Quando pensamos em um celular que reúne um design alegre, bonito e que desperta uma vontade de adquirir o mais rápido o nome que vem à cabeça é o iPhone 5C.

Esse aparelho, em um primeiro instante, faz com que apareça uma dúvida logo quando o vê pela primeira vez. Qual dos 5 modelos devo escolher? O aparelho possui 5 cores distintas que são: verde, azul, amarelo, rosa e branco, em uma moldura de aço que faz com que a estrutura fique bem mais reforçada.

Passando o estágio da escolha de qual o melhor aparelho surgem também várias dúvidas. Devo comprar uma capa ou não devo comprar? Posso escolher mais de um modelo?  São 6 modelos diferentes nas cores verde, azul, amarelo, rosa, branco e preto que fazem o aparelho ficar bem mais protegido, além de provocar 30 combinações diferentes no caso de escolher mais de um modelo de capa para o seu aparelho.

Agora que já temos informações sobre a aparência externa do aparelho e devemos também explorar os seus recursos internos e um deles é que o aparelho conta com o sistema operacional iOS 7, que continua sendo um dos mais avançados do mundo.

O aparelho também apresenta o Chip A6 que faz com que a bateria dure um tempo maior, ou seja, são 10 horas para navegar, conversar ou reproduzir um vídeo com a máxima perfeição e alta velocidade.

O Wireless tornou-se também ultrarrápido, pois aumentou o número de operadoras no mundo compatíveis com o iPhone e outra coisa que deve ser considerada é que  ele suporta também mais redes.

A câmera iSight de 8MP torna as suas fotos bem mais nítidas, sofisticadas e com uma qualidade que faz com que as cenas fiquem bem mais interativas, principalmente com a sua câmera de 5 elementos e os seus recursos para montar fotos panorâmicas.

A FaceTime HD também é uma câmera que ajuda a aumentar a sensibilidade durante condições onde existe pouca luminosidade.

Para obter mais informações acesse o endereço eletrônico www.apple.com onde constam mais detalhes sobre esse aparelho e se apaixone por essa tecnologia que a cada dia que passa fica mais indispensável.

Por Fernanda de Godoi

iPhone 5C

Foto: Divulgação


Visual Apple, software Google. Será que essa combinação daria certo, tanto em funcionamento quanto no mercado?

Ao que parece, para os japoneses isso é plenamente possível. Trata-se de um clone do novo iPhone 5c, fabricado no Japão, mas programado para rodar o sistema operacional da Google, o Android 4.2. O clone copia desde a carcaça de plástico, presente no modelo original, até a distribuição dos aparelhos nos layouts de materiais promocionais que ilustram a referida cópia.

A exemplo do modelo da Apple, o ioPhone 5, como é chamado, também apresenta dois botões laterais, com funções de volume e toque.

Pelo que é exibido nos materiais promocionais liberados pelo fabricante, o único detalhe que visualmente deixa a desejar frente ao smartphone da marca da maçã é justamente a maçã. O logotipo em nada se lembra com o original, o que talvez até possa ser uma alternativa para que não haja nenhum tipo de processo contra plágio por parte da empresa americana. O que não se sabe é se essa tentativa irá de fato funcionar, pois o modelo é idêntico.

No entanto, nós, ocidentais, se quisermos ter acesso ao tal do ioPhone 5 teremos que fazer a compra lá na terra do sol nascente. Sim, o modelo japonês será vendido apenas no oriente, não tendo nenhuma previsão de expansão para o mercado ocidental.

O modelo conta com tela de 4 polegadas, igual à do iPhone 5c, todavia com uma resolução bastante inferior à do modelo americano, 854 x 480 pixels, um processador Dual Core MTK6572, memória RAM de 512 MB, além de 4 GB de capacidade de armazenamento.

O preço para as vendas do aparelho no Japão será equivalente a R$ 350,00, ou seja, bem inferior ao preço do smartphone original, claro.

Vale a pena conferir o andamento do modelo a título de curiosidade, afinal, vai que um dia teremos acesso a um aparelho de boa aparência e por um preço tão popular?

Por Mikhael Costa

cópia do iPhone 5c

Foto: Divulgação


Os amantes do iPhone já podem realizar um cadastro simples para garantir os primeiros smartphones da Apple para compra. São os modelos top de linha da companhia, o iPhone 5S, e o modelo  iPhone 5C, que é considerado "popular" pela empresa.  

As operadoras de telefonia TIM e Claro abriram na sexta-feira passada (08/11) o cadastro para consumidores interessados na comprar dos iPhones 5S e 5C. Eles começarão a ser comercializados pelas operadoras após o dia 22 de novembro deste ano.   As operadoras não informaram o valor dos aparelhos a serem vendidos por elas.

O iPhone 5C desbloqueado, sem contrato de fidelização com operadoras, com 16GB custa US$ 550 (aproximadamente R$ 1.280,57); com 32GB custa US$ 650 (aproximadamente R$ 1.513,40), nos Estados Unidos.

Já o iPhone 5S, também desbloqueado, com 16GB custa US$ 650 (aproximadamente R$ 1.513,40); com 32GB custa US$ 750 (aproximadamente R$ 1.746,23); com 64GB custa US$ 850 (aproximadamente R$ 1.979,06).  

Em 22 de novembro a Microsoft também vai começar a vender o seu console, o Xbox One, em terras brasileiras. O videogame está em pré-venda no valor de R$ 2.200,00.

As operadoras Oi e Vivo ainda não se manifestaram com planos ou ideias.  

A Agência Nacional das Telecomunicações (Anatel) liberou as venda dos novos iPhones há mais de um mês no Brasil. Os modelos que serão vendidos no Brasil são: A1507, de cinco possibilidades do iPhone 5C; e A1457, de cinco do iPhone 5S. Ambos os aparelhos têm a capacidade de sintonizar a frequência de 2,5Ghz, com isso é possível o uso da rede 4G no Brasil.

Com o último smartphone iPhone 5 da Apple, não era possível usar a banda larga brasileira 4G.   Os modelos foram lançados no início de setembro. Em um fim de semana de vendas, o total de aparelhos vendidos em lojas dos 9 países onde os aparelhos chegaram antes, foi de 9 milhões de unidades.

Por André Barbosa

iPhone 5S Apple

Foto: Divulgação


O iPhone 5C, modelo mais barato dos demais da marca Apple, teve uma mudança em sua estratégia de vendas na última semana. Algumas fontes ligadas à marca disseram que a gigante pretende diminuir o número de produção do aparelho nos últimos três meses do ano.

Ainda não há uma confirmação da empresa, que está passando por mudanças e escalando novos representantes, mas os fornecedores puderam confirmar alguns dados que indicam que esse pedido realmente foi feito pela marca.

iPhone 5C

Foto: Divulgação

Uma delas é a Pegastron, que recebeu uma ordem de redução em 20% da produção. As informações foram divulgadas pela Reuters na quarta-feira, dia 16 de outubro. Outra fornecedora foi a Hon Hai Precision Industry, que disse ter recebido um pedido de redução de um terço para o mesmo período. Essa informação foi divulgada pelo Wall Street Journal.

Procuradas pela mídia para dar mais detalhes sobre essa decisão, as duas empresas preferiram não comentar até que um representante da Apple fosse contatado. Também não se sabe o motivo que poderia ter feito a companhia fazer a escolha, uma vez que o aparelho está sendo bem recebido pelos países. Agora, só resta esperar para ver se a gigante declara algo nas próximas semanas.

Por Jaime Pargan


Os brasileiros ansiosos pela estreia dos novos iPhones (5S e 5C) no Brasil terão que esperar um pouco mais. Após a confirmação da Anatel, que já homologou os aparelhos, sinal de que as vendas já estariam aprovadas e das notícias que correram em relação à localização da fábrica em Jundiaí e também da frequência das novidades, o público brasileiro ficará para trás no início das vendas. A informação é do Techcrunch e da Reuters. 

Vários outros países já tiveram a venda aprovada e confirmada para o final do mês e início do mês que vem, mas ainda não há uma confirmação das lojas aqui no Brasil. Uma lista foi divulgada com os países e suas datas de lançamento. Veja abaixo:

iPhone 5S

Foto: Divulgação

25 de outubro: Áustria, Bélgica, Bulgária, Croácia, República Checa, Dinamarca, Estônia, Finlândia, Antilhas Francesas, Grécia, Hungria , Irlanda, Itália, Letônia, Liechtenstein, Lituânia, Luxemburgo, Macau, Malta, Países Baixos, Nova Zelândia, Noruega, Polônia, Portugal, Ilhas Reunião, Romênia, Rússia, Eslováquia, Eslovênia, Coreia do Sul, Espanha, Suécia, Suíça, Taiwan e Tailândia;

1º de novembro : Albânia, Armênia, Bahrein, Colômbia, Ilha de Guam, El Salvador, Guatemala, Índia, Macedônia, Malásia, México, Moldávia, Montenegro, Arábia Saudita, Turquia e Emirados Árabes Unidos.

E no Brasil, quando será? Os apaixonados pela tecnologia Apple esperam ansiosamente a inclusão do Brasil no calendário de vendas.

Por Jaime Pargan


Parece que o iPhone 5S – um dos smartphones mais queridos dos entusiastas da tecnologia e aparelhos Apple – está apresentando mais problemas do que sua versão mais em conta, o iPhone 5C.

Uma pesquisa feita pela empresa de gestão de desempenho de aplicativos móveis, a Crittercism, indicou que os aplicativos falham duas vezes mais no super lançamento da Apple do que em sua versão barata. As informações são do Mashable.

iPhone 5S

Foto: Divulgação

A taxa de erro ainda é baixa, são 2% no total, porém o que levou à companhia a ter mais atenção em relação a esses problemas foram as inúmeras reclamações por meio das redes sociais, que os recém-compradores do topo de linha da marca fizeram em relação ao seu desempenho. Além da falha, o dispositivo apresentou uma tela azul, semelhante a do Windows quando detecta um problema.

Em relação aos aplicativos, o erro no momento do teste foi o seu fechamento forçado. Acredita-se que isso ocorreu devido à mudança no hardware do novo aparelho que, agora, é o chip A7 de 64 bits. Já sobre a tela azul, a pane ocorre quando há a utilização de aplicativos do pacote iWorks após o seu fechamento, feito pelo próprio usuário.

A fabricante garante que já está em busca das atualizações para correção das falhas.

Por Jaime Pargan


Quem estava ansioso pelo seu, agora não precisa mais. A Anatel – Agência Nacional de Telecomunicações já homologou os novos modelos do iPhone e autorizou o início das vendas dos aparelhos no Brasil. Todos eles chegam com a freqüência 4G nacional.

Ainda não foi divulgada uma data de estréia para os modelos no País. Mas, os documentos disponíveis no sistema da Anatel indicam que eles serão produzidos na fábrica da Foxconn em Jundiaí, no interior de São Paulo.

O iPhone 5C e o 5S funcionam na faixa dos 2600 MHz com tecnologia 4G/LTE, adotada pelo Brasil. Os modelos anteriores que operam na freqüência 4G chegaram com 700 MHz e a mantém até hoje. Sabe-se que a Anatel deve licitar somente com o desligamento da TV analógica.

Em relação ao preço, ainda não há confirmação da média de valor que os dois produtos terão no País. A grande expectativa é em relação à versão mais popular, o 5C, que chega todo fabricado em uma única peça de policarbonato. O 5S é feito de alumínio de alta qualidade com bordas chanfradas e chega pela primeira vez com um chip A7 e uma arquitetura de 64 bits, jamais encontrada em um smartphone.

Por Jaime Pargan


iPhone 5SInicialmente, a Apple pretendia lançar no próximo dia 10 de setembro os iPhones 5C e 5S, além de vários modelos de iPads, mas segundo o site americano "Bloomberg", na citada data apenas o iPhone 5S será lançado e os outros serão apresentados ao público somente no mês de outubro, em data a ser divulgada.

Outra novidade da Apple é que a empresa resolveu lançar seu smartphone popular, com acabamento em plástico, somente em mercado emergentes, tirando os Estados Unidos da América do "mapa"; quanto ao iPad 5, este terá bordas mais finas e cantos arredondados, além de baixa espessura.

Lembrando que o iPhone 5C será o primeiro modelo da Apple no segmento de smartphones intermediários e tem o objetivo principal de frear o crescimento dos aparelhos Android e Windows Phone 8. Sobre as novidades do iPhone 5C, é bem provável que este tenha cores variadas, um display Retina de 4 polegadas e câmera de 8 MP.

Já sobre o iPhone 5S, o aparelho será o modelo principal da empresa e deverá manter o mesmo design dos modelos anteriores, mas deverá vir com um upgrade de hardware, semelhante ao que acontece com todos os modelos "S" da Apple, além de processador A7 Quad-Core, com 2 Gigabytes de memória RAM e uma nova câmera digital, que promete ser superpotente.

Por Vinicius Cunha





CONTINUE NAVEGANDO: