Nos primeiros meses do curso de Jornalismo, estudantes são questionados sobre a durabilidade dos jornais impressos, não no sentido do papel em si, mas quanto tempo o sistema de mídia impressa conseguirá sobreviver em meio ao amplo crescimento da notícia em portais da internet.

Certamente, o sistema impresso não deverá terminar, por inúmeros motivos. E se a plataforma virtual cresce assombrosamente, jornalistas, editores e leitores buscam se adequar aos novos meios, entre os quais o iPad, que há poucos dias ganhou sua segunda versão.

Na terça-feira (15/03), foi anunciado o portal Brasil 247, especialmente voltado ao equipamento desenvolvido pela Apple. O jornal online tem por destaque o fato de ser totalmente gratuito e de conteúdo aberto, ou seja, é possível compartilhar todo o conteúdo sem qualquer restrição.

De acordo com os desenvolvedores, diariamente serão expostas duas edições, pelo menos, uma às 06h e a outra às 20h.  A idealização desse meio de comunicação só foi possível graças a R$ 4 milhões de investimentos durante um ano.

E por se tratar de um jornal no iPad, os leitores podem esperar inúmeros recursos audiovisuais e muita interatividade. De acordo com Joaquim Castanheira, renomado jornalista e um dos idealizadores do intento, o Brasil 247 não é uma mera adaptação do jornal impresso, mas sim um meio que visa explorar os recursos tecnológicos existentes.

Para conferir estas informações, acesse o site do Brasil 247.

Por Luiz Felipe T. Erdei





CONTINUE NAVEGANDO: