Tendo em vista o súbito crescimento da Marketplace, que é a loja dos apps para Windows Phone, começou a haver atraso na aprovação de novos aplicativos. Sendo assim, vários desenvolvedores reportaram lentidão na publicação de seus apps na loja da Microsoft.

Com isso, a empresa divulgou uma nota oficial na sua página de desenvolvedores, informando que a lentidão é causada pelo aumento expressivo de 60% na quantidade de aplicativos da Marketplace em apenas três meses, que já chega a 80 mil apps.

Ainda de acordo com a empresa, a loja foi lançada em outros países, o que tornou mais difícil manter o prazo de um dia útil na aprovação dos novos aplicativos.

Tendo em vista a lentidão ocorrida, a aprovação demora vários dias e, na tentativa de resolver o problema, a Microsoft vem aumentando a capacidade dos seus servidores para que haja um maior suporte ao grande tráfego no sistema de publicação de aplicativos da empresa.

Além disso, a equipe de funcionários está sendo readaptada para que o processo seja mais ágil. Com as alterações feitas, o tempo médio será de 2,6 dias úteis para teste e aprovação dos novos aplicativos. 

Por Guilherme Marcon


A Microsoft sabe que as vendas do smartphones com o seu sistema operacional Windows Phone 7 não vão bem. A participação no mercado é pequena e a Apple e os aparelhos com Android seguem dominando o mercado e deixando a Microsoft para trás. Mesmo assim a empresa americana, criadora do Windows, do Office e do Internet Explorer, quer vender 100 milhões unidades de smartphones com WP7 por ano.

O otimismo da Microsoft parece exagerado. Mas talvez não seja, já que ela tem uma carta na manga chamada Nokia. A companhia finlandesa pode ter papel fundamental para o Windows Phone 7 crescer no mercado. A razão é simples: ao contrário dos outros parceiros da Microsoft, a Nokia, uma das maiores fabricantes de celulares do mundo, vai investir quase que exclusivamente no Windows Phone.

Ainda não é possível dizer que isso será suficiente para a vitória da dupla Nokia-Microsoft. Pra dizer isso teremos que esperar o lançamento do primeiro smartphone nascido da parceria. O que deve ocorrer ainda este ano. Recentemente um vídeo desse suposto primeiro aparelho vazou na internet.

Por Maximiliano da Rosa

Fonte: BGR


A Microsoft disponibilizou pacote de atualização para o Windows Phone 7, sistema operacional usado em smartphones. A atualização veio com o recurso que permite copiar e colar texto e está disponível desde o dia 22 de março no site da Microsoft.

O recurso copiar-colar foi bastante solicitado pelos usuários de telefones celulares que rodavam com o Windows Phone 7. Na época em que foi lançado, o iPhone também não tinha tal função e foi alvo de reclamações dos seus proprietários até que conseguiram ganhar o prático recurso.

Além desse benefício, outras novidades foram embutidas, como melhoria no desempenho, modificações na loja virtual de aplicativos (a Windows Phone Marketplace), além de ajustes no sistema de conexão Wi-Fi e no Outlook.

Quem fizer o download dessa atualização vai contar com melhor qualidade de câmera, áudio e no recurso que possibilita o recebimento de mensagem multimídia.

Por Andrea Gomes


A guerra dos sistemas operacionais acaba de conhecer um componente de peso. A Microsoft demorou a inovar na briga e perdeu terreno, mas anunciou os números que revelam o desempenho do recém-lançado Windows Phone7. Segundo a empresa, em três meses 2 milhões de cópias do sistema foram vendidas.

Além do desempenho nas vendas, a empresa ainda confirmou a existência de 6,5 milhões de aplicativos para o sistema na Microsoft Store.

Apesar disso, a Microsoft ainda está bem atrás da Apple. A fabricante do iPhone anunciou a venda de 16,2 milhões de aparelhos no mesmo período.

Aparelhos com Windows Phone7 ainda não chegaram ao Brasil.

Por Camila Porto de Camargo


Visando a retomada de espaço no mercado eletrônico, a Microsoft anunciou nesta última segunda-feira, 11 de outubro de 2010, o lançamento de aparelhos de telefonia móvel que irão utilizar o sistema Windows Phone 7.

Steve Ballmer, diretor geral da empresa, apresentou nesta ocasião nove aparelhos com o novo sistema, com os quais pretende competir frente a frente na área de internet móvel.

Atualmente, as empresas que estão dominando este setor são a Google, a Apple e a Research in Motion. Nas próximas semanas, os novos celulares da Microsoft serão colocados à venda em trinta países, através de quase sessenta operadoras, como a Orange, Telefónica, T-Mobile e a AT&T.

Por Elizabeth Preático

Fonte: Band


Recém-lançado, os rumores ao redor do Windows Phone 7 e as marcas que o usaria não tardaram a aparecer. A boa notícia é que as grandes fabricantes como LG, HTC e Samsung terão aparelhos com o Windows Phone 7, assim como a Dell, que apresentou o Dell Venue Pro.

Com nome alterado de Dell Lightning, o Venue Pro será o primeiro smartphone da Dell com o sistema da Microsoft. Com acabamento impecável, o Venue Pro possui teclado QWERTY deslizante na vertical, tela AMOLED de 4,1 polegadas, processador de 1 GHz, câmera de 5 MP, tela touchscreen capacitiva e um visual em black piano com grafismos na parte de trás que dá um visual clássico ao aparelho.

A previsão é que ele esteja disponível para venda nos EUA antes do Natal.

Foto: Con2cafe

Por Camila Porto de Camargo

Fonte: Tudo Celular


Na contramão do mercado, a LG anunciou que quer ser a primeira a usar o novo sistema operacional móvel da Microsoft, o Windows Phone 7. Enquanto todos querem investir no Android, a fabricante afirmou em entrevista que quer sair na frente e já disponibilizar celulares com a nova plataforma.

Pelo o que parece, o primeiro smartphone da LG a rodar o Windows Phone 7 será o LG Panther. O que se sabe até o momento é que o smartphone terá teclado QWERTY e tela touchscreen de 3,8 polegadas.

Ainda não há informações de como o Windows Phone 7 será, mas pelo o que foi visto na primeira apresentação do sistema, ele terá um visual bem mais moderno que as versões anteriores, que só funcionam com a ajuda constante da canetinha stylus.

Por Camila Porto de Camargo 

Fonte: Tudo Celular


Há poucas semanas foi lançado na App Store um aplicativo capaz de facilitar a localização do iPhone (ou iPad) em caso de perda, extravio, ou roubo. É o Find My iPhone. Recentemente o aplicativo ajudou um integrante do Black Eyed Peas à localizar seu iPad roubado e ainda prender o ladrão.

Pois bem, isso não é novidade em dispositivos da Apple. O MacBook tem sistema semelhante há anos. E a próxima a apresentar esse recursa será a Microsoft no Windows Phone 7, o sistema operacional para smartphones, sucessor do Windows Mobile.

Através da internet, o usuário poderá localizar o aparelho em caso de perda ou roubo. Totalmente gratuito, o serviço permitirá, caso o dono não consiga reaver o aparelho, eliminar todo os seus dados pessoais e inutilizar o smartphone.

Por Maximiliano da Rosa


Ninguém sabe exatamente como vai ser a cara do Windows Phone 7. Até agora tudo o que se viu foi através de imagens vazadas na internet, ou de um emulador lançado pela Microsoft para os desenvolvedores. Além do sistema em si, um dos produtos mais aguardados para os futuros smartphones que saírem do forno com o novo SO é o Office Mobile.

Pois bem. Esta semana a Microsoft disponibilizou dois vídeos onde o Office Mobile aparece em operação. E a primeira coisa que se pode dizer dele é que a empresa se esforçou para trazer simplicidade para a suíte de aplicativos.

É verdade que as imagens não passam de apresentações feitas a partir do simulador, não de um smartphone de verdade. Até onde se sabe o WP 7 deve ser um sistema voraz, que exigirá no mínimo um chip Snapdragon de 1Ghz. Então a minha dúvida é: será que o Office será um pacote simples e rápido como mostrado nos vídeos, ou tudo não passa de marketing da Microsoft?

Bom, o jeito é esperar (e pagar) para ver.

Por Maximiliano da Rosa

Fonte: Pop News





CONTINUE NAVEGANDO: