Consumo da bateria pode chegar a 20% em celulares Android e 15% em aparelhos da Apple.

Não há dúvidas de que o Facebook se tornou quase indispensável na vida da maioria das pessoas. Afinal, a partir dele é possível checar quase tudo, desde o aniversário de um amigo até as últimas notícias do Brasil e do mundo.

Sendo assim, muita gente também usa o aplicativo da rede social no celular, devido a sua praticidade e notificações. Porém, saiba que isso pode estar consumindo uma parte considerável da bateria do seu aparelho Android.

Descubra a seguir como isso acontece e como acessar o Facebook sem usar o aplicativo.

Consumo de bateria no Android e IOS

Após alguns testes realizados pela equipe do site de Tecnologia Tech World Zone, constatou-se que o aplicativo do Facebook pode reduzir a autonomia da bateria em até 20%, só pelo fato de estar instalado em um smartphone com sistema Android, ou seja, sem ser utilizado. Isso acontece porque esse app opera enviando informações a todo o momento.

Em outro teste realizado pelo repórter Samuel Gibbs (The Guardian), esse mesmo aplicativo seria capaz de reduzir até 15% da bateria do iPhone 6S Plus. Já em outros aparelhos da Apple, haveria uma pequena variação dessa porcentagem.

Como acessar o Facebook sem usar o aplicativo

Uma alternativa para substituir o app do Facebook seria acessar a rede social através de um navegador, como o Chrome ou Safari. Dessa maneira, seria possível poupar boa parte da bateria, sem ter que recorrer tanto ao carregador.

Dicas para poupar a bateria do seu celular

Para economizar a bateria do seu smartphone, é interessante seguir estas 7 dicas:

  1. Altere o brilho automático da tela do aparelho, de forma a ajustá-lo conforme suas necessidades.
  2. Utilize um papel de parede preto ou bem escuro, pois assim será utilizada menos energia para iluminar a tela. Há diversas opções desse tipo no Pinterest.
  3. Desligue o GPS quando ele não estiver em uso.
  4. Feche apps em segundo plano.
  5. Desative aplicativos que não estão em uso.
  6. Atualize os aplicativos sempre quando for necessário, porque isso é feito justamente visando à melhoria do seu desempenho e consumo de bateria.
  7. Desligue a opção vibrar, a não ser que seja muito necessário para você.

Agora ficará bem mais fácil economizar a bateria do seu celular e tê-lo sempre à mão quando de fato você precisar!

Você usa o aplicativo do Facebook? Deixaria de utilizá-lo para economizar bateria?

Camilla Silva.


Aplicativo Docway, criado por brasileiros, permite ao usuário chamar um médico para ir até sua casa fazer o atendimento.

Um ponto extremamente positivo que podemos ver em aplicativos mais recentes do Android, é a possibilidade de se solicitar serviços a distância. O UBER é um bom e polêmico exemplo disso, facilitando a vida de diversas pessoas, bem como outros como o EasyTaxi. Entre os diversos apps que facilitam a vida do usuário consideravelmente, um dos deles é brasileiro e tem tudo para fazer muito sucesso em breve.

Até certo tempo atrás, ainda era comum o médico ir até a casa do paciente, principalmente no caso de pacientes pouco mais debilitados ou idosos, e agora, graças a um aplicativo brasileiro extremamente interessante e útil, essa prática pode voltar a acontecer e se tornar comum em breve. Trata-se do aplicativo Docway, criado por brasileiros e que permite ao usuário chamar um médico para ir até sua casa lhe atender.

O serviço faz com que seja possível ser atendido no conforto de sua casa, sem enfrentar as filas e demoras dos atendimentos em clínicas e hospitais. As consultas são feitas pelo sistema privado, e o aplicativo busca pessoas próximas de você com as especialidades necessárias para seu caso, sendo que você pode optar por receber o atendimento na hora, ou marcar uma data e horário específico. As consultas variam de R$ 200 a R$ 300, sendo que o último, é para finais de semana, feriados e para consultas marcadas fora do horário de expediente, a partir das 18h. Até mesmo vacinas e exames entram no sistema.

Para ser atendido, basta o médico aceitar a solicitação, o que irá fazer com que o usuário receba uma notificação avisando sobre a marcação da consulta médica. Você ainda pode verificar se o preço está de acordo com a de clínicas particulares e ter o valor devolvido em caso de plano de saúde, parcial ou integralmente.

O usuário também pode ficar tranquilo, já que apenas pessoas capacitadas poderão fazer parte da rede, já que é necessário o médico enviar uma série de documentos para poder entrar na rede do aplicativo, ainda recebendo, assim como no caso do UBER, um treinamento para poder atender o cliente da melhor maneira possível.

Por enquanto, o aplicativo está disponível apenas para Curitiba, Belo Horizonte, São Paulo e em breve para outras cidades como Porto Alegre, o que limita um pouco o público, mas é certo que, tanto para onde o app já está disponível, como para onde certamente estará no futuro, o app é excelente.

Por João Trajano

 

Docway


Aplicativo de edição de imagens provavelmente será integrado à rede social permitindo que os usuários, após tirarem fotos, possam fazer diversas montagens simples, mas divertidas.

O Facebook vem trabalhando fortemente para continuar expandindo sua marca e renovar não apenas a rede social, como também seus aplicativos, como o Messenger, que vem recebendo diversas novidades. Agora, para aumentar ainda mais o repertório de opções e novidades para os usuários da rede social, o Facebook anunciou a aquisição do aplicativo MSQRD, também conhecido como Masquerade.

O objetivo, possivelmente, é fazer com que o aplicativo seja integrado com a rede social, sendo que ele permite que os usuários, após tirarem fotos, possam trocar seu rosto e fazer diversas montagens simples, mas divertidas, fazendo um enorme sucesso entre os usuários.

Embora hoje o aplicativo esteja disponível no Android, inicialmente ele era exclusivo do iOS e possui diversas opções de montagem, desde a cara de animais, até atores de Hollywood. Até mesmo vídeos podem ser editados pelo aplicativo, que depois permite que você guarde e também compartilhe o resultado com seus amigos nas principais redes sociais.

A empresa disse no comunicado sobre a venda, que está empolgada, bem como o Facebook, em trabalhar na área de vídeo, visto que esse é o principal foco da empresa para os planos futuros, criar novos filtros e personalização para os usuários que gostam de fazer edições em vídeo, algo ainda um pouco limitado hoje.

As informações do site Tech Insider, dão conta de que, possivelmente, a ideia do Facebook é integrar o aplicativo com a rede social para expandir as possibilidades de edições diretas antes da postagem de fotos na rede social e também pretende manter o app de forma gratuita e autônoma.

O preço da aquisição do aplicativo, não foi anunciado, porém, a empresa já deixou bem claro que os fundadores do app não irão ter participação ativa no Facebook. A compra, se a empresa cumprir com a promessa de manter o aplicativo de forma gratuita e integrá-lo de fato com o Facebook, é extremamente positiva, visto que irá trazer novas funcionalidades a uma rede social que há tempos já não recebe uma grande atualização, embora, nos últimos tempos isso esteja mudando, vide as novas reações, mudanças visuais no Messenger e possíveis novas funções no app.

Por Paulo Henrique

 

App Masquerade

Foto: Divulgação


Uma das novidades do novo Android 7.0 seria o fim da aba de apps nos smartphones com o sistema.

O Android Marshmallow já chegou aos smartphones há certo tempo, embora algumas empresas como a Samsung, ainda estejam implementando o sistema em seus smartphones. Porém, já se começa a se comentar sobre o futuro Android 7.0 e suas possíveis novidades, entre elas, certamente há uma que não parece agradar nem um pouco os usuários: trata-se do fim da aba de apps nos smartphones com Android, a partir da versão 7.0 do sistema, o chamado Android N.

As informações, são do site Android Authority, que afirma que a gigante Google pode acabar removendo a já tradicional aba de apps do Android. Esses acabariam indo para a home do smartphone, como acontece em um desktop, por exemplo, onde temos o papel de parede, os aplicativos e outros que possuímos instalados em nossos computadores.

O site leva em consideração, o que vem acontecendo recentemente com alguns smartphones do mercado, entre eles, o HTC One X9, que já não conta com a aba de apps em seu sistema, bem como o Sony Xperia X, nova linha de dispositivos móveis da empresa nipônica e que conta com a opção do design clássico do Android, com o menu de apps, e o moderno, sem a aba com os aplicativos, o que acaba por levantar a chance de que as empresas estariam ''preparando'' os usuários para se acostumarem com o fim da aba de aplicativos do Android.

A ideia, segundo o site, seria fazer algo parecido com o que acontece no iOS. Outros smartphones também indicam a mudança desejada pela Google, como o LG G5, que não possui o atalho para os aplicativos e o Galaxy S7, que tem em seu sistema a opção de remover o menu dos aplicativos.

O último smartphone citado, da Samsung, parece estar em dúvida sobre a possível mudança ser positiva ou não, já que nas configurações do aparelho, como mostra uma imagem, é possível votar se o usuário é ou não a favor do fim da janela de aplicativos do sistema. Como os smartphones vêm trazendo uma versão sem o tradicional menu ou então com ambas as opções, ficando a escolha do usuário, não podemos descartar também, a chance da Google criar uma mudança ''opcional'' para a nova versão de seu sistema.

Por Isis Genari

Android 7.0

Foto: Divulgação


Aplicativo permite que usuários joguem Xadrez, porém, modo para encontrar o jogo não é muito fácil.

O Facebook nos últimos tempos vem planejando e colocando em ação diversas mudanças não somente na rede social, como também em seu app para conversas, o Facebook Messenger. Entre os rumores que surgiram nas últimas semanas, estão até mesmo a possibilidade de termos uma integração com a UBER, quando algum amigo lhe enviasse um endereço, da sua casa, por exemplo, com um clique e com a integração com a UBER, supostamente seria possível solicitar o serviço de imediato. Por enquanto são rumores.

Agora, uma novidade que certamente de rumor não possui absolutamente nada, é a descoberta feita por um usuário do Reddit, que descobriu que é possível jogar talvez o jogo mais clássico que conhecemos: o Xadrez, no aplicativo do Messenger.

Se você estiver simplesmente sem assunto com seu amigo no chat e desejar jogar um jogo de Xadrez com ele, os modos são pouco comuns. Para chegar ao jogo, é necessário digitar @fbchess play no chat com seu amigo, fazendo com o que o jogo de Xadrez apareça na conversa.

Agora, se o modo de encontrar o jogo, já é pouco comum, o modo de jogá-lo, é ainda mais estranho.  Para mover o Rei, você deverá usar a letra ''K'' em seu teclado, ''Q'' é usado para mover a rainha no jogo, ''B'' para mover o bispo, ''N'' para mover o seu cavaleiro no jogo e a letra ''P'' para mover o peão. Para mover a peça para um determinado ponto do tabuleiro, você terá de usar a combinação entre a letra correspondente a peça e o número do ponto onde deseja movê-la.

O jogo é o responsável por escolher quem ficará com as peças brancas e quem ficará com as peças pretas. Ao iniciar o jogo, você também receberá uma série de comandos para poder jogá-lo, porém, infelizmente os comandos são todos executados em inglês.

Como você pode ver, jogar o Xadrez disponível no Messenger, não é nenhum um pouco fácil e talvez para muitos, sequer divertido, já que o jogo exige muito mais de comandos do que de raciocínio do usuário. Mas talvez um ponto positivo, seja o fato de se poder jogar Xadrez no Messenger, lembre-nos um pouco do já falecido MSN Messenger, onde podíamos jogar diversos jogos com nossos amigos.

Por Isis Genari

Xadrez no Facebook

Foto: Divulgação





CONTINUE NAVEGANDO: