Modelo foi lançado em 2018 e se destacou por ser um aparelho top de linha por um preço justo.

Lançado no ano passado com grande alvoroço no mercado internacional, o Xiaomi Pocophone F1 se destacou por ser um aparelho top de linha por um preço justo. A linha foi criada como uma alternativa da chinesa a sua linha tradicional, a tão conhecida Redmi, que conta com um público muito fiel no Brasil.

O preço agressivo de 400 dólares em seu lançamento aliado as configurações respeitáveis ditam o tom deste aparelho. Sua câmera dupla com sensor de digitais logo abaixo e o flash ao lado são pontos interessantes, que se juntam ao aproveitamento da parte frontal, com uma boa lente especialmente para as selfies.

O que a Xiaomi conseguiu extrair neste aparelho lembra o Moto X de 2014, lançado por um preço justo, especificações ótimas para sua época e desempenho matador.

Desempenho e armazenamento

Por aqui, o processador responsável por executar as tarefas é o Snapdragon 845, topo de linha com oito núcleos, sendo quatro de 2.8 GHz e outros quatro em 1.8GHz, com suporte nativo ao 64 Bits. A GPU é a Adreno 630 que é capaz de rendenizar e executar jogos com qualidade alta sem comprometer o desempenho geral do smartphone. Completam as principais características, 6 GB de memória RAM e combinado com 128 GB de armazenamento interno, expansível para até 256 GB quando utilizado um cartão microSD. O Sistema embarcado é o Android, recebendo melhorias por parte da chinesa.

Display com IPS

A Xiaomi aplicou um painel de 6.18 polegadas no F1 com resolução 2K e 403 pontos por polegada. São 16 milhões de cores, proteção gorila glass e tecnologia IPS em uma tela que aproveita muito bem a parte frontal. Aproveitando a onda do momento, se encontra poucas bordas neste F1.

Dual câmera

A Xiaomi empregou um sensor duplo na sua traseira (12MP e 5MP). São sensores com tecnologias interessantes, que permite ao usuário capturar fotos em altíssima resolução, com possibilidade do efeito de profundidade, presente em celulares intermediários e avançados. Para os que gostam de vídeos, por aqui há a possibilidade de gravação em vídeos 4K com estabilização e slow motion. A câmera frontal possui 20 MP e preserva as mesmas qualidades da traseira.

Outros apetrechos

A gaveta do cartão Sim é hibrida, sendo possível o uso de dois chips de operadora, ou de um chip de operadora e o cartão de armazenamento externo.

Tirando isso, o leque de conexões é grande: Wi-Fi com capacidade para altas velocidades, GPS com GLONASS E BeiDou, suporte a bandas 4G do mundo todo – inclusive do Brasil.

Para finalizar, a bateria é de 4.000 mAh, destaque em um aparelho topo de linha.

Preço e disponibilidade

O F1 não é vendido oficialmente em terras brasileiras, porém, é possível a importação de países onde se comercializa ou a compra em varejistas on-line. Até o término desta matéria, poderia se encontrar o modelo por preços de R$ 1.700 a próximo de R$ 2.000 em lojas online.

A “Apple da China”

A Xiaomi conquistou o posto de “Apple da China”. É uma empresa inovadora, sendo uma das que mais lideram a venda de smartphones no oriente. Foi fundada em 2010 e iniciou a venda de produtos via internet. Além de fabricar celulares também desenvolve e fabrica outros aparelhos eletrônicos.

Avaliada em mais de 20 bilhões de dólares, se destaca pela produção de bons aparelhos com especificações equilibradas e preço competitivo.

No Brasil, chegou a iniciar suas operações, porém após um tempo razoavelmente curto, decidiu por não comercializar mais seus produtos por aqui. Possui uma larga escala de fãs que importam os aparelhos da chinesa e mantém uma comunidade bastante fiel em terras tupiniquins. Não possui garantia, porém as assistências técnicas possuem capacidade para realizar as manutenções como troca de tela, de peças e conserto dos produtos.

Por Leandrinho de Souza

Xiaomi Pocophone F1


Novo modelo será lançado no dia 20 de fevereiro e trará muita tecnologia os usuários.

O novo aparelho Galaxy S10 está sendo esperado por todos os consumidores e, principalmente, pelos amantes de lançamentos de aparelhos celulares e de tecnologias.

O smartphone será apresentado a todos dias antes da MWC (Mobile World Congress) e será oficialmente apresentado aos clientes, pela Samsung, no próximo dia 20 de fevereiro, em um evento que ocorrerá em São Francisco, na Califórnia.

A fabricante sul-coreana Samsung, não confirmou nenhuma informação em relação ao novo aparelho, mas, os consumidores mais ligados à área da tecnologia e aos novos lançamentos já afirmam ter tido acesso sobre o valor e a ficha técnica do aparelho.
Segundo os boatos, as modernizações do aparelho serão inúmeras, como já é esperado por todos, tendo em vista a linha Galaxy S, já ser uma linha conhecida por ter as suas variadas características.

Uma das coisas que mais tem chamado atenção dos usuários é a possibilidade de existir uma câmera tripla, que já foi vista no aparelho Galaxy A7, que foi lançado em novembro do ano passado, aqui no Brasil.

Ainda segundo especulações, o aparelho Galaxy S10, poderá vir em três versões: nos modelos mais tradicionais e mais incrementados Galaxy S10 e S10 Plus, e também, no modelo mais simples, com características mais simples e básicas do Galaxy S10 Lite.

De acordo com informações do The Wall Street Journal, o aparelho Galaxy S10 chegará às lojas ainda em março deste ano.

Ainda de acordo com todas as notícias e especulações, existe uma conversa de que a Samsung ainda lançaria uma quarta versão da linha, que viria com uma navegação muito mais eficiente e veloz, com uma capacidade de conexão de 5G.

As notícias são de que o aparelho Galaxy S10 Plus viria com três câmeras traseiras, com uma lente com abertura variável (f/1.5 e f/2.4) que já foi apresentada no modelo antecessor da linha, contaria ainda com 12 megapixels, outro sensor seria de 16 megapixels (com abertura f/1.9) e o último, seria de 13 megapixels (com abertura f/2.4).
O aparelho de modelo mais evoluído da linha, contará com duas câmeras na parte da frente do aparelho, uma característica não oferecida aos outros dois aparelhos da linha, o Galaxy S10 e S10 Lite.

Tendo em vista as supostas características que estão faladas, o aparelho Galaxy S10 virá com uma tela 19:9, sendo maior que a do atual aparelho (18,5:9) e sensor de digitais ultrassônico embutido no display do telefone e, segundo os comentários, o Galaxy S10 virá também, com o sistema de reconhecimento facial ainda melhor nesse aparelho.
O aparelho vem com o processador Snapdragon 855, da Qualcomm e memória RAM de 8GB, trazendo muita qualidade e desempenho ao aparelho.

Sabendo que os modelos da linha Galaxy S possuem valores elevados, mesmo ainda não tendo sido divulgado o real valor do aparelho, supõem-se que o valor seja de acima dos 4 mil reais.

Comparando o modelo do aparelho Galaxy S10 com o iPhone, o módulo ToF da Apple, seria produzido pela LG, enquanto a empresa Samsung utilizaria câmeras de fornecedores como Semco e Patron. Ambos trarão câmera 3D, que serve para fazer um mapeamento do ambiente em que o usuário se encontra.

O aparelho Galaxy S10 e iPhone X são smartphones com hardware excelente e ambos têm desempenhos maravilhosos, com muita qualidade para o usuário manusear, com facilidade e agilidade para utilizar os aplicativos e com baterias que durarão por bastante tempo.

Sabendo dessas comparações do smartphone Galaxy S10 com o novo iPhone, os consumidores podem realmente esperar um aparelho de muita qualidade, com características inúmeras e com elevada tecnologia que fará com que aumente ainda mais a competitividade entre as duas empresas e os dois lançamentos.

Por Carol Wurlitzer

Samsung Galaxy S10


Este é o primeiro aparelho celular de grande potência e entre os mais aguardados para este ano de 2019, entre as companhias que produzem aparelhos oficialmente no Brasil. O Galaxy S10 está muito próximo de ser comercializado em nosso país.

A companhia Samsung Electronics, ou apenas Samsung, consiste em uma corporação de caráter transnacional, a qual está presente em diversos ramos na área de tecnologia da informação, com sede principal em Seul e na Coreia do Sul.

Recentemente, a companhia anunciou o lançamento do Galaxy S10. Conforme as principais informações fornecidas pelos especialistas, o novo modelo Galaxy S10 está munido do poderoso processador Snapdragon 855; de um chipset estruturado em inteligência artificial; possivelmente equipado com três câmeras traseiras e mais uma super tela Super AMOLED, munida do chamado Notch na sua parte superior.

Seguem algumas atribuições essenciais:

O Display de 5.8 ou 6.44, provavelmente 6.2, conforme alguns especialistas, e de 6,7 polegadas, na versão estruturada em 5G; a resolução de imagem é de 1440 por 2960px; a Câmera Primária é de 12 MP; função de gravação de vídeo em 2160p; memória com capacidade em 128-256-512 GB, ou de 6 GB RAM e o dispositivo para Cartão de Memória tipo microSD com capacidade para até 512 GB.

A ficha técnica segue logo abaixo:

As suas dimensões estão em: 148.9 por 70.9 por 7.8 mm; dispositivo SIM Card para Nano SIM; a estrutura possui as seguintes opções: com traseira de vidro e a opção com a parte traseira produzida em cerâmica, com bordas de alumínio; a tela é de tipo Super AMOLED; as dimensões são as seguintes: 5.8 ou 6.44, provavelmente em 6.2, tal como foi citado acima, e segundo a previsão de alguns especialistas, e em 6,7 polegadas, na versão munida de 5G; a capacidade de resolução é de 1440 por 2960 Mega Pixels e também está munido da proteção chamada Corning Gorilla Glass 6.

Com relação à Plataforma, seguem as informações:

O aparelho opera por meio de Android 9.0, Pie; de CPU; do dispositivo Octa-core, com 1×2.84 GHz Kryo, 485 § 3×2.42 GHz Kryo, e 485 § 4×1.8 GHz Kryo 485; equipado com GPU; com Adreno 640; dispositivo Chipset; munido de Qualcomm Snapdragon 855, como foi citado acima.

Sobre a capacidade de memória, seguem as informações:

Ele está equipado com o Cartão de Memória; com o dispositivo de microSD em até 512 GB; a capacidade interna é de 128 – 256 – 512 GB, e de 6 GB RAM; sobre as câmeras, seguem as informações:

A lente é de 12 Mega Pixels, de 13 MP e de 16 MP; o dispositivo de vídeo é de 2160p/60fps; a lente secundária é de 13 MP, com abertura f/1.7.

A função de áudio abrange as seguintes especificações:

O dispositivo de Alto-Falantes e o dispositivo de Saída 3.5mm.

Sobre a capacidade de conexão, seguem as informações:

Está munido de Wireless em Wi-Fi ac; do dispositivo Bluetooth em 5.1; o GPS em GPS, em A-GPS, em GLONASS, em Galileo e em BeiDou; dispositivo de Rádio; a entrada de USB do Tipo-C, em 1.0, e USB 3.1; o NFC.

Sobre os demais recursos relacionados na ficha técnica, seguem as informações:

Os Sensores de luz ambiente; o acelerômetro; a proximidade de sensor; o reconhecimento facial e o sensor de impressões digitais, embutido sob a tela. Trata-se de um smartphone bastante incrementado e mais versátil.

A sua câmera principal é de tipo Tripla.

Este é o primeiro aparelho celular de grande potência e entre os mais aguardados para este ano de 2019, entre as companhias que produzem aparelhos oficialmente no Brasil. O Galaxy S10 está muito próximo de ser comercializado em nosso país. Os especialistas estão otimistas com os dados vazados.

Por Paulo Henrique dos Santos

Samsung Galaxy S10





CONTINUE NAVEGANDO: