Confira o que o aplicativo promete para as próximas atualizações e o que já foi atualizado.

O mundo no qual vivemos hoje é mais que tecnológico! Totalmente conectado e mais do que tudo instantâneo, tudo que consumimos vive em constante atualização: com o Whatsapp não é diferente. Esse app caiu nas graças do público e é hoje o ficheiro de mensagens mais usado no Brasil.

O famoso "zap" procura estar sempre se atualizando, trazendo novas funcionalidades e também mudando o visual, para não ficar para trás em relação aos concorrentes. O último novo recurso implantado foi a possibilidade de apagar mensagens enviadas. A atualização vinha sendo testada e agora já se popularizou.

Um dos pontos nos quais o Whatsapp perdia para os concorrentes, era a questão da chamada em grupo. Em aplicativos como o Skype, por exemplo, é possível gerenciar salas de reunião, já que o recurso permite que vários usuários interajam simultaneamente na mesma conversa.

As próximas novidades do Wpp prometem aniquilar esse problema, trazendo configurações acerca da chamada em grupo, bem como novos emojis, trazendo imagens mais modernas.

O Whatsapp sempre se preocupa em manter as animações de acordo com o andamento do mundo, adicionando o que falta: já contamos com personagens sem gênero definido, por exemplo, bem como escolha da cor do emoji (você pode usar a pele negra), entre outros itens de representatividade como grávidas, casais homoafetivos, pessoas de idade etc. Outra função que estava sendo testada, foi incorporada e agora promete ser otimizada é acerca da localização: você pode ativá-la e seu contato vai saber onde você está em tempo real, mesmo se você estiver em trânsito. Essa solução é excelente para quem viaja ou apenas quer se certificar de fazer um trajeto em segurança, mandando informações em tempo real de sua locomoção. Existe o modo de envio rápido e também o mais prolongado, onde o contato selecionado para receber sua localização pode acompanhar seu trajeto ao vivo.

Contas verificadastambém prometem pintar pelo app, por isso o emoji de "check" foi até proibido (a fim de não confundir os usuários). O futuro do utilitário também promete melhorias na câmera acoplada ao aplicativo. Para os felizardos que utilizam a versão Oreo (mais atual) do Android, o Wpp pretende permitir que a chamada de vídeo seja arrastada para apenas uma parte da tela, liberando a mesma para o uso de outras funcionalidades. Só usará esse recurso quem possuir tecnologia compatível.

Além de uma caixa inteligente de formatação, a forma de enviar áudios também será revolucionada: não será mais necessário segurar o botão para continuar gravando. Você poderá acionar a gravação e seguir falando de mãos livres, até que queira interromper o áudio e enviá-lo. As formas de deletar e cancelar áudios continua a mesma (arrastando para a esquerda). Para mudança de número, há também mais uma novidade: quando você for nas configurações para acionar a opção de mudança, haverá a possibilidade de notificar seus contatos. Assim, você não precisará informar um por um de sua mudança. Você aciona a opção de notificação de mudança de número e pronto, todo o trabalho está feito.

O compartilhamento de arquivos também vem sendo otimizado, afinal, antes podíamos mandar apenas fotos e multimídia "comum", sendo que agora é possível enviar pdfs e docs. A expectativa é que possamos enviar qualquer arquivo usando o Whatsapp.

E você, já atualizou o seu aplicativo? Sempre mantenha seu dispositivo em dia para não perder nenhuma novidade! Fique de olho na sua Play ou Apple Store!

Compartilhe conosco o que você gostaria que tivesse no Whatsapp e quais funções são as mais usadas por você, comentando esse post!

Por Carolina B.

Whatsapp


Nova atualização do WhatsApp permite que a localização seja compartilhada em tempo real.

Nesta terça-feira, dia 17 de outubro, a equipe oficial do WhatsApp divulgou esta nova ferramenta. Agora os usuários poderão compartilhar suas localizações com seus contatos em tempo real. Não entendeu como funciona? Vem cá, a gente explica!

Nova ferramenta do WPP: compartilhamento em tempo real de localização

A mais nova ferramenta da plataforma de troca de mensagens mais usada em todo o mundo recebeu o nome de localização atual, e estará disponível para uso em poucas semanas.

O lançamento possibilitará aos usuários compartilhar sua atual localização ao vivo, e terá opções de compartilhamento desde 15 minutos, até 8 horas.

Quais aparelhos receberão

A nova funcionalidade está disponível para os dispositivos que usem sistema operacional Android e/ou iOS. Seja o seu aparelho top de linha, intermediário ou básico, será possível fazer uso do compartilhamento de localização em tempo real, desde que o sistema operacional seja compatível e, é claro, o seu aplicativo do Whatsapp esteja atualizado.

Quase um serviço de rastreamento

Quando a localização em tempo real é compartilhada, é possível ir acompanhando o trajeto da pessoa enquanto fala com ela. Para as mães e pais preocupados e desconfiados de plantão, essa utilidade pode ser uma carta na manga. No caso de você estar chegando em algum lugar, por exemplo, e querer que a pessoa saiba onde você está e quanto tempo vai demorar para chegar, também é bem útil.

Marcar encontros nunca mais será um problema. Você pode compartilhar sua localização com a pessoa ou vice-versa e então, quando vocês estiverem próximos ou no mesmo lugar, saberão imediatamente! No caso de quem viaja ou faz caminhadas, também é uma boa ideia para marcar pontos e distâncias.

É possível escolher por quanto tempo a pessoa saberá sua movimentação. Você pode dar um acesso de 15 minutos, de 1 hora ou de 8 horas. Bastante coisa, né? Assim, não será necessário ficar atualizando a outra pessoa de sua localização através de mensagens ou ligações de período em período.

Outra opção a ser explorada acerca desse recurso, é para quem faz entrega e/ou atendimento usando o APP. Imagine que há uma pizzaria que recebe pedidos via Whatsapp e usa-se do utilitário para comunicar motoboys e etc. Seria ótimo que a pessoa pudesse saber exatamente onde sua entrega está, não é? Iria evitar problemas do tipo ter que atender ligações em um dia de picos de movimentação apenas para dizer "o motoboy já saiu e tem algumas outras entregas antes, a sua já deve estar chegando!".

Quando posso interromper a transmissão?

Independente da opção de compartilhamento de tempo que você tenha feito para determinado contato, é possível interromper a transmissão a qualquer momento a seu bel prazer. Se não quer mais enviar seu trajeto, apenas interrompa.

Assim como todas as mensagens enviadas pelo Whatsapp, a localização quando compartilhada faz parte das informações criptografadas. Como outras funções de privacidade, é possível também escolher quem poderá receber e enviar localizações em tempo real com você. Numa conversa em grupo, por exemplo, é possível escolher os usuários cujo compartilhamento não será liberado, ou seja, os demais do grupo poderão acompanhar seu deslocamento em tempo real enquanto as pessoas vetadas não receberão a informação.

Meu aparelho já está apto à nova função?

A nova funcionalidade já foi agrupada nos serviços do app. Para ter acesso, caso o seu aplicativo esteja desatualizado, acesse a sua Play ou Apple Store, busque pelo Wpp e atualize o aplicativo. As novas funções aparecem automaticamente, bem como os novos emojis e melhorias.

Há rumores que o Wpp esteja planejando também incorporar ligações em grupo, como já faz o Skype! Agora é esperar para ver.

Por David Ferreira

Whatsapp


A ferramenta possibilita a marcação do texto em negrito, itálico e outras formatações. A função que entrega muita praticidade ao utilizar o WhatsApp surgiu primeiro na versão Beta.

Agora ficou mais simples a formatação de textos ao utilizar o WhatsApp. Para os usuários do Android 6 ou sistemas superiores está disponível o menu suspenso para que a formatação seja feita.

Outra importante facilidade é a função de tradução, a qual também estava presente na versão do WhatssApp Beta, pois com tal ferramenta não é mais necessário recorrer a abertura de outro aplicativo para escrever em outro idioma, o que tornará o processo mais leve e rápido.

Tutorial de passo a passo para utilização

  • Para a formatação de uma mensagem
  • Digite a mensagem, dê um duplo clique, movimente os “balões verdes” para selecionar o trecho a ser modificado
  • O menu flutuante aparecerá com 3 opções: recortar, copiar e colar. Com toque nos 3 pontos da lateral direita superior
  • O menu deve ser rolado até aparecer a opção de formatação escolhida. Além de tachado, negrito e itálico terá também a opção de “monoespaço” a qual se selecionada mudará o tamanho da fonte
  • Os caracteres especiais serão incluídos de forma automática e uma prévia do texto será apresentada. Ao tocar em enviar o processo estará finalizado
  • Traduções (sem a troca de janela)
  • Digite a mensagem desejada, normalmente em português, depois toque para selecioná-la
  • No menu suspenso acione as reticências e marque a opção “traduzir”
  • Escolha o idioma de origem e o de destino
  • Com a tradução já feita toque nos 3 pontos ao lado do idioma que preferir e após em “copiar”
  • Cole no local da anterior e proceda com o envio

As mudanças no aplicativo WhatsApp contribuem para a praticidade de utilização deste, que é uma excelente ferramenta de comunicação, tanto pessoal como profissional.

Utilizado no mundo todo e por milhares de pessoas, agora o aplicativo entrega a possibilidade de bem mais agilidade nos processos com a formatação e a tradução, sem necessitar trocar de tela para acionar outro aplicativo tradutor e só após todo o processo enviar a mensagem.

Por Silvano Andriotti

Whatsapp no Android


Nova atualização do WhatsApp permite que seus usuários desfrutem dos mesmos recursos do Snapchat e Instagram.

Qual aplicativo você prefere? Instagram? Snapchat? WhatsApp? Ou os três?

Para quem respondeu os três, vai ficar muito animado com esta nova atualização do WhatsApp.

Quer saber o que o mensageiro mais usado fez para surpreender seus usuários? Então continue lendo este texto para entender qual é esta novidade que vai melhorar a usabilidade do aplicativo.

Antes de mostrar o que o WhatsApp está disponibilizando vamos explicar um pouco sobre os dois aplicativos Snapchat e Instagram, que na verdade são redes sociais, veja mais a seguir e entenda:

Snapchat:

O Snapchat é um aplicativo rede social que é disponibilizado para Smartphones com sistemas Android e iPhone. Quando o Snapchat começou, ele era apenas um app que enviava textos e conteúdos multimídia que se “autodestruíam”.

Estes envios eram vistos apenas uma vez e havia um tempo limitado para que isso fosse feito. E com o passar do tempo, o aplicativo evoluiu de uma forma impressionante e hoje já é um dos mais usados no Brasil.

Instagram:

O Instagram é simplesmente a segunda rede social mais usada do Brasil e continua crescendo de uma forma assustadora todos os dias.

Esta rede social permite aos seus usuários postar suas fotos e vídeos de curta duração, aplicar alguns efeitos e, além disso, interagir com publicações de outros usuários com comentários e curtidas.

Existe uma forma de interação com os usuários através do Instagram Stories, que permite aos seus usuários seus momentos de forma personalizada com emojis, desenhos bem coloridos feitos manualmente e textos em suas fotos e vídeos.

No entanto, para quem está acostumado com o Snapchat, este recurso não é uma novidade, pois nele existe o “Minhas Histórias”, da mesma forma que o seu concorrente, os posts podem ficar no ar por apenas 24 horas.

A grande novidade do WhatsApp:

Com uma nova atualização do WhatsApp, lançada nesta última segunda-feira dia (20), seus usuários poderão desfrutar dos mesmos recursos do Snapchat e Instagram, ditos anteriormente.

Você não está lendo uma história, o Facebook, dono do WhatsApp e do Instagram, gostou da ideia, agora você que é usuário do WhatsApp poderá publicar fotos e vídeos que poderão ser visualizados pelos seus contatos e após 24 horas irão ser excluídas.

As publicações temporárias poderão ser enviadas e acessadas quando o usuário apertar em cima do status de um de seus contatos e, além disso, poderá controlar quem terá acesso as mensagens temporárias e receber os comentários delas.

Os vídeos, semelhante ao Instagram Stories e ao Minhas Histórias do Snapchat, terão duração de 45 segundos, esse será o tempo máximo permitido. Este recurso estará disponível para todos os usuários do Whatsapp após esta atualização.

Gostou do conteúdo deste artigo? Compartilhe nas redes sociais e seus amigos.

Por Marcio Ferraz

Whatsapp


Há algumas maneiras de desativar o sinal azul que aparece quando visualiza uma mensagem no WhatsApp.

Muitas brigas de internet se dão quando alguém lê uma mensagem no aplicativo WhatsApp e não responde. A pessoa sabe que você leu (os dois sinais azuis) e reclama pelo fato de não ser respondido.

O fato é que os usuários podem simplesmente não responder no momento ou não querem mesmo continuar com a conversa em questão. Mas há uma maneira para que esses sinais azuis não apareçam e você possa responder ou não sem que a pessoa saiba que você observou a mensagem.

A primeira dica é desativar a confirmação da leitura da mensagem. Para isso, você deve abrir o aplicativo do WhatsApp e ir em “Conta” depois em “Privacidade Recibos de Leitura”. Essa opção deverá ser desmarcada. Quando desmarcada, essa função também não poderá ver se os outros contatos leram suas mensagens. É um “jogo” duplo. Esse passo poderá ser realizado para dispositivos com iOS ou Android.

O Modo Avião é também uma maneira para driblar os sinais azuis, mas com pessoas específicas e em determinados momentos. Quando você recebe a notificação de uma mensagem, mas não quer que a pessoa saiba que leu, você deverá ativar o Modo Avião antes de abrir a mesma. Quando o Modo Avião é ativado, a conexão de dados e Wi-Fi é interrompida.

Após ler a mensagem, é necessário fechar o app para que a notificação dos sinais azuis não apareça. Para fechar o aplicativo, aperte duas vezes o botão Home e, com isso, vai aparecer todos os recursos abertos.

Para Android, os aparelhos com esse sistema contam com um widget que, no momento que é ativado, possibilita ler as mensagens do WhatsApp em uma janela de pop-up, que se assemelha muito às notificações.

Para colocar esse widget em prática, você deverá pressionar em uma área que esteja limpa da tela inicial do celular e selecionar Widgets.  Depois, você encontrará uma lista com apps e depois de encontrar o WhatsApp, deverá tocar no mesmo e arrastar para a tela em questão.

Com essa opção, você poderá responder as mensagens de outras pessoas e ignorar outras que não pretende conversar. Um lado negativo deste wigdet é que o mesmo não possibilita a leitura de emojis, fotos ou vídeos. Você somente lerá os textos. Caso não consiga ativar o recurso, verifique se Habilitar Wigdets se encontra ativo nas configurações do seu smartphone. 

Sinal azul do WhatsApp


Nova atualização do Whatsapp disponível para iOS e Android permite que sejam enviados documentos por meio do aplicativo.

O Whatsapp vem recebendo diversas novidades nas últimas semanas. A empresa está tentando oferecer cada vez mais opções para seus usuários, ainda mais agora que a concorrência do Telegram está crescendo, embora, é claro, o app rival ainda esteja muito distante do Whatsapp, ele vem apresentando novidades possivelmente tão interessantes quanto. Agora, o aplicativo recebeu uma nova atualização, disponível para o iOS e para o sistema operacional Android, que permite aos usuários enviarem documentos pelo aplicativo mensageiro.

Na aba de anexos, agora é possível enviar arquivos em PDF para seus amigos, embora outros tipos de documentos ainda não sejam aceitos pelo aplicativo, já é um grande avanço, já que muitas pessoas precisam enviar ou compartilhar documentos até mesmo de forma profissional pelo aplicativo.

Outra novidade, mais simples e relativa apenas ao visual, é que agora os anexos vídeo e foto são um só, chamados de Câmera dentro do mensageiro, mantendo o número de 6 ícones no aplicativo. Ressaltando sempre que só será possível que seu amigo visualize o documento em PDF enviado, caso ele também tenha a atualização já instalada em seu aparelho. No caso do Android, são duas versões, sendo 2.12.453 e 2.12.289, e no caso do iOS, a versão 2.12.4 do aplicativo instalado.

Outra mudança que a nova atualização trás, é que agora seu status e seu número, ou de seu contato, irão aparecer sempre no mesmo campo dentro do aplicativo, tornando as coisas mais simples.

Novas mudanças ainda devem chegar ao mensageiro em breve, entre elas, medidas para garantir o bem estar dos usuários, já que a empresa vem pensando em uma forma de ''punir'' os usuários que receberam diversos bloqueios por muito tempo dos usuários, o que poderia ajudar na identificação de spammers e de pessoas que usam o aplicativo para incomodar as demais. Outra mudança que deve ocorrer, é uma maior integração com o Facebook, já que o Whatsapp é subsidiário da empresa.

O rival Telegram também vem apresentando novidades para seu aplicativo, inaugurando recentemente os canais 2.0 no mensageiro, que acabaram por trazer diversas novas funções para o app, que vem crescendo e sendo muito elogiado entre os usuários, embora ainda não incomode de fato, o Whatsapp.

Por João Trajano

 

Whatsapp


Atualização do aplicativo já está disponível e disponibiliza cerca de 100 novos emojis para os usuários da versão para Android.

O Windows Phone, além de receber uma atualização do WhatsApp completamente adaptada ao Windows 10 Mobile (adequando perfeitamente o aplicativo ao sistema da Microsoft), também recebeu uma série de novos emojis para os seus usuários. Agora foi a vez do Android receber a edição 2.12.441 do WhatsApp, que traz 100 novos emojis para o aplicativo.

A atualização chegou cerca de 1 semana após ser disponibilizada para o Windows Phone, até mesmo pelo fato da atualização do sistema da Microsoft não ser apenas referente aos emojis, mas também a adequação do aplicativo ao sistema.

É possível baixar a nova atualização já no site do aplicativo, enquanto a atualização não é lançada na Play Store, já que ainda está em fase beta, podendo ocorrer eventuais erros e bugs no aplicativo. A atualização é válida para todos os smartphones com Android. Porém, embora a atualização seja liberada para os usuários de todos os smartphones com Android, alguns aparelhos ainda não receberam a atualização de imediato, o que deve acontecer de forma gradual para todos os usuários.

Caso você deseje saber se seu aparelho está ou não na lista apta a receber a nova atualização, é necessário acessar a Play Store e verificar a existência de um novo update para o Whatsapp. Lembrando que para receber a atualização é necessário ter no mínimo o Android 2.1, ou seja, a atualização chegará para praticamente todos os smartphones, mais cedo ou mais tarde, já que hoje pouquíssimos smartphones ainda contam com a antiga versão do sistema Android.

Porém, nesses casos, nem todas as funções estão disponíveis para os usuários, é válido lembrar, devido às limitações do sistema.

De qualquer maneira, é possível baixar o arquivo pelo apk mirror, para poder instalar a atualização no seu smartphone, caso ele ainda não tenha recebido a atualização, embora esse processo possa acabar gerando danos ao seu sistema.

O Whatsapp também deve liberar em breve novas atualizações, visto que a empresa junto ao Facebook, que a comprou há certo tempo, estão planejando novidades para o aplicativo, como maior integração com o Facebook, além de possíveis punições para quem receba diversos bloqueios no mensageiro.

Por Isis Genari.


Versão do aplicativo Whatsapp para o novo Windows 10 Mobile vaza por engano na Windows Store, permitindo que diversos usuários testassem a adaptação.

Embora o Whatsapp seja um dos aplicativos com mais usuários no mundo, o app, assim como diversos outros também extremamente usados e famosos, não possuem uma versão adaptada ao Windows 10 Mobile. Na verdade, desde o Windows Phone 7.X, o Whatsapp não recebe uma adaptação para os sistema da Microsoft. Tal fato mostra um certo desleixo das grandes desenvolvedoras com o sistema.

Porém, recentemente uma atualização no app para a versão mobile do Windows foi liberada por engano aos usuários, possivelmente por um erro na Windows Store, o que permitiu que diversos usuários tivessem a oportunidade de testar a versão e tirar suas conclusões sobre a adaptação.

Trata-se de uma versão beta, que na verdade é fechada e por um erro, como dito, foi liberada, e trouxe diversas novidades no visual, como a nova tela com emojis no aplicativo, com a barra de opções na parte superior e uma redução no tamanho dos ícones, que receberam ajustes para combinarem com o design do sistema.

Além das mudanças visuais, o app também está mais otimizado, rápido e fluído no sistema da Microsoft, não havendo mais alguns ''engasgos'', nas transições e animações dentro do app.

As mudanças que mais chamam a atenção, por enquanto, são essas, o que não quer dizer que devem parar por aí. Afinal de contas, o aplicativo precisa de diversos ajustes, visto que há muito tempo não recebe uma adaptação para o Windows Mobile, o que acaba por causar alguns problemas como lentidão e um visual que acaba por não combinar com a interface do sistema.

Não se sabe quando o Whatsapp pretende lançar a versão definitiva com todas as mudanças e ajustes para o Windows 10 Mobile, mas se considerarmos que o novo sistema deve ser lançado apenas definitivamente no final de fevereiro, é provável que, se não seja lançado até mesmo em conjunto com a atualização definitiva, seja lançado no máximo, algumas semanas após o lançamento oficial do novo Windows 10 Mobile.

Já não é mais possível baixar a atualização na Windows Store.

Por Isis Genari

Whatsapp para Windows 10 Mobile

Foto: Divulgação


Whatsapp será completamente gratuito, não existindo mais a cobrança da taxa anual após os primeiros 12 meses de uso, de US$ 1.

O Whatsapp ganhou nos últimos anos um espaço enorme no mercado, entre as redes sociais e apps mensageiros. Até então, o domínio era quase que total do Facebook, que acabou por comprar o próprio Whatsapp. Assim como um dia já havia sido do Orkut e do bom e velho MSN. Hoje é um dos apps com mais usuários ao redor de todo o mundo.

Recentemente, o aplicativo passou por problemas no Brasil, graças a uma decisão judicial, que fez o app ganhar ainda mais destaque na mídia. E após a tempestade, enfim parece ter surgido uma boa notícia para os usuários do app.

Foi anunciado recentemente, que a partir de agora, o Whatsapp será completamente gratuito, não existindo mais a cobrança da taxa anual após os primeiros 12 meses de uso, de US$ 1.

Quem explicou a decisão, foi o CEO Jam Koum, que justificou a mudança dizendo que pessoas de países como a Índia e o Brasil, não possuem Cartão de Crédito, o que faz que diversos usuários acabem por parar de utilizar o app, após os primeiros 12 meses de uso gratuito. A mudança, segundo ele, deve servir para que a base ativa de usuários aumente, e se atinja mais mercados.

A estratégia é parecida com a do Facebook, que também é totalmente gratuito, e mesmo assim, rende bilhões e bilhões por ano. Entretanto, a promessa feita aos usuários é de que o app não será infestado com anúncios de publicidade, como ocorre em muitos aplicativos nos dias de hoje.

Jam, também citou que os usuários querem falar com as empresas, e citou um exemplo envolvendo uma reserva em um restaurante. Tal integração, já está sendo planejada e deve ser implementada em breve, também no Messenger, do Facebook, que planeja integrar serviços de reserva em restaurantes, serviços de táxis, entre outros, no mesmo app, para fidelizar os usuários e ao mesmo tempo, lucrar mais com publicidade.

No primeiro semestre de 2014, o Whatsapp lucrou cerca de US$ 15 milhões, não necessariamente todo, vindo da taxa de US$ 1.

Por Isis Genari

Whatsapp

Foto: Divulgação


TU Go é o novo app lançado pela Vivo para concorrer diretamente com o WhatsApp.

O aplicativo de mensagens instantâneas WhatsApp virou febre por todo o país, desbancando as mensagens de texto por SMS ou mesmo as ligações, já que o aplicativo possui a opção de enviar mensagens de voz. São milhares de usuários conectados, e o número só cresce.

Com todo esse sucesso, a empresa Vivo resolveu lançar um aplicativo semelhante, com o objetivo de concorrer com o WhatsApp no Brasil. O anúncio do novo aplicativo foi feito no último dia 28, durante um evento de tecnologia e telecomunicações ocorrido em São Paulo, a Futurecom.

O novo aplicativo, batizado de “TU Go”, não é exclusividade brasileira. Já existem versões disponíveis em países da América Latina como a Colômbia e também na Inglaterra. Ainda durante o evento, o presidente da Telefônica/Vivo, Amos Genish afirmou que o novo serviço tem tudo para ser um bom concorrente para o WhatsApp.

A operadora ainda não divulgou as plataformas que suportarão o novo aplicativo, nem quando o TU Go será disponibilizado para download pelos usuários. A iniciativa da operadora é retrato de sua insatisfação com serviços como o WhatsApp e o Viber.  Genish voltou a defender “regras iguais para todos”, durante a sua fala no evento. A insatisfação da empresa está relacionada à competição existente entre as empresas de telefonia e os serviços de internet oferecidos por empresas especializadas, conhecidas no mercado como OTTs (Over-the-tops). O presidente da Vivo defende regras iguais, mas não espera que a Anatel tome a frente da regulação das OTTs.

Com mais de 900 milhões de usuários por todo o mundo, e alguns milhões também em território nacional o WhatsApp já é uma marca consolidada e aceita pelo público. A expectativa é sobre quais as funcionalidades a Vivo oferecerá em seu aplicativo, para convencer os usuários fiéis do WhatsApp, a migrarem para sua opção.

A Vivo não é a primeira a tentar concorrer com o WhatsApp. No Brasil existem serviços semelhantes como o Zap Zap Messenger, versão nacional do aplicativo de mensagens, que possui emoticons diferenciados, e uma opção de um mural interativo, onde os usuários podem conhecer outras pessoas para trocar mensagens. O aplicativo foi lançado em abril do ano passado e é iniciativa do programador Erick Costa, que atualmente mantém sozinho o aplicativo.  Embora possua funcionalidades diferenciadas, o aplicativo não chega nem perto da fatia de mercado atingida pelo seu concorrente mais famoso.

Por Patrícia Generoso

TU Go


Depois de algumas falhas do WhatsApp, o aplicativo Telegram reaparece nos celulares de alguns usuários. Comparações então estão sendo feitas a partir daí para concluir se afinal é melhor ficar no velho WhatsApp ou o pouco conhecido Telegram.

Os dois se alimentam, igualmente, do conjunto de contatos do usuário. Isso delimita a inclusão de pessoas no app, o que traz mais privacidade aos usuários. Então, para usar o aplicativo, é preciso o número do celular de quem quer conversar e o a instalação completa do serviço. Os dois também têm a opção de criação de grupos. Até aqui estão empatados.

O Telegram começa perdendo no quesito mensagens de voz. O WhatsApp dá a opção do áudio, o que o Telegram ainda não possui. Os outros recursos os dois oferecem as mesmas coisas, envio de fotos, vídeos, localização e contato.

Há ainda certa desvantagem do Telegram para envios desses arquivos. O aplicativo só compartilha o “pacote”, enquanto o WhatsApp envia de maneira mais simples os arquivos. O que difere um do outro e que compensa usar o Telegram, por outro lado, é a opção de buscar imagens direto dos resultados do Google.

No quesito ligações, os dois voltam a empatar. Nenhum faz ligações telefônicas ou VoIP para os contatos. O WhatsApp anunciou logo após a sua compra pelo Facebook que vai incluir o recurso ainda em 2014. Mas, enquanto isso, seguem empatados.

O WhatsApp pode ser baixado gratuitamente, contudo após um ano de uso, o usuário precisará desembolsar US$ 0,99. Em contrapartida, ganhando vantagem no quesito custos, o Telegram sai na frente. Ele é totalmente gratuito.

O mais interessante do Telegram é que, por ser em nuvem, tem versões não apenas para celular, mas também para Windows, Mac e Linux. Apesar de não ser oficial, são altamente funcionais. Até surgiu uma nova versão para Google Chrome, que permite usar também em ChromeBooks. Já o WhatsApp, a versão é somente para a plataforma móvel.

Por Carolina Miranda

WhatsApp e Telegram

Foto: Divulgação


Há alguns dias houve uma falha no roteador da rede WhatsApp, o que causou transtornos para os internautas. O novo aplicativo foi comprado pelo dono do Facebook por 19 bilhões de dólares. Após três dias da compra, o cofundador teve de emitir um comunicado pedindo desculpas aos usuários após seu app ficar inacessível por três horas. Ele relatou ainda que esse foi o maior problema já existido até a criação do aplicativo e afirmou também que problemas como esse não ocorrerão novamente.

Diante disso, muitos internautas ficaram frustrados, haja vista que o aplicativo se tornara a rede social mais bem elaborada pelo mercado tecnológico. Vale dizer que, o novo app é considerado um dos projetos mais bem sucedidos até o momento, uma vez que está sendo sucesso no mundo todo quando se fala em dispositivos móveis. O mercado de tecnologia afirma que o WhatsApp foi a maior negociação feita desde 2001, quando houve fusão entre as empresas americanas AOL (America On-line) e Time Warner no valor de 162 bilhões de dólares.

Ele é disponibilizado para mais de cem países e para os sistemas operacionais iOS (Apple), Android (Google), Blackberry, Symbian e Windows Phone, o que o deixou como líder de mercado em alguns países do continente europeu e no Brasil. Podemos verificar seu sucesso ao percebermos a quantidade de pessoas que aderiram ao app e se comunicam por ele. É o mundo todo voltado para as tecnologias que têm avançado a cada ano que passa, trazendo novidades àqueles que acompanham de perto esse mundo.

Entre os benefícios do WhatsApp temos o recurso de emitir em um minuto as atividades do usuário na rede. É como se fosse um resumo de sua história em um vídeo feito pelo aplicativo em apenas um minuto. O Instagram também lançou recurso de mensagens parecido com o do WhatsApp ao oferecer mensagens diretas entre usuários. 

Por Luciana Viturino

WhatsApp

Foto: Divulgação


Tanto nos países de primeiro mundo quanto nos países que estão emergindo cada vez mais no mercado tecnológico, o WhatsApp, aplicativo para smartphones para comunicação, é a mais nova febre da galera jovem.

Está cada vez mais fácil o acesso da classe média ao mundo da tecnologia móvel. Hoje em dia, temos disponível uma infinidade de aparelhos que agradam a todos os bolsos. De acordo com os dados estatísticos levantados pela Kantar Worldpanel no ano de 2013, cerca de 61% dos dispositivos com Android vendidos em território brasileiro são smartphones de baixo custo.

Esse aumento das possibilidades de aquisição e o acesso facilitado à tecnologia para todas as classes foram também responsáveis pela propagação de aplicativos no Brasil, tal como o WhatsApp.

Na conferência DLD, realizada na Alemanha, o Executivo Chefe do aplicativo multiplataforma de troca de mensagens WhatsApp informou com todo o orgulho que sua empresa lida agora com cerca de 54 milhões de mensagens por dia – um número surpreendente.

Benedict Evans, analista da plataforma móvel, é muito provável que estes números superem o número de mensagens de texto convencionais (SMS) enviadas e recebidas por dia em todo o mundo.

Além disso, Evans afirma que a empresa nunca gastou um centavo sequer com serviços de publicidade e propaganda. O WhatsApp possui hoje mais de 430 milhões de usuários ativos e por incrível que pareça, a empresa tem apenas 50 funcionários.

No mês de abril de 2013, uma das mais influentes empresas do ramo de TI, Google, ofereceu a quantia de um milhão de dólares para comprar o aplicativo – a venda foi negada, claro! Na época o serviço não chegava nem perto da quantidade de mensagens enviadas hoje.

Benedict Evans, em sua conta pessoal do micro-blog Twitter, publicou uma imagem contendo um gráfico com o crescimento constante do aplicativo móvel. A mensagem postada por Evans no micro-blog foi a seguinte: “O crescimento no volume de mensagens do WhatsApp ainda está acelerando”.

Por Júnior Beluzzo

WhatsApp

Foto: Divulgação


Aplicativo multiplataforma que permite a troca de mensagens pelo celular sem custo algum, o WhatsApp Messenger está disponível para diversos smarthphones (iPhone, BlackBerry, Android, entre outros). Além das mensagens básicas, é possível criar grupos, enviar mensagens com imagens, vídeos e áudio. 

Talvez, a popularização do WhatsApp deva-se não somente à sua gratuidade, mas ao seu leque de possibilidades simples e variadas. E, sendo um aplicativo que alcançou em 2013 milhões de usuários ativos, e bilhões de mensagens enviadas e recebidas por dia, não surpreende a ESET ter identificado uma nova ameaça que o utiliza como um "canal" para roubar informações pessoais e dados bancários.

Fornecedora global de segurança, a ESET visa proteger contra ameaças virais virtuais. Fundada em 1992, está situada em Bratislava (Eslováquia) e possui escritórios de coordenação em Londres, Praga, Cracóvia, São Paulo, México, etc, sendo a empresa líder em testes de detecção, pois foi a que obteve mais menções no setor.

Pesquisadores do laboratório ESET América Latina (o qual opera a partir de Bueno Aires, e busca responder a demanda local no que concerne à investigação e descoberta pró-ativa de ameaças virtuais) identificaram "Zeus", ameaça virtual popular que tem utilizado o sucesso do WhatsApp para disseminar um e-mail que simula uma mensagem de voz do aplicativo, bem como um arquivo comprimido na mensagem, intitulado "Missed-message.zip".

Assim que o descompacta, o usuário ativa um arquivo executável de mesmo nome. Ele é um dropper, arquivo aparentemente inofensivo, mas que descarrega outras ameaças. E, é por via dessas, que as informações dos usuários são absorvidas e manipuladas. Para mais detalhes sobre o processo, acesse aqui.

Vale recordar que esse é o segundo golpe utilizando o WhatsApp somente numa semana. O anterior prometia instalar o aplicativo em PCs, quando, na realidade, colocava um cavalo de tróia com o mesmo objetivo de "Zeus".

E o que fazer a respeito?

O ideal é evitar o download de arquivos não-confiáveis, provindos de desconhecidos; e possuir, é claro, um antivírus eficaz e eficiente.

Mantendo seus dados seguros e bem protegidos, não há ameaças a temer.

Por Juciane Santana

WhatsApp

Foto: Divulgação


Grande parte dos proprietários de smartphones reconhece que um dos aplicativos mais úteis hoje em dia é o WhatsApp.

O aplicativo permite a troca de mensagens de forma simplificada utilizando a conexão de dados do celular (Wi-Fi ou 3G) sem custos adicionais. No entanto, o software só estava disponível de forma estável para aparelhos da Apple e com sistema Andoid. Havia versões também para Symbiam e Blackberry com sérios problemas de compatibilidade.

O WhatsApp já é o software para trocas de mensagem mais popular do mundo e com isso passará a enviar para todos os principais sistemas operacionais móveis.

Para os usuários do novíssimo BlackBerry 10 (que estará disponível no mercado brasileiro ainda neste semestre) isso era uma questão encarada com muito pesar. No entanto foi anunciado que no mês de março o WhatApp terá uma versão específica para o BB10 e já virá na memória dos aparelhos comercializados, segundo informação divulgada no Twitter da própria fabricante.

Isso certamente irá contribuir com os números das vendas dos aparelhos com sistema BlackBerry, que ainda necessita de outros aplicativos de grande popularidade como o Instagram e tem problemas com o YouTube. 

Por Bruno Hardt





CONTINUE NAVEGANDO: