Xiaomi Redmi 9A – Ficha Técnica, Características



O Redmi 9A é o modelo de smartphone mais barato lançado pela Xiaomi neste ano. Ele aposta principalmente no custo benefício e também no tamanho da tela, embora as configurações venham um pouco reduzidas.

Smartphone com sistema Android completo, o Redmi 9A surpreende pela tela touchscreen de 6.53 polegadas, característica que eleva este Redmi até o topo de sua categoria. E não é só o tamanho da tela que impressiona, mas também a resolução: 1600×720 pixel. Com relação às funções, o Redmi 9A tem conectividade Wi-fi e GPS, memória interna de 32 GB, ainda com possibilidade de expansão.

Em termos de multimídia, o Redmi 9A deixa pouco espaço para concorrência, principalmente em função da câmera de 13 megapixels que permite ao dispositivo tirar fotos com uma resolução muito boa: 4128×3096 pixels, além de gravar vídeos em Full HD, com resolução de 1929×1080 pixels. Além de tudo isso, o smartphone tem apenas 9 milímetros, tornando tudo mais interessante.



Ficha técnica:

Dimensões: 164.9 x 77.07 x 9 mm;

Peso: 194 gramas;



Sistema Operacional: Android 10 MIUI 11.

Tela:

– 6,53 polegadas;

– 720 x 1600 pixel de resolução;

– 16 milhões de cores;

– Tela tipo IPS LCD.

Dados técnicos:

– Memória RAM de 2GB;

– Armazenamento: 32 GB;

– Processador: 2 GHz 8 Core;

– Chipset: Helio G25 MediaTek;

– 64 Bit.

Rede:

– Nano Sim Card;

– Dual Sim;

– Gsm: quad band (850/900/1800/1900);

– Velecidade máxima de upload: 150 Mbps;

– Velocidade máxima de download: 300 Mbps.

Câmera:

– 13 Megapixels;

– Resolução de 4128 x 3096 pixels;

– Câmera frontal de 5 MP.

Bateria:

– LiPo;

Leia também:  Coca-Cola lançou nova máquina para carregar créditos no celular - RJ

– 5000 mAh.

Preços:

Durante a Black Friday, o smartphone chegou a custar R$829,90, porém neste momento os preços já subiram um pouco e a oferta mais em conta custa R$884,00, variando entre R$999,00 até R$1.039,00.

Análise crítica

O Redmi 9A é um aparelho de entrada e, se comparado com modelos de entrada as Motorola, LG e Samsung, o celular da Xiaomi deixa a desejar. É claro que o principal ponto forte do aparelho é o custo benefício, entretanto, precisamos considerar que isso não ocorre no Brasil, em virtude da alta do dólar por aqui. Considerando os valores atuais, ao adquirir um Redmi 9A você compra um aparelho com apenas uma câmera e também sem leitor digital, algo que torna o Redmi 9 A uma opção a ser pensada com mais calma.

No entanto, o grande destaque do aparelho acaba sendo a bateria, com seus 5000 mAh, e por isso rende bastante e alcança durar um dia todo, sobrando um pouco de carga para o dia seguinte. O tempo de carga, no entanto, não é tão bom: cerca de três horas para completar o carregamento, muito em função do carregador fraco que acompanha o produto. Com um carregador mais potente, é possível otimizar esse tempo.

Outro ponto que o Redmi 9 A deixa um pouco a desejar é com relação ao desempenho, uma vez que o dispositivo tem apenas 2 GB de memória RAM e um processador Helio G25, que tem alguma dificuldade em lidar com alguns jogos.

Com relação aos acessórios que acompanham o Redmi 9A temos o carregador de 10W de potência, um pouco básico em virtude da potência da bateria; um cabo UBS padrão micro; guia de uso e a chavinha da gaveta do SIM card.

Leia também:  Doodle Fruit Game - Saiba como jogar

Redmi 9 A vale a pena? Você deve pesar as suas necessidades. Se o eu foco for bateria de longa duração, o aparelho é uma ótima opção, o custo benefício também é um ponto a favor. No entanto, se você deseja usar seu celular para jogos, vale a pena pesquisar um pouquinho mais. A Xiaomi tem se consolidado como uma das marcas mais vendidas no Brasil e todo esse sucesso não vem à toa, sabemos bem.

Por Sabrina Ferraz Fraccari

Xiaomi Redmi 9A

Outros Conteúdos Interessantes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *