O Moto X4 é moderno e tem muito espaço interno, por isso, ele é indicado para quem precisa guardar muitas informações.

O Moto X4 é um smartphone bem conhecido no mercado de celulares e smartphones e possui ótima reputação. Ele se encontra na lista de smartphones potentes e completos e consegue desbancar muitos smartphones de outras marcas. Com muitas funções avançadas e modernas ele agrada com facilidade a todos os seus usuários. Nas pesquisas de mercado de consumo, não existem muitos relatos negativos sobre esse aparelho, e por isso ele já tem um ponto positivo, além disso, ele possui muitas funções legais, que vão estar especificadas logo abaixo.

Smartphone com memória de 32 GB

Esse smartphone tem muito espaço interno e por isso ele é indicado para quem precisa guardar muitas informações como: Músicas, fotos, filmes baixados, vídeos, arquivos, documentos. E espaço para baixar diversos aplicativos e jogos. Um celular com esse tamanho de espaço interno é perfeito para manter sempre os aplicativos atualizados e evitar que o aparelho comece a travar do nada. Caso o usuário precise de mais espaço, ele tem a possibilidade de expandir essa memória.

Tela de 5.2 polegadas

O Moto X4 é um smartphone com tela maior que a maioria dos smartphones. Ela possui tela de 5.2 polegadas e resolução de 1920×1080 pixels. Com esse tamanho de tela fica fácil ver vídeos de diversos tipos, ver séries filmes, acessar as redes sociais de forma mais fácil e responder E-mail. Esse tamanho é um pouco maior que a maioria dos smartphones e por isso ele costuma agradar logo de cara.

Câmera traseira de 12 MP

A câmera traseira possui 12 megapixels e tem ótima resolução de 4032×3024, dessa forma é possível tirar muitas fotos de qualidade, independente da luz do local onde as fotos serão tiradas. Existem também as funções da câmera que costumam agradar a maioria dos consumidores de celulares e elas são:

– Detecção facial

– Autofoco

– Localização

– Flash

– HDR

Câmera dianteira de 16 MP

A câmera dianteira possui alta qualidade e tem 16 megapixels. Com ela o usuário consegue tirar muitas selfs perfeitas. Essa câmera é muito usada pela maioria dos consumidores de smartphones e por isso essa função é mais um ponto positivo para esse aparelho.

Sistema operacional avançado

O Moto X4 possui um sistema operacional muito avançado que é o Android 7.1. Com ele o usuário consegue deixar o aparelho com a interface mais arrumada e permite que o usuário usufrua de funções que deixam seu dia a dia mais fácil.

Smartphone com design moderno

Esse celular além de ter muitas funções modernas, tem beleza externa. Esse detalhe também influencia muito na decisão de compra de um smartphone novo. O Moto X4 tem tela a espessura bem fina com apenas 8 milímetros e pesa apenas 163 gramas, assim fica mais fácil para transportar o aparelho para qualquer lugar e de forma mais simples.

Smartphone com função de gravação de vídeo em 4K

Outra função bem utilizada pelos usuários desse smartphone é a gravação de vídeo. O Moto X4 consegue gravar vídeo de alta qualidade em 4K. e a resolução da câmera é de 3840×2160 megapixels. E por isso esse aparelho é indicado para pessoas que gostam de gravar vídeos de qualidade e até mesmo profissional, pois o resultado final da gravação fica perfeito.

Valor do Moto X4

O Moto X4 tem valor médio de R$1.080,00, porém, existem muitas lojas que possuem esse aparelho com o valor maior. Por isso o indicado é fazer uma pesquisa antes de concluir a compra desse aparelho, que vale cada centavo pago, já que possui muitas funções de um smartphone Top de linha.

Smartphone com função LTE 4G

A função LTE 4G é indicada para fazer as transferências de dados de informações de forma prática e dar navegação de internet de forma rápida e sem alguns problemas.

Por Cristiane Amaral

Moto X4


O Moto G6 Plus é moderno e oferece diversas funções aos seus usuários.

O Moto G6 Plus é um smartphone incrível, pois possui muitas funções modernas e que deixam qualquer usuário de smartphone impressionado. Além de ser um aparelho completo ele é considerado um smartphone Top na linha dos avançados. E não é só por isso que ele é tão incrível, ele também tem designe diferenciado e delicado, tudo que a maioria das pessoas procura hoje em dia. Então vamos parar de enrolação e citar as melhores características do Moto G6 Plus.

Moto G6 Plus possui sistema operacional avançado

A primeira informação sobre esse aparelho é que ele possui Android 8.0, que é o Android mais avançado e completo. Com ele o usuário pode fazer muitas coisas como:

– Pontos de notificação

– Faz seleção inteligente de texto

– Autopreenchimento

– Picture-in-picture

– Google Play Protect

Entre outros.

Smartphone com design avançado

Outra característica bem interessante desse smartphone é que ele possui uma tela grande e atrativa. Ela possui 5.99 polegadas e resolução 2160×1080 pixel. E por essa razão é prático fazer muitas coisas no aparelho como:

– Ver diversos tipos de filmes

– Ver vídeos

– Ler livros digitais

– Acessar redes sociais

– Jogar diferentes tipos de jogos

– Ter acesso a diversos tipos de aplicativos

Entre outras coisas.

Memória de 64 GB

Outra vantagem de comprar esse smartphone é que ele possui uma memória interna muito grande, e ela favorece muito a vida dos usuários desse aparelho. Pois não é necessário se preocupar em ficar sem espaço. Aliás, com esse espaço todo é possível guardar muitas fotos, vídeos gravados e baixados, documentos, arquivos, ter diversos aplicativos e jogos. E caso seja necessário mais espaço, é possível expandir esse espaço.

Câmera traseira de 12 MP

O Moto G6 Plus tem câmera traseira de 12 megapixels e ela consegue fazer fotos de ótima qualidade e em diferentes tipos de locais e iluminação. A resolução da câmera é de 4290×2800. É possível também usar alguns recursos como:

– Detecção facial

– Foco por toque

– Autofoco

– Localização

– Flash

– Estabilização

Câmera dianteira de 5 MP

A câmera dianteira possui 5 megapixels e também tem uma boa qualidade. Com ela é possível fazer inúmeras selfies para postar nas redes sociais ou guardar de recordação.

Aparelho com ótima conectividade

A conectividade é essencial no dia a dia das pessoas, pois ela deixa o smartphone mais funcional e ajuda na parte prática de qualquer pessoa. Veja as funções de conectividade desse celular:

– GPS

– Bluetooth

– WI-FI

– USB

– NFC

Bateria de ótima duração

A bateria desse celular é de boa duração é possui 3200 mAh, com ela o usuário pode usar o celular por um bom tempo sem se preocupar em ficar recarregando o aparelho várias vezes.

Smartphone com design agradável

Esse aparelho tem design muito agradável. Com apenas 165 gramas, o Moto G6 Plus convence muitos consumidores a comprá-lo. Ele é prático de carregar e interagir, além de caber em locais como bolsas pequenas, bolso da calça entre outros.

Gravação de vídeo em 4k

Esse aparelho também faz ótimas gravações de vídeos, e é muito indicado para quem precisa usar essa ferramenta como diversão ou para trabalhar. A resolução da câmera é de 3840×2160 pixels. Esse é outro ponto positivo desse smartphone.

Valor do Moto G6 Plus

Por ser um smartphone Top de linha, ele possui um valor um pouco mais alto que os seus concorrentes. Seu valor inicial é de R$1.450,00. Porém, esse preço pode variar para mais. Nesse caso, o indicado é fazer uma pesquisa de mercado antes de comprá-lo.

Por Cristiane Amaral

Moto G6 Plus


Com alto poder de processamento, a nova aposta da Motorola se torna um dos melhores no mercado nacional, mas o consumidor precisará pagar R$ 2.299,00 para ter um.

O novo Moto Z3 Play ficou mais bonito, mais rápido e também mais tecnológico, porém, o preço aumentou, mas o smartphone acabou se tornando uma ótima opção para quem está em busca de um celular moderno, mas não quer pagar o valor de um top de linha. Com alto poder de processamento, a nova aposta da Motorola se torna um dos melhores no mercado nacional, mas o consumidor precisará pagar R$ 2.299,00 para ter um.

Com tela de 6", o Moto Z3 Play chega ao Brasil com muitas novidades e logo se tornou um dos assuntos mais comentados no Twitter, nesta quarta-feira (06). Se comparado com a versão anterior, é possível notar que a tela ficou maior e o novo modelo está com os cantos arredondados, trazendo o formato 18:9 que hoje é o mais utilizado entre os modelos premium, mas que agora começa a fazer parte da linha intermediária.

O preço de R$ 300,00 a mais que a versão anterior, já dá uma ideia ao usuário de que o novo modelo está recheado de boas novidades e muitas inovações tecnológicas, mas é bom ficar atento na hora da compra porque são duas versões e elas se diferem principalmente pelo espaço de armazenamento interno e também em relação à memória RAM.

A Motorola continua acreditando no Moto Snaps, que são os acessórios que podem ser conectados ao celular e possibilitam várias tarefas, como assistir TV, imprimir fotos, entre outras. Vale lembrar que a empresa tinha o compromisso de oferecer suporte aos Moto Snaps por 3 gerações, ou seja, na próxima não terá mais esta obrigação, mas nada foi informado sobre alguma mudança neste sentido futuramente.

Ao se deparar com o Moto Z3 Play o consumidor logo notará grandes mudanças na frente do aparelho, que tem painel Amoled e com isso o leitor de impressões digitais acabou indo para a lateral direita do smartphone. A empresa informou que este posicionamento é vantajoso e garante um desbloqueio mais rápido, sendo melhor aí do que na traseira, pois acaba atrapalhando quando o aparelho é deixado sobre alguma superfície.

A Motorola quis deixar o Moto Z3 Play com um visual mais moderno, como se o modelo fosse um top de linha, inclusive tem um retângulo pequeno que permite controlar as mais diversas funções para voltar à tela inicial ou anterior e também mostrar os aplicativos usados recentemente.

Outra aposta deste modelo está na câmera dupla, que conquistou o mercado e é capaz de tirar fotos em modo retrato. A lente principal é de 12MP e alente auxiliar tem 5MP, auxiliando no efeito de desfoque de fundo na imagem. O zoom ótico não está presente, uma opção que está no Galaxy A6 Plus.

O aplicativo nativo de câmera passou por uma série de melhorias, tendo agora uma presença maior da inteligência artificial. Para a tradução de placas e reconhecimento dos objetos, é utilizado o Google Lens.

O processador é um poderoso Snapdragon 636 e o consumidor poderá escolher entre a versão com 4GB de memória RAM e 64GB para armazenamento interno ou 6GB de memória RAM e 128GB de espaço interno. Com todo esse poder, o novo Moto Z3 Play roda tranquilamente os aplicativos mais comuns do mercado e até mesmo aqueles mais pesados. A segunda versão, com mais memória e também mais espaço, custará um pouco mais, porém, o valor será informado apenas em duas semanas.

A bateria é de 3.000 mAh, a mesma capacidade do Z2 Play, porém, a Motorola garantiu que ela aguenta um dia inteiro de uso e que no caso de usar os acessórios, eles garantem maior sobrevida ao aparelho. A resolução da tela é FullHD+ com 2160 x 1080 pixels, sistema Android 8.1, cartão de memória microSD de até 2TB e pesa apenas 155 g.

Por Russel

Moto Z3 Play


O novo Moto E5 é moderno e conta com uma bateria com ótima duração.

O Moto E5 é um celular que está sendo muito falado, pois ele possui uma boa configuração. Ele teve algumas mudanças, se compararmos a versão antiga que é o Moto E4. De modo geral, esse celular é considerado bem moderno e tem o design que vai agradar a maioria dos usuários. E, por isso, ele já pode ser considerado um grande concorrente. Veja as principais informações sobre esse aparelho.

Moto E5 tem bateria de alta duração

Um dos pontos positivos desse aparelho é que sua bateria tenha alta duração. A bateria possui 4000 mAh que é uma duração em torno de 32 horas de bateria. É claro que isso vai depender da quantidade de aplicativos e programas instalados no aparelho. Outro ponto positivo é que esse celular tem carregador de 10 watts que permite que uma carga de 5 horas seja possível com apenas 15 minutos de carga. Por isso ele é ideal para quem trabalha com celular.

Câmera traseira de 13 MP

A câmera traseira desse celular possui ótima resolução que tem 13 MP. Então é possível fazer muitas fotos incríveis em diferentes ambientes e iluminações. Ela possui a função moderna de foco automático com uso de tecnologia PDAF. Essa tecnologia tem o papel de escolher o principal objeto da foto em poucos segundos e isso é incrível.

Câmera frontal de 5 MP

A câmera frontal também tem uma ótima qualidade. Ela possui 5 MP que possibilitam muitas selfs de alta qualidade. O detalhe especial da câmera frontal é que ela tem flash de LED que melhora muito o resultado da iluminação final.

Celular com duas opções de cores lindas

Quem tiver interesse em comprar esse celular terá duas cores a serem escolhidas que são o prata e ouro na versão Platinum. Essas duas cores dão um ar mais sofisticado ao celular e agradam tanto as mulheres quanto aos homens.

Moto E5 tem tela de 5,7 polegadas

Quem gosta de celular com uma tela um pouco maior pode optar por comprar esse celular, pois ele possui 57 polegadas que é ideal para quem gosta de assistir muitos vídeos, filmes séries no celular e com uma ótima qualidade. Além disso, com uma tela desse tamanho fica mais fácil mexer nas redes sociais e aplicativos. Sua resolução é alta e tem 1440×720.

Lançamento do Moto E5

Esse aparelho tem sua venda nas lojas a partir do dia 10/05/18 (sexta-feira), o que anima muitos consumidores que já estavam aguardando ansiosamente pelo lançamento desse celular. O ideal é optar por comprar esse celular em sites conhecidos, assim é possível evitar algum tipo de fraude.

Valor inicial de venda do Moto E5

O valor de lançamento desse aparelho é de R$899,00. Para quem quer pagar um preço mais baixo, o ideal é esperar um pouco para que esse valor caia um pouco. Porém, vale lembrar que esse valor está dentro do esperado, principalmente pela qualidade desse aparelho.

Sistema operacional moderno

Para completar a qualidade desse celular ele vem com o Android 8 que bem moderno e agrada a muitas pessoas com suas diversas funções. Veja algumas funções desse Android:

– Ele liga o WI-FI automaticamente e já livra o usuário de gastar seus dados sem querer, o que acontece com muitos usuários diariamente

– Função de notificação de aplicativos que fica agendada caso o usuário não possa ver no momento em que ela é recebida

– Faz buscas por redes salvas, assim como conexões também

Entre outras coisas.

Essas são as principais informações desse celular que vem ganhando fama mesmo antes de ser lançado. E com toda essa modernidade, ele vai conseguir ter seu lugar garantido no gosto de muitos usuários.

Por Cristiane Amaral

Moto E5


O Moto G5S tem um ótimo custo-benefício, possuindo boa configuração e preço atraente.

Se você está em busca de um smartphone com muitas funções acima da média e com preço baixo, a grande opção é o Motorola Moto G5S. Esse smartphone tem ótima reputação e muitos detalhes que convencem qualquer pessoa que quer um celular bom, bonito e barato. Ele possui design que agrada aos consumidores e tem as funções mais usadas com ótimo desempenho, além de ter um valor abaixo que a sua concorrência. Então vamos falar sobre o Moto G5S, enfatizando suas maiores qualidades.

Celular com câmera traseira de 16 megapixels

A maioria dos usuários de celulares está em busca de um smartphone que tenha uma câmera potente e com boa resolução, e se esse aparelho custar um preço abaixo da média é melhor ainda. Esse é o caso do Motorola Moto G5S, ele tem câmera traseira com incríveis 16 megapixels e que consegue fazer muitas fotos de qualidade. Essas imagens são bem limpas e nítidas, com seus detalhes realçados. Sua resolução é de 4608x3456p o que impressiona a muitos consumidores que se rendem a comprar esse aparelho.

Memória interna de 32 GB

A memória interna desse aparelho é de 32 GB, o que também se torna um ponto positivo. Pois um celular que tem espaço interno para guardar informações como: vídeos, músicas, fotos, imagens diversas, baixar aplicativos e jogos, é um celular quase completo. Ter espaço interno no celular é essencial para quase todos os consumidores de smartphones, e isso o Moto G5S pode oferecer. O usuário pode expandir esse espaço se desejar.

Câmera frontal de 5 MP

A câmera da frente também é essencial para qualquer usuário, principalmente se ele gostar de tirar selfies. Mesmo com menos MP, essa câmera consegue fazer ótimas fotos. As imagens são bem nítidas e limpas. E promete agradar a quem vai usar muito essa função.

Tela de 5.2 polegadas

A tela desse smartphone tem 5.2 polegadas, que é um pouco acima da média dos smartphones de modo geral, esse tamanho costuma agradar a maioria dos consumidores de smartphones. Pois eles conseguem realizar algumas funções como ter uma ótima interação em redes sociais, ver filmes, séries e muito mais. A resolução dessa tela também é muito boa e tem 1920×1080 pixels.

Gravação de vídeo em Full HD

Outra função de ótima qualidade do Motorola Moto G5S é que ele grava vídeos de ótima qualidade, pois possui alta definição em Full HD e sua tela tem 1920×1080. Dessa forma os usuários conseguem gravar vídeos de ótima qualidade, mesmo sendo gravações caseiras, e o resultado final dessa gravação vai impressionar a muitas pessoas.

Função de GPS e Dual Chip

Esse smartphone possui duas funções que são bem usadas hoje em dia, e por isso muitas pessoas que desejam mudar de smartphone, estão em busca de aparelhos que possua a função Dual Chip e GPS. E o Motorola Moto G5S tem essas duas funções e elas funcionam perfeitamente, ajudando os usuários que precisam usar dois chips ao mesmo tempo no aparelho e que precisam de uma ajuda na hora que estiver dirigindo.

Design moderno e agradável

Esse aparelho tem um design até moderno, mas se olhado com mais calma, vamos perceber que ele não tem tantos detalhes e informações, que é do tipo que agrada a maioria dos usuários. Ele também é muito leve e pesa apenas 156.5 gramas e sua espessura é bem fina, com 8.2 mm.

Valor do Motorola Moto G5S

Vamos falar do valor desse smartphone que é o que a maioria dos leitores desse artigo está querendo saber. Ele tem um valor baixo se comparado a suas funções e, por isso, se torna um ótimo custo-benefício. Seu valor médio de mercado é de R$750,00.

Agora é só de render a tantas funções modernas e comprar o seu Motorola Moto G5S!

Por Cristiane Amaral

Moto G5S


Smartphone Moto G5S Plus tem tela de 5.5 polegadas e Dual Sim.

A Motorola já é uma marca bem-conceituada no ramo de telefonia, e muitas pessoas já conhecem. E o Moto G5S Plus é um celular que consegue agradar a muitas pessoas pela sua conectividade, que é considerada bem avançada. Por isso esse telefone possui uma ótima reputação nas pesquisas de mercado e se mantém em bom posicionamento na lista de celulares mais comprados dos últimos tempos. Vamos conhecer as principais configurações desse celular.

Motorola Moto G5S Plus tem tela de 5.5 polegadas e ótima resolução

Vamos falar primeiramente sobre o tamanho da tela desse aparelho que tem 5.5 polegadas. Para algumas pessoas uma tela desse tamanho é suficiente para conseguir realizar várias funções do dia a dia de qualquer pessoa como:

– Ver diversos filmes

– Assistir muitas séries

– Ver filmes

– Acessar as redes sociais de forma mais prática

– Conseguir visualizar fotos e vídeos com maior precisão e muito mais.

A resolução da tela é maravilhosa e tem 1920 x 1080 pixels e a imagem é bem nítida e perfeita.

Aparelho com função LTE 4G

Esse aparelho possui a função LTE 4G que é responsável por que a transferência de dados e o acesso da internet sejam bem avançados. Isso facilita muito a conectividade das principais áreas. Muitas pessoas acessam a internet e transferem dados em seu dia a dia, e a função LTE 4G vai servir para melhorar esses acessos.

Smartphone com memória para dar e vender

Quando vemos um celular que oferece 32 GB de memória interna, ele se torna uma ótima opção de escolha. Pois muitas pessoas precisam de espaço interno no aparelho para guardar coisas importantes como:

– Fotos importantes de famílias e amigos

– Diversos tipos de músicas em diferentes formatos

– Vídeos diversos gravados e salvos

– Baixar vários aplicativos

– Baixar jogos de alta resolução

Se você procura em aparelho capaz de tudo isso, então você já achou, ele é o Motorola Moto G5 Plus.

Celular com Android 7.1.1

Esse celular possui um sistema operacional muito moderno, que é o Android 7.1.1 que tem muitas funções modernas e que agradam a maioria das pessoas. Veja abaixo quais são essas funções:

– Botão de ação rápida para conseguir acessar funções como configuração e barra de tarefas

– Ter a barra de ações rápidas que ajuda a adiantar e usar os seus apps preferidos e muito mais.

Valor do Motorola Moto G5S Plus

O valor desse celular está na média esperada por todos. O valor mínimo de mercado é de R$ 1.050,00 e o valor máximo é de R$ 2.500,00. Com uma boa pesquisa fica mais fácil achar um preço mais baixo entre os dois termos.

Gravação de vídeo em 4K

Outra função muito moderna desse celular é que ele consegue fazer gravações de alta resolução e em 4K. Então ele ideal é para quem gosta de gravar vídeos com amigos, família e em qualquer outra situação. A resolução da gravação é de 3840 x 2160 pixels. Essa resolução é considerada bem acima da média e por isso vamos ressaltar aqui essa função.

Aparelho leve e fino

Para quem gosta de ter um celular que tenha um acabamento sofisticado, esse celular vai agradar muito. Ele é bem leve e isso facilita que ele seja transportado para qualquer lugar facilmente. Ele pesa apenas 170 gramas e tem apenas 8 mm. Com esse peso e espessura fica mais fácil manusear esse aparelho no dia a dia.

Conclusões finais desse celular

O Motorola Moto G5S Plus é um ótimo aparelho celular. Com muitas funções modernas e que deixa muito celular mais caro para trás. Com certeza vale muito escolher esse aparelho na hora de comprar o seu celular.

Por Cristiane Amaral

Moto G5S Plus


O Motorola Moto X Play apresenta características técnicas muito boas. Confira.

Há alguns anos o Brasil viveu um período complicado economicamente. Com isso, os brasileiros perderam o seu poder de compra devido a isso e muitas empresas tiveram seus negócios prejudicados, deixando de realizar um número de vendas maior. Mas, após esse tempo, o país está voltando a ter força econômica e a indústria viu novamente os clientes voltarem a realizar compras e a gastar cada vez mais. As companhias estão otimistas com este novo tempo e estão realizando cada vez mais lançamentos para agradar ao público. E um setor que voltou com força total foi o de telefonia. E uma das empresas que possui produtos ótimos em seu portfólio é a Motorola. Saiba agora um pouco mais sobre um dos smartphones da marca, o Motorola Moto X Play.

Instituída no mês de setembro de 1928 nos Estados Unidos, a Motorola é uma das principais empresas de telefonia do mundo. Com milhares de empregados divididos em diferentes partes do mundo, a empresa hoje tem lojas espalhadas em todos os continentes e as suas vendas se mantêm com bons números ao longo do ano. A Motorola vem investindo muito dinheiro para criar smartphones que possam agradar ao público em todos os sentidos.

No Brasil, a empresa, como tantas outras companhias, também não deixou de ser afetada com a crise econômica que foi citada acima. Entretanto, esse período de turbulência chegou ao fim e as vendas no país voltaram a crescer. A grande verdade é que o Brasil hoje é um mercado de muita importância para as empresas, pois o país possui um grande número de consumidores e essas pessoas também contam com um poder aquisitivo cada vez maior. Além disso, os brasileiros também gostam e entendem de tecnologia, por isso, eles procuram por produtos de qualidade.

O Motorola Moto X Play faz parte da linha Moto da Motorola. Essa família de smartphones é uma das mais completas já lançadas. Ela conta com modelos como o Moto Z, Moto X, Moto G, Moto C, Moto E, Moto Snaps e tantos outros. Cada um desses smartphones possui características semelhantes e também algumas diferenças, o que é refletido em seu preço final. Mas, todos contam com a qualidade Motorola.

Falando de modo específico do Motorola Moto X Play ele apresenta características técnicas muito boas. Primeiramente, é importante falar sobre o seu design. Esse modelo está disponível em cores como: preta, cinza e rosa. Este modelo possui as extremidades mais circulares. Além disso, os botões ficam na parte lateral, esse item foi excluído da parte da frente do material, só há a saída de som na parte frontal. Já a tela do Motorola Moto X Play possui 5,5 polegadas, um excelente tamanho e também como este celular é bem fino existe a impressão que a tela é infinita.

Este modelo tem uma memória de 32 GB e esse número ainda pode ser maior com a ajuda de um cartão de memória. Já de memória RAM deste smartphone tem 2 GB. Com essas informações, saiba que você não vai ter problemas com espaço e nem com o celular travando.

O sistema operacional do Motorola Moto X Play é o Android. Plataforma que a grande maioria das pessoas conhece e domina. Um recurso que chama atenção neste celular é o seu sistema fotográfico, este modelo também conta com duas câmeras, uma frontal e uma traseira. A frontal possui 5 megapixels a traseira apresenta 21 megapixels, com esses números as suas fotos vão ter uma grande resolução, como as fotografias feitas a partir de câmeras fotográficas profissionais.

Este smartphone conta com a proteção Gorilla Glass 3, um tipo de película que reveste todo o corpo do celular e o que protege em caso de queda ou em contato com a água, poeira e outras substâncias. O Motorola Moto X Play pode ser encontrado a partir de R$ 1.130,00.

Por Isabela Castro

Moto X Play


Modelo traz mais recursos e muitas novidades. Confira.

A Motorola lançou no mercado a segunda geração do Moto X com mais recursos e muitas novidades. Foi desenvolvido um smartphone com design original, criativo, além de uma estrutura de hardware mais potente se comparado a outras gerações. Que tal ficar por dentro?

No Brasil, o aparelho pode ser encontrado por preço acessível, que é em torno de R$ 1.499,00, e apenas na versão de 32 GB, que não tem a expansão por meio dos cartões micro SD.

Um dos maiores acertos da marca foi o design e a ergonomia do aparelho devido à presença da traseira curvada. Além disso, a nova geração também ganhou arestas mais arredondadas, que acompanham o desenho da tela.

Outro detalhe da segunda geração do Moto X é a presença dos dois alto-falantes, que estão localizados na parte frontal do celular. Na parte superior, a saída de som é para as ligações telefônicas e na inferior para as músicas. O telefone também segue com um padrão: botões de power e de controle de volumes localizados no lado direito.

Outra mudança em relação à primeira geração do Moto X, é que a câmera traseira ganhou um design novo e o flash fica localizado em um anel acrílico, que permite uma melhor difusão da luz.

A capa da segunda geração do Moto X não é retirável, sendo fabricada em resina e ainda conta com textura emborrachada. Mas, o aparelho ainda tem duas versões: bambu e chumbo.

A tela da segunda geração mede 5,2 polegadas e pesa 144g, sendo ideal para você conferir as novidades da internet, acessar os seus e-mails, jogar ou se divertir nos seus aplicativos favoritos.

Em relação ao armazenamento, o celular tem capacidade de 32 GB, e também tem sensores de movimento, proximidade, temperatura, bússola, entre outros.

O Display do novo smartphone é de 5,2 polegadas, sendo a resolução FULLHD 1920X1080p e, além disso, a tecnologia que integra a tela é a AMOLED, que conta com Gorilla Gass 3, que ajuda a proteger o celular de risco e, assim, aumenta a resistência.

Além disso, o sistema de notificações permanece o mesmo da primeira geração: ilumina apenas a área desejada pelo usuário, o que economiza – e muita – bateria.

A câmera da segunda geração ganhou novidades como, por exemplo, o sensor que está maior sendo de 13 MP. O usuário pode fazer fotos em HDR, panorâmicas, usar foco seletivo, entre outros recursos.

A câmera frontal permanece a mesma da antiga geração, sendo de 2MP. O recurso de “chacoalhar” também continua, ou seja, é só balançar o aparelho para ativar a câmera, quando ele estiver desligado. Muita praticidade!

Outro detalhe é que o novo Moto X também consegue ter capacidade para filmar em tecnologia 4K, apesar de ser um recurso mais ilimitado. As imagens do aparelho são ótimas e nítidas, e o sensor consegue captar vários detalhes de cores e luzes, o que deixa o vídeo ainda mais nítido.

Os aplicativos nativos que acompanham a segunda geração do Moto X são os padrões do Android como o Google Play, Motorola Alert, Moto, que tem como finalidade fazer os comandos de voz como, por exemplo, bom dia, novidade, lembrar-me, boa noite, cadê meu celular, agenda, enviar mensagem pelo aplicativo do Whats’app, previsão do tempo, entre outros recursos, que visam à facilitação do dia a dia do usuário.

Outro diferencial e que ganhou muitas melhorias foi o recurso Ok! Google Now, em que na primeira geração não tinha muitos comandos em português, o que muda para a segunda geração.

A nova geração do Moto X está muito mais completa e original. Destaca-se pela tecnologia, design, hardware potente e com um ótimo preço, sendo ideal para quem precisa de um celular prático e versátil para o dia a dia.

Qual a sua opinião? Envie para a gente!

Por Babi

Moto X 2 Geração


Novo modelo com tela inquebrável é vendido no Brasil.

A Motorola surpreendeu o mundo quando lançou um aparelho com tela “inquebrável” há pouco mais de duas gerações. Trata-se do Moto X Force, agora chamado de Moto Z Force. A primeira geração do Z Force não desembarcou no Brasil, sendo possível apenas ser adquirida por meio de importação. Atendendo a pedidos, o Moto Z2 Force desembarcou no Brasil e as especificações técnicas prometem um aparelho com desempenho respeitável, trazendo um Android Puro, marca da Motorola.

Começamos pelo processador, um Snapdragon 835 rodando com oito núcleos, sendo quatro deles a 2.35 GHZ e outros quatro núcleos rodando a 1.9 GHZ. Isso traz um desempenho respeitável, sem perder a autonomia da bateria, algo importante nos dias de hoje. A ideia por trás é simples: quando o usuário está aplicando tarefas básicas, ele ativa os quatro núcleos de processamento mais simples. Quando se usa de forma mais intensa, os quatro núcleos de alto desempenho são ativados, deixando os focados em economia descansando para serem ativados quando necessário.

Para garantir o desempenho em toda a sua essência, a Motorola equipou o Z2 Force com 6 GB de memória RAM, garantindo a abertura de aplicativos em segundo plano, por exemplo. Diferente do iOS, o Android precisa de mais memória para manter os aplicativos abertos sem precisar recarregá-los, ou seja, quanto mais memória RAM, melhor o desempenho. O armazenamento para este aparelho é de 128 GB, com possibilidade de expansão através de cartão de memória para até 2 TB, isto mesmo, 2.000 GB. Obviamente, que, o mercado ainda não disponibiliza ao grande público este armazenamento em memória expansível, mas, quanto mais espaço estiver disponível, mais dados o usuário pode armazenar.

Na parte de câmeras, a Motorola equipou este aparelho com uma lente de 12 MP, com possibilidade de filmar em resolução 4K a 30 FPS, com abertura F 2.0, autofoco, estabilização digital, foco por toque, flash dual LED e HDR. A câmera frontal, ideal para selfies, conta com 5MP, flash LED, e tem detecção facial. Ainda não foi neste modelo que a câmera dupla na parte traseira apareceu, tornando este um modelo que acaba perdendo para seus concorrentes, apesar de que vale mais um sensor de qualidade do que quantidade ou números.

Apesar de não contar com Rádio FM nem TV digital ou saída para TV, ele conta com todas as conectividades modernas, incluindo o 4G, incluindo ainda sensores como acelerômetro, proximidade, giroscópio, bússola, barômetro e o bom e velho sensor de impressões digitais, sendo este um dos mais rápidos, desbloqueando com bastante rapidez e de forma quase imperceptível o sistema quando a tela está bloqueada.

Porém, sua característica são os suportes aos módulos da Motorola e a tela inquebrável. Todos os módulos da primeira geração da linha Z são compatíveis com essa geração. Ou seja, mesmo que você tenha comprado um Moto Z da geração anterior, ao comprar o Z2 force, eles funcionarão da mesma forma. A segunda característica é a tela inquebrável. A Motorola implantou uma tecnologia, que foi desenvolvida há anos, que deve agradar aos mais descuidados. Porém, vale lembrar, que ela não evita riscos, ou seja, por mais que ela não vai quebrar, é importante tomar cuidado, pois, mesmo com proteção contra riscos, eventuais riscos mais profundos podem aparecer. Por falar em tela, temos neste aparelho, 5,5 polegadas com tecnologia AMOLED e uma resolução de 2K. Mesmo não sendo um display infinito, ele tem uma boa resolução e uma tecnologia de tela com cores mais vivas, se comparado aos displays LCD de tecnologia IPS.

O Android é o 7.1.1 com atualização para a versão 8.0 chegando em pouco tempo e de forma pura.

Seu preço em sites pode girar em torno de 2.249 reais, sendo encontrado em promoções por preços chegando em 2.199 reais.

Por Leandrinho de Souza

Moto Z2 Force


O Moto G5 Plus é o top de linha da Motorola.

A Motorola tem conquistado muitos fãs com sua linha G. Um dos aparelhos que tem chamado atenção dos usuários é o Moto G5 Plus. Como o nome já indica, o modelo Plus é um top de linha. Como de costume em smartphones Motorola, o tamanho do aparelho é grande.

Design

Com o smartphone em mãos, é fácil percebermos que ele é muito mais bonito e elegante do que é apresentado em fotos. A versão cinza, conta com a parte frontal preta, enquanto a parte prata conta com frontal da mesma cor. Na versão com a frontal preta, os sensores de luz e proximidade são disfarçados, por conta do smartphone ser mais discreto.

As dimensões do aparelho são: 150,2 mm de altura e 7,7 mm de espessura. Pesando 155 gramas, o Moto G5 Plus tem 74 mm de largura e conta com o mesmo peso que o aclamado Galaxy S8.

Na parte de trás, existe uma pequena área que contém acabamento metálico, enquanto a maior parte traseira do smartphone tem um material plástico que imita o metal. Contudo, o acabamento é um tanto quanto elegante. As partes laterais usam plástico. As bordas traseiras são curvas, de forma leve e essas partes de plástico acabam tirando um pouco a elegância do aparelho.

As entradas ficam do lado inferior: duas micro USB, tanto para carregamento quanto para troca de dados, microfone e porta P2 para uso de fones de ouvido. Do lado esquerdo do aparelho não há nenhum botão, enquanto do lado direito existe o botão de liga/desliga (que acende a tela do aparelho) e também os botões de volume.

Na lateral há também a gaveta de chips, em cima (toda de plástico). O Moto G5 Plus é Dual Chip, ou seja, você pode usar chips de duas operadoras simultaneamente, além de ter espaço para um cartão microSD.

Na parte de trás tem o microfone que reduz ruídos, presente quase sobre a câmera, causando uma pequena protuberância em formato de círculo (que tem caracterizado a marca nos smartphones da Motorola). Abaixo desse círculo, está o logo da Motorola, apresentado numa textura diferente em relação ao restante da parte de trás do aparelho.

Enfim, na dianteira estão localizados os sensores de luz e proximidade, além de alto-falante. O sensor de digitais também fica nessa parte e conta com o menu de navegação, que pode ser acionado em apenas um toque.

A tela conta com resolução FULL HD e também a famosa proteção Gorilla Glass 3. Por ser de tecnologia LCD, o display conta com tonalidades maiores de cor, enquanto a cor preta soa menos profunda no que na tecnologia SUPER AMOLED, por exemplo.

Câmeras

A câmera traseira do Moto G5 Plus é o carro-chefe do smartphone. O sensor traseiro é de 12 MP, enquanto a câmera frontal conta com 5 MP. A abertura da dianteira é f/1.7, enquanto a traseira é f/5.22.

Na gravação de vídeos, a câmera também não deixa a desejar, já que o aparelho filma em qualidade FULL HD (e 4K), gravamos 30 quadros por segundo.

O disparo frontal não conta com flash, mas as fotos contam com uma luminosidade específica da tela. O foco funciona bem rápido, a nitidez é excelente, enquanto as cores são boas.

Desempenho

A otimização do aparelho conta com um Snapdragon 625 (um chipset um tanto quanto econômico), enquanto a bateria apresentou pode carregar de o a 100% em 1 hora e 41 minutos. Numa simulação de uso real, o aparelho ficou 14 horas e 9 minutos ligado, sendo que a tela ficou 9 horas ligadas durante esse processo.

O Android é o 7.0 Nougat, sendo que o aparelho tem 32Gb de armazenamento interno. É possível encontrar o Moto G5 Plus, com tela de 5.2 polegadas, variando entre R$994 e R$1.799.

Por David Ferreira


Confira a Ficha Técnica do Moto Z Play e outros detalhes.

A Motorola popularizou sua marca através da comercialização dos celulares da linha Play, que apresentam um custo benefício interessante, além de conferirem uma longa duração de bateria.

Seguindo a linha de sucessos, a Lenovo (que responde também pelos aparelhos conhecidos como Motorola) deu um upgrade na linha Play, trazendo o Moto Z, que compete com o Galaxy A7 e o Zenfone 3. Por ter um design mais sofisticado e moderno, além de melhor qualidade na câmera, o Moto Z Play entra na classe dos celulares premium de porte intermediário.

Contudo, as melhorias refletiram no preço, que aumentou consideravelmente em relação aos aparelhos anteriores.

Design

O Moto Z Play seguiu o modelo Moto Z, possuindo acabamento metálico em suas bordas e usando o material vidro na parte de trás. Esse conjunto fez com que a versão Play seja mais bonita que a anterior, já que não possui aquela curvatura na parte traseira. Por conta das bordas metalizadas, o aparelho se encaixa bem nas mãos, possuindo uma forma bem ergonômica, digamos assim. A espessura também mudou, mas a câmera ainda fica um pouco aparente atrás, sendo que não é protegida com um vidro altamente resistente, o que confere alguns riscos.

A tela do Moto Z Play conta com 5,5 polegadas, portanto é um celular grande, difícil de manusear com apenas uma das mãos. As bordas dos lados não são muito largas, mas as inferiores são, devido ao leitor de digitais. O sensor tem um detalhe um pouco diferente: não funciona como “home”, como é comum na maioria dos aparelhos.

Com suas 5,5 polegadas, a tela conta com resolução FullHD e tecnologia SUPER AMOLED. As configurações da tela permitem o uso do celular até em ambientes extremamente luminosos, como dias ensolarados.

Desempenho

Com display de 1080p, processador Snapdragon 625, 3GB de RAM e 64GB de memória interna, o hardware não deixa a desejar em tarefas cotidianas, apresentando no desempenho. O sistema Android funciona de forma fluida, oferecendo uma boa performance.

Destaque para duração da bateria

O ponto mais alto do Moto Z Play é a duração da bateria. Com alguns milímetros a mais que a versão do Moto Z, a bateria traz componentes mais discretos que conferem alta durabilidade. Estima-se que com uso de dados moderado, a bateria possa durar quase 2 dias, marca impressionante dado os aparelhos atuais.

Melhorias na câmera

O Moto Z Play da Lenovo trouxe melhorias na câmera. A câmera traseira é de 16MP, enquanto a frontal conta com 5MP, possuindo lente de abertura f/2.0. O resultado das fotos do Moto Z Play apresenta cores interessantes e boa definição. A captura funciona de forma bem ágil, mesmo quando o modo HDR está ativo no automático. A câmera usa um sensor a laser, juntamente com foco que se dá através de fases. Isso agiliza a câmera, tornando-a eficaz e eficiente no sentido de focar no lugar certo. Contudo, a estabilização ótica deixa um pouco a desejar.

Snaps

O Moto Z Play traz snaps compatíveis com o Moto Z, com encaixes bem funcionais.

Preços

O Lenovo Moto Z Play chegou ao mercado com preços acima de R$2.000. Isso se deu graças ao upgrade no design, que subiu um pouco o preço. Com a chegada dos concorrentes como, por exemplo, o Zenfone 3, o preço do Moto Z Play abaixou um pouco, para a base de R$1.799 (é possível encontrá-lo por R$1.499 e R$1.333 em prateleiras virtuais). Contudo, o quesito custo-benefício fica menos interessante que as versões anteriores, empurrando o Moto Z Play para a classe dos premium intermediários.

Por Carolina B.

Moto Z Play


Modelo foi lançado recentemente e possui muitos atributos.

Você está pensando em trocar de smartphone, mas está em dúvidas sobre qual modelo escolher? Neste artigo vamos lhe apresentar o Moto Z2 Play, um smartphone todo completo, que com toda certeza irá lhe agradar.

O Z2 Play é um aparelho smartphone que pertence à marca Lenovo, que por sua vez é da Motorola, e que é a grande novidade da marca. Já que foi lançado a pouco mais de um mês.

Com sistema operacional Android 7.0 Nougat, o aparelho possui muitos atributos. Nesse sentido, vamos começar pelo seu design que chama a atenção pela sua espessura de 6 milímetros, que o coloca entre os amis finos smartphones do mercado. O aparelho também chama atenção pela sua ampla tela de cores vivas de 5.5 polegadas e com 1920 por 1080 pixels de resolução HD, que conta com a proteção Gorilla Glass 3.

Em termos de desempenho é possível perceber bastante inovação no aparelho. A começar pela conexão de tipo LTE 4G, que permite que o aparelho faça transferência de dados, navegue na internet e execute jogos, vídeos e aplicativos pesados com uma excelente velocidade, sem travar e nem ficar lento.

Para complementar seu bom desempenho a memória interna conta com 64 GB, que permite a expansão por meio de cartão micro SD de até 2TB.

O Moto Z2 Play é vendido pelo valor de R$ 1.999, disponível nas cores prata, ouro e azul topázio.

Falando das câmeras, que são a preferencia da maioria dos usuários, o modelo possui uma câmera traseira de 12 megapixels (era esperado que no modelo de 2017 esse número subisse), que permite fotos com qualidade satisfatória, contando com 4032 por 3024 pixels de resolução. Já os vídeos são gravados com resolução de 4 , com altíssima qualidade de reprodução de 3840 por 2160 pixels.

Para tudo isso o aparelho é alimentado por uma bateria de 3.000 mHa, que dá mais liberdade ao usuário , que não precisa realizar recargas com tanta frequência.

É verdade que se esperava mais do lançamento deste ano de 2017, contudo o Moto Z2 Play está entre os smartphones mais avançados do mercado, entre os considerados “tops”, não decepcionando em nenhum quesito, o que faz dele uma boa opção de compra.

Por Sirlene Montes

Moto Z2 Play


O Moto E Plus possui uma super bateria que pode durar até 5 dias sem precisar recarregar, entre outras características ótimas.

Hoje em dia os aparelhos smartphones se tornaram imprescindíveis à vida de seus usuários. Afinal, são aparelhos cada vez com mais recursos que se tronaram importantes ferramentas de trabalho e entretenimento. No comércio encontramos uma série de aparelhos smartphones de várias marcas e por vários preços. Geralmente os mais caros são os aparelhos chamados “top de linha”, que fazem jus ao seu valor, pois possuem muita qualidade.

Contudo também é possível encontrar aparelhos com preços mais em conta que sejam compatíveis com os que se classificam como “tops”, pelo menos é o que dizem.

Desse modo, neste artigo vamos falar de um lançamento da Motorola que custa em torno de R$900,00, um preço que tem chamado muito a atenção dos consumidores. Então vamos lá, conheça o Moto E Plus.

Para começar vamos falar da sua maior qualidade, a duração da vida útil de sua bateria. A Motorola anunciou que o aparelho tem umasuper bateria que dura até 5 dias sem recarregar. Na realidade para quem usa poucos recursos no aparelho a bateria até possui essa duração sim, mas até para quem usa bastante, como vídeos, aplicativos e internet, a bateria dura cerca de dois dias, o que é uma qualidade excelente. Isso se deve a uma bateria de 5.000 mHA.

Falando do seu design, o aparelho é realmente muito bonito, com uma tela de 5,5 polegadas que apresenta 1280×720 pixel de resolução. Talvez o único quesito que não agrade muito é o fato de o aparelho ser grande e um pouco pesado, podendo cair facilmente.

No que se refere à conectividade e transferência de dados o E Plus não deixa nada a desejar. Além disso, seu sistema operacional é Android 7.1 Nougat.

A memória é de 16 GB, mas que pode ser expandida por meio de cartão SB em até 128 GB.

Sem dúvidas é um parelho completo, que corresponde às expectativas de todos os seus consumidores. Principalmente pelas suas câmeras, que na traseira possui 13 MP e na frontal possui 5 MP.

A câmera traseira permite fazer fotos e vídeos com muita definição e foco, apresentando 4160×3120 pixels de resolução, o que é excelente para quem não perde nada do dia.

E para finalizar vamos falar do preço que está entre suas maiores qualidades, custando a partir de R$900,00, sem perder nada para os aparelhos tops de linha.

Por Sirlene Montes

Moto E Plus


Smartphone será comercializado neste ano e informações sobre as características começam a surgir.

A cada temporada as empresas de celulares lançam novos modelos. Esses lançamentos mais modernos sempre trazem algo de diferente, inovador e que promete que o aparelho vai auxiliar mais ainda o proprietário no seu dia a dia. E um dos smartphones que promete agitar o mercado de telefonia móvel é o MOTO Z2 PLAY da Motorola, que está previsto para ser comercializado neste ano.

Fundada em setembro de 1928 nos Estados Unidos, a Motorola foi uma das empresas responsáveis por transformar a tecnologia móvel no mundo. Com centenas de modelos que já estiveram presente no mercado, a organização investe milhões de dólares todos os anos para criar novos aparelhos e garantir a satisfação de seus clientes. E um dos seus últimos lançamentos foi à linha MOTO Z, no ano passado, está linha possui os modelos com menos espessura do mercado, com um design próprio e moderno, com resolução HD, máquina fotográfica com diferentes funções para fazer e editar fotos e vídeos e bateria com grande duração.

Neste ano, a linha MOTO Z ganha mais um modelo o MOTO Z2 PLAY, o aparelho mais moderno da linha de fabricação. E nesta semana, a assessoria de comunicação da instituição norte-americana divulgou que este modelo vai contar com algumas novidades, como: seu sistema de processamento promete ser mais rápido, a sua memória também ganhou mais espaço – passando assim para 4 gigabytes, assim o usuário pode rodar mais programas ao mesmo tempo.

Outra revolução é sobre a máquina de fotos do celular, pois agora ele passa a ter 16 megapixels, ou seja, a qualidade da foto se assemelha mais ainda a uma máquina profissional e a sua tela passa a ter dimensões um pouco maiores também, facilitando assim, a leitura e a visualização dos conteúdos que estão no celular. E por fim, a bateria do aparelho, em questão de tamanho, vai ser menos, mas isso não significa que o MOTO Z2 PLAY vai perder sua carga mais rápido, isso não interfere na perda de energia do aparelho.

Com toda certeza, este modelo é um dos lançamentos mais aguardados pelos aficionados por celulares. Ainda não foi divulgada a data exata de quando ele começar a ser vendido e nem a estimava do preço. Mas, com toda certeza, os proprietários vão adquirir um aparelho de excelente qualidade.

Por Isabela Castro

Moto Z2 Play


Modelo é um excelente smartphone, com ótimo custo benefício.

Se você está buscando um celular multiuso e capaz de suportar várias funções ao mesmo tempo, você vai se surpreender com o Moto G4 Plus. Com uma tela de 5.5 polegadas e uma resolução de 1920×1080 pixels, uma câmera de 4608×3456 pixels para tirar fotos incríveis e 1920×1080 pixels para vídeos inesquecíveis em Full HD. Definitivamente esse aparelho não deixa nada a desejar para qualquer iPhone mais moderno.

Ah, e memória interna? O que dizer de 32 GB?

Bem, o sistema operacional é “Android 6.0.1 Marshmallow”, talvez um dos melhores comparados com outros celulares de sistema Android. Com um pesinho leve de 157 gramas, você pode encontrar o Moto G4 Plus numa faixa de preço entre R$1.124 e R$1.855.

Além disso, o Motorola é quase aquele Nokia, quebra quase nunca. Falo por experiência própria, pois comprei um do Moto G4 no ano passado e nunca tive problemas com a marca (sou cliente há 6 anos).

O Moto G4 é integrante da família dos Moto G3 e Moto G2. É notória a evolução mesmo do Moto G4 em relação aos outros. O Moto G3 não me agradou tanto por conta de travar muito, mas não deixa de ser um celular ruim. O Moto G2, praticamente fora do mercado, é um excelente celular, também acredito que com funções melhor organizadas que o Moto G4, mas nenhum dos dois perde credibilidade.

A Motorola veio para inovar no mercado. Ainda com a Lenovo adquirindo a Motorola, os recentes produtos lançados no mercado não deixaram a desejar sobre o histórico da marca. A Motorola veio para competir com os grandes e até, quem sabe, bater de frente com os lançamentos da Apple, pois traz produtos de qualidade, além da inovação, com valores acessíveis ao consumidor.

Lembrando, existe o Moto G4 e o Moto G4 Plus. O Plus apresenta mais alguma evolução do anterior, como os megapixels da câmera e a inserção do reconhecimento de proprietário do aparelho pela digital.

Outro fator interessante, a bateria aguenta legal para quem usa o celular em um nível “moderado – avançado”. E o grande “pulo do gato” desse aparelho é que ele vem com o carregador “turbo”, que carrega o aparelho do zero em uma hora e meia. Legal, né?

Por Yamí de Araújo Couto

Moto G4 Plus


Aparelho da Apple ganha do modelo da Motorola em desempenho.

Se você está pensando (ou está na dúvida) se compra um iPhone 6S agora ou espera a chegada do Moto Z aqui no Brasil talvez este artigo possa te ajudar. Bom, mas já vamos adiantando que se o que você está procurando é por desempenho, talvez escolher o dispositivo da Apple seja a melhor alternativa no momento. Vamos explicar os motivos.

Recentemente saiu um teste de velocidade bem prático: O foco era a abertura dos aplicativos. Nesse ponto o iPhone 6S já saiu ganhando do novo aparelho da Motorola e isso mesmo contanto com os 2 GB de RAM sendo que o aparelho da concorrente conta com dobro de capacidade.

Partindo do princípio que o usuário irá abrir no dispositivo 10 aplicativos o aparelho da Apple gasta para o processo 1m21s. Já o Moto Z para efetuar o mesmo processo leva 1m41s sendo os mesmos apps.

Mas qual seria a explicação disso? Bom, é só prestarmos um pouco mais de atenção nas configurações dos aparelhos. Mesmo contando com a metade da RAM disponível no dispositivo da Motorola, o iPhone 6S é integrado com o processador Apple A9, ponto que pode ser fundamental se a questão for a rapidez. O Moto Z traz no seu interior o Snadragon 820.

De qualquer maneira os dois aparelhos vão para o mercado com os sistemas operacionais mais novos de cada uma de suas respectivas companhias (iOS 9.3.4 e o Android 6.0.1). Outro aspecto fundamental e que não podemos deixar passar despercebido é a questão da diferença apresentada entre as dimensões dos aparelhos. Basicamente a diferença diz mais respeito a tela: O Moto Z conta com um display que é quase que o dobro do que integra o iPhone 6S.

Como curiosidade nos Estados Unidos o Galaxy S7 tem ganhando em termos de número de vendas em comparação com o iPhone 6S. Porém, este último é que foi escolhido pelas Forças Armadas Americanas. De acordo com os militares a adoção do aparelho se deveu principalmente pela rapidez, suavidade, gráficos melhores bem pelo fato de não congelar tanto quanto os aparelhos que contam com o Android.

Ainda assim, os preços que deverão ser cobrados pelo aparelho da Motorola devem ser um pouco mais agressivos do que se pensava ficando na casa dos US$455. Seria algo em torno dos R$1.500. Considerando ainda a adição dos impostos por aqui ele ainda ficaria mais barato do que os R$3,5 mil que são cobrados pelo iPhone 6S.

Confira o vídeo do teste prático de velocidade entre os dois dispositivos

Por Denisson Soares


Modelos possuem configurações diferentes e custam de R$ 1.299 a R$ 1.499.

Após diversos rumores envolvendo um dos modelos de smartphones de maior sucesso no Brasil, o Moto G, a empresa chinesa Lenovo, que adquiriu a Motorola, lançou três novos modelos de seu aparelho. Como era de se esperar, os rumores e vazamentos não falharam e o aparelho é bem parecido com o que foi divulgado nas últimas semanas na internet.

Os aparelhos da quarta geração da linha receberam os nomes de Moto G4, Moto G4 Plus e Moto G4 Play. Os quatro acompanham especificações próprias, apesar de serem parecidos em muitos aspectos.

O Moto G4 conta com uma tela de 5,5 polegadas Full HD (1920×1080 pixels) com 401 ppi. Seu processador é o Qualcomm Snapdragon 617 de oito núcleos rodando a 1,5 GHz, aliado a 2 GB de memória RAM e uma GPU Adreno 405. Ele também conta com 16 GB de armazenamento interno, entrada para cartão microSD, câmera traseira de 13 megapixels, câmera frontal de 5 megapixels e bateria de 3.000 mAh. O modelo também conta com a tecnologia de carregamento rápido, a Turbo Charging. O sistema operacional de fábrica é o Android 6.0.1 Marshmallow.

Já o Moto G4 Plus conta com a mesma tela, processador, GPU e bateria do Moto G4. Ele conta com uma versão com 3 GB de memória RAM, além de 32 GB de armazenamento interno. Assim como seu irmão, ele conta com Dual Sim, possibilidade de usar dois chips de operadoras diferentes. Além da tecnologia de carregamento rápido, o Moto G4 Plus conta com um recurso bastante utilizado para segurança dos smartphones: o sensor de impressões digitais.

O terceiro modelo apresentado pela empresa, o Moto G4 Play, é mais básico, mas suficiente para a maioria dos usuários brasileiros. Sua tela é de 5 polegadas com resolução HD (1280×720 pixels) e conta com 294 ppi. Seu processador é o Qualcomm Snapdragon 410 com oito núcleos, trabalhando a 1,2 GHz, aliado a 2 GB de memória RAM e uma GPU Adreno 306. Seu armazenamento interno é de 16 GB e também é expansível via cartão microSD. As câmeras do Moto G4 Play são de 8 megapixels e 5 megapixels na parte traseira e frontal, respectivamente. Sua bateria é de 2.800 mAh. O aparelho não conta com a tecnologia de carregamento rápido e nem com o sensor de impressão digital.

Os aparelhos já estão disponíveis na loja de smartphones da Motorola, com exceção do Moto G4 Play. O valor do Moto G4 é de R$ 1.299, enquanto o Moto G4 Plus (2 GB e 32 GB de armazenamento) sai por R$ 1.499.

Por William Nascimento


Nova linha de celulares virá com leitor de impressões digitais e telas com mais de 5 polegadas.

Mesmo depois da empresa chinesa Lenovo ter dado um susto nos consumidores, noticiando, devido uma decisão corporativa, o fim da marca Motorola no mercado de celulares, os consumidores fiéis da marca ainda terão alguns motivos para comemorar. Segundo Chen Xudong, vice-presidente da Lenovo, todos os aparelhos da linha Moto em 2016 irão ter scanner de impressões digitais e também displays maiores do que cinco polegadas.

A última versão do sistema Android, a 6.0, conhecida pelo nome de Marshmallow, está pronta para receber o recurso de leitor de impressão digital, portanto, esse artifício deverá ser permanente nos modelos de celulares que serão lançados este ano. Entretanto, a marca planeja combinar sua própria interface, conhecida como Vibe UI, juntamente com o Android, que anteriormente era instalado praticamente sem alterações nos últimos lançamentos da Motorola.

Tais modificações poderão afetar de forma direta o Moto G, dispositivo líder de vendas no Brasil, sendo o mais comercializado da marca nos últimos anos. Conforme Xudong, o moto G é impedido de receber um carregador de energia sem fio, devido sua traseira ser de metal.

Este pronunciamento gerou especulações internacionais sobre a descontinuidade dos aparelhos Moto E e Moto G no mercado. A Motorola do Brasil informou que os comentários de Xudong para a imprensa da China foi na realidade mal interpretado.

A linha Moto será um segmento premium de smartphones da marca Lenovo, já a Vibe será mais voltada para os usuários de modelos intermediários e de entrada. Modelos como o Moto Maxx  e o Moto X são bons exemplos do que está por vir, são aparelhos com especificações potentes e telas grandes. Tanto o mercado oriental como o ocidente receberão ambas as linhas.

Quinze novos modelos de smartphones são esperados para serem lançados este ano, pela Lenovo. Conforme Rick Osterloh, CEO da Motorola,  a equipe atual irá continuar cuidando da linha Moto, com isso boas idéias podem ser lançadas em breve.

Nádia Neves


Modelo possui ótimas características e seu principal destaque é a sua resistência, que foi conseguida por meio da tecnologia ShatterShield, fazendo com que a tela tenha resistência profunda aos impactos.

Foi apresentado na terça-feira (27) o novo smartphone da Motorola, em parceria com a Verizon: o DROID Turbo 2, nos Estados Unidos (e fora Moto X Force) ,  o smartphone é o sucessor do Moto Maxx. A principal característica desse super smartphone, é a sua tela inquebrável.

O Motorola DROID Turbo 2, tem uma tela P-OLED com 5,4 polegadas com qualidade Quad HD, com tecnologia Moto ShatterShield que permite a resistência contra danos físicos, o processador do smartphone  é o Qualcomm Snapdragon 810 que possui oito núcleos  a 2GHz.  A memória RAM tem capacidade para 3G, e sua memória é expansível com cartão memória para de até 2TB.

A grande atração fica por conta da sua super tela, a tecnologia que foi empregada garante a proteção da tela em caso de queda e impactos. A tela é constituída por cinco camadas: tela exterior, tela interior, tela touch, tela AMOLED flexível e mais uma base de alumínio. Além da  superproteção da tela, a Motorola também garante proteção contra respingos de água.

Uma grande preocupação dos usuários de smartphone é a durabilidade da bateria, nesse quesito o DROID Turbo 2 promete longa duração de até dois dias sem precisar carregar na tomada. É uma grande promessa, além disso, seu carregador é de 25W, isso garante uma recarga mais rápida, ou seja, uma recarga de 15 minutos garante em até 13 horas de autonomia.

O hardware do aparelho da Motorola, tem especificações muito boas e atraente, como dito anteriormente, sua tela é de 5,4 polegadas com resolução Quad HD de 2560×1440 pixels e 540ppi. Tem memória de 32/64G podendo ser expandida em até 2TB via microSD, memória RAM de 3GB, uma super câmera traseira de poderosos 21 megapixels com dual flash LED, a câmera frontal possui 5 megapixels com flash LED. O sistema operacional do aparelho é o Android mais recente o 5.1.1 Lollipop, possui Bluetooth 4.1, NFC, WI-FI e suporte para nano. Seu peso é de 169 gramas.

O DROID Turbo 2 já está disponível nas lojas da Verizon nos Estados Unidos, seu preço varia de US$ 300 a US$ 624 (entre R$ 1.200 e R$ 2.500 sem os impostos). Dentro de dois dias a Motorola irá realizar um evento no Brasil para apresentar o MOTO X Force.

Por Camilla dos Santos Batista

Motorola DROID Turbo 2

Motorola DROID Turbo 2

Fotos: Divulgação


Segundo rumores, o sucessor do Moto Maxx terá novo design com metais na parte traseira, um upgrade do processador, e 20MP na câmera traseira, entre várias outras ótimas características.

O sucessor do Moto Maxx, ao que tudo indica, está a caminho e pode ser apresentado ainda este ano (2015). A especulação começou a partir de uma foto que vazou nesta segunda-feira, dia 13 de outubro.

A Motorola juntamente com a operadora Verizon também dispararam vários convites para um evento que deve apresentar os aparelhos que as duas empresas possuem em conjunto. O evento será em Nova York, nos Estados Unidos, no dia 27 de outubro.

No evento que os aparelhos “novo Moto X” e “Moto G de 3ª geração” foram apresentados, a Motorola já havia demonstrado uma provável modernização do Moto Maxx.

O modelo 2015 do Moto Maxx, conforme divulgado pelo site HelloMotoHKa, terá um novo design com metais na parte traseira. O smartphone contará com um display OLED de 5,5 polegadas, mas a resolução QuadHD provavelmente será mantida.

Com relação ao processador, haverá um upgrade e o dispositivo terá uma CPU 64 bits Snapdragon 810 com 1,9 GHz de velocidade e 8 núcleos, juntamente com 3 GB de memória RAM. Isso tornará o aparelho mais veloz e bem mais potente.  

O celular terá o espaço de armazenamento interno reduzido para 32 GB, uma vez que o modelo comercializado no mercado hoje possui 64 GB. Ainda não foram divulgadas informações sobre a possibilidade de expandir a memória com a utilização de cartões microSD.

Quanto à câmera traseira, a Motorola manterá a excelente qualidade de 20 megapixels e aprimorará o software em busca de imagens melhores. A câmera frontal será aperfeiçoada e terá 5 megapixels, enquanto no atual possui apenas 2 megapixels.

Estas informações ainda não foram divulgadas oficialmente pela marca e tratam apenas de vazamento de dados. Até então ficamos na expectativa da apresentação do novo Moto Maxx, bem como do Moto G e Moto X até o final deste ano.

Por Bruna Rocha Rodrigues

Moto Maxx 2015

Moto Maxx 2015

Fotos: Divulgação


O celular Motorola i940 destaca-se pelo tamanho pequeno e pela capacidade de suas funções. Compacto, este celular cabe facilmente na bolsa, mochila e tem o encaixe perfeito nas mãos, que facilita o manuseio do aparelho pelo usuário. Um dos grandes diferenciais do Motorola i940 é que ele conta com Nextel e Android em um único aparelho.

Este celular da Motorola possui touchscreen display e tem um funcionamento simples e fácil, que permite ao usuário receber e-mails pessoais ou da equipe de trabalho, abrir e editar arquivos com velocidade e rapidez, ou se a pessoa preferir pode, também, baixar vários tipos de aplicativos com este smartphone Android e Nextel.

Em outras palavras, o i940 da Motorola é um aparelho para quem quer praticidade e rapidez no dia a dia. Além disso, a pessoa conta com até 180 MB de memória para armazenar música, visualizar clipes, entre outros recursos que desejar.

Para facilitar o armazenamento de dados na agenda telefônica, o i940 da Motorola possui lista unificada de contatos. Desta forma, os dados telefônicos ficarão mais organizados e fáceis de serem acessados.

A pessoa que gosta de fotografar todos os momentos vai poder aproveitar a câmera que conta com resolução de 5MP e assim registrar as situações engraçadas da turma, o passeio inesquecível com os amigos ou as viagens e festas familiares. Além disso, a câmera do i940 possui zoom digital de 4x, flash em LED, foco automático e ferramenta de edição de imagem, para melhorar e incrementar as fotografias.

Para ficar por dentro de tudo o que acontece nas redes sociais, a conectividade deste aparelho da Motorola pode ser feita por meio de Wi-Fi. Além disso, o celular também pode ser conectado por meio de Bluetooth. Desta forma, os arquivos podem ser passados para outros aparelhos com facilidade e rapidez.

O sistema operacional do i940 é o Android 2.1 e ele também conta com teclado do tipo QWERTY. O aparelho pesa apenas 150g. 

Por Babi

Motorola i940

Foto: Divulgação


Quem ama o mercado tecnológico está sempre em busca de novidades e, para ficar por dentro de tudo que acontece, leia esse artigo.

O Motorola XT621 Ferrari é um dos smartpthones mais esperados para esse ano de 2014. Esse aparelho, por sua vez, é super moderno, com cores bacanas e com o diferencial de ter a logo da Ferrari em sua estrutura.

Além disso tudo, com efeito, o fato é que esse celular conta com pormenores e recursos com aplicativos que tendem a facilitar a vida de seus usuários. A memória interna de 1GB e a memória expansível que cabe até 32 GB fazem, em todo o caso, que esse dispositivo móvel possa oferecer e ajudar o dono a armazenar jogos, filmes e muitos aplicativos.

Com uma  câmera  de 5MB, é possível registrar grandes momentos. Essa câmera tem uma resolução de primeira linha e promete conquistar um público ainda mais fiel e comprometido com a marca. Sua conexão com a Ferrari, no entanto, certamente também é um ponto diferente que fará com que as vendas possam aumentar ainda mais. 

Sua conexão com a internet, é de grande qualidade, pois o mesmo tem roteador Wi-Fi. Seja lá como for, são muitas as novidades e vantagens do Motorola XT621 Ferrari. No mais, com display de 4.0, o fato é que esse aparelho é super leve, pesa 135 gramas e tem uma bateria com uma excelente duarabilidade, detalhes estes que fazem toda a diferença para todos os públicos.

O contraste das cores e o preço acessível fazem desse aparelho uma novidade e um lançamento que vieram para conquistar todo o mercado de celulares e smartphones. XT621 Ferrari prova que a Motorola está crescendo mais e mais e que muitas novidades ainda virão por aí. 

Sendo assim, com todas essas características citadas, o aparelho será uma das grandes sensações do mundo dos smartphones nesse ano de 2014.

Por Jaime Pargan

Foto: divulgação


A tecnologia está presente em nosso cotidiano entre as mais variadas formas possíveis. Um ótimo exemplo é o smartphone, aparelho bem similar ao convencional celular, porém, este por sua vez dispõe de uma tecnologia ainda mais avançada que é acompanhada de várias funcionalidades o que acaba chamando a atenção de milhões e milhões de pessoas em todo o mundo. No Brasil, o smartphone faz um grande sucesso através das várias marcas que neste mercado atuam.

Vale ressaltar que a grande variedade de smartphones a nossa disposição também é algo extremamente vantajoso, dessa forma, é possível encontrar aquele aparelho que satisfaz a necessidade de todos os usuários, sejam aparelhos top de linhas ou mais simples, com muito ou pouco espaço interno de armazenamento e etc.

Uma das marcas mais consagradas do mundo e que também atua em mercado brasileiro é a Motorola, que fabrica excelentes smartphones, como é o caso do recente lançamento: trata-se do Moto X, que você encontrará todos os detalhes referentes ao mesmo na continuação deste artigo.

O Motorola Moto X é um modelo top de linha que possui o sistema operacional Android 4.2.2, tela AMOLED HD de 4,7 polegadas, câmera de 10 megapixels que vem acompanhada da tecnologia ClearPixels para fotos em ambientes de baixa luminosidade além da câmera frontal de 2 megapixels. Além disso, outro grande destaque fica por conta do design do aparelho que ainda possui vários modelos de capas com cores diversificadas.

Em relação aos hardwares o Moto X dispõe de processador dual-core Snapdragon S4 Pro de 1,7 GHz, 2 GB de memória RAM, bateria de 2.200 mAh, 16 GB de armazenamento interno podendo ser expandido com auxílio de cartão de memória, além disso, você ainda pode contar com as conectividades Wi-Fi, Bluettoth, NFC, 3G e 4G. Outro destaque é em relação ao conjunto de sensores e os recursos exclusivos da Motorola.

O aparelho já se encontra disponível no mercado brasileiro e você pode encontrá-lo nas melhores lojas física e virtual do país. O preço sugerido do aparelho é de R$ 1.499,00.

Por Bruno Henrique

Motorola Moto X

Foto: Divulgação


Existem celulares que fazem a diferença para o dia a dia pela praticidade, beleza e design. O Motorola RAZR I é um desses, que chamam a atenção pelos recursos e tecnologias que o compõem. Ele é um smartphone ultrafino lançado pela Motorola, sendo agradável aos olhos e fabricado com os melhores materiais do mercado. Ou seja, a pessoa vai querer mostrá-lo para todo mundo!

O Motorola RAZR I é resistente aos riscos, porque conta com a proteção fornecida pelo pela fibra Kevlar e Corning Gorilla Glass. Assim, se o seu Motorola cair da cabeceira da cama ou da mochila, ele vai estar mais protegido.

Para quem tem um ritmo de vida agitado, que gosta das coisas rápidas e não pode perder muito tempo, esse aparelho também é o ideal. O RAZR I conta com o processador de 2 GHZ e uma memória RAM de 1 GB, que permite que os aplicativos sejam acessados de forma rápida e não fiquem travando.

Dessa forma, a pessoa pode jogar jogos e acessar as redes sociais com facilidade e rapidez. Outro destaque deste celular da Motorola é o display colorido, que contempla tons vivos e vibrantes do Super Amoled Advanced, que permite ao usuário assistir qualquer filme com nitidez e perfeição.

Para quem gosta de fotografar e aproveitar as coisas boas da vida, o Motorola tem uma câmera de 8 MP e 1080p HD para registrar todas as emoções. Um aparelho completo para todos os estilos!

Entre outros recursos destacam-se os sensores de luz ambiente, proximidade, acelerômetro, entre outros. A conectividade é feita por meio Wifi, 3 G, entre outras. Além disso, este aparelho é leve e pesa apenas 126g, sendo facilmente carregado para qualquer lugar e devido ao tamanho ultrafino cabe com facilidade em bolsas, bolsos ou qualquer outro compartimento.

Um celular moderno, diferenciado e que vai facilitar o dia adia dos usuários com seus recursos e interatividade!

Por Babi

Foto: divulgação


Na terça-feira (14 de janeiro), o Google lançou em sua loja virtual o Moto G Google Play Edition. O smartphone é o mesmo vendido no Brasil e no mundo, mas há uma pequena diferença notável. A versão Google Edition virá com o sistema operacional Android Puro, garantindo atualizações de aplicativos mais rápidas. Ao contrário da versão anterior, este já vem com o Android 4.4 “KitKat” instalado e atualizado. Ele virá com o sistema renovado, livre de aplicativos e personalizações da Motorola. Ele funciona da mesma forma que o aparelho Nexus, pois receberá atualizações do Android logo após o seu lançamento no mercado.

O Moto G Google Play possui um processador Quad-Core de 1.2 Ghz da Intel, 1 GB de memória RAM e uma tela de 4,5 polegadas com uma resolução HD (720p) sensível ao toque. Há duas opções de armazenamento interno: 8 GB ou 16 GB. Além disso, estão incorporadas uma câmera frontal de 1,3 MP e uma traseira de 5 MP, com sensores de iluminação. Há também as conexões Wi-Fi e 3G, além do Bluetooth. Não há suporte e entradas para cartão MicroSD.

Não foi somente o Moto G que ganhou a atualização do Google. Smartphones como o LG G Pad, o HTC One, o Samsung Galaxy S4 e o Sony Xperia Z e Z Ultra também ganharam nos últimos meses a versão do Google Play Edition. Porém, esta atualização só está disponível no exterior, como nos EUA.

Na versão de 8 GB, ele custa US$ 179,00, ou R$ 420, 00. Na versão de 16 GB, ele custa US$ 200,00, ou R$ 470,00. Todas as versões já vêm desbloqueadas de fábrica. Este smartphone da Motorola, assim como os modelos citados, não chegarão aqui no Brasil nos próximos meses ou anos. Os executivos da empresa pretendem vendê-lo somente nos EUA e possivelmente na Europa.

Por Danilo Gonçalves

Moto G Google Play Edition

Foto: Divulgação


Em terras americanas o Moto G é vendido por cerca de US$ 200 e por aqui o aparelho sai por cerca de R$ 700. O preço é bastante atrativo. Entretanto, sempre que alguma companhia lança um produto relativamente barato duas questões surgem: ou ela está vendendo um produto com material de quinta categoria ou realmente não tem uma margem de lucro muito grande. No caso do Moto G e da Motorola o ponto é exatamente o segundo. Mesmo assim o lucro é satisfatório. Nem que para descobrir isso se tenha que literalmente abrir o aparelho.

E foi exatamente isso que uma empresa de tecnologia chamada de TechInsights fez. Abriu o coitado do smartphone. O objetivo não é apenas curiosidade de quem não tem muito que fazer, mas sim uma questão econômica: levantar um comparativo entre o que há dentro do aparelho e os preços das peças praticados pelo mercado na atualidade. Como resultado do que foi encontrado e comparado no segundo smartphone fabricado pela Motorola desde que passou às mãos do Google foi um valor final de US$ 123 por cada unidade (modelo de 16GB). Para entendermos melhor, vale lembrar que nos Estados Unidos o modelo é vendido por US$ 199, o que apresenta uma margem de lucro de US$ 76 por aparelho para a Motorola e para o Google.

Se levarmos em consideração alguns outros pontos importantes como os custos com o pessoal responsável pela fabricação e outros, estima-se que a Motorola tenha um lucro de cerca de 5% em cada aparelho vendido ao redor do planeta. Apesar de parecer um bom “pedaço do bolo” alguns especialistas acham o contrário como é o caso de Mark Newman que trabalha na empresa de consultoria Sanford C. Bernstein & Co, ele levanta ainda o fato de que a Samsung atua com uma margem de lucro que fica entre 20% e 30% e a Apple entre 30% e 45% com o iPhone 5S.

Por Denisson Soares

Moto G da Motorola

Foto: Divulgação


A Motorola anunciou o smartphone Moto G no dia 13/11 durante um evento mundial em São Paulo – SP. O novo modelo conta com configurações mais simples que o Moto X, que foi lançado aqui no Brasil em setembro deste ano no custo de R$ 1.800,00.

O Moto G chegou às lojas com valores a partir de R$ 650,00. O aparelho é fabricado na cidade de Jaguariúna, interior de São Paulo, sendo o segundo smartphone da companhia desenvolvido integralmente em conjunto com o Google, proprietário da Motorola.

O modelo virá em versões com 8 ou 16 GB de armazenamento e dualSIM (uso simultâneo de até dois chips de operadoras). O preço citado é do aparelho sem contrato de fidelização com as operadoras.  

O smartphone tem display de 4,5", o mesmo tamanho da tela do Moto X. Processador Quad-Core (quatro núcleos) de 1 GHz, 1 GB de memória RAM e conexão de dados a redes 3G, diferente do Moto X que tem conexão com rede 4G. Segundo a Motorola, o dispositivo vem com ótimo desempenho para aplicativos e jogos.  

O Moto G é equipado com o Android 4.3 (Jelly Bean), sistema operacional também do Google, com atualização garantida para o Android KitKat em janeiro do próximo ano.  

É possível a personalização do Moto G com sete opções de capas coloridas. A Motorola divulgou que o aparelho será comercializado em duas edições especiais: "Colors Edition", que vem com dual chip de 16 GB e capas nas cores vermelha, branca, amarela e preta para 18 de novembro no valor de R$ 800; e a edição "Music Edition", que virá com todas as configurações da edição "Colors Edition" mais um fone de ouvido especial, sendo vendido ao valor de R$ 1 mil em dezembro.  

Nos Estados Unidos, a versão com 8 GB de armazenamento interno custará US$ 180 (aproximadamente R$ 419,09) e a versão de 16 GB será vendida por US$ 200 (aproximadamente R$ 465,66), isento de contratos com operadoras.

Por André Barbosa

Moto G

Foto: Divulgação


Motorola DVXO site Androidpolice.com divulgou algumas informações de interesse para quem acha que o novo Moto X da Motorola – primeiro aparelho 100% Google – está com um preço muito alto. Os rumores são de que a companhia estaria estudando a possibilidade de trazer ao Brasil uma versão mais popular do lançamento.

Com o nome de Motorola DVX, o novo aparelho atenderia o mercado emergente. O visual do produto seria o mesmo, apenas com algumas diferenças técnicas. Primeiro, o celular não viria com a tecnologia 4G LTE, que ainda está sendo implantada no Brasil e a população não a adotou completamente. Outras diferenças como o alto falante, por exemplo, mudaria de posição e ficaria na parte de trás do dispositivo. Além disso, comandos de voz e talking telefone seriam outras características do modelo mais barato.

O site divulgou a informação dizendo que a própria Motorola entrou com um pedido de documentação na Comissão Federal de Comunicações, a FCC, dos Estados Unidos, apresentando a novidade e um contrato com o seu diferencial em relação ao Moto X. Como ainda não foi anunciado se ele realmente chegaria, quando e por quanto aqui no Brasil, lá fora, espera-se que a novidade custe em torno de US$ 200.

Por Jaime Pargan


A Google é uma das maiores empresas de tecnologia do mundo e grande parte desse sucesso é devida à sua capacidade de inovação. Além de ter uma participação enorme na internet, a empresa tem se aventurado numa vasta gama de outras atividades, principalmente a produção de novidades como smartphones e tablets.

Foi anunciado recentemente que o Moto-X, novo modelo da Motorola, que foi adquirida recentemente pela Google, chegará ao país custando cerca de 1799 reais em duas cores e com reconhecimento de voz em português do Brasil. O smartphone foi bem recebido no exterior e é o primeiro de uma nova geração da Motorola. Agora a empresa possui uma outra visão que busca integrar as suas funcionalidades e proporcionar ao cliente uma experiência diferenciada na utilização de seus produtos.

O novo Moto-X conta com uma tela de 4.7 polegadas, câmera frontal, não somente um, mas dois microfones, memórias de 16 ou 32 Gb. Os dois microfones possuem uma funcionalidade única, na qual um deles identifica a voz do indivíduo e o outro identifica os vários ruídos do ambiente, dessa forma o aparelho consegue filtrar os diferentes sons e faz pesquisas por voz até mesmo nos ambientes mais movimentados e barulhentos.

A rapidez e facilidade para ativar as diferentes funções do aparelho são um grande avanço da empresa. Agora a câmera pode ser ativada com gestos da mão, segurando o aparelho e leva poucos segundos para abrir. A visualização de horas e notificações também ficou automatizada com o reconhecimento automático do aparelho ao ser retirado do bolso.

Por Ebenézer Carvalho

Novo Motorola Moto-X


Foi lançado no mercado americano na última quinta-feira, o Moto X, o novo smartphone da renovada Motorola.

O dispositivo que tem características “marca Google”, pode ser customizado para os consumidores. Isto é, quem for adquirir o produto, poderá escolher as cores da parte dianteira, traseira do aparelho e as cores dos botões, além de optar por diferenciais como a capacidade de memória e colocação de mensagem curta ou até o nome. São possíveis 2 mil combinações diferentes unido esses itens, aproximadamente.

A Motorola está oferecendo o serviço de customização do smartphone da seguinte forma: o usuário escolhe o aspecto e alguns recursos do aparelho, a empresa o entrega em até quatro dias e se o consumidor não gostar do produto final, poderá enviá-lo à Motorola em até duas semanas solicitando uma nova customização sem custo nenhum.

Algumas especificações técnicas do Moto X:

– Câmera traseira de 10 megapixels.

– Câmera frontal de 2 megapixels.

– Processador Qualcomm Snapdragon S4.

– Bateria com conservação de energia de até 13 horas.

– Memória RAM de 2GB e de armazenamento de 16 GB ou 32 GB.

– Tela de 4,7 polegadas.

Por Melina Menezes.


Os celulares estão sempre surpreendendo o mundo com suas tecnologias e funções para todos os públicos. Assim, pensando nos esportistas, a Motorola lançou um disposito movél excelente para quem tem esse perfil de atleta ou, também, para os que gostam de fazer atividades físicas como, por exemplo, a tradicional corrida.

Trata-se, pois, do Motorokr W6. Neste aparaelho, no entanto, o cliente tem a opção de inserir seu nome, peso, altura, sexo e idade no sistema, de modo que este lhe ajudará de acordo com seus objetivos em termos de excercício.

Ele, naturalmente, calcula sua velocidade, seu tempo de atividade física e avalia todo seu desempenho; sem esquecer, é claro, de relatar quantas calorias você queimou durante o tempo que praticou alguma modalidade esportiva.

O dono desse celular, por sua vez, também pode criar, em seu aparelho, planilhas e relatórios ao estilo do programa Microsoft Excel. Isso serve para o monitoramento de seus ganhos por conta do esporte praticado. No mais, além de ser ideal para os amantes de esportes, esse celular também, é muito bom pra ouvir músicas e tirar boas fotos. Seu preço gira em torno de  R$ 799. 

Por Madson Lima de Oliveira


Segundo informações, o Motorola X Phone não terá hardware de ponta, e terá tela e cpu (processador) iguais ao do Nexus 4. Motorola deve apostar em outros motivos para destacar o smartphone: as inovações no sistema Android.   O Motorola X Phone terá tela de 4,8 polegadas com resolução HD (720p), já seus concorrentes: Xperia ZQ e o Galaxy S4 têm telas Full HD (1080p). O smartphone conta com processador dual-core Snapdragon S4 Pro de 1,7 GHz. .

Porém, o X Phone vai apostar no software para diferenciar-se dos seus concorrentes. Dennis Woodside, CEO da Motorola, disse em uma entrevista que o modelo conta com diversos sensores destinados a interação com o usuário. Um dos novos sensores é o sensor de velocidade, que evita usuário de escrever mensagens de texto ao dirigir. Ele também falou sobre uma câmera de 10 Mpx, onde terá novos recursos de imagens para o smartphone.  

O smartphone terá a traseira em Kevlar (listrado diagonal), uma característica exclusiva dos smartphones da Motorola, e ainda pode ser à prova d’água e resíduos como poeira. Além destas coisas, o modelo deve vir com a nova versão do Android, a 4.3 (Jelly Bean). O Motorola X Phone já está em processo de fabricação, e segundo os cartazes da companhia, será apresentado no dia 1º de agosto deste ano.

Por André Barbosa


Dennis Woodside informou que a Motorola Mobility irá inovar na linha Moto X, cujo lançamento está bem próximo. As pessoas que gostam da marca terão apenas boas surpresas após a compra da empresa pelo Google. A primeira linha lançada após a aquisição da empresa promete ser inovadora.

A intenção da marca é de apresentar smartphones de alto padrão e de baixo custo. Eles serão fabricados nos EUA, Brasil e China e começam a ser vendidos em outubro. Com a montagem aqui, é possível que ele tenha subsídio no imposto.

A linha moto X terá uma gama de sensores que tem como objetivo prever algumas ações do usuário. O aparelho terá sensor que irá identificar quando o aparelho está no bolso, além de acionar a câmera quando o dono quiser fazer uma foto ou detectar quando o usuário está dirigindo, e assim bloquear o envio de SMS.

Pontos importantes que serão focados são o consumo de energia e a bateria. A Motorola já apresentou modelos como o Razr Maxx, que apresenta uma bateria de 3.300 mAh, que tem uma longa duração. A expectativa é que na linha Moto X essa capacidade seja melhorada.

Por Robson Quirino de Moraes


Uma lista recentemente divulgada pela Fundação Procon colocou a Motorola em um lugar um tanto desagradável.

Segundo a lista a fabricante está na liderança das reclamações feitas por consumidores do Brasil no ano de 2012.

A lista ainda revela quais exatamente foram os números de reclamações e a Motorola conseguiu atingir 788, entre produtos e serviços durante todo o ano. Mas isso ainda não é o principal problema, a lista ainda divulgou a porcentagem de resolução de problemas que a empresa conseguiu e não foi nada bom, com o segundo menor índice a empresa resolveu apenas 58% das reclamações.
Dentre as principais reclamações o tipo que liderava o índice era de falhas na qualidade do produto, seguida pelo atraso na entrega dos aparelhos e por último o descumprimento de contratos.
Segundo especialistas do próprio Procon, a grande causa dessas reclamações está diretamente ligada à política adotada por empresas desse segmento no Brasil, um exemplo disso é que em outros países o consumidor tem todo o direito de trocar de aparelho se apresentar qualquer tipo de falha, o que não ocorre aqui, levando muitas vezes esse tipo de problema para ações na justiça e processos.

 Por Henrique Nicolau


A Motorola aposta em um modelo acessível e com dois chips. O Razr D3 é um ótimo aparelho da linha low-end, que são smartphones que ficam um pouco atrás dos modelos tops das demais fabricantes. Ele pode conquistar espaço devido à sua qualidade e ao peso do nome Motorola aqui no Brasil.

O Razr D3 apresenta um processador Dual Core de 1.2 Ghz e memória interna de 4 GB, que pode ser expansível com o uso de um cartão de memória Micro SD. A tela deste aparelho possui 4 polegadas e resolução de 480 x 854 pixels, com luz brilhante que garante melhor aproveitamento de vídeos e imagens, mesmo em um ambiente com muita luz. A câmera de 8 MP faz ótimas fotos e grava vídeos em HD.

Dentre as demais funções do Motorola Razr D3 estão o GPS integrado, leitor de multimídia, Wi-Fi e Bluetooth, além de rádio e suporte para videoconferência. O sistema operacional é o Android 4.1, o que permite melhor conectividade e preço mais acessível, devido ao uso do software livre.

A bateria do aparelho também é um diferencial, o modelo conta com uma bateria de 2.000 mAH que permite uma maior duração.

O Razr D3 custará entre R$ 670,00 e R$ 800,00, dependendo da loja.

Motorola Razr D3

Por Robson Quirino de Moraes

 


A Motorola resolveu anunciar neste mês de março seus dois novos aparelhos da linha Razr que estrearam primeiro por aqui: Razr D1 e o Razr D3. Para quem anda meio por fora ou achava que os dois não seriam tão “legais” poderá se surpreender logo de cara. O motivo para a surpresa é que o preço é relativamente inferior se comparado com as especificações dos dispositivos.

Vejamos alguns detalhes de um desses dois lançamentos: O Razr D3, por exemplo, irá custar aos bolsos dos consumidores apenas R$799,00. Já as especificações é que realmente surpreendem. O aparelho vem com um processador dua-core de 1,2 GHz, a bateria é de 2.000 mAh e além disso conta com 1GB de memória RAM. A tela possui 4 polegadas com uma resulução de 854×480. E um detalhe, usando o Gorilla Glass.

Além do Android 4.1 Jelly Bean o aparelho ainda tem o Widget Circles na tela principal. Já para o serviço de automação de tarefas o Smart Actions está presente.

Confira maiores detalhes no site da Motorola

De quebra, o dispositivo ainda traz um câmara traseira de 8 megapixels e um sensor iluminado. Isso basicamente ( ou teoricamente) quer dizer que o aparelho pode tirar fotos melhores em ambientes não muito bem iluminados.  No mais, ele ainda conta com flash  e é capaz de tirar fotos em HDR. Com relação a câmera frontal, essa conta com 1,2 megapixels e dito sensor NFC integrado.

Não dá pra saber se “usando” o aparelho ele realmente venha a satisfazer. De qualquer forma ele promete ainda mais quando se leva em consideração o Galaxy S II Lite que, para quem não se lembra , costuma custar relativamente mais caro e nem sequer possui essas especificações. O jeito é esperar para ver o que os melhores especialistas – os consumidores – vão achar.

Por Denisson Soares          


A fabricante americana Motorola lançou no Brasil o smartphone RAZR D1 juntamente com o RAZR D3. Esses aparelhos possuem os preços na faixa de R$ 549 e R$ 799 e estão disponíveis na tradicional cor preta e também branca.

O RAZR D1 é um modelo simples, porém recebe sinais de canais de TV Analógica / Digital sem a antena telescópica, pois só usa uma antena que está dentro do cabo do fone de ouvido. Já o aparelho RAZR D3 não tem esse sistema, ele possui o Android 4.1 (Jelly Bean) com garantia de atualização.

O RAZR D1 tem a opção para 2 SIM cards, possui uma tela de 3,5 polegadas com resolução de 320×480 pixels, tem um processador com um núcleo de 1 GHz, 1 GB de memória RAM e 4 GB de memória interna que pode ser expandida com um cartão SD de até 32 GB. Possui uma câmera de 5 MP com BSI (Back Side Ilumination) melhorando a qualidade das fotos  tiradas em lugares com pouca iluminação, HDR (High Dynamic Range), que tira várias fotos em diferentes exposições combinando todas para dar o melhor resultado, também possui um foco automático e uma bateria de 1.785 mAh.

Por Mariana Rodrigues


Recém adquirida pela empresa norte americana Google, a Motorola teve esta semana uma derrota histórica para seus padrões: 13 pedidos de patentes foram invalidados. A medida foi de autoria do juiz federal James L. Robert.

De acordo com a assessoria da Motorola, as patentes que foram negadas dizem respeito a codecs de vídeos de autoria da empresa, mas que agora enfrentam este impasse na corte norte americana por tratar-se de codecs também utilizado pela Microsoft.

“A corte acredita que mesmo uma pessoa com habilidades extraordinárias para diferenciar linhas de código teria dificuldades para encontrar algo com a especificação exclusiva que é sugerida pela Motorola”, disse o juiz federal em coletiva ao jornal New York Times.

O site americano Foss Patents, especializado em notícias sobre telefonia móvel, destacou o caso em sua página e afirma que esta é uma decisão definitiva, não restando esperanças para a Motorola. Contudo, ainda cabe recursos legais e viáveis para a empresa.

Outros veículos de empresa relataram o ocorrido e estamparam nas manchetes como a derrota judicial mais significativa na história da empresa recém adquirida pela Google. Até o momento os executivos não se pronunciaram sobre uma retaliação a Microsoft ou a continuidade do processo.

Por Diego Piovesan


Recentes informações divulgadas pelo jornal norte-americano The Wall Street Journal apontam que a Motorola Mobility e a sua dona, a Google, estão supostamente desenvolvendo um novo smartphone com Android.

O aparelho seria chamado internamente de X Phone (nome que pode mudar até ser lançado, como acontece muito com a Sony) e chegaria às lojas inicialmente na metade deste ano. Além disso, conforme o The Wall Street Journal, quem lidera o projeto do X Phone é o gerente de produtos da gigante das buscas, Lior Rar, que também tem especialidade no setor de mapas da empresa.

Lior afirmou, segundo o jornal, que para um aparelho conquistar, de fato, o mercado, ele precisa ter uma ótima câmera com um software de fotos que se destaque, além de boas configurações. E é na questão de fotografias que os aparelhos da família Nexus deixam um pouco a desejar. Sendo assim, o suposto X Phone exploraria mais as características da câmera e também teria algumas novidades para deixar o smartphone mais resistente, como acabamentos em cerâmica e até telas flexíveis.

Se isso for confirmado, será a primeira vez que a Google toma frente da produção de um gadget, unindo software e hardware da maneira mais harmoniosa possível.

Por Guilherme Marcon


Tendo em vista que muitas pessoas acabam adquirindo celulares “xing-ling”, pois são mais baratos e “quebram o galho” na comunicação entre as pessoas, a Motorola resolveu investir nesses consumidores desse nicho de mercado.

Assim, a fabricante lançou o novo Motokey EX117, que é uma opção que tem capacidade para até três chips – uma forma de englobar quem precisar ter várias linhas e não quer gastar com vários aparelhos.

O celular possui tela pequena com apenas 2 polegadas, porém possui teclado QWERTY físico, traseira emborrachada para diminuir os impactos e teclas retroiluminadas para facilitar a utilização em locais de pouca luz. Além disso, o aparelho possui local para pendurar chaveiros, conexão microUSB – que também serve para recarga, troca rápida de um dos três chips SIM, câmera traseira de 2 MP e display com resolução de 176 x 220 pixels e TFT de 262.000 cores.

O novo celular básico da Motorola possui conectividade com Bluetooth 2.1 e capacidade de armazenamento interna de apenas 50 MB, além de pesar apenas 87g e medir 10,2 x 5,9 x 12,8 cm e da sua bateria ter autonomia de até 4 horas em conversação e 72 horas em stand-by.

O sistema operacional do novo Motokey é o MRK RTOS e os itens que vêm inclusos com o dispositivo são: cabo USB, cartão de memória de 2 GB e fones de ouvido.

Por Guilherme Marcon


O último domingo, 19 de agosto, foi marcado por grandes novidades para o setor tecnológico, um grande exemplo disso, foram os vídeos que vazaram sobre o Droid RAZR HD, que mostram que o lançamento do aparelho está bem próximo de acontecer. Alguns tutoriais postados no YouTube por um usuário intitulado revowii, mostram instruções básicas de como mexer no aparelho e de como configurar e-mails e conexões Wi-Fi.

Ao que aparece o smartphone da motorola contará com sistema operacional Android 4.0 da Google, porém será uma versão ligeiramente modificada, que oferece uma interface bem parecida com a que foi vista no Atrix HD.

Ainda que em momento algum o nome do dispositivo seja exibido nos vídeos, as características apresentadas são muito compatíveis com os rumores que haviam sido divulgados anteriormente pela mídia.

A previsão é que o Droid RAZR HD chegue ao mercado oficialmente no dia 5 de setembro deste ano, durante um evento realizado pela Motorola em conjunto com a operadora norte-americana Verizon.

Até que o aparelho seja anunciado, todas as informações sobre ele deverão permanecer um grande mistério, a não ser que a companhia decida revelar as características do aparelho antes da data de lançamento.

Por Felipe Santos Bonfim


A Motorola divulgou o resultado de um estudo feito sobre o hábito de consumo de vídeo em aparelhos móveis. No total foram ouvidos 9 mil consumidores em 16 países: Argentina, Austrália, Brasil, China, França e Alemanha estiveram entre os países que fizeram parte do estudo.

O resultado mostrou dados bem interessantes, de acordo com o estudo os brasileiros são os que mais utilizam TV móvel na América Latina, com um percentual de 34% dos entrevistados, na Argentina o percentual foi de 25% e no México, 19%.

Ainda de acordo com os dados coletados, o estudo revelou o peso que as redes sociais têm no hábito de assistir TV, e foi revelado que os brasileiros gastam em média 6 horas do seu dia em redes sociais e o mais engraçado disso é que, 43% das pessoas usam as redes sociais para recomendar um programa para outras pessoas e 76% costumam usar as redes sociais para comentar sobre determinadas atrações.

Já a pesquisa Barômetro de Engajamento de Mídia ouviu a opinião dos brasileiros sobre outra questão, a automação residencial. E de acordo com o estudo, para convencer os brasileiros a encararem a automação, será necessário popularizá-la antes, pois a grande preocupação é o pagamento de um alto valor por algo que não é tão comum.

Por Guilherme Marcon


A Motorola decidiu “inovar” e anunciou seu mais novo aparelho de flip, o Gleam+. Já faz um bom tempo que as principais fabricantes de celulares não lançam no mercado aparelhos como estes. O novo aparelho não é do tipo smartphone, mas possui recursos bem interessantes para tarefas mais simples.

O grande atrativo do aparelho está na parte de fora, com uma matriz de LED que mostra horário e algumas notificações, como ligações não atendidas e mensagens de texto recebidas. O Gleam+ conta com tela 2.8 polegadas com resolução de 400×240 pixels, câmera de 2 megapixels e 16 GB para armazenamento de dados.

Com certeza o Gleam+ da Motorola não foi feito para competir com os modelos de smartphones que atualmente existem no mercado, isso porque o aparelho foi feito apenas para atender aos consumidores que querem apenas fazer e receber ligações, enviar e receber mensagens. Em resumo, o aparelho foi feito para tarefas mais básicas do dia a dia dos consumidores menos exigentes.

Atualmente o celular é vendido apenas para os consumidores britânicos e ainda não se tem previsão para a vinda dele ao Brasil.

Por Guilherme Marcon


Recentemente um editor de um famoso site sobre tecnologia estrangeiro disse que teve acesso a uma série de documentos que ainda não tinha vindo a público sobre possíveis novos lançamentos da Motorola. Segundo essa fonte, a empresa pretende investir ainda este ano em um smartphone de baixo custo, com menos recursos, destinados a pessoas de poder aquisitivo mais baixo e também para pessoas idosas.

De acordo com estes documentos que a fonte teria acesso, o smartphone será um Android de baixo custo, sendo uma possível variação de um telefone lançado pela empresa que acabou fazendo sucesso quando foi lançado, o Motosmart Flip.

Segundo as informações divulgadas, o hardware, como se trata de um telefone de baixo custo, será bem mais limitado do que a maioria dos smartphones que estão sendo lançados. A tela deste lançamento deverá ser de 3,5 polegadas, um tamanho considerado médio para um smartphone. O celular também virá com uma câmera de 3 MP, realmente apenas para tirar fotos mais casuais, deixando de lado a potência das câmeras dos smartphones mais modernos.

O aparelho ainda não tem data para ser lançado.


A Motorola anunciou em janeiro seu smartphone com sistema Android, o Motoluxe. O aparelho possui especificações intermediárias e estava com previsão de lançamento no Brasil para o segundo semestre de 2012. Porém os rumores que estão circulando na internet são de que um modelo semelhante está prestes a chegar ao país, denominado até o momento de Atrix TV

Ao que parece o celular virá equipado com processador de 1 GHz, câmera traseira de 8 megapixels, display de 4 polegadas, bateria de 1700 mAh, suporte para cartões microSD e  sistema operacional Android 2.3. A única diferença entre o Motoluxe e o Atrix TV seria o processador, pois no modelo que foi anunciado em janeiro o processador seria de 800 MHz. Porém o Motorola Atrix TV também possui um receptor de sinal digital em uma pequena antena embutida no aparelho, tornando possível assistir à TV digital no próprio smartphone.

Ainda não foi divulgado o preço e nem a data de lançamento oficial do aparelho, mas de acordo com uma fonte que teve acesso a documentos da Motorola, a empresa fez comparações com o Lumia 710 da Nokia, e é bem provável que o novo aparelho esteja na mesma faixa de preço.

Com certeza o Atrix TV será um ótimo celular, e ele já foi homologado para venda pela Anatel.

Por Guilherme Marcon


O MOTOKEY SOCIAL é o aparelho essencial para a vida de quem gosta de estar 24 horas conectado, seja por prazer ou trabalho. Ele é ideal para o público que não dispensa as redes sociais e as informações em momento real.

Este novo celular tem diversas funções úteis para facilitar a conexão com o mundo, isso significa que: o aparelho conta com sistema Wi-Fi com função de roteador, internet 3G e, para mimar mais ainda os fãs das Redes Sociais, teclado Qwerty, reconhecido hoje como o mais confortável e prático do mercado, que ainda possui uma tecla dedicada para o acesso ao Fecebook. O Motorola ainda conta com aplicativos que dão acesso rápido ao MSN, Twitter e Orkut.

Também dispõe de uma tela Touch de 2,4 polegas, uma câmera de 3MP que pode ser utilizada para capturar vídeos, MP3 Player e rádio sendo considerado o celular mais fino da categoria e assim dono de um design único e arrojado.

Outro ponto forte do aparelho é o Brower Opera Mobile, o mais inteligente navegador móvel de todos os tempos. Além de aplicativos mais clássicos que não podem ficar de fora, como por exemplo, jogos, despertador e MMS.

Por Jéssica Severo


A Motorola, uma das empresas líderes em telefone celular no mundo, oferece uma série de produtos adequados às mais variadas necessidades, incluindo telefones celulares resistentes à água e à prova de poeira, como é o caso do Defy™+.

Com as proteções de entrada para o fone de ouvido e carregador totalmente fechadas, esse telefone celular torna-se à prova de pó, e resiste à água (que eventualmente cair sobre ele), muito embora não seja à prova d’água.

No demais, ele é dotado de todos os recursos que podem ser encontrados em um celular da Motorola, como câmera de 5 megapixels e zoom de 4x, tela touchscreen de 3.7 polegadas com 480×854 pixels de resolução (WVGA), sistema operacional Android 2.3 com acesso ao Android Market, aplicativos Google Talk, Maps e Gmail.

O Motorola Defy™+ oferece ainda Bluetooth 2.1, Wi-Fi, conector micro USB, navegador web Android Webkit, reconhecimento de voz (com discagem por voz), sistema de redução de ruído, memória interna de 512MB, slot para cartão memória de até 32GB, acelerômetro, sensores de proximidade e luz ambiente, SMS, MMS, e-mail e muito mais.

O preço sugerido pelo fabricante é de R$ 909,00.

Mais informações no site www.motorola.com.br.

Por Luiz Moreira


Novas informações sobre o novo Motorola Droid X2 começam a “pipocar” pela internet.

De acordo com as últimas informações, o novo Smartphone da Motorola poderá chegar ao mercado com um processador Nvidia Tegra 2 de 1,2 GHz.

O celular teria ainda uma tela de 4.3 polegadas, resolução de 960×540, memória RAM de 768 MB, câmera de 8 megapixels, Wi-Fi, Bluetooth, GPS e conexões HDMI e MicroSD.

Com relação ao Sistema Operacional do aparelho, é muito provável que seja o Android (não há informações sobre a versão do SO).

A Motorola não confirma as informações e muito menos comentou sobre o preço ou previsão de lançamento do aparelho.


A Motorola possui um smartphone que resiste às intempéries mais comuns da natureza, como a água e a poeira. Tem um design parecido ao do iPhone da Apple, a tela é sensível ao toque (touchscreen), possui 5 megapixels de resolução de câmera e vários outros recursos similares aos celulares desta categoria.

Seu sistema operacional é o Android  2.1 da Google com o MotoBlur, o qual, entre outras utilidades, faz a interligação com as redes sociais mais comuns. Estamos falando do Motorola Defy, exclusivo para a operadora Claro.

O Defy  tem uma tela de 3,7 polegadas,  tamanho que proporciona uma boa visibilidade, principalmente para uma digitação confortável  pelo seu teclado virtual.

Para mais detalhes do aparelho, visite: www.motorola.com/.

Confira o vídeo do aparelho:

Por Gilvani de Oliveira


Motorola anunciou nesta terça-feira (10) o lançamento do Droid 2. O novo aparelho será vendido nos EUA pelo preço de US$ 200.

O Droid 2 usará o Android 2.2, versão atualizada do sistema operacional do Google. Além disso, vem com câmera 5 megapixels, tela de 3,7 polegadas, teclado no padrão QWERTY, tecnologia Swype (teclas virtuais), 8gb de armazenamento interno e mais um cartão de memória SD de 8gb. O aparelho também poderá ser utilizado como ponto 3G para notebooks, mas para ter esse serviço o usuário terá que pagar US$ 20 adicionais à Verizon Wirelles, operadora que comercializará o aparelho nos EUA.

E com exclusividade para o mercado norte-americano, a Motorola lançará o modelo R2-D2 Droid 2, inspirado no robô do filme “Stars Wars”.

Ainda não há previsão da chegada do aparelho no Brasil.

Por VSZ


Quem acha que os teclados QWERTY são uma exclusividade de smartphones no formato barra e com teclado deslizante, precisa conhecer o Motorola Rambler. A fabricante fez o que parecia impossível, usar um teclado QWERTY em um celular de flip, mas ele existe. O modelo está à venda apenas nos EUA, mas já é um item cobiçado por quem envia muitas mensagens de texto.

Com câmera de 1.3 MP, GPS e Bluetooh, ele custa em média US$99. Porém, não tem Wi-Fi ou 3G, sendo assim, se você quiser bater papo via internet, prepare o bolso, pois ele só tem conexão EDGE. Obviamente, o teclado não é tão confortável quanto de smartphones mais largos, mas aparentemente, o QWERTY dele se aproxima muito do tamanho dos Blackberrys e do Nokia E73.

Por Camila Porto de Camargo


Um dos celulares com o design mais estranho que já surgiu no mercado, o Motorola FlipOut, teve sua data oficial de lançamento confirmada no Brasil. Será no dia 30 de Junho.

O FlipOut segue uma tendência que vem ganhando força ultimamente: a dos celulares quadrados. Há rumores de que o smartphone, voltado ao público jovem, poderá ser o modelo mais barato do mercado ficando na faixa dos 700 reais.

De olho nas redes sociais, o FlipOut vem com uma nova versão do MotoBlur rodando no sistema Android 2.1. A expectativa é que o aparelho não seja vendido exclusivamente por nenhuma operadora, mas isso ainda não foi confirmado.

Então, para quem espera por as mãos num aparelho com Android, e gosta de um design descolado, é só esperar mais alguns dias.

Confira mais detalhes do Motorola Flipout no vídeo abaixo:

Por Maximiliano da Rosa


No início os celulares eram quadradões e grandes, depois foram ganhando um formato mais curvilíneo, mas a tendência sempre foram os formatos retangulares. Agora os modelos quadrados voltam de novo à moda e não são mais sinônimo de caretice, pelo contrário, o público alvo são os jovens.

Esta é a tendência seguida pelos modelos Kin One, da Microsof, o Twist, da Nokia, e o Motocubo, da Motorola, além de novos modelos que estão sendo preparados. Apesar de serem pouco usuais e chamarem a atenção, os modelos trazem telas muito pequenas, até 2,5 CM menor do que a tela dos aparelhos em formato retangular, além disso o teclado em geral é muito pequeno.

O Motocubo da Motorola, já se encontra a venda no Brasil e, ao que parece, a empresa deve lançar outro modelo quadradão no mercado, o Flipout, ele virá com a mais recente versão do sistema operacional de celulares do Google, chamado Android 2.1, e pode interagir com redes sociais.

Por Mauro Tavares


A Motorola anunciou o lançamento do i1, um novo tipo de smartphone. Por fora, o aparelho parece igual a qualquer outro: o design é o mesmo, tela touchscreen de 3,1 polegadas é semelhante a de outros equipamentos similares. A grande novidade é que o i1 é o primeiro smartphone com Android a acessar a rede iDEN, utilizada pela Nextel.

O i1 não foi projetado para uso doméstico, nem em escritórios. O foco principal é o uso pesado, principalmente em construções, tanto que o aparelho atende às especificações militares, sendo capaz de aguentar condições adversas como chuva, altas temperaturas, choques, maresia…

De resto ele tem tudo o que se espera: bluetooth, câmera, player de música, slot de cartão microSD, e como a maioria dos Androids permite o download de aplicativos através do Android Market. O único detalhe negativo é a versão do Android,a 1.5, um tanto ultrapassada.

Por Maximiliano da Rosa

Fonte: PC World

A Samsung acaba de anunciar mais um modelo de smartphone, o Galaxy S. Com um design de cair o queixo, o aparelho tem tudo o que se pode esperar dos smartphones daqui pra frente: um processador de 1Ghz, Tela AMOLED sensível ao toque, câmera de 5MP com capacidade de filmar em alta definição e todo o pacote de conexão que não pode faltar nos aparelhos de última geração como Wi-fi, Bluetooth, GPS.

Independente de tudo isso, o que mais se destacou nesse aparelho foi a versão do sistema operacional: o Android 2.1. Com exceção do Motorola que deverá sofrer uma atualização em breve, o único aparelho com o Android 2.1 no mercado é Nexus One, da HTC, também chamo de Googlephone.

Dependendo do preço, que não foi divulgado, eis aí um dos mais fortes candidatos a entrar para lista dos que almejam receber o título de iPhone killer. Steve Jobs que se cuide.

Por Maximiliano da Rosa


Com o surgimento dos SmartPhones e com a venda em alta no mercado torna a concorrência cerrada entre as empresas de telefonia em termos de qualidade e custo benefício.

Tendo em vista que o eletrônico agrada ao público, a empresa Motorola também pretende lançar ainda nesse ano de 2010 novos modelos de SmartPhones e com o novo sistema operacional Google Android, software personalizado e apropriado para celulares.

O mais recente produto lançado pela empresa Motorola é o Backflip Motoblur com o sistema operacional Android 1.5, flip reverso (QWERTY), câmera, recursos de áudio e vídeo, tecnologia Bluetooth, navegador web, além de um design diferenciado e moderno.

Por Aline Barbosa





CONTINUE NAVEGANDO: