Próxima atualização do Windows 10 pode liberar a funcionalidade para os usuários.

O Microsoft Edge é a nova aposta da Microsoft para o mercado de navegadores, tanto nos desktops, como também para os usuários mobiles, uma tentativa válida da empresa em deixar de lado a péssima imagem deixada pelo velho e nem tão bom Internet Explorer em seus últimos tempos de vida. Porém, por ser um navegador novo, ele ainda não conta, ou não contava, com funcionalidades simples como extensões, porém, ao que parece, isso tem tudo para acabar em breve, para os usuários dos Computadores e também dos smartphones com o Windows 10 Mobile.

As extensões do Microsoft Edge nos desktops deverão chegar com a atualização do Windows 10 Redstone 1. Entretanto, ao que parece, os usuários que estão testando as versões beta do Redstone nos dispositivos móveis, receberão um indício de que a funcionalidade também deverá chegar aos dispositivos móveis.

As informações são provenientes de usuários do Reddit, conhecido por vários usuários vazarem informações de grandes empresas. No site, uma captura de tela mostra que um usuário acessou a extensão de nome ''Pin It Button'' do conhecido Pinterest em um dispositivo que estava equipado com o Windows 10 Mobile Redstone em versão beta, o botão para que o usuário pudesse realizar o download da extensão, era ativado no navegador.

As informações não param por aí, outros usuários ao acessarem a página ''about: flags'' do dispositivo, também no navegador da Microsoft, encontraram uma opção que deixava bem claro a possibilidade de habilitar as extensões no navegador mobile, alertando até mesmo sobre os possíveis riscos ao instalar uma extensão no Edge.

Entretanto, é sempre muito importante salientar que as informações não são oficiais, embora bem possivelmente venham a calhar, visto que qualquer usuário Insider do Windows 10 Mobile Redstone pode verificar a informação.

Todavia, uma das especulações, além da possibilidade da empresa disponibilizar tais extensões também na versão mobile, é a possibilidade da empresa de fato trazer a funcionalidade para o Edge, mas apenas para desenvolvedores, para que os mesmos possam conseguir verificar qual a compatibilidade de suas extensões em um dispositivo móvel. A possibilidade parece pouco provável, mas pode acontecer, visto que seria uma maneira de atrair e agradar os desenvolvedores mobiles.





CONTINUE NAVEGANDO: