A notícia sobre o bloqueio de celulares importados no Brasil está dando o que falar.

Desde o iníco do ano, a Anatel em parceria com as operadoras discutiram a proposta a fim de evitar a prática de importação ilegal dos aparelhos "xing ling" (referente à réplicas dos modelos famosos que são produzidos na China).

Segundo a Anatel, esses modelos já haviam sido proibidos por lei,  mas até agora nenhuma medida drástica foi tomada em relação ao assunto. A comercialização ao contrário do esperado vem crescendo com as imitações que nem sempre perfeitas com alusão aos modelos cobiçados.

A preocupação agora está voltada para os aparelhos que não são piratas, mas que são importados. A Anatel estuda as regras e o sistema de ativação de chips, visando não falhar nas vésperas da Copa do Mundo e dos jogos Olímpicos de 2016.

A intenção não é causar impacto aos usuários e sim agir corretamente com todos so colaboradores de impostos, relatou o porta voz. Até o final do próximo ano todos os celulares deverão passar pelo teste  da Anatel a fim de evitar de vez o assunto quanto aos importados ilegais ainda existentes.  

Por Luciana Ávila


A Apple estaria tendo problemas na reposição de estoque do iPhone 5, mas uma fabricante chinesa encontrou a solução para o caso, o LeGuo, uma réplica Xing-ling do novo smartphone da Maçã. O smartphone chinês conta com um design totalmente fiel ao do iPhone 5, porém vem com sistema operacional Android 4.0, com tela de apenas 4 polegadas e resolução bem menor do que a do iPhone 5.

O grande destaque no aparelho Xing-ling é que, mesmo tendo o Android como plataforma, ele conta com uma interface bem semelhante a do iOS, o que da ao usuário a opção de usar a interface da Google ou da Apple.  Além disso, o smartphone também traz uma cópia da Siri, a assistente pessoal do iPhone, e o aplicativo de mapas do iOS 6.

O  LeGuo possui processador de 1 GHz, memória RAM de 512 e 4 GB de armazenamento interno, sem suporte para expansão através de um cartão microSD. O smartphone ainda traz uma câmera de 8 megapixels na parte traseira e uma outra na parte frontal de 3 megapixels.

A loja Android-Sale, localizada em Hong Kong, prometeu que a venda do smartphone começará até o final deste mês.

Por Felipe Santos Bonfim





CONTINUE NAVEGANDO: