A ferramenta possibilita a marcação do texto em negrito, itálico e outras formatações. A função que entrega muita praticidade ao utilizar o WhatsApp surgiu primeiro na versão Beta.

Agora ficou mais simples a formatação de textos ao utilizar o WhatsApp. Para os usuários do Android 6 ou sistemas superiores está disponível o menu suspenso para que a formatação seja feita.

Outra importante facilidade é a função de tradução, a qual também estava presente na versão do WhatssApp Beta, pois com tal ferramenta não é mais necessário recorrer a abertura de outro aplicativo para escrever em outro idioma, o que tornará o processo mais leve e rápido.

Tutorial de passo a passo para utilização

  • Para a formatação de uma mensagem
  • Digite a mensagem, dê um duplo clique, movimente os “balões verdes” para selecionar o trecho a ser modificado
  • O menu flutuante aparecerá com 3 opções: recortar, copiar e colar. Com toque nos 3 pontos da lateral direita superior
  • O menu deve ser rolado até aparecer a opção de formatação escolhida. Além de tachado, negrito e itálico terá também a opção de “monoespaço” a qual se selecionada mudará o tamanho da fonte
  • Os caracteres especiais serão incluídos de forma automática e uma prévia do texto será apresentada. Ao tocar em enviar o processo estará finalizado
  • Traduções (sem a troca de janela)
  • Digite a mensagem desejada, normalmente em português, depois toque para selecioná-la
  • No menu suspenso acione as reticências e marque a opção “traduzir”
  • Escolha o idioma de origem e o de destino
  • Com a tradução já feita toque nos 3 pontos ao lado do idioma que preferir e após em “copiar”
  • Cole no local da anterior e proceda com o envio

As mudanças no aplicativo WhatsApp contribuem para a praticidade de utilização deste, que é uma excelente ferramenta de comunicação, tanto pessoal como profissional.

Utilizado no mundo todo e por milhares de pessoas, agora o aplicativo entrega a possibilidade de bem mais agilidade nos processos com a formatação e a tradução, sem necessitar trocar de tela para acionar outro aplicativo tradutor e só após todo o processo enviar a mensagem.

Por Silvano Andriotti

Whatsapp no Android


Google pretende lançar novo celular com recursos próprios da marca.

Referência no mundo todo como o maior site de buscas, o Google está sendo especulado desde o início dessa semana em relação a um novo produto que estaria planejando lançar. Ao que tudo indica e conforme dados publicados no dia 26 de junho, pelo site The Telegraph, www.telegraph.co.uk/technology/2016/06/26/google-to-step-up-smartphone-wars-with-release-of-own-handset/, a multinacional pretende fabricar o seu próprio celular Android, concorrendo diretamente com o iPhone da marca Apple.

As fontes anônimas falaram à publicação que o projeto do Google inclui todo o processo de fabricação, com planejamento do design e do sistema operacional que será utilizado pelo aparelho da gigante. A aposta, portanto, é de que, com o Google, na tomada das decisões na produção deste celular Android, lançaria um produto muito melhor, com sistemas de buscas inteligentes e com recursos em aplicativos próprios da marca.

Vale destacar que, atualmente, o Android está em milhões de dispositivos e a marca Google tem diversas parcerias com fabricantes que desenvolvem terminais com especificações partilhadas. Ainda, aos que se perguntam sobre a parceria da Google na fabricação da linha Nexus, conforme o The Telegraph, estes continuarão sendo fabricados. Porém, ainda completa que o desenvolvimento do hardware estaria sendo feito em parceria com o ex-presidente da Motorola, Rick Osterloh, por meio de forte investimento para que seja um produto inovador.

Com o objetivo de organizar as informações do mundo todo e torná-las acessíveis ao maior número de pessoas possíveis, o Google foca fortemente em oferecer uma experiência excelente, pensando sempre nos seus usuários. Atualmente, atua em mecanismos de pesquisa e oferece muitos outros produtos como o Google Chrome, Youtube, Google Maps, Gmail, Picasa, e muito mais que você confere no site www.google.com.br/intl/pt-BR/about/products.

Em relação ao projeto do smartphone, portanto, sendo este verdade ou não, já se cogita que a apresentação oficial do dispositivo seja feito até o final de 2016. Caso o projeto saia do papel, teremos em construção uma grande concorrente no mercado de telefonia móvel, com um sistema interno regido de um modo natural e com fluidez, além de uma ficha técnica digna do nome Google.

É importante relembrar que o Google já havia trabalhado dentro de seus laboratórios sobre um projeto de smartphone modular, o Ara. Apresentado em 2013, no aparelho podia-se alterar as peças mais importantes do hardware, como armazenamento, memória e câmera. Saiba mais no site www.androidpit.com.br/projeto-ara-lancamento-especificacoes-recursos-noticias. Sendo assim, a empresa pode ter dado vida a esta concepção, valendo a espera sobre um comunicado oficial da multinacional acerca do assunto.

Por Kellen Kunz

Celular Google


Sony disponibilizou para os usuários do aparelho Xperia M5 uma atualização para o Android 5.1 Lollipop.

A Sony ainda não é protagonista no mercado de mobiles, como é em outros segmentos, como o de som, videogame e TVs, mas isso não quer dizer que a empresa nipônica não invista fortemente nesse mercado para ganhar ainda mais espaço. Um dos pontos fortes de seus smartphones, é contar com uma versão pura do Android, que garante mais estabilidade, otimização e velocidade aos usuários.

Outra característica comum dos smartphones com Android puro, é a rápida atualização para as versões mais recentes do sistema. Mas com o Xperia M5, lançado em agosto do ano passado, pela Sony e lançado no Brasil em dezembro, também do já ano passado, as coisas foram um pouco diferentes nesse aspecto.

O dispositivo foi lançado com o Android 5.0 Lollipop, mas a empresa asiática prometeu aos usuários que, receberia uma atualização diretamente para o Android 6.0 Marshmallow e isso não aconteceu. A Sony está disponibilizando para os usuários do aparelho, uma atualização para o Android 5.1 Lollipop, embora a mesma já conte com o pacote de correção de falhas no sistema, do Google, de janeiro.

O Xperia M5 Dual não ficou de fora e também está sendo atualizado para o Android 5.1 Lollipop por meio de OTA contando com um arquivo 600 MB, fazendo com que o software receba a numeração 30.1.B.1.33, enquanto na versão com apenas um chip para operadoras, o código é 30.1.A.1.33.

Entre as novidades que chegam com a nova, ou nem tanto, atualização, estão uma otimização na memória RAM do aparelho, graças a uma melhora no gerenciamento do aparelho tanto na versão com um chip, como na Dual, maior controle sobre o sistema sonoro e correção de falhas no modo silencioso do smartphone.

O aparelho se trata de uma versão intermediária, mas que dá grande ênfase ás câmeras para os usuários tirarem suas fotos com a maior qualidade possível, contando com 21,5 megapixels na parte traseira do smartphone e abertura de f/2.2 com flash, e câmera frontal que conta com 13 megapixels. Aliás, uma das novidades da atualização, é poder tirar fotos com o SmartWatch 3.

Por Isis Genari

Xperia M5 atualizado para o Android 5.1 Lollipop

Foto: Divulgação


Rumores indicam que a Acer estaria desenvolvendo uma versão do modelo Jade Primo com o sistema operacional Android.

Embora os usuários mais desinformados talvez não saibam, o Windows Mobile não é exclusividade da Microsoft, assim como o Android não é exclusividade do Google, como na relação iOS-Apple. Isso ocorre pelo fato de que ainda são poucas as empresas que estão decididas a investir no SO da Microsoft.

O primeiro smartphone a chegar no mercado com o Windows 10 Mobile, fora os smartphones da linha ''Lumia'', da Microsoft, trata-se do um tanto desconhecido Jade Primo , da Acer. O dispositivo chegou ao mercado com configurações interessantes, porém, agora a empresa está trabalhando em uma outra versão para o smartphone, dessa vez, com o SO Android, mostrando que pretende agradar tanto aqueles que preferem o sistema da Microsoft, quanto aqueles já estão habituados com o sistema do robozinho verde.

Ao menos, é isso que se espera. Isso, graças a um benchmark, no site GeekBench, revelou algumas especificações, embora escassas, é verdade, do novo dispositivos da Acer, que se encontra com o codinome de Acer S58A, e chamou a atenção por ter configurações praticamente idênticas ao Jade Primo.

Uma das informações divulgadas pelo site, é a de que o aparelho deve chegar ao mercado contando com 5,5 Polegadas Full HD, chipset Snapdragon 808 octa-core 64-bit, 3GB de memória RAM, placa gráfica Adreno 418, 32GB de memória interna disponível, expansível por meio dos cartões microSD, além de uma câmera principal de 21 Megapixels e frontal de 8 Megapixels. O sistema operacional presente se trata do Android Marshmallow 6.0.

A versão do Android da Acer é considerada boa, visto que a empresa não modifica tanto o sistema como empresas como a Samsung, que acabam por fazer o smartphone se tornar lento graças ao peso do SO.

O hardware encontrado na descrição é praticamente o mesmo da versão com o Windows 10 Mobile, o que aumenta a expectativa sobre uma possível versão com Android, como já citado.

As informações, porém, não foram confirmadas pela Acer, e a expectativa é tenhamos novidades na MWC 2016, que acontece na cidade de Barcelona na última semana de fevereiro.

Por Isis Genari

Acer Jade Primo

Foto: Divulgação


Atualização do sistema operacional apresenta diversos erros na linha Nexus.

O Android 6.0 Marshmallow, ainda não domina o mercado, visto que apenas alguns dispositivos da LG, Motorola e HTC receberam a atualização, acompanhando a linha Nexus. Mas os smartphones da linha Nexus, estão recebendo diversos relatos de erros, após a atualização para o novo Android, mesmo esses, utilizando a versão pura do Sistema Operacional.

Na página de relatório de erros do Google para o sistema, as reclamações entre os proprietários de smartphones Nexus são as mais evidentes. O maior motivo das reclamações seria a sincronização de aplicativos, que estaria inibindo o recebimento de notificação de aplicativos nos smartphones Nexus.

No início, as reclamações eram relacionadas, praticamente, somente para o app do Gmail, mas com o passar dos dias, as reclamações foram crescendo e partindo para outros apps, como o Now, Inbox entre outros. As reclamações começaram, até mesmo, de funcionários da gigante de Mountain View, que perceberam que estavam com problemas em seus aparelhos. O número chegou a cerca de 100 reclamações.

Mesmo com o número alto de reclamações, o Google ainda não lançou uma atualização que conserte os erros relatados pelos usuários, o que deve aborrecer um pouco mais os donos dos smartphones por mais algum tempo.

Entretanto, alguns usuários conseguiram resolver os problemas com as notificações, segundo relatos na Internet, indo nas configurações do sistema e limpando o cache do aparelho, além de uma limpeza nos dados.

A falta de sincronização acontece, após um certo período de inatividade do aparelho, o que vem fazendo com que os erros sejam debitados na conta do Modo Doze.

Já as versões adaptadas pelas fabricantes, ainda não receberam quaisquer reclamação referente a falta de sincronização em notificações, o que chama a atenção, visto que as versões puras do Android, costumam ser mais rápidas, ágeis e leves que as adaptadas pelas empresas, além de receberem sempre atualizações antes do Android adaptado.

Por Isis Genari

Nexus com Android

Foto: Divulgação


Aplicativo garante economia por meio de caronas em viagens entre diferentes cidades.

Uma boa notícia para o bolso dos consumidores brasileiros: chegou ao Brasil o BlaBla Car – aplicativo garante economia por meio de caronas em viagens entre diferentes cidades.

O app já possui presença em mais de 20 países e foi desenvolvido na França, em 2006. A plataforma conta com uma espécie de rede social onde cada usuário possui um perfil que inclui informações de contato. Outro fator interessante é que os participantes podem ser avaliados a fim de diminuir eventuais dores de cabeça.

Com mais de 20 milhões de usuários, o serviço chega ao Brasil de forma totalmente gratuita. A usabilidade é bem simples: O motorista da viagem publica seu ponto de origem, destino e eventuais paradas. Pessoas interessadas em ir para o mesmo local no dia e hora previamente determinados poderão escolher pegar uma carona. Os custos da viagem são compartilhados e dessa maneira ambos os lados saem ganhando com a economia.

A empresa ressalta que o aplicativo no Brasil pode vir a ser cobrado no futuro, no momento a fase é de implantação e a gratuidade serve como uma maneira das pessoas conhecerem e avaliarem o serviço. Em 6 países, já existe a cobrança de uma taxa que varia entre 10% e 15%.

Além da economia, o BlaBla Car pode ser visto como uma alternativa capaz de diminuir o trânsito devido ao número elevado de veículos nas rodovias. É uma boa iniciativa também no aspecto sustentável e social.

Julien Lafouge, Diretor Geral da empresa na América Latina, informou que a companhia está em fase de expansão e que pretende, sem citar nomes, ampliar seus serviços para outros países perto do Brasil. Ele reconheceu também, que de maneira geral, a América Latina é um mercado de muito potencial para a empresa devido a seus territórios e turismo intenso.

O aplicativo está disponível tanto para o sistema Android quanto para o iOS.

E então, você pretende experimentar a novidade?

Por Beatriz 

BlaBla Car

Foto: Divulgação


Google Play Store oferece apps úteis e funcionais para os usuários do Android.

Com o aprimoramento tecnológico e a chegada de diversos recursos que visam proporcionar comodidade aos usuários, os desenvolvedores de aplicativos procuram atender as necessidades e o gosto de cada usuário, contudo, nem sempre esse objetivo é alcançado. Alguns aplicativos não possuem muita utilidade e sobrecarregam o aparelho, além de comprometer a autonomia da bateria do aparelho.

Para facilitar a vida dos usuários de smartphones, mais especificamente os usuários do sistema operacional Android, iremos citar alguns dos aplicativos mais úteis e que tornam sua vida mais fácil.

A Google Play Store hospeda uma infinidade de aplicativos e, muitas vezes, há uma dificuldade em encontrar o aplicativo ideal que atenda a necessidade de cada um. As ferramentas / aplicativos disponíveis possuem funções como bússola, tradutor online, calculadora científica e até afinador de violão, o que atende a gregos e troianos.

Para aumentar a funcionalidade do seu aparelho, que pode fazer muito mais que receber e realizar chamadas, citaremos alguns dos aplicativos grátis mais úteis:

O Smart Tools é um aplicativo interessante e que possui diversas funcionalidades, como bússola, medidor de distância, medidor de decibéis, velocímetro, régua, conversor de unidades, espelho, lanterna, nivelador, dentre outros. Para os mais exigentes, o aplicativo dispõe de uma versão paga que centraliza as funções e retira os anúncios de produtos.

Para os mochileiros e viajantes existe o TripAdvisor, um aplicativo baseado em um sistema de buscas das melhores atrações turísticas em todo o planeta, que inclui: hotéis, albergues, restaurantes e avaliações, comentários e fotos de outros usuários sobre os locais.

Um aplicativo pouco popular, mas bastante útil é o Google Googles. Com ele o usuário tira uma foto de um produto e o aplicativo lista uma série de informações a respeito do mesmo. Ele pode identificar autor de uma obra artística, encontrar produtos mais baratos na internet através de código de barras, identificar paisagens famosas, além de outras funcionalidades.

Além destes, citamos o clean máster, para limpar o aparelho, MalMath (calculadora científica), Wear Audio Recorder para realizar gravações de áudio com facilidade, App Lock para proteger com senhas seus aplicativos e o Google Tradutor Offline, utilizado para realizar traduções em diversos idiomas sem depender da internet, basta baixar pacotes de idioma.

Por André César

Android


Modelo receberá a última versão do Android em breve.

Para desfrutar dos últimos recursos das versões mais recentes do Android, os usuários dependem das fabricantes para a liberação destas atualizações. Muitos aparelhos lançados no mercado não têm previsão de um upgrade no software e este é um dos maiores problemas no mundo do robozinho verde. Com a versão 6.0 lançada pela Google há alguns meses os processos de atualização dos aparelhos ainda estão a passos largos.

Neste bolo todo está a Samsung que deve começar a soltar a versão aos seus aparelhos tops de linha, ou, as versões mais caras de seus aparelhos. De acordo com usuários gringos em fóruns, o Galaxy Note 5 começa a receber a última versão do Android. A liberação confirma o cronograma de um documento interno que vazou recentemente listando os dispositivos que deveriam receber a atualização em um primeiro momento. Além do Note 5, o Galaxy S6 Edge + teve a aprovação e deve ser distribuído ainda neste ano pela fabricante.

Ainda não sabemos quando a atualização desembarca ao Brasil. Isso por que, tudo depende da Samsung local e também das operadoras. Aparelhos vinculados às operadoras devem receber o update após a aprovação das mesmas, o que gera um tempo maior justamente por conta deste processo. Além disso, as atualizações são disponibilizadas em lotes, ou seja, nem todos os aparelhos recebem no mesmo momento. Essa decisão visa impedir o sobre carregamento dos servidores diminuindo os problemas. A Motorola fez um processo semelhante nas atualizações com a linha Moto.

O Galaxy Note 5 é o carro chefe de phabets da empresa, sendo uma das opções high-end (ou flashgip) de maior sucesso no mundo Android. O aparelho acompanha uma caneta stylus e saiu de fábrica com o Android 5.1.1. Neste ano, a Samsung decidiu mudar drasticamente o visual do aparelho, deixando-o mais próximo ao Galaxy S6 e S6 Edge que são os tops de linha no setor de smartphones.

Por Leandro de Souza

Samsung Galaxy Note 5

Foto: Divulgação


A versão 12.1 da CM está baseada no Android 5.1 Lollipop traz recursos exclusivos ao aparelho LG G4.

A empresa LG Electronics Brasil é uma companhia multinacional com sede na Coreia do Sul, apesar de ser oriental, em território brasileiro é a maior organização de eletroeletrônicos instalada no momento. A mesma possui fábricas instaladas em 4 continentes do mundo e está distribuída em mais de 150 países. Ela pertence ao LG Group.

A empresa que está lutando pelo terceiro lugar no mercado mundial de celulares tentou ser rápida na atualização do sistema Android 6.0 Marshmallow para o seu modelo G4, porém os usuários desse aparelho receberam uma notícia não muito boa, de que o tal pacote de atualização que estava chegando via OTA para alguns teria sido suspenso e adiado devido a alguns problemas técnicos. Enquanto a fabricante não resolve tais inconvenientes é possível driblar o problema através de uso de outras alternativas.

A renomada ROM CyanogenMod anunciou, através de seus desenvolvedores uma versão do sistema, baseado em Android e com recursos exclusivos, o qual está chegando oficialmente com o aparelho high-end da LG. A versão 12.1 da CM está baseada no Android 5.1 Lollipop.

Embora essa notícia seja uma ótima alternativa para alguns usuários, para outros não será tão bem-vinda, já que para personalizar seu dispositivo é necessário certo conhecimento técnico, além do mais há alguns que preferem fazer uso de seu sistema operacional original de fábrica. Para os que comemoraram a informação, avisamos que os arquivos necessários para a atualização do sistema operacional de seu aparelho, estão disponíveis para download juntamente com o manual de instalação. É possível encontra-los no site download.cyanogenmod.org/?device=h815, tanto para a variação H815 (internacional), quanto para a H811 (T-Mobile).

Para você que deseja instalar e já fez o download dos arquivos no link citado acima alertamos que antes de qualquer operação deverá ser realizada a cópia de segurança (backup).

Por Filipe da Silva

LG G4

Foto: Divulgação


BlackBerry Priv será o esperado smartphone da empresa com o sistema operacional Android.

A BlackBerry, fábrica canadense de smartphones e tablets, já passou por maus bocados. Contudo, crises, quedas nas vendas, venda da companhia não foram fatores suficientes para manter a empresa fora dos trilhos da tecnologia. Dessa vez, a companhia está tentando se reerguer, desistindo do clássico sistema operacional BB Os, e apelando para o sistema do Google, o Android.

Recentemente, a empresa canadense anunciou a pré-venda de um novo modelo de smartphone. Desse modo, as especificações do aparelho tornaram-se reveladas para seus potenciais consumidores.

A venda oficial do aparelho será iniciada no dia 6 de novembro e custará 579 euros (cerca de R$ 2,5 mil) em uma famosa rede de varejo do Reino Unido. Sabe-se também que o aparelho será nomeado BlackBerry Priv.

O aparelho não poderia ficar sem a marca registrada da BlackBerry: o teclado QWERTY. O teclado ficará escondido atrás da tela, e será possível também optar pelo teclado virtual do aparelho.

Como o aparelho tem foco no mercado empresarial, muitas ferramentas do aparelho estarão voltadas para a segurança do smartphone.

Quanto as especificações técnicas, o BlackBerry Priv contará com processador Qualcomm Snapdragon 808 de dois núcleos e 3 GB de memória RAM.

O sistema Android virá em sua versão Lollipop (5.1.1), enquanto que o armazenamento interno será de 32 GB, permitindo ao usuário utilizar ainda um cartão microSD de até 2 terabytes.

Além disso, o novo BlackBerry possui 2 MP de câmera frontal e 18 MP na câmera traseira, sendo um aspecto extremamente positivo. De nada adiantaria uma boa câmera sem uma tela de alta definição para conferir o resultado dos retratos, porém este não é um problema no BlackBerry Priv, uma vez que este será equipado com tela AMOLED de 5,4 polegadas, resolução de 2560×1440 pixels e uma densidade de pixels de 540 ppi.

Apesar de ser uma tarefa difícil, a Blackberry parece ter acertado ao se render ao Android. Isso porque já era visível que os consumidores estavam insatisfeitos com a ausência de aplicativos em celulares tão caros. Entretanto, com smartphones dignos de serem chamados TOP de linha, e um sistema melhor aceito pelos amantes de tecnologia, quem sabe essa seja a hora da BlackBerry se reerguer.

Por Júnior Beluzzo

BlackBerry Priv

BlackBerry Priv

BlackBerry Priv

Fotos: Divulgação


Novo Android 6.0 Marshmallow já foi lançado e surgem rumores sobre os possíveis smartphones que receberão a atualização.

O novo Android 6.0 Marshmallow teve seu lançamento na semana passada, dia 29 de setembro. Porém, a pergunta que fica no ar é: quem receberá o novo sistema e quando a atualização chegará para cada aparelho?

A informação oficial ainda não foi passada, porém, o site Gizmochina, vazou uma lista com o nome dos possíveis aparelhos elegíveis ao novo sistema do Google.

Alguns já foram confirmados e outros estão esperando confirmação.

Confira a relação de aparelhos já confirmados e os que ainda dependem de confirmação, separados por operadora:

– Samsung:

Confirmados: Galaxy A8 e A7, Galaxy Note 4 e 5, Galaxy S5, S6, S6 Edge e S6 Edge+ e Galaxy Alpha.

Pendente de confirmação: Galaxy A5, A3 e as séries do Galaxy E.

– HTC:

Confirmados: HTC One M8, M9, M9 Plus, E9, E9 Plus e E8.

Pendente de confirmação: HTC Desire Eye e as séries do HTC Desire 820.

– Sony:

Confirmados: Sony Xperia M5, C5 Ultra, Xperia Z3, Z3 Plus, Z3v, Z3 Compact, Z2, Xperia Z Ultra GPE.

Pendente de confirmação: Xperia Z1.

– LG:

Confirmados: LG G3, G4, Flex 2.

Pendente de confirmação: LG G2, G2 Pro Flex.

– Asus:

Confirmados: As séries do Zenfone 2, Zenfone 2 Laser, Deluxe, Zenfone Selfie.

Pendente de confirmação: Zenfone 4, 5 e 6.

-OnePlus:

Confirmados: OnePlus One, OnePlus 2.

Pendente de confirmação: Não há nenhum modelo na lista de pendentes de confirmação.

– Xiaomi:

Confirmados: Xiaomi Mi4, Mi 4i, Mi Note, Mi Note Pro, Redmi Note 2, Redmi 2.

Pendente de confirmação: Redmi Note (2014) e Redmi 1S.

– Huawei:

Confirmados: Ascend P8, Mate 7, Honor 6 Plus.

Pendente de confirmação: Não há nenhum modelo na lista de pendentes de confirmação.

– iBerry feat Elephone:

Confirmados: Auxus Prime P8000.

Pendente de confirmação: Não há nenhum modelo na lista de pendentes de confirmação.

Estes são os modelos que têm pretensão de uma atualização para o novo Android 6.0 Marshmallow. Obviamente, os modelos que estão pendentes de confirmação podem vir a serem confirmados, e os já confirmados terem a atualização postergada dependendo de cada fabricante. O que realmente importa é notar que as fabricantes estão atentas às vontades de seus consumidores.

Por Igor Furraer

Android Marshmallow


Desde o início do mês de março de 2014 a falha de segurança chamada de Heartbleed tem sido um dos principais assuntos comentados nos meios de comunicação focados em teor tecnológico. Entre as vítimas da falha estão grandes sites e uma variedade de dispositivos ao redor do mundo. Entre os que sofreram estão milhões de usuários de dispositivos Android.

A própria fabricante do sistema operacional móvel já havia alertado que os aparelhos que estavam rodando com base na versão 4.1.1 do sistema estavam sim vulneráveis a ataques do Heartbleed, que são capazes, entre outras coisas, de roubar senhas e acessar outras informações de caráter pessoal que estão contidas na memória do aparelho.

Recentemente uma empresa de análise forneceu ao jornal britânico The Guardian dados segundo os quais mais ou menos 50 milhões de dispositivos Android se encontram vulneráveis a invasão do Heartbleed.

Dos números levantados, cerca de 4 milhões estão apenas nos Estados Unidos. Mesmo assim, o Google não divulgou nenhum comunicado confirmando a informação. Entretanto, a empresa ressalta que o número de afetados ou possíveis vulneráveis seja “inferior a 10%” de todos os aparelhos que se encontram ativos ao redor do mundo.

Outra informação importante foi divulgada por pesquisadores da empresa de segurança Lookout Mobile, que fornece aos consumidores software antivírus para smartphones que tenham o Android. De acordo com o divulgado, algumas versões do Android 4.2.2 que chegaram a ser personalizadas pelas operadoras ou por alguns fabricantes de hardware também podem estar suscetíveis a falha de segurança.

Para não acabar ficando no prejuízo com os ataques dessa falha, é importante que os usuários de dispositivos móveis tomem alguns cuidados básicos importantes. Entre eles estar atendo aos comunicados divulgados pelas empresas a medida que os pontos vulneráveis sejam corrigidos.

Também é preciso alterar as senhas na hora certa. Ou seja, mude a mesma assim que receber a informação de que seu sistema está protegido. Quem altera antes pode até estar contribuindo e deixando sua senha mais fácil de ser acessada.

A empresa de segurança Lookout disponibiliza um app gratuito que indica que se seu sistema foi ou não afetado pelo bug. Para baixar o detector de Hearbleed clique aqui.

Por Denisson Soares


A parcela de usuários com a mais nova versão do Android, a Kitkat, está aumentando. Quem afirma isto é a Google, em dados revelados pela empresa nos últimos dias. O numero de pessoas que estão usando a última versão do Android dobrou.

No relatório anterior, o sistema marcava 2,5% de participação em toda a base de dispositivos aonde o Android vem embarcado. Desse total, a ampla maioria ainda usa android a partir da versão 4.1, a Jelly Bean, que tem praticamente a metade de todo o marketshare do sistema operacional. Vale destacar que estas medições são feitas a partir de acessos à Google Play, a loja de apps do Android.

O numero de usuários com a versão 2.3 do Android vem reduzindo a cada mês. Para você ter uma ideia, neste ultimo relatório chega a menos de 18% de participação do “Windows XP” das versões do android como o Ginger era conhecido. Embarcado em aparelhos de configurações baixas, foi a primeira versão de várias pessoas, principalmente aqui no Brasil.

O bom avanço do KitKat se dá graças aos Nexus 4 e 5 e dos smartphones Moto X e G que recebem o Android, nos primeiros puro e no segundo com pequenas alterações da Motorola. Outras fabricantes estão aos poucos atualizando seus aparelhos para versões mais avançadas do sistema de código livre.

O grande problema é que grande parte dos aparelhos com Android vendidos por aí nem atualização tem, o que não garante que o user esteja na ultima versão do sistema. Ainda vai levar um bom tempo para diversos aparelhos chegarem a ter a 4.4, mesmo com as promessas das fabricantes.

O KitKat teve importantes mudanças para suportar aparelhos mais modestos, estimulando a adoção do 4.4 em dispositivos mais baratos ou garantindo a atualização dos mesmos, que andam um pouco esquecidos. Vale mencionar, que o Android vem amadurecendo e se consolidando contra a concorrência.

Por Leandro de Souza

Foto: divulgação


A empresa Crittercism testou aparelhos que possuem os sistemas operacionais Android e iOS e concluiu que o programa do Google conseguiu melhorar o seu dispositivo para melhor desempenho, o que não está acontecendo com o sistema da Apple.

As versões mais recentes do Android têm menos travamentos do que as atuais do iOS. A organização pesquisadora testou mais de um milhão de aparelhos móveis para chegar nessa conclusão.

A Crittercism monitorou o sistema Android 2.3 Gingerbread e assegurou que a versão foi a mais instável da empresa Google. O teste foi feito no quesito falhas de desempenho de aplicativos. Depois dos lançamentos de versões como Ice Cream Sandwich, Jelly Bean e KitKat, a situação do sistema operacional melhorou consideravelmente. O nível de travamentos passou de 1,7% para 0,7% do tempo.

A situação de travamentos do sistema da Apple também melhorou, mas não teve uma evolução de igual nível que o sistema Android. O iOS tinha 2,5% do problema no iOS 6, com o lançamento do iOS 7, a margem passou para 2,1%. O último lançamento da Apple foi o sistema operacional iOS 7.1 no mercado, que conseguiu reduzir esses erros para 1,6% do tempo.

E a Apple ainda é cobrada pelos seus usuários para produzir melhoras de desempenho. A marca é conhecida por surpreender seus consumidores com produtos de alta tecnologia e precisa ainda evoluir nesse quesito de travamentos. Em comparação com a concorrente Google, a Apple tem um número mais de duas vezes pior em travamentos de aplicações.

A pesquisa avaliou vários aparelhos das duas marcas e o relatório divulgado demonstra que dentre os mais estáveis está o Galaxy S4, com uma baixa de apenas 0.9% do tempo. O pior do estudo ficou para o iPad 2, que conseguiu a marca de 2,6% de travamentos.

O que teve melhor desempenho da marca Apple foi o iPhone 5, com 1,7% de erros, bem acima do smartphone do Google. A companhia Crittercism também descobriu que os aplicativos conseguem adquirir mais estabilidade nos iPhones do que nos iPads. 

Por Carolina Miranda

Foto: divulgação


Antes eram apenas rumores. Contudo, nesta terça-feira (18) a LG confirmou o seu novo relógio inteligente. A novidade não será um trabalho sozinho da LG, o Google fará uma parceria com a marca. O relógio inteligente vai se chamar LG G Watch, que sairá de fábrica com o sistema operacional Android Wear, devido à parceria com o Google. O Android Waer é um projeto específico e próprio para a utilização em smartwatches.

Este é o quarto lançamento de dispositivo da LG com uma parceria ilustre do líder de buscas, o Google. Os três primeiros aparelhos com a parceria do Google foram de smartphones, que foram o Nexus 4 e Nexus 5. No segmento de tablets, a parceria também aconteceu para fabricação do tablet LG G Pad 8.3 Google Play Edition. Caso o usuário entre na página oficial da LG, o presidente da marca destaca o bom relacionamento que a empresa tem com o buscador Google.

“A oportunidade de trabalhar com o Google no LG GWatch foi a chance perfeita para a LG inovar em design e engenharia. Com ele, continuamos a alcançar metas traçadas desde 2009 com o primeiro relógio-telefone 3G e de 2008 com o Prada Link”, afirma o presidente e CEO da LG Electronics Mobile Communications Company, Dr. Jong-seok Park.

A LG, até agora, não revelou muita coisa. A maior revelação do aparelho é que ele virá incluso com o sistema do Google Android Waer e com a presença do Google Now. As especificações mais detalhadas do novo G Watch deverão ser divulgadas novamente pelo próprio site da LG nos próximos meses, segundo o executivo da marca LG. Com o sucesso que o sistema Android do Google faz já algum tempo nos smartphones e tablets, outras marcas procuram usar o programa em seus aparelhos. A Motorola foi outra empresa que também lançou seu relógio inteligente com Android Wear nessa terça-feira que passou.

Por Carolina Miranda

LG G Watch

Foto: Divulgação


O celular Motorola i940 destaca-se pelo tamanho pequeno e pela capacidade de suas funções. Compacto, este celular cabe facilmente na bolsa, mochila e tem o encaixe perfeito nas mãos, que facilita o manuseio do aparelho pelo usuário. Um dos grandes diferenciais do Motorola i940 é que ele conta com Nextel e Android em um único aparelho.

Este celular da Motorola possui touchscreen display e tem um funcionamento simples e fácil, que permite ao usuário receber e-mails pessoais ou da equipe de trabalho, abrir e editar arquivos com velocidade e rapidez, ou se a pessoa preferir pode, também, baixar vários tipos de aplicativos com este smartphone Android e Nextel.

Em outras palavras, o i940 da Motorola é um aparelho para quem quer praticidade e rapidez no dia a dia. Além disso, a pessoa conta com até 180 MB de memória para armazenar música, visualizar clipes, entre outros recursos que desejar.

Para facilitar o armazenamento de dados na agenda telefônica, o i940 da Motorola possui lista unificada de contatos. Desta forma, os dados telefônicos ficarão mais organizados e fáceis de serem acessados.

A pessoa que gosta de fotografar todos os momentos vai poder aproveitar a câmera que conta com resolução de 5MP e assim registrar as situações engraçadas da turma, o passeio inesquecível com os amigos ou as viagens e festas familiares. Além disso, a câmera do i940 possui zoom digital de 4x, flash em LED, foco automático e ferramenta de edição de imagem, para melhorar e incrementar as fotografias.

Para ficar por dentro de tudo o que acontece nas redes sociais, a conectividade deste aparelho da Motorola pode ser feita por meio de Wi-Fi. Além disso, o celular também pode ser conectado por meio de Bluetooth. Desta forma, os arquivos podem ser passados para outros aparelhos com facilidade e rapidez.

O sistema operacional do i940 é o Android 2.1 e ele também conta com teclado do tipo QWERTY. O aparelho pesa apenas 150g. 

Por Babi

Motorola i940

Foto: Divulgação


A tecnologia está presente em nosso cotidiano entre as mais variadas formas possíveis. Um ótimo exemplo é o smartphone, aparelho bem similar ao convencional celular, porém, este por sua vez dispõe de uma tecnologia ainda mais avançada que é acompanhada de várias funcionalidades o que acaba chamando a atenção de milhões e milhões de pessoas em todo o mundo. No Brasil, o smartphone faz um grande sucesso através das várias marcas que neste mercado atuam.

Vale ressaltar que a grande variedade de smartphones a nossa disposição também é algo extremamente vantajoso, dessa forma, é possível encontrar aquele aparelho que satisfaz a necessidade de todos os usuários, sejam aparelhos top de linhas ou mais simples, com muito ou pouco espaço interno de armazenamento e etc.

Uma das marcas mais consagradas do mundo e que também atua em mercado brasileiro é a Motorola, que fabrica excelentes smartphones, como é o caso do recente lançamento: trata-se do Moto X, que você encontrará todos os detalhes referentes ao mesmo na continuação deste artigo.

O Motorola Moto X é um modelo top de linha que possui o sistema operacional Android 4.2.2, tela AMOLED HD de 4,7 polegadas, câmera de 10 megapixels que vem acompanhada da tecnologia ClearPixels para fotos em ambientes de baixa luminosidade além da câmera frontal de 2 megapixels. Além disso, outro grande destaque fica por conta do design do aparelho que ainda possui vários modelos de capas com cores diversificadas.

Em relação aos hardwares o Moto X dispõe de processador dual-core Snapdragon S4 Pro de 1,7 GHz, 2 GB de memória RAM, bateria de 2.200 mAh, 16 GB de armazenamento interno podendo ser expandido com auxílio de cartão de memória, além disso, você ainda pode contar com as conectividades Wi-Fi, Bluettoth, NFC, 3G e 4G. Outro destaque é em relação ao conjunto de sensores e os recursos exclusivos da Motorola.

O aparelho já se encontra disponível no mercado brasileiro e você pode encontrá-lo nas melhores lojas física e virtual do país. O preço sugerido do aparelho é de R$ 1.499,00.

Por Bruno Henrique

Motorola Moto X

Foto: Divulgação


Uma grande novidade chegou aos usuários que utilizam o sistema operacional Android. Na última terça-feira deste mês, dia 11, o Google anunciou o lançamento do seu novo recurso para smartphones com o sistema. Agora o Google Now, um assistente pessoal inteligente, permite configurar os graus de parentesco a contatos de sua lista telefônica. Foi também incluída o comando de voz, a fim do usuário acessar sua agenda com maior facilidade e conforto.

O Google Now funciona como aspecto do Google Search, prevendo o que o usuário irá precisar com base nos seus hábitos de navegação. Utilizando uma interface de linguagem natural, utilizada para responder perguntas e fazer recomendações, é possível fazer buscas com maior precisão e facilidade. É utilizado para montar resultados de pesquisas detalhadas, fazendo uma análise dos significados e conexões. Este aplicativo foi considerado a “Inovação do ano” de 2014, segundo a revista norte-americana Popular Science.

Os usuários poderão contatar uma pessoa da família utilizando o comando de voz, como por exemplo, “ok, Google, call father” (ok, Google, ligue para o meu pai). Mesmo que você não tenha configurado a pessoa, e tente contatá-la pelo comando de voz, o assistente permitirá o seu cadastro na lista. Vários outros comandos de voz podem ser dados, como “ok, Google, send a message to my father” (ok, Google, mande uma mensagem para meu pai) e “ok, Google, call my dad” (ok, Google, ligue para o meu pai).

Infelizmente os comandos são detectados somente no idioma inglês, estando indisponível para o português. O novo recurso permite que a fala seja reconhecida facilmente pelo sistema, ideal para os brasileiros que não dominam o idioma por terem dificuldades em suas falas, como pronúncia de fonemas e letras. Dessa forma, é possível utilizar o aplicativo. Rumores indicam que esta função do Google Now está disponível somente para o Moto X, mas ainda não há confirmações da companhia. 

Por Danilo Gonçalves

Google Now

Foto: Divulgação


Para os usuários que utilizam o sistema operacional Android e gostam de compartilhar vídeos e fazer colagens e edições com fotos, chegaram no Google Play Store três aplicativos voltados para essas funções.

O Collage Maker é um aplicativo voltado somente para a colagens de fotos. Já o VIDDME permite que você poste e compartilhe vídeos na internet. O Studio Design foi desenvolvido para a edição de fotos, adicionando efeitos a elas. Todos os apps estão disponíveis gratuitamente. Veja a seguir a descrição detalhada dos três.

O app Insta Collage Maker é um app totalmente gratuito e de simples funcionamento, com funções voltadas para dar efeitos em fotos. O aplicativo permite fazer diversas montagens nas imagens, podendo adicionar efeitos, cores e iluminação. Ele oferece também 18 formatos de montagem, com opção de compartilhar sua foto com amigos ou salvá-la no smartphone. Ele está disponível para as versões Android 2.1 ou superiores.

Já o VIDDME permite que o usuário poste seus vídeos diretamente do celular para a internet, sem precisar de identificação, login ou conta. Ele funciona como o YouTube, mas você não precisa se identificar para colocar sua gravação de imagem na internet. Para quem não quer postar seus vídeos em redes sociais como o Facebook, e quer total anonimato, não deixe de baixar esse aplicativo para o seu smartphone. Ele está disponível para as versões Android 2.3.3 ou superiores.

Para os apaixonados por fotografia, o Studio Design cumpre a função de edição de imagens. Nele, há opções de inserir textos na foto com diversas fontes, balões de conversa, diversas cores e filtros, contornos, figuras, etc. Com ele sua foto se tornará única, com diversos efeitos diferentes e bonitos. Depois de terminar a edição, compartilhe diretamente com seus amigos ou salve em seu celular. Ele está disponível para as versões Android 4.0 ou superiores.

Por Danilo Gonçalves


Para quem vive antenado com o que acontece de novo em questão de tecnologias, já pode ficar feliz com o que vamos falar agora. Conforme pesquisa feita pela CNET.com, tivemos uma lista com os 10 principais gadgets mais utilizados na atualidade. Foram listados itens da Samsung, Google, Apple e outras empresas que trabalham com tecnologia.

Contudo, os três fabricantes citados estão entre os mais importantes da atualidade, segundo a pesquisa elaborada. Na lista, tivemos inúmeros benefícios proporcionados aos consumidores, como é o caso de central de streamings Roku 3, Tv Panasonic ST60, medidor de glicose e até um monitor de atividades cardíacas, o que os deixaram encantados.

Para os que gostam de fotos, temos smartphones com câmeras traseira de 13 megapixels e frontal de 2 megapixels o que faz com que a imagem tenha uma resolução bastante nítida. Vale ressaltar que o sistema Android está sendo utilizado em praticamente todos eles, o que correspondeu às expectativas dos consumidores.

Ao lado dos celulares e smartphones, temos também os tablets que tem batido recorde de vendas nos últimos meses devido à quantidade de benefícios que fornece. Os preços são bem acessíveis e vem com câmeras, sistema Android e um processador Nexus de quatro núcleos, como é o caso do Nexus 7, do Google. A boa performance deles tem chamado a atenção de diversos sites como Engadget e The Verge.

Diante de tanta tecnologia, e sendo este um ano de futebol, devido à copa do mundo, não podemos deixar de falar da TV Panasonic ST60, com valor de aproximadamente 1.499 dólares. Ainda não chegou ao Brasil, mas tem uma tela de 60 polegadas, uma resolução de 1080 pixels, com um suporte para 3D e serviços de Netflix, Youtube, Skype e Facebook, além de um cartão de memória e três entradas HDMI. Ela é simplesmente sensacional e encantadora para quem gosta de uma televisão grande.

Por Luciana Viturino

Foto: divulgação


As opções de compras de aparelhos eletrônicos aumentam a cada dia e uma grande variedade deles é produzida. Entre tantos sistemas operacionais disponíveis nos aparelhos, os que mais chamam atenção são: Android e iOS. Muitos consumidores se perguntam qual seria o melhor sistema, de um lado temos o iOS que abrange os produtos da Apple como iPhone e iPad e, do outro lado temos o Android que abraça diversas marcas como Samsung e LG.

Uma das maiores diferenças entre o iOS e o Android é como o hardware e o software trabalham juntos. O iOS, desenvolvido pela Apple, foi feito propriamente para seus aparelhos, logo toda a parte física do celular reage de acordo programado por aquele específico software, apenas para os produtos da marca Apple, deixando o hardware mais integrado ao software. O Android é desenvolvido por Engenheiros do Google, foi feito para uma grande variedade de aparelhos e marcas.

A melhor opção para ver vídeos e gravar fotos é o Android, o software do Google é simples de usar, alguns aparelhos móveis que possuem Android aceitam cartão SD ou Micro SD, tornando a colocação de fotos e vídeos no aparelho extremamente fácil. Nos produtos Apple, toda foto e vídeo deve passar pelo iTunes que gerencia os arquivos. O iTunes é uma loja online que não funciona para brasileiros. O gerenciamento dos arquivos muitas vezes acaba barrando algum vídeo.

No iOS não funcionam sites que utilizam a tecnologia Flash da Adobe, pois a Apple o programou para não abri-los, visto que consomem muita bateria, no Android esses sites podem ser abertos perfeitamente.

Mesmo que os produtos da Apple detenham algumas tecnologias, ainda é um líder de vendas. Os maiores fatos que justificam o sucesso de vendas é a variedade de aplicativos do mercado e aplicações como: calculadora, agendas e jogos.  Outro fator é design da interface simples que supera a dos concorrentes. 

Por Luiz Guilherme Feliciano Palazzo

Android e iOS

Foto: Divulgação


Na terça-feira (14 de janeiro), o Google lançou em sua loja virtual o Moto G Google Play Edition. O smartphone é o mesmo vendido no Brasil e no mundo, mas há uma pequena diferença notável. A versão Google Edition virá com o sistema operacional Android Puro, garantindo atualizações de aplicativos mais rápidas. Ao contrário da versão anterior, este já vem com o Android 4.4 “KitKat” instalado e atualizado. Ele virá com o sistema renovado, livre de aplicativos e personalizações da Motorola. Ele funciona da mesma forma que o aparelho Nexus, pois receberá atualizações do Android logo após o seu lançamento no mercado.

O Moto G Google Play possui um processador Quad-Core de 1.2 Ghz da Intel, 1 GB de memória RAM e uma tela de 4,5 polegadas com uma resolução HD (720p) sensível ao toque. Há duas opções de armazenamento interno: 8 GB ou 16 GB. Além disso, estão incorporadas uma câmera frontal de 1,3 MP e uma traseira de 5 MP, com sensores de iluminação. Há também as conexões Wi-Fi e 3G, além do Bluetooth. Não há suporte e entradas para cartão MicroSD.

Não foi somente o Moto G que ganhou a atualização do Google. Smartphones como o LG G Pad, o HTC One, o Samsung Galaxy S4 e o Sony Xperia Z e Z Ultra também ganharam nos últimos meses a versão do Google Play Edition. Porém, esta atualização só está disponível no exterior, como nos EUA.

Na versão de 8 GB, ele custa US$ 179,00, ou R$ 420, 00. Na versão de 16 GB, ele custa US$ 200,00, ou R$ 470,00. Todas as versões já vêm desbloqueadas de fábrica. Este smartphone da Motorola, assim como os modelos citados, não chegarão aqui no Brasil nos próximos meses ou anos. Os executivos da empresa pretendem vendê-lo somente nos EUA e possivelmente na Europa.

Por Danilo Gonçalves

Moto G Google Play Edition

Foto: Divulgação


Para aqueles que pensam que a tecnologia moderna veio apenas para ostentar o mercado se engana. Muitos aplicativos oferecem opções variadas que contribuem com a segurança pessoal e também com a sustentabilidade. Um ótimo exemplo é o Alcohoot, um bafômetro para smartphone que funciona com muita precisão para aqueles que costumam dar uns golinhos na noitada. Óbvio que o indicado é que o condutor fique 100% sóbrio ao menos que tenha uma pessoa para conduzir o seu veículo (e que a mesma não esteja alcoolizada), porém, se houver um "escape", o dispositivo poderá apontar se foi passado dos limites ou não.

A novidade pode funcionar em diversos modelos de aparelhos smartphones que estão no mercado. Os níveis indicados são próximos aos dados da  polícia e relata o nível de álcool no sangue e ainda demais informações interessantes como a quantidade consumida em geral e sua classificação perante a Organização Mundial da Saúde. A utilidade também é baseada nas informações sobre bares e restaurantes próximos, táxis e demais opções de transportes caso aponte a alteração.

O Alcohoot funciona em Android e também iOS e é necessário uma carga de íons de lítio onde suporta até quinhentos testes, afirma a empresa responsável.

O dispositivo que deve ser acoplado ao aparelho pesa cerca de 50 gramas e custa cerca de US$ 119 (há quem diga que possa ser encontrado por apenas US$ 90). A compra é feita no site da própria empresa que o fabrica www.alcohoot.com e está disponível em três opções de cores.

A novidade surgiu no final do ano passado e já é considerado um "amigo" de muitos usuários que já comprovaram a sua eficácia perante a momentos de exageros. 

No site do Youtube existem diversos vídeos da Campanha do Alcohoot onde aparecem jovens testando o dispositivo a fim de demonstrar que os resultados são imediatos.

Por Luciana Ávila

App Alcohoot

Foto: Divulgação


Chegou o aplicativo para Android que todos estavam esperando. Estamos falando do jogo de sucesso Angry Birds. Porém, dessa vez, os fãs iriam disputar uma corrida de Kart com seus personagens favoritos. É que foi lançado o app Angry Birds Go, que é um game de corrida tipo o Mario Kart. Nada mais de bombas e rivalidades entre os personagens. Agora você apenas escolherá seu boneco de preferência e irá jogar nas mais variadas pistas e estilos de imagem.

O jogo tem uma boa resolução e todos os aparelhos com Android poderão baixar esse aplicativo sem maiores problemas. Nenhum jogo fez mais sucesso nos celulares do que essa franquia dos passarinhos. Por ser de fácil manejo, esse é um game bom para todos os públicos possíveis. São muitas as vantagens do Angry Birds Go. O legal desse jogo é que tanto os pássaros como os porcos viraram pilotos de corrida. O jogador escolherá seu boneco e enfim tentará vencer as corridas que são cheias de surpresas, novidades e estratégias muito bem boladas.

Você pode conseguir esse jogo de forma gratuita na Google Play Store.

Aproveite essa novidade e sinta a emoção de jogar com os pássaros e os porcos. O modo de jogar é simples e, rapidamente, você aumentará seu nível como piloto.

Para jogar, em todo o caso, você escolhe em movimentar com o celular ou com as barras laterais. Assim o jogador vai se movimentado e ultrapassando seus adversários a partir de muitas jogadas e estratégias que podem ser utilizadas durante os jogos.  A opção de tocar nas borlas da tela é a mais indicada, afinal há muitas curvas nas pistas desse aplicativo que veio para ganhar ainda mais adeptos e fãs dessa franquia dos passarinhos. 

O legal disso tudo é que, como sabemos, os pássaros de Angy Birds têm poderes diferentes, e o jogador pode usá-los em ocasiões que achar importante. Tem os raios, as explosões, entre outros poderes que podem fazer toda a diferença nas corridas. Também dá para escolher jogar a partir dos desafios, das novas pistas que vão surgindo ao longo do jogo. Também dá para ganhar novos personagens, novos pássaros caso o gamer consiga vencer três estágios. Dá para comprar novos carros para suas aves e seus porcos na loja da empresa. Não faltam opções de aprimoramento e novidades de toda ordem para todos os fãs da franquia dos passarinhos rebeldes. 

Por Juan Wihelm

Angry Birds Go

Foto: Divulgação


Em meados do fim do ano passado, alguns rumores surgiram na internet afirmando sobre os planos da Nokia de colocar à venda seu primeiro modelo de smartphone equipado com o Android, sistema operacional do Google.

Na época até foi dito que o tal dispositivo tinha recebido o apelido de “Normandy” e que seria desenvolvido com uma versão diferenciada do sistema do Google, fato que já é realidade com o já conhecido leitor digital Kindle, da Amazon. Entretanto, já nos primeiros dias do mês de janeiro de 2014, novas informações surgiram em relação a uma outra empresa que estaria planejando lançar celulares com o sistema concorrente, com o objetivo de possibilitar a diversificação dos sistemas de seus dispositivos.

A fabricante de dispositivos móveis em questão é a Sony que, de acordo com o site The Information, deverá anunciar já em 2014 seus modelos de smartphones com o sistema da Microsoft, o Windows Phone.  Segundo as informações, as duas empresas envolvidas no processo já estariam em negociação afim de viabilizar o projeto.

O que chama a atenção é que isso ocorre mesmo após a aquisição da Nokia  pela gigante de Redmond. Entretanto, isso não é de se estranhar muito. Vale ressaltar que a Sony, em tempos passados, pra ser mais exato lá em 2009, já havia lançado dois modelos de celulares com Windows Phone integrado: o Sony Erisson Xperia X1 e o Sony Ericsson Xperia X2. Mas, como foi possível acompanhar no período, nenhum dos dois dispositivos conseguiu ter suas vendas alavancadas, ainda mais se comparado com a linha Lumia da Nokia.       .

Outro ponto interessante de se observar é que não há nada de anormal no fato de que tanto a Sony, quanto outras empresas, estejam interessadas em investir no sistema móvel da Microsoft em 2014, já que em uma pesquisa feita recentemente pelo IDC a plataforma de Bill Gates teve um crescimento de 156% no ano passado.

Em termos numéricos, o Windows Phone ocupa a terceira colocação como o sistema operacional mais utilizado no mundo sendo responsável por 3.6% do mercado. Em segundo está o iOS da Apple e em primeiro o Android.

Por Denisson Soares

Foto: Divulgação


O Snapchat é um aplicativo para smartphones, tanto iOS quando Android, que busca a privacidade. Você cria uma conta com o seu número de celular, manda qualquer mensagem para os contatos e depois de 15 segundos após ser visualizada ela é removida e apagada para sempre. Em tempos de boatos de monitoramento do governo americano, a busca pelo aplicativo se tornou maior, tanto é que o Instagram fez uma espécie deste recurso dentro do aplicativo. Se tio Mark não conseguiu comprar o App, pelo menos implantou no Instagram, que recentemente foi adquirido pelo Facebook.

Mas nos últimos dias, um bug ou simplesmente falha de segurança, deixa os usuários de atenção. A falha já existia há algum tempo, mas só foi descoberta na véspera de ano novo. Basicamente, o Snapchat tem um recurso chamado: Buscar Amigos (para quem usa a versão em inglês, é Find Friends). Ela busca seus amigos através de sua agenda telefônica, dentro do seu smartphone. O que acontece é uma falha justamente nesse recurso. Você poderia chegar a descobrir o número de qualquer usuário do serviço e não apenas o da sua agenda telefônica.

Segundo informações, o pior ainda pode estar por vir. Os desenvolvedores do aplicativo não se deram conta da falha. E o pior, sabiam desde agosto que algo não cheirava bem, mas mesmo assim não deram bola. Mesmo com comunicados lançados no final de dezembro, não se sabe ainda quando uma correção para o aplicativo pode estar chegando. Ou seja, aquilo que talvez fosse confiável agora se torna dúvida de muita gente.

Mas nem todo aplicativo é confiável. Todos os apps têm falhas e se descobertas, podem colocar o usuário em risco. Em temos de NSA, todo mundo fica receoso com falhas e problemas de segurança e privacidade. Recentemente, alguns veículos de imprensa noticiaram que o iPhone poderia ser rastreado permanentemente, algo desmentido pela Apple.

Por Leandro de Souza

Snapchat

Foto: Divulgação


Quando se trata de vírus para smartphones já passamos por muita coisa: vírus simples que impedem o funcionamento de aplicativos comuns, apps maliciosos que enviam mensagens sem que o dono saiba, temos aqueles que coletam informações, e por aí vai. O problema é que como se não bastasse essa gama quase interminável nos últimos dias tivemos um novo vilão para os smartphones, principalmente aqueles cujo sistema operacional é o Android: o MouaBad.P. Um vírus específico para o sistema do Google que faz ligações sozinho.

O malware foi descoberto recentemente pela empresa de segurança Lookout. Basicamente ele é apenas uma evolução de outro já conhecido nosso, o MouaBad, que conseguiu enviar mensagens SMS. De acordo com as informações da companhia o MouBad P chamou a atenção não por sua “eficiência em aprontar “ com o usuário mas sim por que é a primeira vez que um vírus tem acesso a ligações. De fato isso nos mostra que um salto bastante importante na questão de variedade de vírus espalhados por aí.

Para piorar a situação o MouaBad.P entra em ação exatamente no momento em que o usuário do celular não está tão “ligado”. Ou seja, ele aproveita os momentos de inatividade do aparelho como, por exemplo, quando você estiver dormindo. As ligações feitas pelo dito cujo não são para qualquer número. Ele escolhe “números Premium” para ligar, isso mesmo, exatamente aqueles que vão gerar receita para o programa. E não é só isso. Caso o usuário queira fazer uma ligação enquanto ele está em ação a chamada é cancela. Apesar de tudo as falhas existem. Um exemplo disso é o fato de que o vírus não possui a capacidade de alterar  o histórico de chamadas do aparelho. Caso o usuário resolva dar uma olhada no registro rapidamente irá perceber que tem algo errado.

A parte “boa” disso tudo é  que o MouaBad.P afeta uma fatia bastante restrita dos usuários. Ele só age em aparelhos com o Android 3.1 ou versão inferior a este e que funcione em regiões específicas da China. Outro detalhe é que como os números premium possuem uma certa variação de um país para outro é bastante improvável que ele se espalhe para outras regiões do mundo.

Por Denisson Soares

MouaBad.P

Foto: Divulgação


O Facebook, que é considerado a maior rede social em todo o mundo, tem agora motivos para se preocupar, e ele e seus administradores que se cuidem, pois o aplicativo que agora está na boca (e nos smartphones) dos jovens por aí é o chamado Snapchat. Ele chegou ao mercado há pouco tempo, mas já está fazendo sucesso. O seu chamariz: oferecer compartilhamento de informações de uma forma mais particular. A ideia é tão bacana, que chamou a atenção dos gigantes Google e Facebook e eles até já ofereceram bilhões de dólares pela sua aquisição. Mas parece que o aplicativo pretende ser ainda maior, isso porque a empresa recusou todas as ofertas.

A explicação do “desespero” das duas mundiais é única: o Snapchat pode ser um dos grandes motivos pelo qual o Facebook, por exemplo, tem perdido audiência entre o público mais jovem. Não é a toa que o gigante ofereceu 4 bilhões para adquiri-lo. O Google, que deve ter percebido a reputação, não pensou duas vezes e também tentou fazer uma oferta.

O aplicativo está disponível apenas para Android e iOS e funciona da seguinte maneira: ele compartilha fotos e vídeos entre amigos de modo privado. Ao mandar um item, o usuário possui um limite de tempo que, se a foto não for vista por quem ele enviou, será apagada dos dois aparelhos.

Algumas características são semelhantes ao Instagram, ainda mais quando falamos de envio de fotos. No entanto, os comentários que estão rolando por aí é de que ele é um pouco mais difícil de entender e, talvez, esse seja o motivo de não ter sido adquirido por pessoas adeptas aos apps comuns.

SNAPCHAT – DESCRIÇÃO:

Experimente uma maneira totalmente nova de compartilhar hoje. Tire uma foto ou um vídeo, adicione uma legenda, e envie a um amigo (ou talvez alguns). Eles vão ver, rir. Se você quiser compartilhar algo com todos os seus amigos, adicioná-lo ao seu Snapchat Story, uma narrativa viva onde cada snap vive por 24 horas até desaparecer, abrindo espaço para o novo.

Por Jaime Pargan

Snapchat - Novo aplicativo para Android e iOS

Foto: Divulgação


Para quem acha que o aumento das vendas dos iPhones deixa o sistema operacional da Apple em primeiro lugar, é preciso olhar alguns dados.

Mesmo o aparelho da gigante ainda ser o queridinho dos consumidores no mundo todo, o Android tem crescido bastante em números de usuários e, até mesmo o Windows Phone, utilizado apenas em aparelhos da marca Nokia – mas que já está em processo de aquisição pela Microsoft – tem visto seus números avançarem.

A participação do Android no mercado subiu 81% e no terceiro trimestre ele foi considerado o quarto utilizado a cada cinco smartphones vendidos. O Windows Phone também foi um dos que obteve aumento nos lucros e já pode se considerar o terceiro dos mais vendidos. Sua participação foi 1,6% maior que a do ano passado. As informações são da consultoria IDC.

Há um ano atrás, o Android tinha 74,9% de participação no mercado. Este ano, as vendas do iPhone aumentaram 25,6% em relação ao ano passado, mas de forma geral, o seu crescimento foi lento e apresentou uma queda de 14,4% a 12,9% para o mesmo período em 2012.

A única que ainda teve o reflexo de seus problemas diante das pesquisas foi a BlackBerry que, por conta das mudanças, teve queda de 41,6%. Um dos motivos é que a própria empresa diminuiu sua participação no mercado.

Mesmo assim, os números são bastante positivos já que o mercado global de smartphones vem crescendo a cada ano devido ao investimento das empresas em oferecer produtos de qualidade a preços mais baixos, uma vez que o valor médio de venda de um smartphone caiu 12,5%, segundo o IDC.

Há algum tempo o Android vem sendo apontado como o browser mais usado em dispositivos móveis e agora o IDC vem confirmar essa aceitação pública.

Por Jaime Pargan

SO Android

Foto: Divulgação


Após o anúncio da Adobe (em Novembro de 2011) sobre deixar de prestar suporte do Flash Player ao (ex atual) Android Jelly Bean , muitos usuários passaram a ter falhas inusitadas nas tarefas mais simples, como a execução de um vídeo por exemplo.

Para solucuionar o problema, é necessário reinstalar o Flash Player e  um browser compatível. Também é de extrema importância transferir os arquivos APK para o seu aparelho e iniciar o procedimento. É muito importante deixar a opção de Fontes Desconhecidas como Ativada.

É importante ainda lembrar que os usuários constantes do Flash Player devem sempre ativar os Plugins para maior segurança (Menu – Configurações – Plugins). Sobre a nova escolha do browser é necessário muita atenção quanto a disponibilidae para as opções "Free".

Muitas oferecem suporte de teste temporário e após um certo  período os problemas aparecem novamente. Uma das opções convenientes são: Dolphin (versão antiga 8.5.1), Firefox Beta, Boat Browser, entre outros.

Muitas pessoas aconselham a instalação do Flash Player na versão mais antiga (que roda o Android Ice Cream Sandwich), porém não deixe de lembrar novamente dos Plugins ativados para segurança maior devido ao passo anterior.

Existem algumas outras opções no Google Play como o Puffin que é até eficiente mas gratuito somente para teste por 14 dias. Muitos usuários já se enganaram em relação a esta opção. Este procedimento é bem  simples e rápido.  

Por Luciana Ávila


Nos últimos dias foram lançados três jogos gratuitos na Play Store. Com diferentes temas, os jogos podem ser baixados em diferentes versões do Android, confira mais informações sobre eles.

O primeiro é o Cloudy with Meatballs 2 sobre a animação “Tá Chovendo Hambúrguer 2”. O jogo estilo puzzle lembra o Candy Crush em que os jogadores passam por fases em sequência dentro do mesmo mapa. Para jogar, o usuário deve tocar e arrastar os itens, combinando os alimentos em linha reta ou diagonal. O diferencial do jogo são os personagens do filme que aparecem dando dicas e pontos extras.

Outro lançamento é o Puzzle Quest – Dark Reign da Marvel e D3Publisher. O jogo é uma mistura de aventura e puzzle que traz personagens da Marvel em um jogo baseado no Candy Crush. A diferença é que os personagens realizam ataques quando o jogador realiza a combinação das pedras que compõe o jogo.

Também disponível na Play Store brasileira está o Clash of Clans. O objetivo do jogo é administrar uma vila com um pequeno exército. Similar a franquia Age of Empires, o Clash of Clans permite batalhas incríveis, inclusive contra outros jogadores no modo online. Neste modo é possível formar alianças e clãs, para disputar batalhas com outros usuários. 

Por Robson Quirino de Moraes


Android 4.4Com tantas novidades no mundo da tecnologia, não só novos smartphones e tablets estão chegando, mas também sistemas operacionais.

O Android é um deles e está passando por mudanças. Um dos próximos lançamentos pode ser a versão 4.4. A sua vinda ainda não foi oficialmente anunciada, mas há rumores que ele pode vir a ser apresentado no mês de outubro.

Para despertar a curiosidade do público, quatro fotos foram publicadas pelo site 9to5Google e mostram que pode ser que a nova versão tenha mudanças em seu visual, até o momento. Uma nova cor e design para os apps, como os de mensagens e discador de telefone são exemplos do que pode vir diferente. As imagens apresentam um novo layout mais leve e mais claro, deixando o azul escuro, cor padrão do sistema.

Acredita-se que a iniciativa pode ter sido tomada porque as cores de sistemas como o iOS7 apresentam uma cartela mais forte. E que também, com a chegada do Nexus 5, o mês de outubro pode ser o escolhido para estreia.

Por enquanto, as novidades ainda são apenas sobre o design, não há informações sobre mudanças nas funcionalidades dos aplicativos. 

O Browser mais usado para navegação nos smartphone e tablets tem atingindo cada vez mais um número maior de adeptos de suas tecnologias e mais uma vez pretende surpreender com esta nova versão.

Por Jaime Pargan


O mais famoso jogo de futebol da EA Sports, o FIFA 14, está disponível gratuitamente para download na versão para smartphones e tablets Android e iOS.

Essas versões também contam com os mesmos 600 clubes disponíveis no game para consoles e computadores, e incluem os 21 times brasileiros licenciados para todos os modos de jogo. Além disso, a versão para smartphones também terá disponível o recurso EA Sports Football Club Match Day, que traz constantemente atualizações sobre suspensões, lesões em jogadores e mudanças na escalações dos times, dando cara mais real ao que acontece nas partidas.

Não fica de fora o modo Ultimate Team, consolidado nos computadores e nos mais diversos consoles.  O Fifa 14 conta com narrações em inglês, francês, alemão, italiano e espanhol. Infelizmente, a narração em português continua de fora.

Os modos de jogo Manager, Torneio e Jogo Rápido exigem pagamento de taxa de cerca de R$ 10 (o pagamento é em dólar e respeita a cotação do dia). Já os modos Ultimate Team, Jogos da Semana e disputa de pênaltis continuam inteiramente gratuitos.

Para fazer download do aplicativo na versão para devices Android, basta acessar o link https://play.google.com/store/apps/details?id=com.ea.game.fifa14_row.

Já a versão para iOS, na App Store, está disponível em https://itunes.apple.com/us/app/fifa-14-by-ea-sports/id639810666?mt=8&ign-mpt=uo%3D4.

O arquivo para ambas as versões exige que os aparelhos tenham no mínimo 1,35 gb livres de espaço na memória.

Por Jorge Souza


Um Relatório divulgado pela G Data mostra que o Android não é tão seguro quanto os usuários pensam. Segundo o relatório, o sistema operacional do Google é o principal alvo de ameaças e as coisas só pioram. Já que é esperado um volume 3 vezes maior de malwares até o fim de 2013.

O SO parece ser o preferido de criminosos. Para se ter uma ideia, nos primeiros seis meses de 2013, mais de 520 mil variantes de programas danosos ao aparelho e ao usuário foram criados. São várias possibilidades de ataque ao sistema operacional mais usado no mundo. São mais de 1 bilhão de aparelhos suscetíveis a ataques.

Os malwares não só estão mais volumosos, como também mais perigosos. Segundo a G Data, os cavalos de Tróia criados para Android estão mais inteligentes e difíceis de serem identificados, com capacidade de se esconderem de antivírus.

A empresa de soluções e proteção, G Data, registrou exatamente 519.095 malwares em 2013. O que representa um aumento de 180% em comparação ao segundo semestre de 2012. Os cavalos de Tróia foram os que mais cresceram, registrando um aumento de 86%.

Por Robson Quirino de Moraes


A IDC – International Data Corporation – divulgou recentemente um novo levantamento em termos de mercado para a área de mobile.

De acordo com as informações registradas pela empresa a plataforma Android registrou um considerável aumento em sua participação no mercado mundial levando em consideração o segundo trimestre de 2013 que foi o  período de tempo analisado. Em contrapartida o iPhone da Apple registrou uma sensível queda.

Para entender o crescimento em números o Android agora ocupa uma parcela de 79,3%. No mesmo período do ano passado  esses números eram de 69%. Já o iPhone registrou uma queda de 16% para 13,2%. Esses números são completamente justificáveis quando observamos que nos últimos três meses, isso segundo informações da IDC, foram distribuídos ao redor do mundo cerca de 187 milhões de aparelhos Android. O iPhone nesse mesmo tempo teve um distribuição de apenas 31,2 milhões de unidades.

Em uma nota oficial divulgada o chefe da equipe responsável pela pesquisa no setor móvel da IDC, Ramón Llamas, disse que a redução de mercado sofrida pelo iPhone se deu principalmente devido ao ciclo de lançamentos adotado pela empresa. Não é preciso nem lembrar que praticamente não houve nada novo depois do iPhone 5.

Por Denisson Soares


Decorar um ambiente pode não ser uma tarefa das mais simples. Para se atingir um resultado satisfatório e bonito aos olhos é preciso encontrar os materiais certos, ter um bom senso de estética e técnicas para execução do que se deseja. Para não correr o risco de errar e desperdiçar dinheiro, o mais certo é que você elabore um projeto cuidadosamente pensado, e se você não quer ou não pode contratar um bom profissional de decoração, seu smartphone pode ser um novo aliado nessa tarefa.

O Homestyler é um aplicativo para Android que serve para você testar configurações para os ambientes de sua casa. O aplicativo é gratuito e pode ser encontrado na loja de aplicativos do Google. A partir de uma foto tirada pelo próprio dispositivo móvel o aplicativo com algumas informações adicionais consegue detectar os ângulos do ambiente recriando-o em 3 dimensões.

A partir disso o aplicativo oferece um bom número de móveis e objetos de decoração diversos para você ir testando até achar a combinação que mais lhe agrada. Você pode alterar os tamanhos dos objetos com toques de forma simples e não é necessário grande conhecimento técnico para fazer um projeto bacana.

Você precisa de um smartphone com boas configurações para obter bons resultados, vale a pena fazer esse download se você precisa mudar algo em sua casa, pois ele pode lhe poupar tempo e provavelmente dinheiro.

Por Bruno Hardt


A fragilidade do sistema operacional Android têm deixado os usuários receosos, esse era um argumento que o Google dificilmente conseguia rebater quando colocado lado a lado com seu principal rival, o iOS da Apple.

Em resposta a isso, em sua nova versão que esta saindo do forno a 4.3 o Android tratá melhorias consistentes em relação a segurança. São 4 alterações nesse sentido,  a implementação de um complemento de segurança SELinux, melhoras na Criptografia dos dados, suporta a diferentes usuários isoladamente e compatibilidade para configurar redes a partir de protocolos WPA2 dando maior segurança quando o usuário utilizar Wi-Fi.

Essas novas configurações devem começar estar nos aparelhos dentro de no máximo 2 meses. Com isso a Google mostra que segue firme como líder no mercado de sistemas para aparelhos móveis, atendendo as necessidades de seus consumidores. A eficiência destas modificações ainda não pode ser testada por especialistas que aguardam ansiosamente para dar seu parecer técnico sobre as modificações.

O nome do sistema continuará sendo Jelly Bean, já utilizado desde a versão 4.1. As mudanças, segundo o que foi apresentado, dizem respeito mais ao funcionamento "interno" do sistema, visto que o usuário comum provavelmente perceberá poucas diferenças.

Por Bruno Hardt


Os usuários e os fãs dos aparelhos que possuem o sistema inovador conhecido como Android tenham a curiosidade de conhecer quais são os melhores jogos para a sua diversão e entretenimento, não é verdade?

Exatamente por esse motivo que vamos listar abaixo quais são os jogos mais baixados e acessados através de seus aplicativos, e caso você ainda não conheça, baixe também e comece a se divertir nas horas livres.

Os melhores jogos são:

Cut the Rope: Uma série que possui bichinhos bem engraçados. O objetivo do jogo é levar o doce até a boca do sapo, mas para isso é preciso usar estratégias.

Bouncy Seed: Seed é uma laranja que pula de acordo com o manuseio dojogador. O objetivo é fazer com que a laranja Seed siga em frente e não caia no rio. Claro que existem muitos obstáculos.

World of Goo: Um jogo extremamente difícil, pois o seu objetivo é de levar as bolinhas óleos formando pontos e estruturas de escape.

Angry Birds :  Um jogo bem divertido que contém as aves que são contra a sobrevivência dos porcos, pois eles roubam os seus ovos.

Batman: Um jogo com diversos cenários e muita aventura. Vale à pena conferir esse e todos os outros que citamos aqui.

Espero que goste!

Por Josiane Fernandes de Jesus


Um jogo que já faz um grande sucesso para os usuários dos aparelhos que possuem Android é o Angry Birds.  Hoje esse jogo está disponível também pela internet, o que facilita o acesso dos fãs dessa grande aventura.

Esse jogo consiste na sobrevivência dos Angry Birds contra os porcos vingativos e gananciosos que roubam todos os seus ovos. Cada ave possui o seu efeito ou poder para ajudar a eliminar esses porcos, e isso pode ser visto conforme as fases vão aumentando seu nível de dificuldade.

Caso você fique preso em uma tela muito difícil, saiba que é possível comprar uma super águia, sendo de uso ilimitado em uma única fase. Ela é de extrema importância para a melhoria das jogadas.

Mas o que essa águia poderosa faz?

Saiba que essa criatura fenomenal vai subir a partir do céu para destruir diversos porcos em apenas um lance.  Em cada fase existe outro animal que ajuda no objetivo que é sempre o mesmo, acabar com os porcos.

Caso você tenha interesse em conhecer esse jogo, ou deseja acessá-lo pela internet agora mesmo, visite o site Angry Birds através do link www.angrybirds.com. Divirta-se!

Por Josiane Fernandes de Jesus


Um vírus denominado Bad News, atacou o sistema operacional do Google, o famoso Android. Descoberto pela empresa de segurança Lookout, o vírus infectou 32 aplicativos da loja de aplicativos Google Play, e afetou mais de 200 milhões de dispositivos.

A ameaça simplesmente disfarça-se de rede de publicidade, e passa a exibir noticias falsas para divulgar outros aplicativos maliciosos. O vírus sonda o servidor de comandos do aparelho, e envia informações para o servidor, informações bastante importantes como o número do aparelho, MEI (número de série), entre outras informações.

O Google foi notificado quanto ao problema pela empresa Lookout, e removeu todos os aplicativos infectados, juntamente com seus desenvolvedores.

Vários aplicativos, aparentemente inocentes como walpapers, jogos e dicionários, traziam as falsas publicidades do Bad News. Ainda não se sabe se todos os desenvolvedores dos aplicativos em questão faziam parte do esquema para alastrar o vírus, ou se eles foram enganados acreditando se tratar realmente de um simples programa de publicidade.

Foram encontrados servidores do malware na Alemanha, Ucrânia e Rússia, mas a empresa Lookout esta trabalhando para a queda destes servidores.

A Lookout ainda orienta aos usuários que para se manterem seguros é necessário sempre se atentar a pequenos detalhes, mas que podem fazer a diferença, como checar se nas configurações do sistema, quando a instalação de aplicativos está demarcado a opção de instalar apps de “fontes desconhecidas”, desta forma é mais difícil que aplicativos maliciosos possam ser instalados sem que o usuário perceba. E também orienta quanto à utilização de antivírus para aparelhos móveis.

Por Francine Cardoso de Araujo


Existem milhões de pessoas espalhadas pelo mundo fãs do universo Star Wars assim como também existem milhões de fãs de Pinballs, aqueles fliperamas antigos onde você, contra uma bola através de rebatedores, precisa fazer muitos pontos e conseguir bolas extras. Não é raro encontrarmos pessoas que adoram esses dois universos. 

Pois bem, pensando nisso há o Star Wars Pinball, que é um jogo disponível para Android e que você pode instalar em seu smartphone ou tablet onde você terá diversas mesas de Pinball com o tema Star Wars. Estão presentes todos os tradicionais elementos de uma máquina física de Pinball e o diferencial fica por conta de algumas imagens holográficas dos famosos personagens da série de filmes. Tudo é muito bem pensado e os gráficos, os sons e a jogabilidade garantem uma ótima experiência.

Até o momento são 3 modelos de mesas (a primeira é em referência ao Episódio V) disponíveis para download e a promessa dos desenvolvedores é de que logo vão estar disponíveis novas máquinas.

Você encontra esse nostálgico jogo na Play Store e ele custa R$ 3,95 rendendo muitas horas de diversão no seu celular. 

Por Bruno Hardt


Andy Rubin alega que o sistema operacional Android (antes de dominar o mundo dos sistemas operacionais móveis) foi concebido pensando nas câmeras, a revelação foi feita durante a Japan's New Economy Summit.

De acordo com a PCWorld, o sistema Android foi originalmente pensado para facilitar a conexão de câmeras ao PC de uma maneira diferente – com apps.

Com o achatamento do mercado de câmeras em smartphones, e grande expansão da Microsoft (com seu Windows Mobile) e da Nokia (com seu Symbian) – naquela época nem se pensava no seu grande concorrente iOS, já que o primeiro iPhone ainda não tinha sido lançado – pareceu mais sensato desenvolver para smartphones.

O pessoal do Android, então, redirecionou seu esforço para criar um sistema móvel de smartphone, com os primeiros protótipos tendo leve semelhança com os aparelhos da BlackBerry Então, foi usada a mesma base do sistema operacional para desenvolver o Android para smartphones.

Obviamente, de lá para cá muita coisa mudou, mas nos dias atuais, o Android é usado também em câmeras, como o Samsung Galaxy Camera, Coolpix S800c e iM1836 da Polaroid.

Por Atila Felipe


Criado por estudantes do curso de Ciência da Computação da Universidade Federal de Pernambuco, o ProDeaf é um aplicativo para smartphone que procura facilitar a comunicação entre pessoas com deficiência auditiva e não deficientes.

O programa consiste na tradução de palavras ditas em português para Libras (Língua Brasileira de Sinais). Ao mesmo tempo em que alguém está falando, aparecem na tela do aparelho os sinais correspondentes às frases em português.

O download do programa é gratuito, mas ainda só está disponível para aparelhos com sistema Android. Há previsão de que ainda na próxima semana já possa ser efetuado o download do software para Windows Phone e smartphones da Apple.

Apesar de lançado essa semana, o Prodeaf foi desenvolvido em 2011, quando João Paulo Oliveira, de 26 anos, fez amizade com o colega Marcelo Amorim, deficiente auditivo. Comovido pela dificuldade de comunicação enfrentada pelos surdos, João começou sua empreitada.

No mesmo ano em que o aplicativo foi criado, Oliveira e sua equipe receberam a segunda classificação do prêmio Imagine Cup 2011, uma das mais importantes competições universitárias de tecnologia de todo o mundo, promovida pela Microsoft.

Por Davi Pizelli

Fonte: Uol


Os Card Games, como Magic e Spelfire, têm milhões de fãs espalhados pelo mundo. Jogos onde você monta um determinado número de cartas (Deck) e enfrenta adversários frente a frente em jogos nos mais variados universos.

Para esse público, já há algum tempo, existem jogos que simulam esses games seja online com outros jogadores ou contra o próprio computador. Explorando este nicho, a desenvolvedora Gameloft, lançou recentemente o Order & Chaos: Duels, um jogo para dispositivos móveis baseado nesse universo dos Card Games.

Humanos, Elfos, Zumbis e Orcs compõem o universo de Order & Chaos onde você precisa guiar uma aventura através das suas cartas, levando seu herói a derrotar o espírito de Veik. Magia, força e inteligência são os elementos necessários para triunfar neste jogo.

Os gráficos são bastante animados e tornam todo o jogo e sua mitologia atrativos. Para iniciantes o jogo apresenta modos iniciantes de jogabilidade didática, além de ter versão em português.

Todas as funcionalidades tornam o jogo uma das melhores opções para quem gosta deste gênero que está disponível para iOS da Apple e sistema Android gratuitamente. Há a necessidade de conexão online constante, sendo esse um dos pontos fracos deste jogo.

Por Bruno Hardt


Pelas “mãos” do site XDA Developers, vazou uma imagem de como ficará a atualização de sistema operacional no Xperia S, quando atualizado para o Android Jelly Bean.

O que mais chama a atenção na foto é que a interface do Xperia S ficará extremamente parecida com a do Xperia ZQ, que foi recém-lançado. A tela de desbloqueio será a mesma em ambos os aparelhos, até mesmo o efeito de persianas 3D será implantado.

Além disso, estarão presentes os ícones para acesso rápido, tanto para a câmera quanto para o app de música na tela de bloqueio (o que só existia, até então, por meio de ROMs), a funcionalidade de espelhamento da tela (para compartilhar a tela do gadget com uma TV Sony), o serviço Find my Xperia para encontrar um smartphone perdido (que ainda está em testes) e o modo de espera estendido para otimizar a utilização da bateria.

No Brasil, somente o Xperia S e o Xperia P vão receber o novo Android Jelly Bean. Já em outros países, vários outros smartphones (além do S e do P) receberão a nova plataforma até o mês de abril deste ano.

Por Guilherme Marcon


Recentes informações divulgadas pelo jornal norte-americano The Wall Street Journal apontam que a Motorola Mobility e a sua dona, a Google, estão supostamente desenvolvendo um novo smartphone com Android.

O aparelho seria chamado internamente de X Phone (nome que pode mudar até ser lançado, como acontece muito com a Sony) e chegaria às lojas inicialmente na metade deste ano. Além disso, conforme o The Wall Street Journal, quem lidera o projeto do X Phone é o gerente de produtos da gigante das buscas, Lior Rar, que também tem especialidade no setor de mapas da empresa.

Lior afirmou, segundo o jornal, que para um aparelho conquistar, de fato, o mercado, ele precisa ter uma ótima câmera com um software de fotos que se destaque, além de boas configurações. E é na questão de fotografias que os aparelhos da família Nexus deixam um pouco a desejar. Sendo assim, o suposto X Phone exploraria mais as características da câmera e também teria algumas novidades para deixar o smartphone mais resistente, como acabamentos em cerâmica e até telas flexíveis.

Se isso for confirmado, será a primeira vez que a Google toma frente da produção de um gadget, unindo software e hardware da maneira mais harmoniosa possível.

Por Guilherme Marcon


A Sony mostrou nesta semana mais um dos seus produtos que será lançado durante a feira de tecnologia CES 2013.

Desta vez a novidade da empresa de eletrônicos será o smartphone Xperia Z também conhecido como Yuga.

Este aparelho tem um processador Qualcomm Snapdragon Quad-Core com 1,5 GHZ, tela com touchscreen de 5 polegadas, sistema operacional Android e acesso à rede LTE.

Fonte: Ubergizmo

 

Além disso, o Yuga virá com memória Ram de 2 GB, leitor para cartão de memória, câmera traseira com 12 megapixels de resolução além de resistência à poeira e água.

A Sony não divulgou todos os dados sobre o aparelho e informou que demais informações bem como seus preços serão apresentados somente durante a CES 2013 que acontece no início de janeiro.

Por Ana Camila Neves Morais


A Samsung confirmou nesta quarta-feira, dia 19 de dezembro de 2012, que existem falhas em alguns modelos de seus smartphones.

Este problema está nos processadores Exynos 4210 e 4412 nos modelos Galaxy Note, Galaxy SIII, Galaxy Note SII e Galaxy SII que permite o acesso a todas as áreas dos aparelhos por pessoas maliciosas.

Fonte: Magazineluiza.com

 

De acordo com comunicado feito pela empresa será liberada em breve uma atualização de software para corrigir este erro identificado que somente pode ser utilizado a partir do uso de fontes não oficiais da empresa.

Por Ana Camila Neves Morais


Mais um jogo eletrônico está ganhando uma nova atualização e o nome do momento é o game Angry Birds que consiste no arremesso de pássaros em construções para destruir os porcos que roubavam seus ovos.

Este jogo foi criado pela empresa finlandesa Rovio no ano de 2009 e já possui milhões de downloads em todo o mundo além de poder ser utilizado em diversas plataformas como Android, PlayStation 3, Mac OS, Nintendo DS e PC.

Agora, em 2012, o Angry Birds recebe uma atualização para o jogo que roda em Android e iOS com novos personagens sendo inseridos no game além de mais 30 níveis inéditos.

Por Ana Camila Neves Morais


Mais um smartphone deve estar chegando em breve no mercado brasileiro, pois a Sony anunciou nesta sexta-feira, dia 14 de dezembro de 2012, que irá colocar à venda no Brasil o seu mais novo lançamento: o Sony Xperia Go.

Dentre as características interessantes deste modelo estão a sua câmera com resolução de 5 megapixels, sistema operacional Android 4.0 Ice Cream Sandwich; mas o seu grande diferencial é a resistência à riscos e quedas além da sua possibilidade de ficar até 30 minutos imerso em água sem a perda de suas funções.

Fonte: Mobilegazette.com

O Xperia Go já está sendo oferecido em pré-venda no Brasil mas estará disponível nas lojas especializadas de todo o país apenas em janeiro por valores a partir de R$999,00.

Fonte: Sony

Por Ana Camila Neves Morais


A AMD lançou, neste último dia 06 de dezembro de 2012, a sua nova plataforma Appzone.

Este dispositivo permite o download dos mais relevantes aplicativos para Android em computadores com sistema operacional Windows.

Na Appzone existem aplicativos para entretenimento, produtividade, jogos, fotos e vídeos.

Ao escolher uma das opções disponíveis, o usuário conhece ainda as funcionalidades do aplicativo bem como a tecnologia AMD indicada para o seu uso.

Inicialmente serão oferecidos cerca de 50 apps gratuitos para a realização de testes da plataforma.

Fonte: AMD

Por Ana Camila Neves Morais


Contrariando todos que alegavam que o Xperia U não receberia atualização de sistema para a versão Jelly Bean, a Sony informou na última semana de novembro que o modelo será sim atualizado.

A informação veio da filial italiana da fabricante japonesa, que respondeu a pergunta de um consumidor em sua página do Facebook.

A companhia havia afirmado antes que apenas os Xperia P e S seriam atualizados para a versão 4.1 do Android, o que deixaria os modelos econômicos parados na versão 4.0. Mas ao que tudo indica a fabricante mudou de ideia. 

O Xperia U é o modelo mais econômico deste ano dos aparelhos da série Xperia NXT e foi desenvolvido com foco no público jovem. O smartphone conta com tela de 3,5 polegadas, memória RAM de 512 MB, processador dual-core de 1 GHz e câmera de 5 megapixels.

Segundo o site Tech Radar, o Xperia U vem apresentando uma boa performance no mercado e essa é a razão da Sony ter optado por atualizá-lo para o Android Jelly Bean.

Na publicação do Facebook a companhia informa que tem planos de atualizar o Xperia U, mas preferiu não dar nenhuma data de quando o update estará liberado para os usuários.

Por Felipe Santos Bonfim


A empresa de pesquisas de mercado Kantar Worldpanel Com Tech, KWP, divulgou recentemente informações interessantes a respeito da situação do iPhone em terras brasileiras.

De acordo com o que foi divulgado, o iPhone perde,  e muito, em participação de mercado. Para se ter ideia da situação, a sua participação é inferior até mesmo ao Bada, que para quem não conhece, é o sistema operacional utilizado nos smartphones de baixo custo da Samsumg.

Apesar do iPhone ainda ser o mais falado entre os smartphones e também o mais desejado por muita gente, de acordo com estudo, isso não foi o bastante. A Apple, apesar disso, caiu em participação no mercado nacional este ano. Em poucas palavras isso quer dizer que o Android teve um processo de crescimento bem mais rápido que o iPhone. O Android, em relação aos principais sistemas operacionais móveis utilizados atualmente, foi o que ganhou ainda mais participação.

Em termos comparativos o iPhone ficava na sexta posição em relação a plataformas de smartphones. No ano passado tinha apenas 1% do mercado nacional. Já o Android ocupava 25%.  Em 2012, cresceu rapidamente e domina agora 56,7% do mercado.

Isso até que é justificável, ainda mais quando levamos em consideração que no mercado existem poucos modelos do iPhone disponibilizados aos consumidores. E isso sem falar do preço, que está a partir de R$ 1.400,00.

Por Denisson Soares


Na última segunda-feira, 26 de novembro, a Samsung de forma oficial anunciou que o Galaxy X e o Galaxy S3 receberão a atualização do Android para a versão Jelly Bean.

Ambos os modelos saem de fábrica com a versão 4.0 do sistema operacional da Google e o update chegou também para os consumidores brasileiros. Na última sexta-feira, 23 de novembro, diversos usuários brasileiros afirmaram ter recebido avisos alertando sobre a disponibilidade da atualização.

A versão 4.1 do Android apresenta diversas melhorias no desempenho dos aparelhos e ainda conta com o Google Now, que vem sendo considerado a resposta da Google para a Siri, a assistente virtual dos aparelhos da Apple.

De acordo com a Samsung, os usuários que fizerem o upgrade notarão logo de início que todas as transições de tela estão sendo feitas mais rapidamente e apresentam respostas mais suaves. Além disso, a fabricante garante que a bateria dos aparelhos apresentará uma melhora na durabilidade e o navegador agora terá suporte ao HTML5 aprimorado.

Vale ressaltar que nem todos os usuários receberão a permissão para fazer o download da versão 4.1 do Android, mas há a possibilidade de verificar se ele está disponível através do próprio telefone.

Por Felipe Santos Bonfim


A ZTE se tornou a primeira companhia, com exceção da Google, a liberar a versão 4.1 do Android para um smartphone. Agora, 4 meses depois deste acontecimento, o modelo N880E volta a ser o primeiro aparelho a receber a atualização do Android para versão 4.2.

De acordo com a fabricante, todos os consumidores receberão o update muito em breve.

A companhia informou que essa agilidade no processo de liberação de atualizações de sistema é o fruto do bom relacionamento entre ela e a Google, e também pelo seu excelente trabalho com desenvolvimento e pesquisa. 

O N880E é comercializado somente no mercado chinês e por isso a atualização será restrita a este território. O update é a confirmação da leveza da versão Jelly Bean, já que o smartphone em questão trata-se de um aparelho com configurações de hardware medianas. Antes dele, apenas os Nexus da Google haviam recebido o Android 4.2.

Acredita-se que alguns top de linha como o Galaxy S3 deverão receber a atualização da plataforma no primeiro semestre de 2013.

A ZTE liberou a atualização do Android cerca de um mês após a liberação da versão pela Google.

Por Felipe Santos Bonfim


Se você costuma usar o Facebook pelo celular e sente falta do botão “Compartilhar” no seu Android ou iOS, os seus problemas estão prestes a acabar.

O Facebook anunciou que o botão já está disponível para as versões móveis das plataformas e aparecem no Feed de Notícias. E junto com a novidade, o Facebook já avisou que, por enquanto, o botão ainda não está funcionando perfeitamente, e não  aparece em todos os posts. Essa falha deve ser corrigida ao longo da semana.

Os usuários brasileiros já podem usar a novidade no Android e iPad. A versão para iPhone ainda não está disponível em português. Somente as versões em inglês e chinês possuem o botão compartilhar.

Para usufruir o botão Compartilhar, basta fazer a atualização do aplicativo do Facebook. Junto com a novidade o pacote de atualização ainda tem melhorias na marcação de fotos, permitindo que os usuários criem um álbum a partir da guia Fotos na linha do tempo, e tem correções de falhas na atualização de status, falha que aparecia somente para alguns usuários.

O pacote de atualização tem 13 MB e de acordo com os comentários dos usuários de Android postados na Play Store, ela ainda apresenta algumas falhas pontuais e não está rodando 100%.

Por Allan Couto


Na segunda semana de outubro, Peter Bebek, gerente de produção da Microsoft, anunciou que o novo Office 2013 também terá versões para iOS e Android. A afirmação foi feita em uma entrevista coletiva que aconteceu na República Tcheca.

A novo Office será suportado tanto por smartphones quanto tablets, porém, só será disponibilizado no mês de março de 2013. Além disso, a filial da Microsoft, situada na República Tcheca também divulgou uma nota oficial, após a entrevista de Bebek, dizendo que além de estar disponível para o Windows 8, o Office 2013 também será lançado para Windows Phone, Mac OS, Windows RT, iOS, Symbian e Android. Ainda, o iPad também ganhará uma versão exclusiva do Office Web Apps e da suíte do Office completa.

Os clientes corporativos poderão adquirir o novo Office a partir do mês de dezembro de 2012. Os clientes pessoa física poderão adquirir a nova versão em fevereiro de 2013. Somente a versão para dispositivos móveis chegará em março.

Essa com certeza é uma ótima notícia, pois vai facilitar muito a utilização de arquivos em Word, Excel e PowerPoint também em tablets e smartphones, que vem ganhando cada vez mais espaço no mercado mundial.

Por Guilherme Marcon


No dia 18 de outubro o Google publicou no perfil do Galaxy Nexus no Google+ um anúncio que fez com que os fãs do Android ficassem bastante entusiasmados.

Para comemorar o aniversário de um ano do aparelho, a fabricante deu a entender em seu anúncio que irá apresentar novos dispositivos para a linha Nexus.

Foi exatamente isso que a fabricante escreveu em sua página: “Começou o jogo, senhoras e senhores. Parabéns, Galaxy Nexus, você nasceu há um ano, no último dia 19 de outubro. Em breve, você vai conhecer seu (s) irmão (s) mais novo (s)”.

Ainda que o anúncio seja um pouco enigmático, ele ainda dá alguns sinais de que será lançado mais de um aparelho com a versão pura do Android. Mesmo não tendo  nenhuma afirmação sobre quantos produtos serão lançados e nem quais fabricantes serão responsáveis por eles, a data de lançamento dos novos produtos já está confirmada, será no dia 29 de outubro.

A publicação do Google recebeu cerca de 500 comentários e foi compartilhada mais de 3 mil vezes.

É importante lembrar que durante as últimas semanas vários rumores sobre possíveis lançamentos de aparelhos da linha Nexus vêm circulando na internet.

Por Felipe Santos Bonfim


A Apple estaria tendo problemas na reposição de estoque do iPhone 5, mas uma fabricante chinesa encontrou a solução para o caso, o LeGuo, uma réplica Xing-ling do novo smartphone da Maçã. O smartphone chinês conta com um design totalmente fiel ao do iPhone 5, porém vem com sistema operacional Android 4.0, com tela de apenas 4 polegadas e resolução bem menor do que a do iPhone 5.

O grande destaque no aparelho Xing-ling é que, mesmo tendo o Android como plataforma, ele conta com uma interface bem semelhante a do iOS, o que da ao usuário a opção de usar a interface da Google ou da Apple.  Além disso, o smartphone também traz uma cópia da Siri, a assistente pessoal do iPhone, e o aplicativo de mapas do iOS 6.

O  LeGuo possui processador de 1 GHz, memória RAM de 512 e 4 GB de armazenamento interno, sem suporte para expansão através de um cartão microSD. O smartphone ainda traz uma câmera de 8 megapixels na parte traseira e uma outra na parte frontal de 3 megapixels.

A loja Android-Sale, localizada em Hong Kong, prometeu que a venda do smartphone começará até o final deste mês.

Por Felipe Santos Bonfim


Mark Zuckerberg, CEO do Facebook e criador da rede social mais acessada no mundo, assumiu na última terça-feira (dia 11 de setembro) que tecnologia HTML5 foi um dos erros da empresa, justamente quando decidiu usá-la em aplicativos de celulares mais avançados, como os smartphones com sistema Android. Ele disse ainda que essa decisão fez o Facebook perder dois anos de avanços possíveis.

O HMTL5 é a versão avançada da linguagem HTML, usada para a formulação de páginas na internet. Com ela, é possível desenvolver webpages de modo mais rápido e compatível com diversos browsers de celulares. Uma das desvantagens mais penosas do uso dessa tecnologia para os móveis é que eles não permitem acessar todos os recursos do sistema operacional do aparelho.

A dificuldade maior está no fato de que só podem aproveitar os recursos totais dos aparelhos aplicativos nativos, ou seja, aqueles elaborados para as ferramentas de cada sistema. E, dessa forma, os aplicativos nativos costumam proporcionar uma experiência diferenciada e de melhor uso do que aqueles elaborados com HTML5.

Zuckerberg garante que o Facebook apostará mais em aplicativos nativos, tanto nos Androids quanto nos iPhones.

Fonte: IG

Por Tadeu Goulart


Tendo em vista o grande sucesso do sistema operacional do Google, o Android, a Apple realizou uma pesquisa para identificar o porquê da plataforma ter superado o iOS no mercado mundial.

Os documentos da pesquisa acabaram sendo revelados em uma das disputas judiciais entre a Apple e a Samsung. Conforme as informações da pesquisa, 25% das pessoas que possuem um Android chegaram a cogitar a compra de um iPhone, porém mudaram de ideia. Foi nesse grupo de pessoas que os pesquisadores mantiveram suas atenções.

Neste nicho de pessoas, a parcela de 48% decidiu pelo Android, porque queriam continuar com a operadora de telefonia em que estavam. Isso, porque a Apple possuía uma parceria exclusiva com a AT&T para a venda de seus iPhones nos Estados Unidos. Além disso, 36% ficaram com o Android por causa da marca Google, outros 27% foram influenciados pela Google Play (na época era Android Market) que era considerada melhor que a App Store. Por fim, outros 26% apontaram que preferiram ter um aparelho que permitisse a integração com os serviços do Google.

Após a pesquisa, uma das medidas que a Apple tomou foi a de cancelar as parcerias com as operadoras de telefonia móvel e aumentou as opções de aplicativos da App Store, o que já fez com que o marketshare do iPhone tenha aumentado.

Por Guilherme Marcon


Na última terça-feira, dia 21 de agosto, vazaram algumas fotos supostamente verdadeiras da nova máquina fotográfica portátil da Nikon. No dia seguinte, a empresa confirmou a veracidade das fotos. A câmera é a Coolpix 800c, primeira máquina do mercado que virá integrada com o sistema operacional Android, do Google, voltado para smartphones.

A previsão é que a câmera chegue aos Estados Unidos em setembro, custando cerca de US$ 350 (por volta de R$ 700 no Brasil). O sensor da Coolpix é o CMOS de 16 polegadas, e ela vem integrada com zoom óptico de 10x, lentes Nikkor, GPS e Wi-Fi. Além disso, a máquina da Nikon captura vídeos em Full HD (1.080p).

Na parte traseira da câmera, os fãs da marca ganharão uma tela OLED sensível ao toque, de 3,5 polegadas. Nela, os usuários podem acessar os recursos tradicionais do Android, na versão 2.3.3, e também a loja de aplicativos Google Play.

Com o Android acoplado à máquina, os internautas poderão compartilhar as fotos nas redes sociais e fazer a edição das imagens na própria câmera.

Veja mais novidades no site da Nikon do Brasil.

Por Tadeu Goulart

Fonte: IG


Na semana passada, a Samsung apresentou o Galaxy Note em um evento realizado em Nova York e logo depois o aparelho foi enviado para todas as lojas dos Estados Unidos.

De acordo com a Samsung, o sistema operacional do dispositivo será o Android 4.0, mas até o final do ano ele receberá a atualização para a versão Jelly Bean.

O modelo com 16 GB custará 500 dólares nos Estados Unidos, já a versão de 32 GB sairá por 550 dólares. As versões anunciadas pela fabricante contam apenas com conexão Wi-Fi, para os interessados em adquirir o modelo com conexão 3G, a Samsung informa que em breve revelará a data e o preço dos aparelhos.

O novo Galaxy Note possui tela de 10 polegadas e permite que o usuário utilize uma caneta stylus, também conhecida como S Pen. Além disso, o aparelho conta com recurso Multiscreen, que é capaz de abrir dois aplicativos simultaneamente, colocando-os lado a lado na tela.

O aparelho ainda conta com processador quad-core de 1,4 GHz, câmera traseira de 5 megapixels, câmera frontal de 1,9 megapixels, para realizar videoconferências e memória RAM de 2 GB. O aparelho é leve e super compacto, pesando apenas 597 g e está disponível em duas cores, cinza escuro e branco.

Até o momento, a Samsung não possui previsão para a chegada do aparelho no Brasil.

Por Felipe Santos Bonfim


Os donos do Xperia P, um dos modelos da linha Xperia da Sony, agora poderão atualizar seus smartphones para a versão do Android 4.0 do Android.

A atualização do sistema operacional para a versão Icre Cream Sandwich traz diversos benefícios como: widgets com vários tamanhos, um gerenciador de tarefas novo e grandes novidades para aplicativos como, por exemplo, o Calendar e Gmail.

A fabricante ainda fez uma remodelação em seus próprios softwares para a plataforma móvel da Google, que oferece visuais novos para alguns aplicativos, como o Music, que agora é chamado de Walkman, o Galery e o Movies

De acordo com a Sony, a atualização, inicialmente, ficará disponível para mercados selecionados e somente depois chegará aos demais locais onde a empresa opera.

Pensando em facilitar a vida de todos os seus consumidores, o Xperia P deverá exibir uma notificação automaticamente, assim que o download da plataforma ficar disponível.

A Sony ressalta que, embora a grande maioria receba a atualização de forma automática, alguns usuários deverão conectar seus aparelhos a um computador para conseguir fazer o update, através de um software desenvolvido pela própria companhia.

Por Felipe Santos Bonfim


Como sempre, o Google busca ferramentas úteis e que colaborem com a utilização dos aparelhos que tenham o seu sistema operacional. E, por isso, recentemente a empresa lançou uma ferramenta que promete ser capaz de coletar informações de forma muito mais inteligente.

O novo recurso se chama Google Now e será disponibilizado apenas para Android a partir de julho. A proposta do novo recurso é de antecipar as informações e as necessidades dos usuários oferecendo dicas úteis. Sejam detalhes do trânsito, locais para almoçar e previsão do tempo, o Google Now capta informações da navegação e das atividades realizadas pelo usuário com seu smartphone para buscar informações com mais precisão.

Assim, se a pessoa utiliza o mesmo caminho para ir ao trabalho, por exemplo, a nova ferramenta ajudará a identificar se há trânsito no local e quanto tempo ainda falta para chegar ao seu destino, e até mesmo indicando se está atrasado ou não. Caso haja muito trânsito, o aplicativo ainda colabora buscando um trajeto alternativo para se chegar mais rápido ao destino.

O Google disponibilizou um vídeo no YouTube que fala um pouco sobre o novo Google Now, mostrando algumas opções interessantes e como o sistema funciona basicamente.

De fato, a gigante das buscas vem desenvolvendo cada vez mais ferramentas para melhorar a vida das pessoas.

Por Guilherme Marcon


Depois de muito tempo, o ICQ, que foi um serviço muito famoso de mensagens instantâneas, retornou ao mercado. Agora, porém, ele surgiu também para um novo nicho de mercado, que são os dispositivos móveis – principalmente os smartphones e tablets.

O novo aplicativo ICQ está disponível tanto para iOS quanto para Android, em tablets e smartphones, além de contar com uma integração com computadores. Há pouco tempo, a desenvolvedora anunciou o seu retorno ao mercado brasileiro, para felicidade daqueles que sentiam falta dos “velhos tempos de ICQ”. Pode ser que isso tenha a ver com a compra da empresa por parte da Digital Sky Techonologies Limited, da Rússia.

Um vídeo postado no YouTube mostra as novas funcionalidades do ICQ, que agora permite enviar mensagens, vídeos e fotos para os contatos que o usuário tiver no serviço, além de conectar-se com os amigos no Google Talk, Facebook e YouTube. Contando também com a possibilidade de acompanhar o que os contatos postam e compartilham nas redes sociais. Ainda, o novo ICQ é integrado com a ferramenta de geolocalização, para compartilhar o local onde o usuário está.

Com o pronunciamento da empresa sobre o retorno ao Brasil, o aplicativo foi totalmente traduzido para o português e já pode ser baixado gratuitamente na Google Play e na App Store.

Por Guilherme Marcon


Uma novidade interessante está disponível para aqueles que possuem ou gostam de smartphones, pois no dia 15 de maio de 2012 foi lançado no Google Play a primeira versão nativa do Firefox (desenvolvedora do navegador de internet) para o sistema operacional Android, que é usado na maioria dos smartphones.

Em 2011, a Firefox informou que faria em breve uma grande mudança na versão móvel de seu browser, pois este navegador era disponível apenas para os dispositivos Android que usavam a tecnologia chamada XUL que consiste em um tipo de ferramenta multiplataforma, a qual serve para desenhar widgets.

Agora, a nova versão oficial do Firefox, em Java, está disponível de forma exclusiva na plataforma do Google e para isso foram feitas modificações no seu layout e na forma de navegar pelo programa.

Deste modo, este navegador para Android está muito parecido com o navegador utilizado em computadores tradicionais. Além da mudança feita no seu visual, a nova versão do Firefox possui um alto desempenho e possibilidade de rápido carregamento de dados. Esta novidade está fazendo muito sucesso, pois o programa já teve mais de 6.000 downloads apenas no Brasil após o seu lançamento.

Por Ana Camila Neves Morais


Uma das novas funcionalidades que vieram junto do novo Android Ice Cream Sandwich é a opção de desbloqueio de tela através do reconhecimento facial. Este novo recurso utiliza a câmera frontal do dispositivo para identificar a face da pessoa que o está utilizando e, então, desbloquear o aparelho.

Porém, alguns problemas vêm acontecendo com o sistema de reconhecimento facial, sendo que uma pessoa parecida com você, ou até seu irmão gêmeo, pode burlar o sistema. Ou pior, se uma foto do dono do aparelho for colocada na frente dele, o reconhecimento irá acontecer da mesma forma, também burlando o sistema. É por isso que a Samsung resolveu adaptar a ferramenta e agora nos aparelhos da sul-coreana, para que haja reconhecimento, são necessárias algumas “piscadelas”.

De qualquer forma, se o reconhecimento facial não for eficaz, ainda é possível habilitar uma senha para desbloqueio manual, para evitar estresses em locais com baixa iluminação ou então luz excessiva, que também atrapalham a nova funcionalidade.

Para ativar a nova função, basta acessar um aparelho com Android 4.0 e ir ao menu “Segurança”, depois em “Bloqueio de tela” e, por fim, em “Desbloqueio facial”. Após isso, basta seguir as orientações que aparecerão na tela do aparelho para configurá-lo corretamente. 

Por Guilherme Marcon


No inicio do mês de maio, o Google+ fez uma atualização de seu aplicativo para a plataforma iOS e com isso foi mudada totalmente a interface da ferramenta.

Na época, a companhia garantiu que logo seria lançada uma versão para Android e ela iria trazer algumas surpresas. Na última quinta-feira, 24 de maio, a empresa finalmente liberou a versão para os usuários do sistema operacional Android.

Uma das ferramentas, que ainda não está disponível para a plataforma iOS, mas que mais se destaca no aplicativo é a possibilidade de criar Hangouts direto do próprio aparelho, através da conexão Wi-Fi ou rede 3G. Além disso, a empresa ainda incluiu na ferramenta a opção de compartilhar e consumir postagens, que conta com a mesma interface da versão para iOS, sendo que também é possível salvar fotos do stream ou das mensagens para poder usá-las como papel de parede, marcar posts com +1 e editar os posts já publicados.

Para quem se interessou, o aplicativo já está disponível na Google Play e é gratuito. O Google não revelou qual a versão mínima do Android necessária para que rode o programa, pois apenas disse que varia de aparelho para aparelho.

Por Guilherme Marcon


Conforme a Reuters Brasil, na última terça-feira foi divulgado o resultado de uma pesquisa realizada pela Kantar Worldpanel, que mostra os dados referentes ao mercado mundial de smartphones.

Os resultados apontaram que o Android ampliou ainda mais a sua liderança como sistema operacional até abril deste ano, principalmente nos Estados Unidos, Grã-Bretanha, Itália, Austrália, Espanha, Alemanha e França. Esse aumento teve a colaboração direta de fabricantes como a HTC e a Samsung, que lançaram diversos aparelhos com o sistema operacional do Google para competir com a RIM e a Nokia.

Mesmo que, com o lançamento do iPhone 4S, a Apple e o iOS tenham se aproximado do Android na Grã-Bretanha e nos Estados Unidos, a sua participação teve grande queda na Europa continental.

Em países europeus como a Itália e a Espanha, a fatia de mercado do Android mais que dobrou, pois passou para 49% e 72% em cada um destes países respectivamente, enquanto que na Alemanha chegou a 62%, um valor quase duas vezes maior.

Tendo em vista esses dados, a Apple precisará se reinventar muito para bater as marcas do Android pelo mundo, principalmente com o lançamento do novo iPhone 5 previsto para ainda este ano. Agora é a hora de fazer um aparelho muito melhor do que o Samsung Galaxy S III, por exemplo, para tentar derrubar o sistema operacional do Google no mercado.

Por Guilherme Marcon


A rede social Twitter anunciou, nessa semana, que disponibilizou uma atualização do seu aplicativo para iPhone e para o Android. A nova versão possui uma opção chamada de “Atividade”, que exibe quais tweets foram favoritados ou retuitados pelas pessoas que são seguidas pelo usuário.

No post feito no blog oficial, a empresa também informou que agora será possível selecionar qualquer história com “a ponta do dedo” e ver todos os tweets que foram feitos sobre esse assunto, ou então sobre uma notícia específica.

Além disso, a ferramenta de busca do aplicativo foi melhorada e redesenhada. Com isso, ela ficou mais simples e inteligente, pois possui correção ortográfica, sugestão de termos e indicação de palavras relacionadas. E também, a opção de “busca de pessoas” foi personalizada para oferecer a opção de autocompletar tanto para o primeiro nome quanto para os demais.

Ainda, a nova versão do aplicativo para smartphones possui uma opção de notificações, que alerta o usuário quando alguma pessoa retuitou ou favoritou uma mensagem dele.

A atualização do Twitter já está disponível para usuários de Android e iPhone, e pode ser adquirida através do próprio smartphone ou nas lojas de aplicativos dos respectivos sistemas operacionais.

Por Guilherme Marcon


A fabricante Nikon inovou mais uma vez com a Nikon D3200, que além de trazer conexão Wi-Fi e 24 megapixels de resolução, vem com um adaptador wireless que faz com que qualquer smartphone, com sistema Android, funcione como uma espécie de controle remoto para a máquina.

Graças ao WU-1a presente na nova câmera da Nikon, haverá associação com dispositivos móveis, para que eles atuem como uma interface semelhante a de um organizador de fotos.  Assim, a cada foto clicada, o usuário poderá escolher se fará o upload em um smartphone ou em um tablet, e também poderá reduzir o tamanho das imagens para que não haja perda de tempo na hora de enviá-las.

Além disso, a nova D3200 chama atenção por possuir uma opção que permite que o usuário acesse um live view da câmera na tela de seu smartphone, o que significa que tudo que você vê na câmera também poderá ser visto “ao vivo” na tela do seu celular.

Na hora de tirar um auto-retrato o usuário terá uma grande ajuda, pois além do adaptador permitir que você veja o que será fotografado, ele ainda dá o comando remotamente com o acionamento do botão "fotografar". Com isso, a função “timer” e toda aquela correria na hora de se fotografar junto com o resto do pessoal acabou.

Por Guilherme Marcon


Recentemente, a gigante das buscas Google começou a remover definitivamente os aplicativos maliciosos da Google Play, numa tentativa de amenizar as ameaças que são instaladas nos dispositivos móveis dos usuários do sistema operacional Android.

No início da segunda quinzena de abril, foram removidos mais 15 apps da loja do Google, pois foi constatado que todos eles possuíam trojans maliciosos. A detecção foi feita pela McAfee, empresa de antivírus, que informou que todos eles coletavam dados de e-mail, números de telefone e endereços na lista de contatos da agenda de smartphones.

Em geral, os apps removidos eram players de vídeo que traziam demos de filmes de animes, mas ativavam seus códigos malware quando eram executados. Para piorar, a Google Play informou que mais de 70 mil usuários fizeram o download desses aplicativos.

Esse problema de detecção de softwares com códigos maliciosos vem se repetindo muito na loja do Google, o que traz muitos questionamentos com relação à segurança da Google Play, que só percebe os problemas após eles terem acontecido. Por diversas vezes a empresa já foi contatada, mas não quis se pronunciar a respeito.

Por Guilherme Marcon


De acordo com uma pesquisa realizada pelo Leviathan Security Group, o sistema operacional Android possui problemas graves no que diz respeito às restrições no acesso às informações dos usuários.

Conforme o relatório divulgado, qualquer aplicativo que não possua permissões avançadas é capaz de acessar o conteúdo pessoal no cartão SD de um dispositivo móvel, além de transmitir as informações coletadas via internet.

Paul Brodeur realizou uma experiência e identificou que não é complicado coletar informações secretas de outros aplicativos. O teste foi feito com a criação de um programa chamado de “No Permissions”, o qual não solicitava, de forma alguma, qualquer permissão de funcionamento para o usuário, como se fosse um tipo simples de software.

O “No Permissions” tinha a função de acessar o conteúdo do cartão SD e verificar o conteúdo do arquivo “packages.list”, além de buscar dados de apps que possuíssem baixo nível de segurança. Através disso, foi possível identificar falhas que, além de permitir o acesso ao cartão SD, possibilitavam que fossem enviadas informações através do navegador do dispositivo móvel, tanto no Android 2.3 (Gingerbread) como no Android 4.0 (Ice Cream Sandwich).

Com os resultados dos testes, foi feito contato direto com o Google e a empresa afirmou que está estudando a adição de permissões nos aplicativos.

Por Guilherme Marcon


O novo Galaxy X surgiu da parceria entre o Google e a Samsung, e foi lançado recentemente no mercado brasileiro. O grande diferencial do aparelho é a utilização do novíssimo e potente Android 4.0 Ice Cream Sandwich.

O seu nome original é Nexus, mas precisou ser alterado no Brasil, pois já existe uma patente para a marca em nosso país. E, por ser da família Nexus, traz o Android na sua versão pura, sem alteração alguma.

A versão Ice Cream Sandwich foi totalmente redesenhada para facilitar o uso e tornar a experiência do usuário muito mais prática. Por ter acontecido isso, o Google disponibilizou as diretrizes para que sejam feitos aplicativos em harmonia com a nova interface.

O Samsung Galaxy X possui tela de 4.65 polegadas com resolução de 1280×720 pixels, configuração próxima a do iPhone. Além disso, possui câmera traseira de 5 megapixels e frontal de 1.3 megapixels, processador dual-core de 1.2 GHz, 16 GB de armazenamento e peso de 135 g.

O motivo pelo Galaxy X ser considerado o melhor dispositivo com Android é porque ele aproveita 100% todas as características do sistema, por este estar na versão pura.

Os preços do aparelho no Brasil variam entre R$ 1.899 e R$ 2.149, dependendo da operadora.

Por Guilherme Marcon


O Nokia N9 é considerado por muitos especialistas em tecnologia como um dos melhores smartphones do mundo em termos de desempenho técnico. Mas os especialistas no mercado também estão chegando à constatação de que o modelo será um daqueles bons aparelhos que nunca vai fazer o sucesso esperado, especialmente por erros na estratégia de marketing da Nokia. Além disso, outro grande problema do smartphone é ter apostado em um sistema operacional próprio da empresa. Mas parece que a Nokia está identificando estes pequenos erros de estratégia e está correndo atrás do prejuízo.

Uma versão alternativa do Nokia N9 rodando o sistema operacional Android deve ser lançado em breve. Segundo as informações que circulam, este novo aparelho já virá rodando a versão mais recente do sistema operacional Android, o Ice Cream Sandwich, também conhecido como versão 4.0 do sistema, o que deve deixar os donos da primeira versão do N9 com uma certa dose de ciúmes.

Estão circulando na internet informações que mostram o protótipo desta nova versão do N9 já rodando o sistema operacional do Google, com diversos aplicativos funcionando, inclusive o Google Play. Mas a Nokia ainda não se pronunciou sobre uma possível data de lançamento.


Foram divulgadas na internet algumas imagens de uma loja não oficial do Android. A falsa loja está localizada em Namping, cidade que fica na província de Guangdong, na China. A loja, que se passa por uma Android Store, além de vender os aparelhos Androids comercializa produtos da marca Apple.

O Android vem crescendo e ganhando cada vez mais espaço na China, mas ainda não tem força para derrubar a Apple que continua sendo a marca mais cobiçada pelos chineses.

A metade dos smartphones da China vem com o sistema operacional do Google, e essa é uma das principais razões do surgimento de falsas lojas Androids pelo país.

No ano passado, várias lojas falsas que se passavam por lojas oficiais da Apple foram descobertas na China, as autoridades chinesas intervieram e todas as lojas foram fechadas.

As fotos divulgadas na internet mostram o robô símbolo da marca Android que enfeita a fachada da falsa loja, além de vários aparelhos com sistema do Google. A loja ainda coloca à venda iPhones, iPads, Mac Books, e vários outros produtos da marca Apple, sendo que todos os produtos são originais.

Por Guilherme Marcon


Recentemente um relatório que foi feito pela empresa StatCounter mostrou quais os navegadores que as pessoas mais utilizam no mundo todo dos dispositivos móveis. E o navegador do Android apareceu como o software mais baixado e mais utilizado no mundo todo.

A liderança do navegador foi conseguida no mês de fevereiro, quando ele ultrapassou o navegador Opera Mini, que era até então o mais popular.

Este gráfico que foi lançado mostrou a evolução dos últimos 12 meses na utilização dos navegadores. A explosão de navegadores de Android se explica justamente pela enorme quantidade de dispositivos móveis com o sistema operacional que chegaram ao mercado. Além disso, também ouve uma queda na venda de seus concorrentes, principalmente o iPhone e também o BlackBerry.

Quando estudamos o gráfico regionalizado, conseguimos perceber que o Opera Mini ainda é  navegador mais usado em dois continentes: Ásia e África. Mas é provável que o ele consiga recuperar o terreno perdido assim que uma nova versão do iPhone for lançada.

O navegador do Android, apesar de conseguir a liderança apenas este ano, é considerado por especialistas como sendo muito melhor, principalmente pela integração com outros serviços e redes sociais.


Até agora, o Galaxy Nexus pode até ser o único dispositivo a rodar o sistema operacional Android 4.0 (também chamado de Ice Cream Sandwich), mas vários smartphones e tablets irão participar dessa festa em um futuro próximo.

Ficou ainda mais óbvio para todos quando a Samsung postou em sua página do Facebook uma lista dos dispositivos “GALAXY” que estão definitivamente prontos para serem atualizados para a maior e mais recente versão do Android.

O Samsung Note e o Galaxy S II serão os primeiros a serem atualizados durante o primeiro trimestre de 2012.

Em seguida serão atualizados os seguintes dispositivos: Samsung Galaxy S II LTE, Galaxy R, Galaxy Tab 10.1, Galaxy Tab 8.9, Galaxy Tab 7.7 e o Galaxy Tab 7.0 Plus.

No entanto, isso não significa que somente a Samsung possa desfrutar do Ice Cream Sandwich. Muito pelo contrário, empresas como HTC, Motorola e Sony Ericsson também estão buscando formas de atualizar seus aparelhos.

O site Phone Arena revelou uma lista completa com o nome dos dispositivos a serem atualizados e a previsão para que isso aconteça.

Por Junior Beluzzo


Usuários do sistema Android e que possuem o aplicativo Skype devem tomar cuidado. Foi divulgado esta semana que o aplicativo possui falhas graves de segurança.

De acordo com pesquisadores, o aplicativo deixa muitas portas abertas para que criminosos mal intencionados possam acessar informações como nome do usuário, telefones de contato e até mesmo conversas realizadas pelo celular.

O próprio Skype admitiu as falhas e prometeu corrigi-las. Embora tenha afirmado isso, a empresa ainda não tem nenhuma previsão de quando será disponibilizado a solução para estes problemas.

De acordo com pesquisadores de segurança, o indicado é que os usuários excluam o aplicativo até que as correções sejam realizadas.

É importante ressaltar que o aplicativo Skype Mobile da operadora Verizon não foi afetado pelo problema.


Não é à toa que os ataques, malwares e vírus feitos para o Android vem aumentando. Um exemplo é o Android.PJapps, um trojan que infecta aplicativos no smartphone de maneira semelhante à dos vírus para PC, e permite que crackers controlem o aparelho remotamente.

E para se proteger, algumas dicas devem ser seguidas. Um delas é sempre baixar aplicativos de fontes confiáveis como o Android Market. Por padrão o Android não permite que se instale app de fontes externas, então não altere essa opção. Na hora de baixar um aplicativo verifique os comentários dos usuários. Veja se há reclamações sobre a app.

No caso de empresas, não permita que o aparelho se conecte à rede da empresa. Outra dica é ficar atento às permissões que o aplicativo solicita ao ser instalado. Se elas forem exageradas, não o instale. E, por fim, ter um antivírus instalado no smartphone Android é essencial.

Por Maximiliano da Rosa

Fonte: IDG


O rumor de que a RIM estaria planejando rodar aplicativos Android em seus smartphones e no tablet Playbook começou no início do ano. Ainda que se trate de mera especulação, a verdade é que as evidências de que isso está mesmo acontecendo estão aumentando.

Por exemplo, a empresa desenvolvedora do aplicativo ShopSawy revelou que os dados do software estão sendo acessados por smartphones Blackberry. O fato é que isso não seria possível, já que o aplicativo não tem versão para o sistema operacional da RIM.

Logo só há duas explicações para o fato. Ou hackers instalaram o sistema operacional Android em alguns Blackberrys ou a própria RIM está testando a máquina virtual Dalvik em seus celulares inteligentes. Os modelos utilizados seriam os Blackberry 8520, 8600 e 8300.

Outro detalhe que fortalece o rumor é que as informações geográficas enviadas pelo aplicativo indicam a cidade Waterloo, no estado de Ontário, Canadá como origem. Coincidentemente é lá que fica a sede da RIM.

Por Maximiliano da Rosa

Fonte: BGR


Mais uma revelação dos CEO’s que tem palestrado no Mobile World Congress, o badalado congresso em Barcelona que trata de mobilidade. Agora, foi a vez do manda-chuva do Google, Eric Schmidt, afirmar despretensiosamente que os dispositivos que rodam Android podem salvar o mundo.

Lembrou que este sistema operacional, embora seja uma uma criação recente, “é uma história de muito sucesso”. Em declaração transmitida pela rede CNN, ele disse que os smartphones com o SO podem “não prevenir guerras, mas irá incentivar diálogos antes que elas comecem”.

Para Eric Schmidt, os smartphones (aliados a tudo o que é produzido hoje na internet) no futuro serão utilizados cada vez mais para finalidades humanitárias, como combater a corrupção e as doenças.

Por Alberto Vicente

Fonte: Olhar Digital


Pela primeira vez smartphones com o sistema operacional Android ultrapassaram aqueles com o sistema IOS, de acordo com um relatório da comScore.

O relatório apresenta a cota de mercado do Android como de 28,7% em dezembro de 2010, ante 21,4% de setembro do mesmo ano. IOS, em comparação, também experimentou um salto para 25% em dezembro, mas foi ofuscado pela oferta do Google, fabricante do sistema operacional Android.

Entretanto, o sistema RIM ainda é líder com uma cota de 31,6%. Segundo  a comScore, o lançamento do iPhone pela Verizon (antes, nos EUA, era possível comprá-lo somente pela empresa de telecomunicações AT&T), deve abalar novamente estes números nos próximos meses.

Um estudo recente realizado pela empresa de pesquisas online uSamp constatou que quase metade dos atuais usuários de BlackBerry e sistema Android, entre 18 e 24 anos, pretendem mudar para o iPhone. Para os usuários com idade entre 25 a 34, essa porcentagem é de 34%. A pesquisa revela que 44% dos usuários de smartphones da Verizon, com sistema Android, estão “muito dispostos” a comprar um iPhone da empresa de telecomunicações. Utilizadores de smartphones com sistema RIM, no entanto, parecem ser menos fiéis à marca. 66% dos entrevistados dizem que pretendem mudar para iPhone.

Por A. Garcia

Fonte: comScore


Para quem adquiriu um Smartphone e ainda não sabe bem como utilizá-lo, a boa notícia é saber que existem diversos aplicativos que são essenciais para os usuários de Android e iPhone.

Para quem tem medo de perder seu iPhone, deve adquirir o aplicativo Find my IPhone. O programa conta com um mapa para localizar seu aparelho: Documents to Go, útil para editar planilhas e visualizações de apresentações do Power Point, pode ser utilizado também em BlackBerry e Nokia.

Para quem precisa utilizar os serviços de mensageiros, o Meebo agrega vários serviços de mensagens instantâneas. Aceita Yahoo Messenger, GTalk, ICQ e Windows Live Messenger. Há outros para edição de imagens, redes sociais, leituras de livros e etc.

Uma infinidade de aplicativos que você deve ter para incrementar e tornar mais interessante o seu celular inteligente você encontra no site da APPBRAIN.

Por Monique Mota


O Google acaba de lançar um aplicativo que fará traduções em tempo real. O Conversation Mode por enquanto está na versão Alfa e dá suporte apenas às línguas inglesa e espanhola. Testes foram feitos em smartphones com sistema operacional Android.

Para traduzir, o usuário precisa falar algo em sua língua no aparelho e clicar em "submit". O servidor em seguida traduz o áudio para outra língua. Como ainda está em fase de testes, o programa ainda contém alguns ruídos e falhas de tradução.

O Conversation Mode foi demonstrado na Feira de Berlim em 2010, que informou que em breve estarão disponíveis em outras línguas.

Por Monique Mota


A sofisticação tecnológica constante dos smartphones os tornam atraentes e sedutores e o desenvolvimento constante de programas e aplicativos os tornam ainda mais necessários e indispensáveis ao nosso cotidiano e conforme matéria do site G1, agora ainda mais práticos e úteis. Conforme a matéria já podem ser baixados, gratuitamente no site do Google, dois aplicativos que prometem facilitar as operações com smartphones que utilizam o sistema operacional Android do Google. São eles: o aplicativo de pesquisa por voz em português e o aplicativo de navegação por mapas do GPS.

O aplicativo de pesquisa de voz faz a conversão da voz em texto tornando mais fácil a pesquisa online através de aparelhos móveis. O processo de uso é simples: na barra de busca da tela principal do Android o usuário aperta somente o botão de voz, após processar o som o sistema abre a página com todos os resultados.

O aplicativo de navegação do Android utiliza o GPS do smartphone para criar rotas e sugestões de caminhos por áudio. Sua base é para o Google Maps e também funciona através de comando de voz, mas só pode ser acessado com a internet. Entre outras coisas o programa permite acessar imagens de satélite e buscar estabelecimentos no caminho.

O Brasil é o primeiro país da América Latina a contar com estes aplicativos que com certeza deverão aumentar a penetração do programa operacional Android no mercado nacional, como esperam os diretores da empresa.

Por Mauro Câmara


Para quem ainda usava o Android Market e seu número de aplicativos como desculpa para não ter um smartphone com Android, acaba de perder seu principal argumento. De acordo com o perfil do Twitter do Android Dev, a central de aplicativos do sistema operacional do robozinho chegou aos cem mil programas.

Com presença garantida em mais de 20 países, o Android Market foi liberado recentemente no Brasil.

Pode-se apostar que em um futuro próximo, o sistema operacional de smartphones do Google possa alcançar o rival, iOS, da Apple que tem quase o triplo de aplicativos do Android. Com a velocidade de aparição dos aplicativos e a multiplicação de aparelhos com o sistema, pode-se esperar uma boa revanche.

Por Luísa Barwinski


Apesar de ainda faltarem oitenta dias para a maior feira de tecnologia do ano que vem, muita gente já espera por novidades interessantes a serem lançadas em 2011. Uma das maiores expectativas está em torno do anúncio de um possível Galaxy Tab com a versão 3.0 do Android.

O sistema do Google deverá ser uma das maiores presenças em portáteis de vários tipos.

Nomes como Samsung, Acer, Micro-Star, Asustek Computer devem trazer boas novidades com o Android 3.0. Até mesmo empresas reconhecidas por trabalharem com smartphones, como Motorola e HTC, devem aderir aos tablets. Ainda nã há data fixa para o evento.

Por Luísa Barwinski


O dono de um smartphone com sistema operacional android, principalmente acima da versão 2.1, poderá obter um aplicativo do Skype que permite usar o mensageiro e fazer chamadas gratuitas entre os usuários do comunicador Skype. O anúncio foi feito através do blog oficial do Skype, informando que este aplicativo já se encontra disponível para aquisição na loja virtual android market, conforme matéria do site Tecnologia IG.

Para baixar o aplicativo para o android o acesso pode ser feito através do site skype.com/m por intermédio do próprio navegador do smartphone. No entanto para falar com telefones móveis e fixos de usuários não cadastrados no Skype é necessário contratar um dos pacotes Skype ou adquirir créditos.

Ao se realizar as chamadas ou enviar mensagens instantâneas utilizando-se o aplicativo do Skype será consumida a franquia do pacote de dados que for contratado junto à operadora. Este aplicativo para android também permite que as chamadas sejam feitas através de wi-fi, mas no momento isto está disponível apenas para usuários nos Estados Unidos.

Outros sistemas operacionais que já possuem aplicativos Skype são o Symbian e o iOS.

Por Mauro Câmara


A empresa Google vem crescendo cada vez mais em diversos segmentos da área de tecnologia. Nos Estados Unidos, o seu sistema operacional Android se popularizou de tal maneira, que já é o número um a ser usado entre os celulares americanos.

Entre seus concorrentes podemos citar o iOS, sistema operacional da Apple e o BlackBerry OS, da empresa Research in Motion.

Através de uma pesquisa efetuada com os consumidores de smartphones na América do Norte, foi constatado que em termos de satisfação, o sistema Android teve uma preferência acima dos 30% quanto o iOS da Apple ficou com 25% de satisfação entre seus consumidores.

Por Carla Caldeira


A empresa de segurança F-Secure informou ao mercado que o programa Tap Snake para aparelhos smartphones equipados com o sistema Android podem trazer ameaças aos usuários do modelo.

De acordo com a F-Secure, o game "inofensivo" pode instalar uma ferramenta no smartphone, que permite ao hacker saber onde o usuário do aparelho se encontra.

Ao instalar o programa, o game Tap Snack fica sempre ativo em segundo plano e se inicia quando o smartphone é ligado pelo usuário. A posição do usuário é enviada ao hacker a cada 15 minutos, através do recurso GPS Spy.

Para os usuários dos modelos, a dica é ficar atento e evitar instalar programas suspeitos no smartphone para evitar problemas posteriores.

Por Luana Neves


Uma logomarca bem feita pode ajudar, e muito, na popularidade de uma marca. Prova disso, são as logos universais da Nike, Coca-Cola e Apple, por exemplo. Porém, a Android não fez feio e também lançou sua marca e, de quebra, um simpático mascote. A boa notícia é que os fãs do sistema operacional podem levar para casa os simpáticos robôs.

Fabricados pela Dead Zebra, os Android Mini Series 1 são pequenos bonecos feitos de plástico. São doze modelos articulados que permitem a criação das mais variadas situações. Há ainda uma opção branca que pode ser personalizada pelo comprador.

Para adquirir seu Android, basta acessar o site da Dead Zebra e escolher seu modelo preferido. Aproveite, pois o estoque é limitado.

Foto: Dead Zebra

Por Camila Porto de Camargo

Fonte: Google Discovery


A TIM está trazendo mais uma novidade para o nosso país: o Motorola Flipout. Este novo smartphone chegará no mercado nacional com um preço de R$900.

O cliente da operadora ainda irá poder escolher vários planos que oferecem descontos na fatura. Um destes planos é  o TIM liberty + 100 com internet ilimitada por seis meses, atualmente tem um custo de R$149 mensais, o consumidor agora pagará apenas R$49, uma economia de mais de R$1.000 ao ano.

Dentre as características do modelo Motorola Flipout, estão o teclado QWERTY, tela de 2,8 polegadas QVGA e uma resolução de 320 x 240 pixels, conexões HSDPA, HSUPA, Bluetooth 2.1 e Wi-Fi, câmera de 3 mega pixels e 512 de memória interna. O sistema Android 2.1 com a interface motoBlur ainda oferece ao usuário personalização de tela, gerenciador de bateria e de dados e envio de mensagens do Twitter na tela inicial do aparelho.

Por Oscar Ariel


Os smartphones Android estão cada vez mais populares. Novos aparelhos são lançados a cada dia, e ninguém dúvida de que o sistema caminha para se tornar o mais usado mundo à fora. O sucesso é tão grande que muita gente já está trocando de aparelho pela segunda, terceira vez.

Esses usuários, que já são calejados do uso do Android se deparam com um probleminha quando compram um celular com Android e o ligam pela primeira vez. É que o sistema exibe um longo tutorial de utilização. Aliás, outros sistemas também fazem o mesmo, como o Windows Mobile, por exemplo.

Mas quem está acostumado com o Android não precisa passar por essa chateação. Existe uma maneria bem prática de pular a introdução. Quando ela começar, basta tocar em cada canto da tela na ordem correta, começando pelo canto superior esquerdo, depois o superior direito, o inferior direito e, finalmente, o inferior esquerdo.

Por Maximiliano da Rosa


Os dois sistemas operacionais para smartphone mais populares são, sem dúvida, o iOS e o Android. É claro que desenvolver um aplicativo para essas duas plataformas não é uma tarefa tão fácil. E mesmo depois de desenvolvê-lo, inseri-lo na App Store ou Android Market não é muito fácil, embora seja mais fácil na loja do Google.

Aliás, a gigante de Mountain View está empenhada em aumentar ainda mais a oferta de aplicativos, mercado dominado pela Apple. E para facilitar o desenvolvimento, o Google criou um projeto para que qualquer pessoa crie um aplicativo sem mesmo conhecer uma linguagem de programação. É o App Inventor for Android.

Através de recursos interativos é possível criar o código apenas clicando em ícones. Os aplicativos criados são poderoso e podem interagir com o GPS ou com redes sociais como o Twitter. O único problema é que tudo está em inglês.

Por Maximiliano da Rosa


Se depender da HTC, associar o velho “Made in Taiwan” a produtos de baixa qualidade vai virar coisa do passado – pelo menos para o mercado de smartphones. A fabricante de celulares taiwanesa HTC pegou carona no sucesso do Android e viu suas vendas crescerem 60% no mês de junho.

A melhoria nos números, que já chega a 41% desde o começo do ano, vem surpreendendo a companhia graças à grande aceitabilidade do sistema operacional desenvolvido pela Google.

A empresa, que antes tinha como foco a prestação de serviço para operadoras de telefonia móvel, resolveu investir na fabricação de smartphones e seus resultados teem superado as estatísticas da Motorola, marca que possui o maior número de smartphones equipados com Android no mercado, representando cerca de 30% do total.

por Antonio Lúcio


Um celular extremamente bonito e congruente com seu sistema operacional. Essa poderia ser uma das definições que descrevem o ótimo celular HTC Legend. Esse celular possui uma tela de 3.2 polegadas e é feito com textura de alumínio.

O HTC Legend roda o sistema operacional Android e, além de ser único em beleza, possui funcionalidades de interface muito boas, como a pesquisa na agenda telefônica em que se pode encontrar o nome do contato apenas digitando o número correspondente do teclado.

Além de outras funções, podemos destacar a interatividade do celular com o mundo já que o HTC é capaz de atualizar as funções de tempo e hora conforme o fuso horário.

Por Jeferson Vainer


A guerra entre os navegadores há muito tempo não se restringe aos PCs e chegou aos smartphones, em suas versões portáteis. Opera, Safari, Chrome, Firefox. O tempo todo as pessoas discutem qual deles é o melhor, mais seguro e mais rápido. Aliás, isso fica difícil dizer.

E na dúvida entre um e outro, por que não escolher uma alternativa menos conhecida. Dois exemplos são o Skyfire e o Dolphin.

O Skyfire, aliás, é um pouco mais conhecido, mas parece estar abandonando a briga, pois há notícias que a empresa responsável por ele deixará de dar suporte à versões para Windows Mobile e Symbian em diversos países, incluindo o Brasil.

Apenas a versão para Android continuará funcionando normalmente. Já o Dolphin tem versão apenas para o Android, e seu ponto fraco é não ter suporte ao Flash. Por outro lado, a navegação em abas é bem funcional.

Por Maximiliano da Rosa


É bem provável que a HTC abandone o Nexus One, celular do Google. Ainda mais depois que a empresa assinou um acordo com a Microsoft para pagar royalties pelas vendas de smartphones com o Android, que supostamente estaria quebrando várias patentes da empresa fundada por Bill Gates.

A HTC parece agora estar focada em seus lançamentos. E ela acaba de anunciar mais um, o myTouch 3G slide, um smartphone com tela de 3.4 polegadas e, como o nome sugere, terá um teclado QWERTY deslizante. O sistema operacional é o Android 2.1. Como teclado fechado, o design lembra um pouco o Nexus.

Outros recursos do aparelho são: câmera de 5MP, conectividade sem fio, 3G, cartão de memória com 8GB, reconhecimento de voz, acesso ao Android Market.

O my Touch estará à venda na Europa em Junho e terá três opções de cores: branco, vermelho e preto.

Por Maximiliano da Rosa

Fonte: Terra





CONTINUE NAVEGANDO: