O novo sistema operacional da BlackBerry, o BlackBerry 10, traz como principal atrativo seu emulador interno da plataforma Android da Google. Segundo a companhia, a ferramenta receberá atualização para a versão 4.2 do sistema, que até o momento é a mais atual. As informações vieram através de um evento da empresa BB Jam Europe, que fica em Amsterdã.

A notícia deverá agradar a todos os usuários, principalmente aqueles que reclamaram da nova loja de aplicativos, a BlackBerry World. A loja virtual da companhia estreou com uma grande variedade de aplicativos, algo em torno de 70 mil, e foi utilizada para promover o novo sistema da fabricante.

Para incentivar os desenvolvedores a criarem versões de seus aplicativos para o BlackBerry 10, a BlackBerry criou uma maratona chamada Port-A-Thon.

De acordo com um executivo da companhia, de cada cinco aplicativos dois rodam no emulador do Android que está instalado no BlackBerry 10. Além disso, com a chegada do Android 4.2 ao sistema os usuários terão acesso as versões atualizados dos aplicativos.

Os consumidores do BB10 poderão continuar usando os aplicativos disponíveis para o Android Gingerbread, enquanto a atualização do sistema não está disponível.

Por Felipe Santos Bonfim


No início da segunda semana de janeiro, vazaram algumas especificações do novo smartphone que será lançado com o novo sistema operacional BlackBerry 10. A divulgação foi feita pelo site TechRadar e, conforme as informações, o smartphone se chamará BlackBerry 10 L-Series.

De acordo com os boatos, o TechRadar teve acesso a documentos oficiais da RIM nos quais o smartphone é descrito. E como pode ser visto nas configurações que vazaram, o novo L-Series tem algumas semelhanças com o iPhone 5, última geração do smartphone da Apple, sendo algumas delas a câmera na parte de trás com 8 MP, o display com 4.2 polegadas e a memória RAM de 2 GB.

Além disso, parece que o novo BlackBerry contará com tela 100% touchscreen, 1280 x 768 pixels de resolução, capacidade de armazenamento interno de 16 GB, câmera na parte da frente com 2 MP, câmera traseira capaz de filmar em HD e bateria de 1800 mAh.

Com tais características, é fato que o BlackBerry 10 L-Series será capaz de competir no mercado dos smartphones top de linha ao lado não somente do iPhone 5, mas também do Galaxy S3 e do Galaxy Note 2.

O novo smartphone da RIM será apresentado no próximo dia 30 em um evento organizado pela própria fabricante. A expectativa é que além do lançamento do aparelho com tela totalmente touch seja apresentado um gadget com teclado físico QWERTY.

Por Guilherme Marcon


Após anunciar o seu novo sistema operacional, o BlackBerry 10, a RIM pretende lançar dois novos smartphones, um com teclado QWERTY físico e outro totalmente touch.

É evidente que a empresa visa reconquistar o mercado que perdeu quase que totalmente e agora, após o sistema operacional se tornar bastante conhecido, vazaram imagens de um de seus novos smartphones. Um deles é o BlackBerry N-Series com teclado físico QWERTY.

As fotografias que vazaram foram publicadas pelo site CNBeta e elas mostram o design de como é o novo gadget, além de confirmar que realmente será utilizado um teclado físico. As imagens lembram bastante o BlackBerry Bold 9900 e o smartphone exibido é totalmente na cor preta com uma câmera na parte de trás e outra na parte da frente. O teclado não terá teclas muito pequenas, principalmente pelo fato de que algumas funções poderão ser executadas na tela touchscreen resistiva. Além disso, as especulações apontam que o display terá 720 x 720 pixels de resolução e 330 ppi.

Nada foi confirmado por parte da RIM com relação às imagens que vazaram, se elas realmente são da versão final do gadget ou se são apenas de algum mock-up. Mesmo assim, parece que realmente a aparência do smartphone é a que foi vazada. Também não se sabe a data de lançamento e nem o preço pelo qual o dispositivo será vendido.

Por Guilherme Marcon


Uma disputa judicial foi finalizada entre empresas do ramo de eletrônicos, pois a RIM e a Nokia chegaram a um acordo sobre um impasse de patentes que possuíam.

A história está relacionada ao fim de todos os processos de patentes envolvendo as duas empresas para evitar mais prejuízos pela finlandesa que está passando por difícil situação financeira.

Os detalhes deste acordo não foram divulgados pelas envolvidas e o que se sabe é apenas que nele estão incluídos um montante de recursos que será pago pela RIM à Nokia.

Fonte: Reuters

Por Ana Camila Neves Morais


Novas especulações surgiram acerca de um dos próximos aparelhos que serão lançados pela RIM com o seu novo sistema operacional BlackBerry 10. Trata-se de uma foto de um aparelho, que foi divulgada pelo site CrackBerry.

A imagem exibe um smartphone que não possui nome ainda. Ele não tem teclado físico, sendo totalmente touch, além de ser integrante da nova Série L da RIM. O que mais chama a atenção nesse aparelho é que seu design é bastante semelhante ao iPhone 5, mesmo sem possuir botões.

Com o lançamento do novo BB 10, a RIM causou bastante movimentação no mercado e, com isso, a expectativa pelo lançamento dos novos smartphones touch é grande. O novo BB 10 possui uma interface bastante dinâmica e um visual agradável.

Até então, a RIM não divulgou muitas informações sobre os seus planos com relação ao lançamento de novos gadgets, mas já vem circulando diversos boatos acerca de novos aparelhos da empresa.

Ainda não há informações sobre quando serão lançados os novos aparelhos com sistema operacional BlackBerry 10, mas estima-se que eles chegarão ao mercado mundial já no primeiro trimestre de 2013.

Por Guilherme Marcon


Com certeza a RIM está investindo pesado no seu mensageiro BlackBerry Messenger, pois na última quinta-feira, dia 19 de julho, foi divulgada nos Estados Unidos, pelo sistema de patentes local, uma nova patente solicitada pela companhia. O projeto é bem curioso e é voltado ao próprio Messenger.

A patente indica uma tecnologia capaz de registrar as emoções expressadas pelo usuário enquanto ele digita uma mensagem, tudo se baseando na forma como ele digita no smartphone. A técnica age de forma semelhante ao acelerômetro e é capaz de identificar qual é a força que o usuário toca nas teclas, se ele está tremendo e qual é a força que está sendo feita para segurar o smartphone – fatos que podem indicar irritação ou tristeza. Ainda, o ato de digitar mais levemente pode indicar que conheceu uma pessoa nova ou que se sente muito a vontade com quem está conversando. É assim que a nova tecnologia da RIM “pensa”.

Além disso, outra curiosidade é que a interface do mensageiro muda de acordo com o humor de quem o está utilizando. Se a pessoa estiver irritada a fonte ficará maior, ou se a pessoa estiver feliz o Messenger deixará a conversa ainda mais agradável visualmente.

Não se sabe se essa nova tecnologia estará presente no novo BlackBerry Messenger, mas seria uma ideia bastante inovadora se fosse aplicada.

Por Guilherme Marcon


Após grande queda nas receitas, devido a baixa venda de seu principal smartphone, a RIM que fabrica o BlackBerry, resolveu reagir e o resultado disso é o Torch 9860, um aparelho quase 100% touchscreen com sistema operacional BlackBerry 7, que é bem parecido com o Android do Google, além de ser bem simples de usar.

O aparelho conta com processador de 1.2 GHz, tela de 3,7 polegadas, memória RAM de 768 MB, 2,5 GB para armazenamento de dados e câmera de 5 megapixels com flash de LED e autofoco, que proporciona excelentes imagens. O único problema é encontrado na gravação de vídeos, pois as imagens são um pouco sem cor e meio quadriculadas.

O Torch conta com ótimos aplicativos e softwares, como editor e visualizador de textos e planilhas, e um aplicativo que permite acessar as principais redes sociais, como Twitter e Facebook. Além de possuir um programa chamado Social Feeds, que é capaz de agrupar informações e atualizações de amigos em uma mesma interface.

A boa notícia é que para quem ficou interessado no aparelho, pois o preço sugerido é de R$ 1.300, mais ou menos R$ 500 a menos do que se paga nos principais concorrentes.

Por Guilherme Marcon


A Research In Motion (RIM), fabricante do BlackBerry, pode ser processada por alguns escritórios de advocacia dos Estados Unidos e do Canadá.

Segundo os advogados, o colapso no envio de mensagens instantâneas e e-mails dos smartphones da empresa durante três dias no mês de outubro podem ter prejudicado diversos consumidores que dependem do serviço para fechar negócios e até para questões de ordem pessoal. A própria RIM admitiu que milhões de usuários ficaram impossibilitados de utilizar tais serviços.

Os advogados, ligados aos direitos dos consumidores, estudam a quantidade de queixas comuns contra a empresa e se há possibilidade de vitória em um processo coletivo. Segundo os escritórios, o problema pode não ser tão grave quanto erros médicos, mas causou muita irritação nos usuários dos BlackBerrys, que perderam e-mails e até reuniões de negócios. Os clientes reclamaram principalmente em fóruns e no microblog Twitter.

Os possíveis processos seriam embasados, segundo os advogados, em quebra de contrato, já que a empresa falhou com suas obrigações assinadas em vários locais do mundo, com muitos clientes e por um período de tempo relativamente longo. Também há possibilidade de processo por fraude ao consumidor, que se baseia no suposto fato de que a RIM vendeu um serviço que não funciona.

Por Mozart Artmann


O rumor de que a RIM estaria planejando rodar aplicativos Android em seus smartphones e no tablet Playbook começou no início do ano. Ainda que se trate de mera especulação, a verdade é que as evidências de que isso está mesmo acontecendo estão aumentando.

Por exemplo, a empresa desenvolvedora do aplicativo ShopSawy revelou que os dados do software estão sendo acessados por smartphones Blackberry. O fato é que isso não seria possível, já que o aplicativo não tem versão para o sistema operacional da RIM.

Logo só há duas explicações para o fato. Ou hackers instalaram o sistema operacional Android em alguns Blackberrys ou a própria RIM está testando a máquina virtual Dalvik em seus celulares inteligentes. Os modelos utilizados seriam os Blackberry 8520, 8600 e 8300.

Outro detalhe que fortalece o rumor é que as informações geográficas enviadas pelo aplicativo indicam a cidade Waterloo, no estado de Ontário, Canadá como origem. Coincidentemente é lá que fica a sede da RIM.

Por Maximiliano da Rosa

Fonte: BGR


O novo modelo do smartphone BlackBerry, o Torch, apareceu no site da operadora RIM antes mesmo de ser anunciado em uma conferência em Brasília na manhã desta última terça feira (03). O dispositivo, que será lançado no dia 12 de agosto nos EUA, teria aparecido na rede por um descuido da empresa AT&T.

Este novo modelo apresentará aos consumidores algumas novidades. Contando com sistema operacional móvel BlackBerry 6, ele irá possuir uma maior integração com redes sociais como twitter, facebook entre outras.

O novo BB trará consigo uma “nova geração” no sistema de mensagens da RIM, juntamente com um reforçado navegador móvel. O modelo ainda apresenta telefone em estilo slider, tela de 3,2 polegadas com sensibilidade ao toque, teclado QWERTY, câmera de 5 mega pixels, além de conexões Wi-Fi 802 11n,  Bluetooth e 3G.

No Brasil o novo BlackBerry Torch ainda não tem uma data definida para seu lançamento.

Por Oscar Ariel


A Apple está numa situação difícil. Essas palavras vem diretamente dos CEOs da RIM, fabricante do smartphone Blackberry. A empresa rebateu imediatamente às comparações feitas pelo CEO da Apple, Steve Jobs, que afirmou que tanto os celulares da RIM como os da Nokia apresentam problemas de sinal dependendo da maneira que os usuários seguram os aparelhos.

A RIM afirma que a Apple cometeu erros em sua concepção de design e agora tenta esconder arrastar outras fabricantes com ela.

Já a Nokia explicou que investe milhões de dólares para estudar a maneira como os usuários seguram seus aparelhos, além de escolher com cuidado os materiais usados em seus celulares. A fabricante finlandesa também alertou que foi a primeira empresa a adotar o uso da antena interna, e que chega a usar duas antenas, uma no top e outra embaixo para ter um nível de sinal aceitável.

Pelo jeito, essa polêmica ainda vai longe.

Por Maximiliano da Rosa


Segundo reportagem do jornal norte-americano Wall Street Journal, a empresa Research in Motion (RIM) prepara-se para lançar celulares que entrarão em franca concorrência com os iPhone e iPad da Apple.

A empresa canadense fabrica celulares Blackberry e vem como mais uma opção no concorrido mercado de telefones móveis. A empresa deve lançar um smartphone com tela sensível ao toque e teclado.

A RIM também faz testes para a produção de tablets.

A introdução da RIM no mercado, inicialmente, dá a sensação de que haverá um aumento na concorrência de mercado, diminuindo o preço dos aparelhos celulares. Contudo, a RIM parece não dar sinal de trazer grandes novidades na tecnologia dos aparelhos.

Por Jeferson Vainer.





CONTINUE NAVEGANDO: