

É claro que nada disso substitui a orientação de um bom profissional e a interação com outras pessoas durante a prática do exercício, mas pode ser uma saída eficiente para aqueles dias agitados e em casos de urgência, para relaxar um pouco e recuperar as forças que o dia a dia acaba esgotando.

Baixe já seu Pocket Yoga, pelo preço de US$ 3,99, e teste você mesma o produto.

Por Fábio G. Santos


Durante a conferência Black Hat, em Las Vegas, o diretor da Kindsight Security Labs, Kevin McNamee, informou aos presentes que o smartphones podem virar um Spyphone caso ocorram downloads de recursos infectados por um malware.

MsNamee falou sobre o risco que os usuários correm caso façam o download de um aplicativo onde o hacker conseguiu colar um malware.

Qualquer mero aplicativo do tipo Angry Birds ou Facebook pode ser hospedeiro de um código malicioso e se o dono do smartphone baixar um app contendo esse código, será muito fácil para o hacker conseguir acessar os dados do aparelho, além de ter acesso a fotos, e-mails enviados, mensagens de texto e ligações feitas. Isso acabaria com a privacidade de qualquer um. Este acesso as mais variadas informações é feito porque o código colado ao aplicativo consegue acessar todas as funcionalidades.

Quando McNamee deu a sua conferência, ele demonstrou que isso é possível e que se o usuário fizer download de muitos aplicativos sem nenhum critério, poderá estar transformando o smartphone em um Spyphone.

O mais perigoso é que o app não é alterado em suas funções, permanecendo igual a um recurso não infectado.

Para não correr o risco de ser refém de um hacker a dica é ter verificar com atenção de onde os arquivos são baixados e de preferência que sejam originais.

Por Melina Menezes


Decorar um ambiente pode não ser uma tarefa das mais simples. Para se atingir um resultado satisfatório e bonito aos olhos é preciso encontrar os materiais certos, ter um bom senso de estética e técnicas para execução do que se deseja. Para não correr o risco de errar e desperdiçar dinheiro, o mais certo é que você elabore um projeto cuidadosamente pensado, e se você não quer ou não pode contratar um bom profissional de decoração, seu smartphone pode ser um novo aliado nessa tarefa.

O Homestyler é um aplicativo para Android que serve para você testar configurações para os ambientes de sua casa. O aplicativo é gratuito e pode ser encontrado na loja de aplicativos do Google. A partir de uma foto tirada pelo próprio dispositivo móvel o aplicativo com algumas informações adicionais consegue detectar os ângulos do ambiente recriando-o em 3 dimensões.

A partir disso o aplicativo oferece um bom número de móveis e objetos de decoração diversos para você ir testando até achar a combinação que mais lhe agrada. Você pode alterar os tamanhos dos objetos com toques de forma simples e não é necessário grande conhecimento técnico para fazer um projeto bacana.

Você precisa de um smartphone com boas configurações para obter bons resultados, vale a pena fazer esse download se você precisa mudar algo em sua casa, pois ele pode lhe poupar tempo e provavelmente dinheiro.

Por Bruno Hardt


Hipstamatic Oggl - App da NokiaA Nokia lançou o aplicativo de fotografia Hipstamatic Oggl. Além de poder melhorar algumas características das fotos, como luz, sombra, também permite diferentes opções de capturas. Com ele, é possível capturar, usar filtros e compartilhar as imagens.

Disponível em www.windowsphone.com, o aplicativo tem características semelhantes ao Instagram, é gratuito para Nokia Lumia 920 e Nokia Lumia 820 também na Windows Phone Store.

As principais características da versão gratuita do Hipstamatic Oggl apresentam 5 possibilidades diferentes de lentes e filmes. Os chamados filtros estão pré-configurados no aplicativo e podem ser combinados, gerando diferentes resultados. Para aqueles que se entusiasmarem mais com o aplicativo, existem duas versões pagas para usar mais filtros.

As fotos tiradas e editadas no Hipstamatic Oggl podem ser compartilhadas nas redes sociais usando o Instagram, Twiter e Facebook. Segundo a Nokia, em breve também será possível compartilhar no Flickr Foursquare e Tumblr.

A empresa também afirmou que a empresa finlandesa está buscando oferecer produtos aos clientes que possam ser competitivos em relação aos concorrentes. Oferecendo experiências interativas, a Nokia possibilita o compartilhamento de imagens. É possível que a empresa ofereça outros produtos que possam ser atrativos a novos clientes.

Por Robson Quirino de Moraes


Um jogo que já faz um grande sucesso para os usuários dos aparelhos que possuem Android é o Angry Birds.  Hoje esse jogo está disponível também pela internet, o que facilita o acesso dos fãs dessa grande aventura.

Esse jogo consiste na sobrevivência dos Angry Birds contra os porcos vingativos e gananciosos que roubam todos os seus ovos. Cada ave possui o seu efeito ou poder para ajudar a eliminar esses porcos, e isso pode ser visto conforme as fases vão aumentando seu nível de dificuldade.

Caso você fique preso em uma tela muito difícil, saiba que é possível comprar uma super águia, sendo de uso ilimitado em uma única fase. Ela é de extrema importância para a melhoria das jogadas.

Mas o que essa águia poderosa faz?

Saiba que essa criatura fenomenal vai subir a partir do céu para destruir diversos porcos em apenas um lance.  Em cada fase existe outro animal que ajuda no objetivo que é sempre o mesmo, acabar com os porcos.

Caso você tenha interesse em conhecer esse jogo, ou deseja acessá-lo pela internet agora mesmo, visite o site Angry Birds através do link www.angrybirds.com. Divirta-se!

Por Josiane Fernandes de Jesus


Além do lançamento do novo Lumia 1020, a Nokia também apresentou novos aplicativos para os seus smartphones Windows Phone. Os novos apps são o Path, o Flipboard e o Vine, que são compatíveis com o Windows Phone 8, da Microsoft.

Quem anunciou a novidade foi Stephen Elop, o CEO da Nokia, porém não deu muitos detalhes sobre os novos aplicativos – principalmente sobre quando eles serão disponibilizados na Windows Phone Store.

O Path é um aplicativo de uma rede social própria da Nokia, o Flipboard é uma espécie de software agregador de conteúdos e o Vine é um aplicativo direcionado para os vídeos gravados pelo usuário.

Esses três apps já mostram que a preocupação com o sistema operacional WP 8 vem aumentando, pois ainda não foram disponibilizados aplicativos dos serviços do Google, do Instagram, do Pinterest e do Dropbox, por exemplo.

Além das três novidades, foi anunciado que o Hipstamatic também será disponibilizado para os Windows Phones. Este app é muito famoso no mercado, no ramo de editores de imagens.

Com os lançamentos, espera-se que mais aplicativos cheguem a Windows Phone Store muito em breve, o que ajudará a crescer o mercado dos gadgets com sistema operacional da Microsoft.

Por Guilherme Marcon


Dando continuidade à expansão de sua loja de aplicativos, Amazon faz o anúncio de que os desenvolvedores poderão, nos próximos meses, passar a disponibilizar seus aplicativos para mais 200 países, dentre eles Brasil, Canadá, México, India, Africa do Sul, Corea do Sul.

A loja de aplicativos da Amazon foi lançada em 2011 e concorre diretamente com o Google Play, que comercializa além de aplicativos, livros e filmes.

Para demonstrar o sucesso de sua loja, a Amazon cita ainda em seu comunicado para a imprensa disponível em seu site, alguns desenvolvedores que obtiveram mais sucesso em suas vendas com a Amazon do que com o Google Play.

Os desenvolvedores que ainda não são cadastrados, podem se registrar através do portal de distribuição de aplicativos móveis da Amazon, e os desenvolvedores já cadastrados, optando por disponibilizar seus aplicativos internacionalmente, terão automaticamente os aplicativos disponibilizados para todos os países inclusos na estratégia.

Essa nova fase de expansão é uma continuação a recente chegada da loja de aplicativos a países como Japão, Espanha, França, Alemanha, Reino Unido e Itália.

Segundo Mike George, vice-presidente de aplicativos e games da empresa, a “Amazon é uma plataforma completa, de ponta a ponta, para desenvolvedores que desejam construir, comercializar e rentabilizar seus aplicativos e games, para Kindle Fire e dispositivos Android.”

Por Francine Cardoso de Araujo


Criado por estudantes do curso de Ciência da Computação da Universidade Federal de Pernambuco, o ProDeaf é um aplicativo para smartphone que procura facilitar a comunicação entre pessoas com deficiência auditiva e não deficientes.

O programa consiste na tradução de palavras ditas em português para Libras (Língua Brasileira de Sinais). Ao mesmo tempo em que alguém está falando, aparecem na tela do aparelho os sinais correspondentes às frases em português.

O download do programa é gratuito, mas ainda só está disponível para aparelhos com sistema Android. Há previsão de que ainda na próxima semana já possa ser efetuado o download do software para Windows Phone e smartphones da Apple.

Apesar de lançado essa semana, o Prodeaf foi desenvolvido em 2011, quando João Paulo Oliveira, de 26 anos, fez amizade com o colega Marcelo Amorim, deficiente auditivo. Comovido pela dificuldade de comunicação enfrentada pelos surdos, João começou sua empreitada.

No mesmo ano em que o aplicativo foi criado, Oliveira e sua equipe receberam a segunda classificação do prêmio Imagine Cup 2011, uma das mais importantes competições universitárias de tecnologia de todo o mundo, promovida pela Microsoft.

Por Davi Pizelli

Fonte: Uol


Grande parte dos proprietários de smartphones reconhece que um dos aplicativos mais úteis hoje em dia é o WhatsApp.

O aplicativo permite a troca de mensagens de forma simplificada utilizando a conexão de dados do celular (Wi-Fi ou 3G) sem custos adicionais. No entanto, o software só estava disponível de forma estável para aparelhos da Apple e com sistema Andoid. Havia versões também para Symbiam e Blackberry com sérios problemas de compatibilidade.

O WhatsApp já é o software para trocas de mensagem mais popular do mundo e com isso passará a enviar para todos os principais sistemas operacionais móveis.

Para os usuários do novíssimo BlackBerry 10 (que estará disponível no mercado brasileiro ainda neste semestre) isso era uma questão encarada com muito pesar. No entanto foi anunciado que no mês de março o WhatApp terá uma versão específica para o BB10 e já virá na memória dos aparelhos comercializados, segundo informação divulgada no Twitter da própria fabricante.

Isso certamente irá contribuir com os números das vendas dos aparelhos com sistema BlackBerry, que ainda necessita de outros aplicativos de grande popularidade como o Instagram e tem problemas com o YouTube. 

Por Bruno Hardt


A empresa Apple recebeu nesta semana a decisão de um tribunal chinês que determinou uma multa para a organização no valor de 160,4 mil dólares.

O motivo da punição é porque a Apple teria vendido e-books pirateados na sua loja de aplicativos.

Deste modo, o judiciário da China determinou este valor global de multa que será destinada à indenização de oito escritores e duas companhias de livros que tiveram seus direitos autorais violados.

Os autores envolvidos se disseram decepcionados com o valor estipulado já que cada um deles pedia uma indenização no valor de 10 milhões de iuanes.

Fonte: Reuters

Por Ana Camila Neves Morais


A consultoria Gartner divulgou nesta semana resultados interessantes de uma pesquisa sobre o sistema de pagamentos no futuro.

Segundo o estudo aproximadamente 33% das marcas de produtos existentes no mundo terão como opção realizar pagamentos por meio de dispositivos móveis – como tablets e smartphones – até o ano de 2015.

De acordo com o diretor de pesquisas da Gartner, Sandy Shen, nos próximos anos deve crescer a quantidade de aplicativos disponíveis para este tipo de aparelho que permitam o uso da função pagamento já que existem aqueles que possibilitam a compra e escolha de produtos por eles.

Esta tendência deve ser iniciada por setores como vestuário, bebida, supermercados, varejo e segmento de entretenimento.

Por Ana Camila Neves Morais


Mais um jogo eletrônico está ganhando uma nova atualização e o nome do momento é o game Angry Birds que consiste no arremesso de pássaros em construções para destruir os porcos que roubavam seus ovos.

Este jogo foi criado pela empresa finlandesa Rovio no ano de 2009 e já possui milhões de downloads em todo o mundo além de poder ser utilizado em diversas plataformas como Android, PlayStation 3, Mac OS, Nintendo DS e PC.

Agora, em 2012, o Angry Birds recebe uma atualização para o jogo que roda em Android e iOS com novos personagens sendo inseridos no game além de mais 30 níveis inéditos.

Por Ana Camila Neves Morais


Com as novidades surgindo por parte da RIM, o Facebook resolveu englobar o BlackBerry nas atualizações que tem feito para iOS e Android. Mesmo que os upgrades não sejam iguais, a rede social de fato percebeu o potencial do BlackBerry e lançou uma atualização de seu aplicativo.

A versão disponibilizada do aplicativo é a 3.3 e trouxe uma grande e notável reformulação visual no design do software e na sua utilização. Além disso, trouxe também a integração entre o chat do Facebook e o BlackBerry Messenger, que já é bastante popular.

Com certeza, o destaque principal fica por conta da integração com o BBM, pois agora os usuários podem adicionar os contatos que possuem no BBM diretamente no chat do Facebook e conversar com eles por lá. E ainda, é possível conferir quais são as pessoas que têm um perfil no Facebook por meio da conta no BlackBerry Messenger.

Outra novidade que veio com o update é a visualização de fotos que foi melhorada e a possibilidade de se “encerrar” a amizade com qualquer usuário.

Quem quiser baixar a nova versão do Facebook para BlackBerry já pode o fazer por meio dos próprios celulares.

Por Guilherme Marcon


Uma parceria entra a Mauricio de Souza Produções e a Movile, empresa que desenvolve conteúdos e interatividade mobile, traz as famosas tirinhas da Turma da Mônica para o celular através de plataforma MMS desenvolvida pela companhia.

Disponibilizadas inicialmente para clientes da Claro e da Vivo, as famosas histórias em quadrinhos de Mauricio de Souza serão disponibilizadas diariamente para quem aderir ao serviço.

Na Claro é preciso enviar um SMS com o texto "TM" para o número 407 e na Vivo para o número 4000. Através da operadora Claro o cliente vai pagar R$ 0,50 por mensagem e receberá diariamente as histórias da Mônica, Cascão, Cebolinha e sua trupe. Já na operadora Vivo, o custo do serviço será de R$ 2,50 para receber as tirinhas no celular no período de segunda a sexta-feira.   

Uma boa opção para quem é fã de histórias em quadrinhos e quer desfrutar das HQs no seu smartphone é o aplicativo chamado myComics. Nesta aplicação para Android é possível ler quadrinhos ou mangás em seu celular. O aplicativo lê livros em formato CBZ e CBR e uma das grandes vantagens é a função de ampliar os balões de fala, facilitando a visualização inclusive em aparelhos com telas de pequenas dimensões.  

Quem se interessar pelo aplicativo pode baixar e ver mais informações acerca do myComics através do link: www.androidpit.com.br.

Por Paulo Andrade


A AMD lançou, neste último dia 06 de dezembro de 2012, a sua nova plataforma Appzone.

Este dispositivo permite o download dos mais relevantes aplicativos para Android em computadores com sistema operacional Windows.

Na Appzone existem aplicativos para entretenimento, produtividade, jogos, fotos e vídeos.

Ao escolher uma das opções disponíveis, o usuário conhece ainda as funcionalidades do aplicativo bem como a tecnologia AMD indicada para o seu uso.

Inicialmente serão oferecidos cerca de 50 apps gratuitos para a realização de testes da plataforma.

Fonte: AMD

Por Ana Camila Neves Morais


Nesta última segunda-feira, dia 26 de novembro de 2012, a TIM anunciou uma parceria com a Opera para o lançamento da TIM App Shop que consiste em uma loja virtual destinada à venda de aplicativos para tablets e smartphones.

Na Tim App Shopp vão estar disponíveis cerca de 55.000 apps em português e inglês os quais serão compatíveis com os sistemas operacionais Symbian, iOS, Android e Blackberry presentes na maior parte dos aparelhos móveis do mercado.

Esta loja de aplicativos será alimentada pela Opera Móbile Store que pretende fazer desta uma experiência de loja online para novos empreendimentos no futuro.

Para os interessados em obter aplicativos variados para tablets e smartphones existem opções gratuitas e pagas que já podem ser baixadas através do site www.timappshop.com.br

Fonte: The Next Web

Por Ana Camila Neves Morais


A ideia é até interessante: premiar as pessoas para que eles tenham um pouquinho de bom senso. Quem anda colocando essa ideia em prática é a rede Cinemark. O objetivo em si é fazer com que os “folgados” não atendam o celular enquanto estiverem dentro da sala de cinema. Irritação que quase todas as pessoas civilizadas desse mundo já presenciaram uma vez ou outra.

 A rede Cinemark planeja fazer com que as pessoas evitem essa atitude irritante por meio de um aplicativo. O nome não poderia ser mais conveniente: CineMode. É por meio desse aplicativo que aqueles que não se comportarem enquanto estiverem assistindo a algum filme deverão ser premiados.

Como nenhuma novidade chega para todos os cantos do mundo no mesmo tempo, o aplicativo que promete dar recompensas só foi disponibilizado nos Estados Unidos. De acordo com as informações divulgadas o app CineMode não demorará muito para ser disponibilizado aos usuários do Android e iOS.

Ai vem a pergunta: “Como esse aplicativo funcionaria?”. Bom, a explicação e até bem simples e fácil de ser compreendida. Assim que o sujeito entrar na sala para assistir algum filme ele poderá ativar o app. Com isso enquanto o aplicativo estiver sendo executado o celular do dono ficará indisponível para o recebimento de ligações bem como a efetuação das mesmas. Consequentemente, enquanto o sujeito assiste aos filmes ele acumula pontos (apenas se o aplicativo estiver ligado). Depois ele poderá converter esses pontos obtidos em forma de descontos para futuras compras de ingressos. Caso queira, também poderá fazer uso dos mesmos nas compras que realizar nas lojinhas que marcam presença em quase todo o cinema.

Por Denisson Soares


Um templo no sul de Taiwan planeja lançar um aplicativo para smartphone que permite que os fiéis encontrem um conselho divino enquanto estiverem em movimento. A informação foi dada por Hung Yang-Chen, designer responsável pelo site do templo.

Com a crescente popularidade dos smartphones, a ideia é aproveitar a oportunidade para estar mais perto dos fiéis, lançando o próprio aplicativo de "adivinhação" ainda no próximo ano.

O templo, localizado no município de Pingtung, em Taiwan, lançou um site em 2005, que oferece serviços de adivinhação online, permitindo que os usuários peçam conselhos sobre qual atitude tomar, seja no amor ou no trabalho.

A adivinhação é uma parte importante da cultura taoístas. Em Taiwan, os templos estão frequentemente cheios de adoradores, que buscam orientação divina.

Desde que o site foi lançado, o templo tem visto um aumento crescente no número de visitantes físicos. O templo recebe agora cerca de 30% a mais de pessoas todos os dias, o que levou os administradores a expandir a presença online para os aplicativos de celulares. Este é um ótimo exemplo de ação de marketing que une o online ao offline.

Fonte: RawStory

Por Matheus Camargo


As funcionalidades que permitem uma maior interação entre as pessoas estão cada vez mais presentes nos celulares atuais e a novidade mais recente consiste em um aplicativo para smartphones daqueles que gostam de mostrar vídeos para amigos, pois está sendo desenvolvido o projeto OneSec que irá produzir um aplicativo voltado para este tipo de telefones e que consegue, de maneira mais rápida e simples, capturar e mandar vídeos que tenham até um segundo de duração.

Este novo aplicativo será bem parecido com o Instagram que já é utilizado para compartilhar vídeos e fotos, sendo que o OneSec terá como vantagem principal a qualidade de um filme e permite também que sejam feitas montagens com os pequenos vídeos feitos.

Os criadores do OneSec estão buscando recursos de aproximadamente R$ 25.000 por meio do Crowdfunding Indiegogo para finalizar o aplicativo e após esta etapa a nova ferramenta para smartphones será lançada em iOS e posteriormente nas outras plataformas/sistemas operacionais.

Deste modo, para aqueles que gostam de uma maior interatividade com amigos e familiares em pouco tempo terão mais uma boa opção de uso em seus smartphones.

Por Ana Camila Neves Morais


Mark Zuckerberg, CEO do Facebook e criador da rede social mais acessada no mundo, assumiu na última terça-feira (dia 11 de setembro) que tecnologia HTML5 foi um dos erros da empresa, justamente quando decidiu usá-la em aplicativos de celulares mais avançados, como os smartphones com sistema Android. Ele disse ainda que essa decisão fez o Facebook perder dois anos de avanços possíveis.

O HMTL5 é a versão avançada da linguagem HTML, usada para a formulação de páginas na internet. Com ela, é possível desenvolver webpages de modo mais rápido e compatível com diversos browsers de celulares. Uma das desvantagens mais penosas do uso dessa tecnologia para os móveis é que eles não permitem acessar todos os recursos do sistema operacional do aparelho.

A dificuldade maior está no fato de que só podem aproveitar os recursos totais dos aparelhos aplicativos nativos, ou seja, aqueles elaborados para as ferramentas de cada sistema. E, dessa forma, os aplicativos nativos costumam proporcionar uma experiência diferenciada e de melhor uso do que aqueles elaborados com HTML5.

Zuckerberg garante que o Facebook apostará mais em aplicativos nativos, tanto nos Androids quanto nos iPhones.

Fonte: IG

Por Tadeu Goulart


A Wikitude anunciou o lançamento de um aplicativo de realidade aumentada, integrado ao TripAdvisor, para os aparelhos BlackBerry que tenham a sétima versão do sistema operacional ou superior.

Para quem não sabe, o TripAdvisor é um serviço com o qual os usuários conseguem encontrar locais para dormir, se divertir ou comer e permite que as pessoas façam comentários e compartilhem os locais que visitaram, podendo marcá-los no mapa.

Agora, os usuários do BlackBerry poderão usar o TripAdvisor in Augmented Reality para ter uma visão contextual de restaurantes, hotéis e todas as outras atrações que o serviço oferece, tudo isso em tempo real.

O funcionamento da ferramenta é bem simples, basta clicar no TripAdvisor/Wikitude, localizado na tela inicial, e ver automaticamente a “vizinhança” a partir das lentes de realidade aumentada. Feito isso, basta escolher um local para ter acesso a todas as informações detalhadas sobre o estabelecimento. O aplicativo ainda oferece uma opção chamada “Bring me there”, que oferece o caminho passo a passo para o local desejado.

Para quem se interessou pelo TripAdvisor Augmented Reality, basta baixá-lo sem custo nenhum na App World. 

Por Guilherme Marcon


A Apple inovou o mercado ao trazer a assistente virtual do iPhone, a SIRI, mas não é apenas ela que conta com este tipo de tecnologia de reconhecimento de voz. Após a chegada da Siri no mercado, diversas fabricantes lançaram suas assistentes inteligentes, como por exemplo, a Nuance, que acaba de anunciar a chegada de um kit de desenvolvimento chamado NINA, que promete grandes resultados e diversas possibilidades para o futuro.

No vídeo de apresentação deste novo sistema é possível observar vários aplicativos que serão compatíveis com ele. Inicialmente, os desenvolvedores de aplicativos para Android e iOS poderão ter acesso ao NINA, porém ainda não existe nenhuma informação de quando o novo recurso da Nuance chegará ao Symbian e ao Windows Phone.

É importante lembrar que não se trata de apenas um software comum, mas sim de um kit de desenvolvimento para outros softwares. Sendo assim, os desenvolvedores poderão criar diversos mecanismos para que suas ferramentas possam ser controladas por comandos de voz.

O codinome NINA (Nuance Interactive Natural Assistant) sugere que a navegação entre os aplicativos será bastante natural. O grande desafio da companhia é deixar a assistente pessoal menos travada do que os atuais aplicativos.

Por Guilherme Marcon


O Sparrow recebeu, há pouco tempo, uma nova atualização de software que transformou o aplicativo na melhor ferramenta de e-mail para o iPhone, para a maior parte dos usuários. Após um mês do lançamento da versão 1.1 na loja oficial da Apple, foi lançada a nova versão do programa, a 1.2, que traz mudanças bastante interessantes, sugeridas pelos próprios clientes.

A antiga versão apresentava dois bugs que foram corrigidos nesta atualização, como por exemplo, a exibição de imagens dos contatos. Mas a possibilidade de escrever as mensagens na horizontal, que leva o nome de Landscape mode, é a principal novidade da atualização. Além disso, a nova versão do programa ainda é capaz de criar marcadores para os e-mails e permite que o usuário mude as mensagens de uma pasta para outra com apenas um passar de dedo na tela do iPhone.

O Sparrow ainda ganhou oito idiomas novos além do inglês e, segundo o responsável pela equipe de desenvolvimento do aplicativo, Dom Leca, haverá outros updates em breve, nos quais serão incluídos alguns outros pedidos dos usuários, como a adição de notificações por push. Além disso, Dom Leca também afirmou que mais de 16 mil pessoas ajudam no desenvolvimento do programa, seja executando as alterações ou apenas sugerindo-as.

Por Guilherme Marcon


As empresas estão bastante interessadas nos serviços baseados em computação em nuvens e a LG também está entrando nessa onda. A empresa sul-coreana anunciou que o seu novo serviço de armazenamento na nuvem começará a funcionar em versão Beta e levará o nome de LG Cloud.

Para quem ainda não ouviu falar, o serviço permite que os usuários vejam conteúdos como vídeos e fotos a partir de computadores, televisores e smartphones, além de usufruir de uma sincronia entre um smartphone e o que está aparecendo na tela do computador ou televisor, de forma quase imediata.

Para que os consumidores possam ter acesso ao serviço da LG é necessário possuir o aplicativo LG Cloud, que de início estará disponível apenas para o sistema Android, do Google.

De acordo com as informações da LG, os usuários também poderão enviar imagens e vídeos no formado 3D, e o sistema terá uma versão paga e uma gratuita, sendo que o valor da versão paga irá variar em cada país e os preços só serão anunciados quando a companhia lançar a versão final do serviço.

Para quem quiser testar a versão Beta do LG Cloud, basta acessar o Google Play ou o LG Smart World e fazer o download.

Por Guilherme Marcon


Atualmente encontramos diversos tipos de aplicativos para smartphones, que são capazes de ajudar no dia a dia do usuário e cada vez ficam mais modernos. Para quem possui iPhone, há uma enorme variedade de aplicativos, pois a grande maioria deles é lançada primeiramente para a plataforma iOS.

Para quem gosta de redes sociais, a lista deste tipo de ferramenta é grande. Sendo assim, é interessante sabermos quais são os melhores aplicativos sociais para o iPhone.

Um deles é o Whatsapp, que permite mandar e receber mensagens de graça entre os usuários que possuem o programa instalado, através de uma conexão 3G e Wi-Fi. O Whatsapp foi lançado com o intuito de troca de mensagens gratuitamente, mas com o tempo ganhou outras ferramentas.

Outro app é o Skype, tal qual o programa utilizado em computadores, que serve para conversar através de escrita e por chamadas de voz. Além disso, o usuário pode realizar outras atividades no smartphone enquanto conversa.

Ainda, existe o Tweetdeck e, com ele, o usuário pode fazer e ler publicações no Twitter, e, além disso, a ferramenta permite que a pessoa visualize todas as mensagens que já escreveu no serviço.

Já o GetGlue funciona mais ou menos como o Foursquare, mas a diferença é que o usuário faz checkin em filmes, livros, seriados tópicos entre outras atividades culturais. O aplicativo ainda permite fazer publicações e se conectar com os amigos do Facebook e Twitter.

É claro que existem outros aplicativos para redes sociais, mas sempre há alguns que se destacam, como os citados anteriormente. Para quem gosta, é interessante fazer o teste e ver por si mesmo o que os apps podem proporcionar.

Por Guilherme Marcon


Recentemente, a gigante das buscas Google começou a remover definitivamente os aplicativos maliciosos da Google Play, numa tentativa de amenizar as ameaças que são instaladas nos dispositivos móveis dos usuários do sistema operacional Android.

No início da segunda quinzena de abril, foram removidos mais 15 apps da loja do Google, pois foi constatado que todos eles possuíam trojans maliciosos. A detecção foi feita pela McAfee, empresa de antivírus, que informou que todos eles coletavam dados de e-mail, números de telefone e endereços na lista de contatos da agenda de smartphones.

Em geral, os apps removidos eram players de vídeo que traziam demos de filmes de animes, mas ativavam seus códigos malware quando eram executados. Para piorar, a Google Play informou que mais de 70 mil usuários fizeram o download desses aplicativos.

Esse problema de detecção de softwares com códigos maliciosos vem se repetindo muito na loja do Google, o que traz muitos questionamentos com relação à segurança da Google Play, que só percebe os problemas após eles terem acontecido. Por diversas vezes a empresa já foi contatada, mas não quis se pronunciar a respeito.

Por Guilherme Marcon


Tendo em vista o súbito crescimento da Marketplace, que é a loja dos apps para Windows Phone, começou a haver atraso na aprovação de novos aplicativos. Sendo assim, vários desenvolvedores reportaram lentidão na publicação de seus apps na loja da Microsoft.

Com isso, a empresa divulgou uma nota oficial na sua página de desenvolvedores, informando que a lentidão é causada pelo aumento expressivo de 60% na quantidade de aplicativos da Marketplace em apenas três meses, que já chega a 80 mil apps.

Ainda de acordo com a empresa, a loja foi lançada em outros países, o que tornou mais difícil manter o prazo de um dia útil na aprovação dos novos aplicativos.

Tendo em vista a lentidão ocorrida, a aprovação demora vários dias e, na tentativa de resolver o problema, a Microsoft vem aumentando a capacidade dos seus servidores para que haja um maior suporte ao grande tráfego no sistema de publicação de aplicativos da empresa.

Além disso, a equipe de funcionários está sendo readaptada para que o processo seja mais ágil. Com as alterações feitas, o tempo médio será de 2,6 dias úteis para teste e aprovação dos novos aplicativos. 

Por Guilherme Marcon


O Instagram atualmente ocupa o posto de sensação do momento, isso quando o assunto é tirar fotos através de aplicativos móveis. O sucesso do aplicativo é tão grande que ele deixou de ser uma exclusividade da empresa Apple e ganhou uma nova versão para o sistema operacional Android, do Google – e ainda foi comprado pelo Facebook.

A moda de deixar fotos com aspecto envelhecido “pegou” e agora é possível deixar suas fotos mais “velhas” ainda, graças ao aplicativo que foi desenvolvido apenas para plataforma iOS, chamado de 1-Bit Camera. Este aplicativo é uma ótima recomendação para quem curte colocar esse tipo de efeito nas fotos.

A utilização do aplicativo é bem simples e leva suas fotos de volta à década de 80, deixando as imagens com apenas 1 bit de qualidade. O 1-Bit Camera deixa de lado a câmera de oito megapixels, encontrada no iPhone 4S, e tenta ocupar o espaço que o Instagram deixou ocioso, pois muitas pessoas se incomodaram com a sua popularização.

Para quem se interessou pelo 1-Bit Camera, ele está à venda na loja oficial da Apple, a AppStore, por US$ 0,99, que equivale a mais ou menos R$ 2.

Por Guilherme Marcon


Draw Something é um dos aplicativos mais baixados pelos usuários de smartphones com sistema iOS e Android.

O aplicativo consiste em uma espécie de jogo que parece muito com um clássico dos tabuleiros chamado "Imagem e Ação".

No jogo de tabuleiro, as pessoas sorteavam uma palavra e precisava desenhar ou fazer mímica para que sua equipe conseguisse adivinhar o que havia sido sorteado.

No aplicativo, funciona mais ou menos desta forma. O app sorteia uma palavra para a pessoa e ela precisa fazer o desenho correspondente.

Na versão para iOS o usuário pode disputar partidas com outros jogadores utilizando sua conexão com a internet. Para isso, é necessário criar uma conta no jogo. O jogador poderá convidar usuários do Facebook que também jogam o game para uma disputa.

O usuário, assim que entra em uma partida, precisa esperar que o outro jogador faça o desenho e mande para você, assim a sua tarefa será adivinhar o que está sendo desenhado e vice versa.

Como a nossa rede 3G não é muito boa por aqui, o recomendável é que se utilize uma conexão wireless para que o jogo fique mais rápido e divertido.


Com o constante crescimento do mercado de celulares inteligentes, a Microsoft e a Nokia enfrentam um problema sério com relação ao seu Windows Phone. Isso, pelo fato de o mercado estar dominado pelo iPhone e pelo Android, e todos os desenvolvedores focarem nestes dois para o desenvolvimento de aplicativos.

Com esse problema em mãos, a Microsoft e a Nokia resolveram investir 18 milhões de euros no desenvolvimento de um programa que criará aplicativos, chamado AppCampus. O projeto do programa será conduzido pela Universidade Aalto, no período de três anos.

Aplicativos populares como o das redes sociais Twitter, Foursquare e Facebook estão disponíveis para o Windows Phone, o problema são os aplicativos especializados e diferenciados. Em comparação aos 500 mil apps disponíveis na App Store ou na Google Play, os 65 mil aplicativos da Windows Phone Marketplace são muito fracos na competição de mercado.

Em uma pesquisa realizada pelo IDC/Appcelerator, apenas 37% dos desenvolvedores se interessam pelo Windows Phone, enquanto 79% se interessam pelos Android e 89% pelo iPhone.

O grande problema agora é enfrentar a baixa qualidade dos apps, sem esquecer a baixa quantidade de apps disponíveis, para o WP, fato que tem prejudicado o apelo publicitário feito pela Nokia com relação ao Lumia.

Por Guilherme Marcon


O site Tech Crunch divulgou a novidade da Nokia, referente ao app Nokia Maps, que já existe há um ano e roda em Android, iPhone e iPad.

Agora é possível ouvir de graça as direções a serem tomadas, como um GPS normal, sem ter que ficar olhando para a tela do seu aparelho.

O site do Nokia Maps no dispositivo móvel é m.maps.nokia.com. Mesmo sendo apenas em inglês, a funcionalidade do aplicativo é muito boa, e vem com um diferencial de ter navegações com transporte público e a pé, além de navegação via carro.

Como um GPS normal (dependendo do tipo, claro), quando for utilizar o Nokia Maps, basta digitar a origem e o destino. Na sequência será feita a pergunta se você deseja ter as orientações por áudio ou não. Se você responder “sim”, será feito o download de um arquivo – apenas na primeira vez que utilizar esta opção – com cerca de 2 MB, e depois partirá para as instruções em inglês britânico.

Por enquanto, a opção de orientação via áudio só está disponível na versão de navegação a pé.

Ainda assim, um dos grandes diferenciais é ter, além da exibição de mapa padrão com ruas e nomes, a visão por satélite, a visão via transporte público e também uma ótima opção que é a visão de tráfego ao vivo, que auxilia a planejar melhor a sua rota.

Por Guilherme Marcon


Imagine conseguir conectar diferentes equipamentos digitais, como uma câmera ao seu celular e tablet, e assim conseguir utilizar a potencia da lente da sua câmera para fazer imagens que serão processadas, armazenadas e enviadas para redes sociais pelo smartphone? Pois o aplicativo Eye-Fi foi feito pensando nesta possibilidade.

Na verdade a funcionalidade dele é um grande cartão de memória que possui um transmissor Wi-Fi integrado.

A empresa está presente no mercado já há algum tempo, sempre pensando no desenvolvimento de soluções em termos de conectividade, e recentemente aproveitou um grande evento para lançar um aplicativo especialmente feito para conectar uma câmera a outro dispositivo móvel, como tablet ou smartphone.

A utilização é bastante simples, basta que os usuários conectem o cartão de memória na câmera e depois deixar que o dispositivo se comunique com outros equipamentos para mandar os arquivos para o celular ou para o tablet, de acordo com a preferência do usuário.

A solução é ideal para aquelas pessoas que querem tirar fotos de qualidade e enviar por e-mail, mensagem ou postar nas redes sociais de forma rápida.


Aproveitando o lançamento do novo iPad, a Apple atualizou os apps iMovie, iWork e GarageBand.

A atualização traz novos recursos para garantir compatibilidade com o novo iPad, é claro, como a opção de salvar arquivos em Full HD. Além disso, o iOS também foi atualizado para a versão 5.1, proporcionando mais qualidade para a execução das tarefas nos aparelhos da marca.

Os aplicativos Pages, Keynotes e Numbers, do iWork, agora são capazes de suportar gráficos da Retina display, com a nova atualização. Além disso, é possível fazer edições em arquivos em modo retrato, no Pages, e fazer novas transições no Keynote – ambos, nesse caso, apenas para iPhone.

Já o GarageBand agora possui sua própria “orquestra automática” e também pode sincronizar-se com o iCloud. Mas para completar as melhorias, agora até 4 usuários podem se conectar como uma “Banda”, via Bluetooth ou Wi-Fi, para tocarem instrumentos juntos.

Quanto ao iMovie, agora ele possui Movie Trailers, que se trata de uma ferramenta para escolher entre nove templates para a criação de trailers, e também organizar seus clipes em formato de storyboard. Os produtos finais do app, com a atualização, podem ser salvos em Full HD 1080p, além de serem exibidos na Apple TV e compartilhados no YouTube, Facebook ou Vimeo.

Para a felicidade dos usuários, as atualizações feitas serão disponibilizadas gratuitamente via App Store, é só correr e atualizar para utilizar as novas funcionalidades! 

Por Guilherme Marcon


Um dos mais importantes portais de notícias que é voltado para os fanáticos por videogames ganhou um novo aplicativo para iPhone e também para iPad.

O nome do aplicativo que já pode ser encontrado na APP Store é o App GameLib, e segundo as informações que o site divulgou para a imprensa, existe também uma versão para o Android que pode ser baixado pelo Google Play. O aplicativo é indicado para que as pessoas acompanhem as principais notícias publicadas no site em tempo real, onde quer que estejam.

O objetivo principal do aplicativo é ser mais uma alternativa de fonte de notícias para pessoas que consomem este tipo de tecnologia, principalmente games, voltado especialmente quem acompanha as atualizações diárias do site na internet.

O aplicativo ganhou um visual muito bonito e simples, sendo muito fácil buscar pelas principais notícias e também encontrar notícias por categorias.

Ele também disponibiliza algumas outras funções, como a possibilidade de baixar as músicas que fazem parte da trilha sonora de determinado jogo.


A Vivo, uma das maiores companhias de telefonia móvel do Brasil, anunciou recentemente mais um serviço que será disponibilizado para os seus usuários.

Será uma plataforma de navegação feita com base nos sistemas de mapas em GPS para que os usuários consigam utilizar o seu smartphone como serviço de navegação por ruas e estradas das grandes cidades. O nome do serviço que está sendo lançado é o Vivo Co-Piloto Trânsito.

O aplicativo foi feito pensando especialmente nos motoristas brasileiros. Um dos grandes diferenciais quando se compara este sistema com outros aplicativos com a mesma função é que ele foi feito todo em português. Segundo as informações da Vivo, os usuários do serviço poderão obter rotas e informações do trânsito em tempo real através do serviço de atualização pela internet, além de apontar irregularidades durante o seu trajeto.

Os usuários poderão fazer o download de mapas completos da cidade, sem precisar ficar carregando depois novamente a cidade que está.

Por enquanto o serviço está disponível em apenas algumas cidades, mas em breve será disponibilizado para todas as capitais e grandes cidades brasileiras.


Para inovar mais um pouco e adequar o nome da loja ao que é comercializado, a Android Market passou a ser chamada de Google Play, que além de aplicativos, comercializa vídeos, músicas e livros.

O lançamento da Google Play foi no dia 06 de março. A loja agora englobou o Google Vídeos, Android Market e eBookstore em um só site. Apesar disso, ainda não estão disponíveis no Brasil as compras de músicas, livros e vídeos, somente está disponível a compra de aplicativos.

A intenção do Google foi de mostrar para os consumidores que é oferecida uma gama muito grande de conteúdo, muito além dos aplicativos para Android. A imagem da loja estava muito conectada apenas à loja de aplicativos, sendo assim esta é uma tentativa de mudar o conceito no mercado.

No blog oficial, o Google afirmou que a Google Play se refere a “todo entretenimento, em qualquer lugar que você vá”, pois “Google Play é totalmente baseado na nuvem” o que indica que todo o conteúdo seja armazenado na internet via loja e esteja disponível para os usuários.

Agora, o ícone da loja será atualizado, retirando o antigo aplicativo da Android Market e colocando o da nova Google Play, em todos os smartphones Android.

Por Guilherme Marcon


Existe uma plataforma que ajuda os usuários a encontrarem os aplicativos que eles estão buscando, de forma rápida e simples. Esse site acaba deixando a busca muito mais apropriada do que quando se faz a mesma busca no site da loja de apps da gigante Apple.

O site se chama Chomp e recentemente foram divulgadas informações, através do site TechCrunch, que a própria Apple teria comprado o site, este que, além de fazer as buscas, ajuda os usuários de Android e iPhone a encontrarem novos aplicativos e apps potencialmente interessantes.

Apesar de a App Store da Apple possuir cerca de 25 milhões de downloads, a aquisição dessa plataforma Chomp veio para auxiliar a loja em sua maior fragilidade: ajudar os usuários a encontrar apps interessantes e novos, desde criações pequenas até as famosas.

Mas não é só por isso o interesse da Apple, ao que parece – e foi informado via TechCrunch – a equipe da área de tecnologia da Chomp será aproveitada e conduzida a reestruturar o sistema de busca da loja de aplicativos da Apple – além de reformular a área de recomendação de aplicativos, é claro!

Vamos ver, futuramente, qual será o resultado dessa compra no site da App Store. O tempo que vai demorar não se sabe dizer, mas com certeza será muito em breve.

Por Guilherme Marcon


No canal do YouTube, a Apple divulgou dois novos comerciais divulgando o tão requisitado aplicativo Siri. Intitulados Road Trip e Rock God, os comerciais utilizam um ambiente jovem para mostrar as funcionalidades do novo iPhone 4S.

O foco desses comerciais é o fato de você poder acessar diversas ferramentas no aparelho sem ter que apertar um botão sequer: enviar SMS, buscar rotas, agendar compromissos, entre outros. Os vídeos nos mostram, de forma simplificada e exemplificada, o uso do Siri em diversas ocasiões, evidenciando a praticidade do smartphone no dia a dia das pessoas.

É muito interessante ver, por exemplo no vídeo Rock God, que quando necessitar comprar algum equipamento (como nesse caso uma guitarra), basta “perguntar” ao Siri que ele lhe dá sugestões de onde encontrá-lo. Ou então quando se está perdido sem gasolina no carro, pode “questionar” o aparelho e ele lhe indicará onde você pode abastecer.

É muito interessante poder ter um smartphone que faz tudo isso para você, só de você “conversar” com ele.

Realmente o Siri veio para revolucionar completamente a tecnologia existente.

Por Guilherme Marcon


Já estão disponíveis para smartphones e tablets aplicativos que permitem acessar o nosso computador pessoal, de forma remota, em qualquer momento e a partir de qualquer lugar. Com a simples instalação de um programa torna-se possível visualizar, no smartphone ou no tablet, todos os conteúdos que estejam arquivados no computador, incluindo a informação que esteja guardada no desktop.

As acessibilidades tornam-se ilimitadas, uma vez que estes aplicativos permitem, para além da consulta da informação, efetuar downloads da informação armazenada nos computadores a que se acesse remotamente, bem como fazer uso de todos os programas que ali estejam instalados.

O acesso remoto, por via do smartphone ou do tablet, pode ser feito não apenas para o nosso computador pessoal, mas também para o do trabalho, por hipótese, ou para qualquer outro do nosso círculo de familiares e amigos, desde que não se trate de computadores protegidos ou inseridos em redes fechadas.

Deste modo, deixa de ser necessário você andar com o cabo de transmissão de dados de um lado para o outro, pois com esta aplicação os seus problemas estão resolvidos.


O aplicativo Siri da Apple, uma espécie de assistente virtual,  foi a principal novidade apresentada para o iPhone 4S, logo algumas cópias do software foram surgindo, um desses clones foi o Siri para Android, mas a gigante de buscas resolveu banir o aplicativo do Google Android Market.

Apesar de ser apresentado como a versão oficial do Siri, na verdade a tecnologia utilizada pela ferramenta era Google Voice Actions.

O Siri para Android começou a ser disponibilizado na loja de aplicativos do Google no dia 30 de dezembro e foi criado pela empresa Official Software, porém ele foi retirado no mesmo dia pelo Google, assim como outros aplicativos da empresa. O motivo alegado para a retirada de outras criações da Official Software foram outras medidas consideradas duvidosas feitas pela empresa.

Ao baixarem a versão do Siri para Android da Official Software, as pessoas tinham apenas o programa de reconhecimento de voz do Google, ferramenta já instalada no Android. Até o momento outros aplicativos semelhantes já foram lançados, mas nenhum capaz de concorrer com o Siri da Apple.

A grande aposta do Google é o aplicativo Alfred, disponível para iPhone. Comprado recentemente pela empresa, o software, segundo alguns especialistas, é o único com chances de concorrer a altura com o Siri. 

Por Joyce Silva


Os hackers estão indo cada vez mais longe. Embora às vezes acabem atrapalhando os usuários, como quando criam vírus, também facilitam a vida das pessoas burlando sistemas fechados.

A última façanha dos piratas virtuais foi disponibilizar o aplicativo Siri para o iPhone 4 e para o iPod Touch. O programa foi lançado para ser uma exclusividade do iPhone 4S, último smartphone da Apple.

O feito está sendo atribuído ao hacker irlandês Steve Troughton-Smith e a seu amigo norte-americano grant Paul. Ambos afirmaram na internet que conseguiram fazer a adaptação e ainda postaram um vídeo no Youtube mostrando como conseguiram. Além do iPhone 4 e do iPod Touch, o Siri também deve funcionar no iPhone 3GS.

O aplicativo é uma das maiores sensações no iPhone 4S, sendo um dos grandes responsáveis pelas vendas recordes do smartphone. O programa funciona como uma espécie de assistente pessoal. Ao invés de procurar algo no Google ou em qualquer livro, basta perguntar ao programa, que ele mesmo faz a busca na internet. O programa funciona por comando de voz e precisa estar sempre conectado à rede.

Uma empresa já copiou e fez uma versão para o sistema operacional Android, do Google, que se chama Iris (Siri ao contrário).

Por Mozart Artmann


Um aplicativo para smartphones e tablets chamado "Arte Fora do Museu" será lançado nesta quinta-feira (26 de outubro), oferendo a seus usuários um roteiro das obras de arte e arquitetura na cidade de São Paulo.

Há vários roteiros no aplicativo. Um deles é dedicado exclusivamente a arquitetura moderna. Outro mapeia murais de artistas desconhecidos, e assim por diante. Ao todo o aplicativo contém cerca de 150 obras de arte a céu aberto.

Além de indicar a localização das obras, o "Arte Fora do Museu" também contém imagens e vídeos de especialistas comentando cada item.

O aplicativo já pode ser baixado em iPhones e em breve deve estar disponível para usuários de smartphones com o sistema operacional Android, do Google.

Os idealizadores do projeto são Felipe Lavignatti (jornalista) e André Deak (fotógrafo). O jornalista explicou ao jornal "Folha de S. Paulo" que houve um critério para a seleção das obras que estão visíveis no aplicativo. “Como em qualquer exposição de museu, precisamos escolher”, justifica Lavignatti. Um dos critérios adotados é se a arte é ou não moderna, o que deixou de fora locais históricos. Além disso, é necessário estar ao ar livre e ser gratuita.

Por Mozart Artmann


A Netflix, empresa responsável por um dos aplicativos mais populares do sistema operacional Android, de smartphones e tablets, passa por uma crise sem precedentes na história da companhia.

Após o aumento dos preços de alguns de seus serviços, que começou a ocorrer em junho, cerca de 800 mil usuáriosabandonaram o aplicativo. A debandada teve impacto na economia da empresa, pois suas ações já sofrem uma desvalorização que chega aos 35% na bolsa de valores nova-iorquina. Os papeis que antes eram negociados a 77 dólares agora são vendidos por 41 dólares. O preço tem caído mais a cada dia.

A companhia admitiu desde o início do aumento dos preços que esperava perder assinantes, mas calculava que o número máximo de pessoas que podia abandonar o serviço era de 600 mil. Embora a crise fosse previsível, a Netflix diz não estar certa do que fazer para encerrá-la e voltar a crescer. Uma das medidas tomadas pela empresa foi separar o serviço de vídeo por streaming do aluguel de DVD. A novidade se tornou um novo fracasso e, após constatar que os usuários estavam ainda mais insatisfeitos, voltou atrás e juntou as operações novamente.

Nos Estados Unidos a Netflix possui cerca de 23 milhões de assinantes. No Brasil o serviço chegou em setembro e custa R$ 14,90 mensais.

Por Mozart Artmann


Usuários do sistema Android e que possuem o aplicativo Skype devem tomar cuidado. Foi divulgado esta semana que o aplicativo possui falhas graves de segurança.

De acordo com pesquisadores, o aplicativo deixa muitas portas abertas para que criminosos mal intencionados possam acessar informações como nome do usuário, telefones de contato e até mesmo conversas realizadas pelo celular.

O próprio Skype admitiu as falhas e prometeu corrigi-las. Embora tenha afirmado isso, a empresa ainda não tem nenhuma previsão de quando será disponibilizado a solução para estes problemas.

De acordo com pesquisadores de segurança, o indicado é que os usuários excluam o aplicativo até que as correções sejam realizadas.

É importante ressaltar que o aplicativo Skype Mobile da operadora Verizon não foi afetado pelo problema.


Os recursos atuais disponíveis em celulares, smartphones e tablets ultrapassam a barreira da imaginação. Quando um consumidor crê na ideia de que tem em suas mãos a maior novidade do mercado, eis que pouco tempo depois as empresas lançam novos aparelhos com recursos a perder de vista.

A conectividade Bluetooth é indispensável, tanto que já equipa veículos automotores e lojas de departamento. Basta o consumidor acionar o sistema para receber informações, trocar figurinhas com seus amigos e familiares e conversar com o próximo pelos alto-falantes de carros e outros equipamentos da área de informática. Entretanto, a Apple não liberou o recurso no iOS do iPhone.

Os que querem muito ter o dispositivo acionado ao iPhone, iPad e iTouch podem recorrer a um pequeno aplicativo batizado de Celeste. O único empecilho é que esse software só pode ser instalado após os aparelhos terem sofrido jailbreak, que em curtas palavras significa liberar o produto, destravá-lo.

Caso isso não seja qualquer problema para o usuário, a loja da Cydia oferece o “desbloqueio” de Bluetooth por US$ 7,99 (cerca de R$ 13,30). A transferência, ao que tudo indica, parece ser bem simples.

Por Luiz Felipe T. Erdei

Fonte: iTouchBR


Locomover-se pelas ruas de todo o país tem ficado mais fácil, pois o advento de equipamentos GPS (Global Position System), há algum tempo, facilitou a procura de endereços em todas as unidades federativas brasileiras e, em alguns casos, até em cidades do exterior.

Os mais modernos aparelhos celulares possuem sistema de identificação do posicionamento global. O Nokia C3, diferentemente, não apresenta esse recurso, mas é possível o acesso a mapas através da instalação de aplicativos específicos, como é o caso do Navigami, que abrange navegação offline.

De acordo com a Nokiatividade, portal de debates da Nokia, o Navigami roda em aparelhos celulares com o sistema Java instalado. Basta o usuário baixar mapas diretamente para o telefone.

Entre as principais funções do aplicativo destacam-se mapas de vetor, vista em duas e três dimensões (2D e 3D), rotas, navegação de destino, bússola digital, computador de bordo e alerta de proximidade.

Para tornar o aplicativo útil é necessário conectar o celular, por meio de Bluetooth, com um Módulo da Nokia batizado de GPS Bluetooth LD-3W.

Por Luiz Felipe T. Erdei


O jornal americano New York Times publicou, no dia 7 de março, que a maioria dos usuários dos smartphones (celulares inteligentes) costuma passar mais tempo usando programas utilitários no aparelho, ao invés de navegar na internet ou fazer ligações. Cerca de 667 minutos por mês são gastos com aplicativos no smartphone, um tempo bem mais alto do que o gasto conversando ou utilizando-o para surfar na web.

Usuários de iPhones e telefones Android usam duas vezes mais aplicativos por mês do que donos de BlackBerry, segundo pesquisa realizada pela empresa Zokem. O estudo traçou, durante o mês de janeiro, o comportamento de 2.100 britânicos e americanos usuários de smartphones com softwares instalados em seus telefones.

De acordo com a Zokem, o programa mais baixado é o jogo Angry Birds, porém apenas 5% dos usuários jogaram no mês. O presidente executivo da Zokem, Hannu Verkasalo, afirmou que o padrão é típico para um jogo, e completou ainda que “para a maior parte dos jogos, o uso é um muito esporádico. As pessoas tendem a baixar um jogo, experimentá-lo por algum tempo, e então desistem”.

Por Andrea Gomes


O rumor de que a RIM estaria planejando rodar aplicativos Android em seus smartphones e no tablet Playbook começou no início do ano. Ainda que se trate de mera especulação, a verdade é que as evidências de que isso está mesmo acontecendo estão aumentando.

Por exemplo, a empresa desenvolvedora do aplicativo ShopSawy revelou que os dados do software estão sendo acessados por smartphones Blackberry. O fato é que isso não seria possível, já que o aplicativo não tem versão para o sistema operacional da RIM.

Logo só há duas explicações para o fato. Ou hackers instalaram o sistema operacional Android em alguns Blackberrys ou a própria RIM está testando a máquina virtual Dalvik em seus celulares inteligentes. Os modelos utilizados seriam os Blackberry 8520, 8600 e 8300.

Outro detalhe que fortalece o rumor é que as informações geográficas enviadas pelo aplicativo indicam a cidade Waterloo, no estado de Ontário, Canadá como origem. Coincidentemente é lá que fica a sede da RIM.

Por Maximiliano da Rosa

Fonte: BGR


Como parte de uma campanha que tem como objetivo fornecer aos usuários informações precisas sobre tudo que envolva o sistema aeroportuário, a Infraero lançou o Infraero Voos Online.

Trata-se de um aplicativo para iPhone que é capaz de dar informações sobre voos em todo o país, tais como horários de chegada e partida de aviões, dicas, clima, portões de embarque e desembarque, ou até mesmo contabilizar a duração de uma viagem. O software foi desenvolvido pela empresa AgenciaClick e está disponível também para iPod e iPad que rodem iOS 3.0 ou superior.

O Infraero Voos Online pode ser baixado gratuitamente na loja de aplicativos da App Store. Sem dúvida, os usuários dos dispositivos da Apple terão agora um novo motivo para não desgrudar do aparelho enquanto esperam o voo.

Por Alberto Vicente


Um aplicativo para iPhone desenvolvido para ajudar católicos no sacramento da confissão tem atraído críticas de autoridades do Vaticado.

O porta-voz do Vaticano, Federico Lombardi, descartou qualquer noção de que os católicos podem usar o aplicativo “Confession: A Roman Catholic app” para substituir completamente a confissão real. “Não se pode falar de qualquer forma de confissão via iPhone”, diz um comunicado do porta-voz.

O aplicativo seria, na verdade, um guia para a confissão. Segundo a iApps Little, empresa que desenvolveu o aplicativo, ele “convida os católicos a se preparar para a oração e participar do Rito da Penitência”, disse a companhia em um comunicado à imprensa.

O aplicativo foi endossado por um Bispo do Texas e foi desenvolvido com ajuda de duas autoridades da Igreja Americana.

Por A. Garcia 

Fonte: Switched


A Serasa Experian anunciou o lançamento de um aplicativo que permite aos donos de iPhone, iPad e iPod Touch conferirem os indicadores econômicos e pesquisas divulgados pela instituição.

Além do aplicativo estar disposto na loja App Store, é possível acessar as informações pelo endereço eletrônico www.serasaexperian.com.br/mobile. Ao final do ano, a Serasa pretende estender a ferramenta às plataformas BlackBerry, Android e Windows Mobile.

De acordo com Ricardo Loureiro, presidente da Serasa Experian e Experian da América Latina, a ação visa interligar os dados da empresa com as novas tecnologias e mídias, uma vez que o atendimento prestado pela entidade visa sempre melhorar o relacionamento com os usuários. O interessado que fizer uso do sistema terá acesso a 16 indicadores econômicos.

Por Luiz Felipe T. Erdei


Novelas brasileiras de décadas atrás, seriados como Agente 86, filmes como “Back to the Future”, entre outros exemplos, apresentavam ao público, de modo ficcional, elementos futurísticos entre telefones móveis, carros guiados sem o motorista utilizar suas mãos, etc. Anualmente, a tecnologia traz novidades semelhantes em relação às apresentadas há anos, ratificando a vontade de o homem tornar as coisas mais simples.

Aparelhos celulares parecem se aproximar mais rapidamente de ideias antigas, tanto que agregam comunicação entre as pessoas de qualquer lugar do mundo, programação televisiva e interação com outros tipos de mídias. Inúmeras pessoas, em filas de banco, por exemplo, fazem uso de aplicativos como distração ou para, então, adiantarem alguma tarefa.

Estudo edificado pela Nokia em sociedade com Trevor Pinch, professor da universidade Cornell University (EUA), revela que 55% dos usuários de smartphones creem que softwares realmente favorecem seu dia-a-dia, com maior uso em casa, depois viagens e, por último, no ambiente de trabalho.

O levantamento assinala que nos dez países sondados, o importante não é quantos aplicativos estão instalados nos aparelhos móveis, mas a utilidade conferida. No Brasil, 42% dos consumidores consultados preferem softwares relacionados à música.

Por Luiz Felipe T. Erdei

Fonte: Nokia


Interação, esta palavra designa perfeitamente quais são as maiores perspectivas para esta década. Celulares com tecnologias Bluetooth e Wireless e televisores com saídas USB e recursos voltados à internet são alguns dos mais ilustrativos exemplos envoltos ao primeiro vocábulo deste artigo. As empresas, apostando nessa ideia, empregam milhares de reais, todos os anos, no desenvolvimento de aparelhos. O governo tem sua parcela nisso.

Nos últimos cinco anos (2005 a 2010), o volume de recursos repassados pelo governo da esfera federal ao desenvolvimento do sistema de TV digital no país excedeu R$ 76 milhões, dos quais R$ 46 milhões focados estritamente à criação de aplicativos interativos por meio do Fundo para o Desenvolvimento Tecnológico das Telecomunicações (Funttel).

Aos que pensam em algo estritamente voltado ao entretenimento devem repensar. De acordo com o Ministério das Comunicações, o CPqD, uma das instituições pleiteadas pelo Funttel, está criando softwares que permitem aos brasileiros acessarem serviços de origem pública, tanto por televisores como por aparelhos celulares, tais como agendamento de consultas médicas e informações dispostas pela Previdência Social.

Por enquanto, ressalta Laerte Davi Cleto, diretor do Departamento de Indústria, Ciência e Tecnologia do Ministério das Comunicações, essas idealizações estão em fase de pesquisas com fins comerciais, podendo ser utilizadas por empresas ou órgãos públicos caso exista interesse.

Por Luiz Felipe T. Erdei

Fonte: Ministério das Comunicações


Os smartphones agora apresentam uma função inusitada: ajudar as pessoas a melhorem suas habilidades de comunicação. Isso mesmo, algumas aplicações foram desenvolvidas especialmente para os telefones inteligentes serem capazes de dar a resposta certa para certas situações.

Por exemplo, se você esqueceu o aniversário de um amigo, insultou seu chefe, eis que surge o iPology, um aplicativo que pode ser instalado no iPhone e ajuda você a concertar o erro com uma desculpa pronta para a ocasião. Outro da mesma linha do “saiba o que dizer”, é o Excuse List, disponível para iPhone e outros Android Phones, permite que você faça uma lista com atividades que você deseja evitar, como trabalhar, ir à igreja ou fazer esportes, então uma lista de desculpas para não poder fazer essas tarefas é gerada.

O aplicativo para iPhone, Profanity, tem mais de 3 milhões de frases disponíveis para ajudar você a encontrar as palavras certas para descrever seus inimigos. Basta sacudir o telefone para revelar o quanto eles são toscos, fedorentos ou outros insultos mais, daí você pode compartilhar no Twitter os “rótulos” para todos verem. Para conferir esses programinhas que dão uma ajuda na hora que as palavras somem, confira aqui (em inglês).

Por Andrea Gomes


Segundo a consultoria Gartner, 17,7 milhões de downloads deverão ser lançados em 2011 no mercado mundial de aplicativos para celulares, o equivalente a um crescimento de 177% em relação aos 8,2 milhões de downloads que foram previstos em 2010.

Esse crescimento deve-se ao fato de que os usuários estão adquirindo cada vez mais aparelhos celulares devido ao avanço da conexão de internet móvel.

Uma observação que deve ser levada em consideração é que 81% dos aplicativos que estarão disponíveis em 2011 serão gratuitos, o restante fará parte da receita e deverão ser pagos.

Por @renanturrm


Para quem adquiriu um Smartphone e ainda não sabe bem como utilizá-lo, a boa notícia é saber que existem diversos aplicativos que são essenciais para os usuários de Android e iPhone.

Para quem tem medo de perder seu iPhone, deve adquirir o aplicativo Find my IPhone. O programa conta com um mapa para localizar seu aparelho: Documents to Go, útil para editar planilhas e visualizações de apresentações do Power Point, pode ser utilizado também em BlackBerry e Nokia.

Para quem precisa utilizar os serviços de mensageiros, o Meebo agrega vários serviços de mensagens instantâneas. Aceita Yahoo Messenger, GTalk, ICQ e Windows Live Messenger. Há outros para edição de imagens, redes sociais, leituras de livros e etc.

Uma infinidade de aplicativos que você deve ter para incrementar e tornar mais interessante o seu celular inteligente você encontra no site da APPBRAIN.

Por Monique Mota


Acaba de ser lançado no Japão um aplicativo para celulares inteligentes que faz a contagem de calorias de diversos alimentos. Até aí, nenhuma novidade, já que outros aplicativos fazem o mesmo, bastando digitar os dados dos alimentos.

Mas o grande diferencial do programa desenvolvido pela Nippon Telegraph and Telephone (NTT) é que ele se baseia na foto tirada pelo aparelho para fazer a contagem da quantidade de calorias. Basta tirar a foto do que se pretende comer que o programa acessa um banco de dados com mais de 100 mil alimentos diferentes e informa ao usuário.

Por enquanto, o banco de dados é composto basicamente de alimentos consumidos pelos japoneses. Mas a NTT pretende desenvolvê-lo para outros países, e para isso, vai contar com a ajuda dos usuários, que poderão enviar a ela novas informações sobre refeições e cardápios.

Provavelmente não demora a chegar ao Brasil.

Por André Gonçalves


Bom, quem tem Iphone não quer outro tipo de celular nesta vida. É de conhecimento público que quem possui Iphone até pode reclamar de um ou outro probleminha (constante) que ele possa vir a ter, como dificuldade ao fazer ligações ou falta de sinal por não possuir uma capa protetora, mas afinal quem se importa com esses pequenos detalhes, afinal, é um Iphone.

E se ainda procura adequar-se a alguns empecilhos a sua própria tecnologia por outro lado parece estar anos luz na frente da concorrência. Um bom exemplo do que eu falei é o último aplicativo descoberto para o smartphone da Apple; o Iphone agora realiza transação eletrônica como se fosse um token do Bradesco. Ou seja, o Iphone funciona como uma porta que possui uma senha secundária para ser utilizada em segunda instância, como uma segurança.

Para utilizar esse serviço é necessário baixar o download na App Store. O download é gratuito e o serviço pode ser utilizado, além do Iphone, também para outros aparelhos na Apple como Ipod e Ipad.

Agora aquela velha história de pagamento de conta pelo celular não é mais história ou lenda urbana, é uma realidade! 

Por Teresa Almeida


A sofisticação tecnológica constante dos smartphones os tornam atraentes e sedutores e o desenvolvimento constante de programas e aplicativos os tornam ainda mais necessários e indispensáveis ao nosso cotidiano e conforme matéria do site G1, agora ainda mais práticos e úteis. Conforme a matéria já podem ser baixados, gratuitamente no site do Google, dois aplicativos que prometem facilitar as operações com smartphones que utilizam o sistema operacional Android do Google. São eles: o aplicativo de pesquisa por voz em português e o aplicativo de navegação por mapas do GPS.

O aplicativo de pesquisa de voz faz a conversão da voz em texto tornando mais fácil a pesquisa online através de aparelhos móveis. O processo de uso é simples: na barra de busca da tela principal do Android o usuário aperta somente o botão de voz, após processar o som o sistema abre a página com todos os resultados.

O aplicativo de navegação do Android utiliza o GPS do smartphone para criar rotas e sugestões de caminhos por áudio. Sua base é para o Google Maps e também funciona através de comando de voz, mas só pode ser acessado com a internet. Entre outras coisas o programa permite acessar imagens de satélite e buscar estabelecimentos no caminho.

O Brasil é o primeiro país da América Latina a contar com estes aplicativos que com certeza deverão aumentar a penetração do programa operacional Android no mercado nacional, como esperam os diretores da empresa.

Por Mauro Câmara


Para quem possui um iPhone uma boa novidade em relação aos vídeos para curtir em seu aparelho e que permite que sejam rodados vídeos em formatos diferentes do usado pela Apple, o MPEG-4, vem sem a necessidade de se fazer conversões.

Já está na APP STORE para download, que é gratuito, uma versão compatível para aparelhos da Apple do VLC Media Player, que roda vários formatos de vídeo dos mais populares na internet. Esta nova versão reproduz formatos como DivX e MKV, como já dito, sem necessidade de se recorrer a programas de conversão dos vídeos.

Anteriormente o VLC rodava apenas em iPad e computadores com Windows, Mac Os e Linux. Esta nova versão do aplicativo funciona no iPhone 3Gs e no iPhone 4 e também em iPad touch de terceira e quarta geração, tornando-se mais uma facilidade para quem gosta de apreciar vídeos em seu iPhone.

Por Mauro Câmara

Fonte: Tecnologia Terra


O dono de um smartphone com sistema operacional android, principalmente acima da versão 2.1, poderá obter um aplicativo do Skype que permite usar o mensageiro e fazer chamadas gratuitas entre os usuários do comunicador Skype. O anúncio foi feito através do blog oficial do Skype, informando que este aplicativo já se encontra disponível para aquisição na loja virtual android market, conforme matéria do site Tecnologia IG.

Para baixar o aplicativo para o android o acesso pode ser feito através do site skype.com/m por intermédio do próprio navegador do smartphone. No entanto para falar com telefones móveis e fixos de usuários não cadastrados no Skype é necessário contratar um dos pacotes Skype ou adquirir créditos.

Ao se realizar as chamadas ou enviar mensagens instantâneas utilizando-se o aplicativo do Skype será consumida a franquia do pacote de dados que for contratado junto à operadora. Este aplicativo para android também permite que as chamadas sejam feitas através de wi-fi, mas no momento isto está disponível apenas para usuários nos Estados Unidos.

Outros sistemas operacionais que já possuem aplicativos Skype são o Symbian e o iOS.

Por Mauro Câmara


Com o lançamento de três aplicativos voltados para Celulares com serviços 3G, o grupo hoteleiro Sol Mélia lidera o uso de novas tecnologias voltado para smartphones.

Através desses novos aplicativos, é possível fazer reservas online em um dos hotéis mais considerados em todo o mundo. O aplicativo é disponível em inglês e espanhol. Através do uso do aplicativo será possível de maneira rápida e fácil, ter informações sobre sua hospedagem, assim como informações sobre lugares próximos ao hotel onde ficará, através do serviço GPS também disponível.

O grupo foi pioneiro em seu setor a lançar aplicativos de reservas que pudessem ser acessados via Iphone e Blackberry, via sistemas operacionais de celulares do Google e Android respectivamente.

Por Carla Caldeira


Com a ajuda dos receptores externos Tivizen VTV-H12 e do SU-33WB agora é possível assistir aos canais de televisão aberta no iPhone e celulares NOKIA.

Para assistir basta instalar o aplicativo Tivizen Mobile Tv Viewer for SBTVD, selecionar o sintonizador na lista de dispositivos WI-FI disponíveis para efetuar a conexão.

A resolução é baixa mas perfeita e possibilita assistir tranquilamente os canais. O acessório funciona além do iphone com nove modelos da NOKIA: N97 mini, X6, N85, N97, E75, E72, 5800, 5230 e 5530.  Mesmo sem possuir antena retrátil o SU-W33b conseguiu sintonizar 18 canais rapidamente logo no primeiro teste feito. 

Por Teresa Almeida


Os celulares e smartphones estão a cada dia mais populares, por isso, inúmeras variações de golpes envolvendo estes dispositivos estão ficando comuns. Além de vírus e clonagens de números, aplicativos mal-intencionados também podem trazer problemas.

Por isso, um anúncio vem chamando a atenção em sites de tecnologia. Nele, os usuários são informados que o aplicativo X-Ray Scanner permite mostrar as pessoas só de roupa íntima. Porém, ao instalá-lo, ele exibe imagens pré-definidas que nada tem a ver com a realidade. Para usá-lo, é necessário se cadastrar em um serviço que cobra R$0,31 por mensagem, para, em seguida, realizar o download.

Como o aplicativo não passa de uma farsa, vale a pena ficar ligado antes de assinar, pois seus créditos serão descontados.

Por Camila Porto de Camargo 

Fonte: IDGNow!


Aqueles usuários que já estavam gostando do software da Playboy para o iPad, o Playboy HD, agora já não vão poder ter mais tanta liberdade no aplicativo.  Devido ao veto que a Apple aplicou a sua política de imagens que contenham nudez, a famosa revista americana concordou em remover o conteúdo impróprio de seu software. A partir de agora a publicação irá oferecer somente conteúdos censurados.

Neste mês a playmate, que é o principal destaque da revista impressa, irá deslumbrar os marmanjos no iPad somente com a parte de cima do corpo, mas sem seios a mostra. O aplicativo custa o mesmo preço da publicação das bancas, US$4,99. O mesmo custo, porém, sem igual conteúdo, pode trazer alguns problemas. O programa para o tablet estava disponível na rede, mas foi retirado do ar sem muitas explicações.

Já existem versões também para aparelhos como o iPhone e o iPod Touch.

Por Oscar Ariel


Que a Adidas é amplamente conhecida no mercado esportivo isso não é segredo para ninguém. Agora a marca traz uma novidade para o mundo dos smartphones, o miCoach. O aplicativo criado para o iPhone e BlackBerry, pode fazer de seu aparelho um personal trainer.

O programa auxilia a pessoa durante a pratica de exercícios físicos por meio do GPS do aparelho. Com programas direcionados para futebol, basquetebol, tênis e corridas, o usuário ainda pode ouvir a voz do “treinador” e escolher opções de condicionamento de acordo com suas características físicas.

Aqueles que aderirem ao aplicativo também podem ir ao site do miCoach, onde é possível colocar os resultados obtidos durante o treinamento, e assim monitorar e avaliar seu desempenho. Outras funcionalidades também estão presentes neste aplicativo da Adidas, como medir distância, calorias queimadas, tempo percorrido, entre outros. O download do miCoach é gratuito e pode ser feito na App Store ou App World.

Por Oscar Ariel


Desde 2009, quando dois homens colocaram uma bomba em um shopping de Dubai, os Emirados Árabes Unidos reforçam cada vez mais a segurança do país. Tais ações agora podem bloquear alguns itens do BlackBerry para  a localidade. A partir de 11 de outubro os EAU pretendem estabelecer o bloqueio de serviços como e-mail, mensagens instantâneas e acesso à rede internet pelo aparelho.

Depois da proibição de vários serviços no Golfo Pérsico, a RIM – Research in Motion – que fabrica o modelo, afirmou que está disposta a tirar a acessibilidade a sites pornográficos, e permitir que o governo tenha acesso a dados dos usuários.

Governos da Índia e Arábia Saudita, também pressionaram a RIM pela monitoração de informações de seus consumidores. Mesmo o BalckBerry tendo tornado-se popular como meio seguro de comunicação, há um certo temor de que o sistema seja usado por organizações militantes. O assunto proporcionará ainda muita discussão.  

Por Oscar Ariel


Há poucas semanas foi lançado na App Store um aplicativo capaz de facilitar a localização do iPhone (ou iPad) em caso de perda, extravio, ou roubo. É o Find My iPhone. Recentemente o aplicativo ajudou um integrante do Black Eyed Peas à localizar seu iPad roubado e ainda prender o ladrão.

Pois bem, isso não é novidade em dispositivos da Apple. O MacBook tem sistema semelhante há anos. E a próxima a apresentar esse recursa será a Microsoft no Windows Phone 7, o sistema operacional para smartphones, sucessor do Windows Mobile.

Através da internet, o usuário poderá localizar o aparelho em caso de perda ou roubo. Totalmente gratuito, o serviço permitirá, caso o dono não consiga reaver o aparelho, eliminar todo os seus dados pessoais e inutilizar o smartphone.

Por Maximiliano da Rosa


Os dois sistemas operacionais para smartphone mais populares são, sem dúvida, o iOS e o Android. É claro que desenvolver um aplicativo para essas duas plataformas não é uma tarefa tão fácil. E mesmo depois de desenvolvê-lo, inseri-lo na App Store ou Android Market não é muito fácil, embora seja mais fácil na loja do Google.

Aliás, a gigante de Mountain View está empenhada em aumentar ainda mais a oferta de aplicativos, mercado dominado pela Apple. E para facilitar o desenvolvimento, o Google criou um projeto para que qualquer pessoa crie um aplicativo sem mesmo conhecer uma linguagem de programação. É o App Inventor for Android.

Através de recursos interativos é possível criar o código apenas clicando em ícones. Os aplicativos criados são poderoso e podem interagir com o GPS ou com redes sociais como o Twitter. O único problema é que tudo está em inglês.

Por Maximiliano da Rosa


Tarefas básicas do dia a dia, tais como passear com o cachorro, fazer aquela faxina nos documentos ou comprar o presente de aniversário da sua sogra são, na grande maioria das vezes, um saco. Daí o por que de qualquer pequena desculpa ser suficiente para deixar isso tudo em último plano, certo?

O EpicWin é um novo aplicativo para iPhone que tenta dar mais de emoção a estas tarefas do cotidiano. A receita do app é tentar misturar características de to-do list – a velha lista de pendências – e RPG, te premiando a cada tarefa executada com pontos de experiência que te fazem ganhar léveis no jogo e desenvolver habilidades.

Depois disso, até lavar aquela pilha de louça depois do almoço de domingo deve ficar mais divertido!

Por Antonio Lúcio


Parece que o rigoroso controle de qualidade da Apple passou longe do aplicativo Mirror in Your Pocket para iPhone. E os usuários brasileiros que baixaram tanto a versão gratuita como a paga da app estão extremamente irritados. O motivo é a inutilidade do programa, que promete transformar o iPhone em um espelho.

No entanto, tudo o que o aplicativo faz é inserir uma moldura com fundo preto na tela do smartphone. A ideia é bizarra: permitir que o suário enxergue o próprio reflexo no display. É claro que é algo inútil. E o pior é que o Mirror In Your Pocket é um dos aplicativos mais baixados na app store brasileira.

Fique atento: é impossível fazer o que o programa promete. Talvez no iPhone 4 isso seja possível, pois ele terá câmera frontal. Mas, por enquanto, é apenas uma maneira de botar dinheiro fora.

Por Maximiliano da Rosa

Fonte: MacWorld


Você já pensou em fazer um curso de inglês por mensagem de texto? Parece loucura, mas esse serviço, em parceria com a operadora de telefonia celular Vivo e o aplicativo para ensinar inglês através de mensagens de texto de celulares Kantoo For All querem trazer a você.

Esse tipo de plataforma de ensino móvel também conhecido como “mobile learning” não exige que você tenha um celular de última geração. Basta ter apenas 1 celular que receba e mande mensagens de texto.

A novidade especialmente desenvolvida para o Brasil tem por objetivo democratizar o ensino da língua inglesa em território tupiniquim. Além da versatilidade do serviço, é cobrado apenas uma taxa fixa de R$ 1,99 por semana pela manutenção do serviço. E você, o que acha de abandonar o velho livro de inglês e se antenar no seu celular?

Fonte: Mais Comunidade

Por: Camila Porto de Camargo


As novas tecnologias, integradas, têm facilitado a vida de todo o mundo. Aparelhos GPS, antes com mapas pré-concebidos, agora podem ser atualizados quando se tem necessidade. A internet, que antes era viável somente aos computadores, pode ser acessada com alta velocidade em celulares e correlatos.

Em virtude das novas possibilidades e quebra de barreiras, o portal Submarino acaba de lançar um novo aplicado para iPhone e iPad, que permitirá aos seus consumidores conferirem o catálogo de produtos completo pelos aparelhos, rapidamente e com praticidade.

As mesmas opções disponíveis no ambiente costumeiro do site, tais como acompanhamento da entrega, status do pedido, bandeira de cartão de crédito a ser utilizada na compra, entre outros, pode ser conferida pelo aplicativo. Para obter mais informações sobre a ferramenta, acesse o site www.submarino.com.br.

Por Luiz Felipe T. Erdei





CONTINUE NAVEGANDO: