App é parecido com o Popcorn Time e deve chegar em breve para iOS.

Os aplicativos que visam facilitar a vida dos usuários, como os de streaming de vídeos, são cada vez mais comuns. O Netflix é um grande exemplo de aplicativo/serviço que surgiu há poucos anos atrás e hoje é simplesmente um dos serviços móveis mais utilizados do mundo. O Looke, seu ''irmão'' brasileiro, também vem ganhando seu espaço. Porém, é evidente que sempre existem usuários que preferem não pagar por esses serviços e acabam optando por serviços piratas. Para isso, existem aplicativos como o CineTela.

O aplicativo permite aos usuários poder assistir filmes de graça nos dispositivos com Android e vem ganhando destaque na Internet. Os usuários que possuem o aplicativo instalado em seu dispositivo móvel podem acessar os filmes sem a necessidade de assinar qualquer plano pago ou download, espalhando conteúdo pirata no sistema operacional do robozinho verde.

Este tipo de aplicativo, aliás, vem se tornando tema de cada vez mais polêmica, visto que o CineTela é apontado como uma espécie de sucessor do PopCorn Time, que foi encerrado há um bom tempo graças as autoridades, por também distribuir conteúdo multimídia pirata. O problema é que o código do antigo serviço continua disponível, o que faz com que outros projetos possam se aproveitar do mesmo para criar outras ''versões'' do aplicativo.

O CineTela, embora possua a mesma proposta do PopCorn, acaba por se diferenciar do seu ''antecessor'' por alguns motivos, como por exemplo, o fato do PopCorn se utilizar de transferências via P2P, sem a necessidade de hospedar todo o conteúdo pirata em um servidor online, o que acaba por dificultar a queda do serviço por ataques de autoridades, por exemplo, como aconteceu com o serviço de hospedagem Mega, há tempos atrás. Já no caso do CineTela, o conteúdo é disponibilizado por meio de vídeos que são encontrados na própria Internet.

Outro problema para aqueles que tem interesse no aplicativo é o fato de ele só disponibilizar filmes dublados, o que pode e deve acabar afastando aqueles que preferem filmes legendados.

Todavia, é evidente que o aplicativo não está disponível para download na Play Store, visto que não é permitido que apps que violem direitos autorais ou leis façam parte da loja de aplicativos do Android. Por enquanto, a promessa é de que o aplicativo brasileiro também chegue ao iOS, embora evidentemente ele também não será disponibilizado na Apple Store, sempre dependendo de lojas alternativas e jailbreaks para que possa ser utilizado pelos usuários.

Maria Luiza Mazzo


Novo app leva recurso de videochamada para outros aplicativos de mensagens. Aplicativo possui versões para Android e iOS.

O WhatsApp, como todos sabem, é um app de conversa de texto e chamadas de voz, através dele também é possível enviar vídeos, imagens e até fazer ligações para outros usuários desse app, mas o que falta, ou melhor, faltava nesse aplicativo é o recurso de videochamada. Agora o que você irá dizer quando descobrir que no WhatsApp é possível fazer chamada de vídeo? Com certeza irá mencionar algo do tipo: "Como assim?" ou "O Whats não tem essa opção". Realmente, o Whats não disponibiliza aos seus usuários esse recurso, mas um aplicativo de nome Booyah, lançado no dia 1º desse mês para Android, é uma ótima alternativa. Vale lembrar que existe também uma versão do app para iOS.

O Booyah é um aplicativo gratuito e não necessita de cadastro, essa chamada pode ser feita por até 12 pessoas ao mesmo tempo. Basta baixar o app, instalar, clicar no menu no ícone na forma de uma pessoa e enviar a solicitação. Esse convite pode ser enviado para um grupo ou contatos do Whats, que receberão um link para baixar o app Booyah e um link para participar do chat.

Segundo informações de Dany Fishel, CEO da Rounds, até o momento não existe versão para o Windows Phone e a mesma só será feita a partir do momento que a demanda para esse novo app aumentar.

Esse novo app de videochamada – Booyah – possui um diferencial interessante em relação a outros app, o usuário que fizer a chamada não precisa ficar esperando ser atendido, ele manda o convite e assim que a outra pessoa puder atender o Booyah envia uma notificação para quem realizou a chamada e a mesma pode entrar para conversar.

O Booyah pode ser utilizado por outros apps de conversas tais como: Facebook Messenger, iMessage, Snapchat e outros. Dos vários app de conversa de texto, o Whats é o único que não possui esse recurso, podendo ser facilitado agora pelo Booyah. Vale lembrar que o Skype possibilita essas chamadas com até 25 pessoas, o Google Hangouts com até 10 pessoas e o Face Time para até 01 pessoa.

Você pode baixar o Booyah pela Play Store, instalar, enviar os convites e já começar as videochamadas pelo WhatsApp.

Andreza


Muitos usuários ainda tratam com receio a venda do WhatsApp e acredita que o serviço é o único disponível para os celulares. Além do WhatsApp e outros mais falados, existe também o WeChat, que é um aplicativo de mensagens  totalmente gratuito e multiplataforma, disponibilizado para Android, iOS, Windows Phone, Mac, Blackberry e Sumbian.

Ele oferece serviços de troca de mensagens de texto, de voz, compartilhamento de imagem e vídeo. Os contatos que possuem o WeChat falam de graça entre si. Para os apaixonados pelo Facebook, há outra vantagem: ele é integrado à rede social.

O aplicativo ainda oferece chamadas por vídeo em HD e em grupo, um dos seus diferenciais. Além dessas vantagens, o app pode funcionar também como uma rede social. Mas nem por isso o WeChat tira a privacidade de seus usuários. Ele fornece funções de privacidade, como armazenamento de mensagens em local seguro, deixando-as em modo offline. Assim, o usuário do serviço pode ler os textos dos seus contatos mesmo se não tiver conectado, ou seja, online.

Outro item interessante do aplicativo é o serviço de localização. Quando o usuário clica no ícone “Social” e depois em “Look Around”, o sistema permite a visualização de quem está por perto. As chamadas de vídeo também são fáceis de manusear: basta enviar um convite, clicando em “Invite” e depois em “Video Call”.

O compartilhamento de imagens também não tem mistério algum. O usuário pode clicar em “Moments”, depois disso é só enviar aos interessados. Quem preferir pode escolher em enviar ou deixar ver as fotografias só alguns contatos que interessam ao usuário.

Para quem não gosta do WhatsApp ou quer conhecer outros aplicativos diferenciados para interação, o WeChat é uma alternativa para o contato direto com familiares e amigos. Ele é gratuito e está disponível em português para iOS e Android. Para Windows Phone, BlackBerry e Symbian está disponível somente em inglês.

Por Carolina Miranda

WeChat

Foto: Divulgação


Para aqueles que pensam que a tecnologia moderna veio apenas para ostentar o mercado se engana. Muitos aplicativos oferecem opções variadas que contribuem com a segurança pessoal e também com a sustentabilidade. Um ótimo exemplo é o Alcohoot, um bafômetro para smartphone que funciona com muita precisão para aqueles que costumam dar uns golinhos na noitada. Óbvio que o indicado é que o condutor fique 100% sóbrio ao menos que tenha uma pessoa para conduzir o seu veículo (e que a mesma não esteja alcoolizada), porém, se houver um "escape", o dispositivo poderá apontar se foi passado dos limites ou não.

A novidade pode funcionar em diversos modelos de aparelhos smartphones que estão no mercado. Os níveis indicados são próximos aos dados da  polícia e relata o nível de álcool no sangue e ainda demais informações interessantes como a quantidade consumida em geral e sua classificação perante a Organização Mundial da Saúde. A utilidade também é baseada nas informações sobre bares e restaurantes próximos, táxis e demais opções de transportes caso aponte a alteração.

O Alcohoot funciona em Android e também iOS e é necessário uma carga de íons de lítio onde suporta até quinhentos testes, afirma a empresa responsável.

O dispositivo que deve ser acoplado ao aparelho pesa cerca de 50 gramas e custa cerca de US$ 119 (há quem diga que possa ser encontrado por apenas US$ 90). A compra é feita no site da própria empresa que o fabrica www.alcohoot.com e está disponível em três opções de cores.

A novidade surgiu no final do ano passado e já é considerado um "amigo" de muitos usuários que já comprovaram a sua eficácia perante a momentos de exageros. 

No site do Youtube existem diversos vídeos da Campanha do Alcohoot onde aparecem jovens testando o dispositivo a fim de demonstrar que os resultados são imediatos.

Por Luciana Ávila

App Alcohoot

Foto: Divulgação


Chegou o aplicativo para Android que todos estavam esperando. Estamos falando do jogo de sucesso Angry Birds. Porém, dessa vez, os fãs iriam disputar uma corrida de Kart com seus personagens favoritos. É que foi lançado o app Angry Birds Go, que é um game de corrida tipo o Mario Kart. Nada mais de bombas e rivalidades entre os personagens. Agora você apenas escolherá seu boneco de preferência e irá jogar nas mais variadas pistas e estilos de imagem.

O jogo tem uma boa resolução e todos os aparelhos com Android poderão baixar esse aplicativo sem maiores problemas. Nenhum jogo fez mais sucesso nos celulares do que essa franquia dos passarinhos. Por ser de fácil manejo, esse é um game bom para todos os públicos possíveis. São muitas as vantagens do Angry Birds Go. O legal desse jogo é que tanto os pássaros como os porcos viraram pilotos de corrida. O jogador escolherá seu boneco e enfim tentará vencer as corridas que são cheias de surpresas, novidades e estratégias muito bem boladas.

Você pode conseguir esse jogo de forma gratuita na Google Play Store.

Aproveite essa novidade e sinta a emoção de jogar com os pássaros e os porcos. O modo de jogar é simples e, rapidamente, você aumentará seu nível como piloto.

Para jogar, em todo o caso, você escolhe em movimentar com o celular ou com as barras laterais. Assim o jogador vai se movimentado e ultrapassando seus adversários a partir de muitas jogadas e estratégias que podem ser utilizadas durante os jogos.  A opção de tocar nas borlas da tela é a mais indicada, afinal há muitas curvas nas pistas desse aplicativo que veio para ganhar ainda mais adeptos e fãs dessa franquia dos passarinhos. 

O legal disso tudo é que, como sabemos, os pássaros de Angy Birds têm poderes diferentes, e o jogador pode usá-los em ocasiões que achar importante. Tem os raios, as explosões, entre outros poderes que podem fazer toda a diferença nas corridas. Também dá para escolher jogar a partir dos desafios, das novas pistas que vão surgindo ao longo do jogo. Também dá para ganhar novos personagens, novos pássaros caso o gamer consiga vencer três estágios. Dá para comprar novos carros para suas aves e seus porcos na loja da empresa. Não faltam opções de aprimoramento e novidades de toda ordem para todos os fãs da franquia dos passarinhos rebeldes. 

Por Juan Wihelm

Angry Birds Go

Foto: Divulgação


O Snapchat é um aplicativo para smartphones, tanto iOS quando Android, que busca a privacidade. Você cria uma conta com o seu número de celular, manda qualquer mensagem para os contatos e depois de 15 segundos após ser visualizada ela é removida e apagada para sempre. Em tempos de boatos de monitoramento do governo americano, a busca pelo aplicativo se tornou maior, tanto é que o Instagram fez uma espécie deste recurso dentro do aplicativo. Se tio Mark não conseguiu comprar o App, pelo menos implantou no Instagram, que recentemente foi adquirido pelo Facebook.

Mas nos últimos dias, um bug ou simplesmente falha de segurança, deixa os usuários de atenção. A falha já existia há algum tempo, mas só foi descoberta na véspera de ano novo. Basicamente, o Snapchat tem um recurso chamado: Buscar Amigos (para quem usa a versão em inglês, é Find Friends). Ela busca seus amigos através de sua agenda telefônica, dentro do seu smartphone. O que acontece é uma falha justamente nesse recurso. Você poderia chegar a descobrir o número de qualquer usuário do serviço e não apenas o da sua agenda telefônica.

Segundo informações, o pior ainda pode estar por vir. Os desenvolvedores do aplicativo não se deram conta da falha. E o pior, sabiam desde agosto que algo não cheirava bem, mas mesmo assim não deram bola. Mesmo com comunicados lançados no final de dezembro, não se sabe ainda quando uma correção para o aplicativo pode estar chegando. Ou seja, aquilo que talvez fosse confiável agora se torna dúvida de muita gente.

Mas nem todo aplicativo é confiável. Todos os apps têm falhas e se descobertas, podem colocar o usuário em risco. Em temos de NSA, todo mundo fica receoso com falhas e problemas de segurança e privacidade. Recentemente, alguns veículos de imprensa noticiaram que o iPhone poderia ser rastreado permanentemente, algo desmentido pela Apple.

Por Leandro de Souza

Snapchat

Foto: Divulgação


O Facebook, que é considerado a maior rede social em todo o mundo, tem agora motivos para se preocupar, e ele e seus administradores que se cuidem, pois o aplicativo que agora está na boca (e nos smartphones) dos jovens por aí é o chamado Snapchat. Ele chegou ao mercado há pouco tempo, mas já está fazendo sucesso. O seu chamariz: oferecer compartilhamento de informações de uma forma mais particular. A ideia é tão bacana, que chamou a atenção dos gigantes Google e Facebook e eles até já ofereceram bilhões de dólares pela sua aquisição. Mas parece que o aplicativo pretende ser ainda maior, isso porque a empresa recusou todas as ofertas.

A explicação do “desespero” das duas mundiais é única: o Snapchat pode ser um dos grandes motivos pelo qual o Facebook, por exemplo, tem perdido audiência entre o público mais jovem. Não é a toa que o gigante ofereceu 4 bilhões para adquiri-lo. O Google, que deve ter percebido a reputação, não pensou duas vezes e também tentou fazer uma oferta.

O aplicativo está disponível apenas para Android e iOS e funciona da seguinte maneira: ele compartilha fotos e vídeos entre amigos de modo privado. Ao mandar um item, o usuário possui um limite de tempo que, se a foto não for vista por quem ele enviou, será apagada dos dois aparelhos.

Algumas características são semelhantes ao Instagram, ainda mais quando falamos de envio de fotos. No entanto, os comentários que estão rolando por aí é de que ele é um pouco mais difícil de entender e, talvez, esse seja o motivo de não ter sido adquirido por pessoas adeptas aos apps comuns.

SNAPCHAT – DESCRIÇÃO:

Experimente uma maneira totalmente nova de compartilhar hoje. Tire uma foto ou um vídeo, adicione uma legenda, e envie a um amigo (ou talvez alguns). Eles vão ver, rir. Se você quiser compartilhar algo com todos os seus amigos, adicioná-lo ao seu Snapchat Story, uma narrativa viva onde cada snap vive por 24 horas até desaparecer, abrindo espaço para o novo.

Por Jaime Pargan

Snapchat - Novo aplicativo para Android e iOS

Foto: Divulgação


Hoje em dia raramente alguém recusaria uma oferta de US$3 bilhões de dólares por um negócio. Mas foi exatamente isso que a startup Snapchat fez com o Facebook. Fundada a apenas dois anos por um estudante de Stanford, a empresa simplesmente recusou a tal oferta feita por um aplicativo que leva o nome da startup. Para algumas pessoas essa foi uma decisão até que inteligente. Mas como não poderia deixar de ser há quem discorde do fato.

Mas do que se trata exatamente o tal Snapchat? Bom ele não passa de um serviço desenvolvido para disponibilizar aplicativos que rodem nos sistemas Android e iOS .Ele também permite que os usuários compartilhem tanto fotos quanto vídeos. Até aí  nada de novo. O ponto interessante é que os compartilhamentos feitos por meio do serviço se apagam automaticamente em cerca de 10 segundos.

Também há um recurso chama de Stories, neste caso, o que for compartilhado poderá ter um tempo de duração de até 24 horas. De qualquer maneira, uma vez apagados, não há maneira de recuperá-los.

Muita gente pode até estranhar esse tipo de recurso. Mas provavelmente o fato de que o serviço pode ser usado de maneira privada ( mesmo tendo a opção de perfil público) e a capacidade de poder fazer compartilhamentos de arquivos com um tempo de vida relativamente curto é que tem impulsionado as pessoas a aderirem ao serviço em seus dispositivos móveis. Outro detalhe é que isso evita que rastros sejam deixados. Caso o destinatário, por exemplo, decida fazer um captura de tela o remetente é imediatamente informado.

De início, quanto chegou à App Store da Apple, o Snapchat era utilizado basicamente por quem queria fazer trocas de fotos e vídeos de natureza sexual. Mas se popularizou de tal maneira que hoje em dia é usado para o compartilhamento até mesmo daqueles momentos “sem graça” do dia a dia.

Obviamente que é praticamente impossível prever se o Snapchat se firmará no Vale do Silício ou se acabará caindo no esquecimento. Entretanto, ainda devemos ouvir muito dele uma vez que se trata de um serviço novo que os usuários de redes sociais ( ainda mais com a popularização dos mesmos em dispositivos móveis) deverão gastar um tempo para conhecer e talvez enjoar dele.

Por Denisson Soares


O YouTube divulgou que uma das próximas atualizações do seu aplicativo para celulares, previsto para novembro, trará uma profunda mudança na plataforma: a permissão para que os vídeos seja assistidos off-line, ou seja, os usuários poderão baixar os vídeos para assistir mais tarde, mesmo sem conexão à internet.

Segundo o anúncio, os vídeos ficarão disponíveis para serem assistidos pelo período de 48 horas no aparelho. A novidade, que funcionará apenas em dispositivos móveis (a versão web do YouTube não contará com essa inovação), também contará com a exibição de anúncios, que vem gerando aumento de lucros à empresa.

Usuários de dispositivos Android já estão quase familiarizados à novidade, já que, desde 2012, os smartphones com esse sistema operacional podiam fazer um pré-carregamento dos vídeos do YouTube. A diferença principal é que, na versão atual, o vídeo pré-carregado só pode ser assistido se, em seu início, houver uma conexão disponível. Na nova versão, isso não será mais necessário.

A mudança não é restrita à versão para celulares do YouTube. Tablets que possuem o aplicativo instalado também contarão com o novo recurso. Dessa forma, o Youtube espera aumentar a satisfação e a melhoria na experiência dos usuários ao desfrutar as inúmeras opções de vídeos disponíveis na plataforma.

Por Jorge Souza


Apesar do recente lançamento do novo sistema operacional da Apple, o iOS 7, já foi descoberta uma grande vulnerabilidade nele: é possível acessar dados pessoais do usuário, como em e-mails, fotos e contas nas redes sociais, sem permissão, a partir da tela de bloqueio do aparelho.

A falha, detectada em vários modelos de iPad e iPhone, foi descoberta por um soldado espanhol e é simples de ser feita por qualquer usuário, bastando o invasor acessar a tela de bloqueio do aparelho, acionar o Centro de Controle (uma das grandes novidades do sistema operacional) e abrir o aplicativo de despertador.

Em seguida, é preciso segurar o botão “sleep” do aparelho. Porém, em vez de desligá-lo, cancele a atividade e pressione duas vezes o botão Home para acessar a tela de multitarefa.  A partir dali, é possível acessar a câmera e compartilhar fotos salvas no dispositivo, tendo, assim, acesso a contas de redes sociais e e-mail do dono do aparelho.

A Apple diz estar consciente o problema e, por conta disso, já prepara uma correção, que será a primeira atualização do sistema operacional lançado há poucos dias. 

Por Jorge Souza


Os celulares e tablets têm sido usados recentemente por pais para entreter os pequenos. Há quem discorde da forma com que esse uso é feito, mais o uso de dispositivos portáteis nas escolas já prova que eles podem ser grandes aliados na educação das crianças. Entretenimento para as horas de lazer é sempre uma boa pedida e para essas horas recomendamos mais um jogo na vasta biblioteca das lojas online de aplicativos, o Dino Pets.

Neste jogo o objetivo é montar e cultivar uma comunidade de dinossauros na pré-história. Humanos e Dinos convivem em harmonia desde que você consiga manter tudo organizado. A interface do game e os recursos disponíveis são um diferencial, o jogador contará com muitas espécies de dinossauros e diversos tipos de moradias e outros elementos. A jogabilidade é ótima e bastante intuitiva, o jogo orienta o jogador de forma clara tornando a experiência fácil e divertida.

https://lh5.ggpht.com/WgYh1UEV1iD7VUqQfJjwGi30Im11fWHuV0rP9sXBeZ6xeG5VqNCjYsD5z97pXDJlEQ=h900-rw

O jogo é encontrado Grátis para Android e iOS da Apple sendo muito bem avaliado nas respectivas lojas online. Seja para você se divertir de maneira despretensiosa, seja para seus filhos jogarem nas horas vagas o Dino Pets é uma excelente pedida com muita qualidade.

https://play.google.com/store/apps/details?id=com.miniclip.dinopets&hl=pt_BR

Por Bruno Hardt


Agora tirar aquelas publicidades que ficam aparecendo na tela do seu smartphone Android ficou muito mais fácil. Para quem já não aguenta mais esses anúncios indesejáveis, uma boa noticia. A empresa Sysmantec lançou no mercado o Norton Spot, a ferramenta barra as publicidades que ficam aparecendo na galeria de fotos do sistema operativo e na barra de notificações.

Esses anúncios que ficam pulando na tela são chamados de madware e pelo fato deles estarem ficando cada vez mais comuns, a empresa fabricante do Norton, decidiu criar uma ferramenta que evita-se o aparecimento deles nos dispositivos.

Segundo informações cedidas pela Sysmantec, houve um acréscimo de 31% no uso de internet móvel ao longo de nove meses, sabendo disso as companhias que utilizam os madwares para promover os seus produtos ou serviços ficam cada vez mais a vontade com a colocação desses anúncios.Ainda de acordo com o informado pela empresa, aproximadamente 49% dos aplicativos que buscam recursos monetários usam o recurso de forma abusiva.

O download do Norton Spot é gratuito e pode ser feito através da lojinha do Google,  Google Store https://play.google.com/store/apps/details?id=com.symantec.android.spot&hl=pt_BR

Por Melina Menezes


Plataforma on line para celulares mostra modelos novos e lançamentos do universo da Créative Technologie, mas também envolve assuntos como Tecnologia, Arte, Cultura e muito mais.  

A montadora francesa mostra que é muito mais do que luxo e velocidade, e lança a Citroën Lifestyle, a fim de envolver o publico em seu universo incrível, cheio de luxo e tecnologia, a apenas um clique de seu celular. É a Critoën ditando estilos de vida, expandido-se das ruas para a mãos dos consumidores, na facilidades do celular.

O aplicativo está disponível gratuitamente para quem quiser navegar no mundo a la francesa da marca, e pode rodar em  Phone 3GS, iPhone 4, iPhone 4S, iPhone 5, iPod touch (3rd generation), iPod touch (4th generation), iPod touch (5th generation) e iPad, estando disponível também em uma versão otimizada para o iPhone 5.

Está disponível desde abril desse ano, atualmente 0.9, mas ainda não possui versão em português, portanto os usuários brasileiros que quiserem aproveitar o entretenimento proporcionado pelo app, vão ter que aprimorar o inglês.

Com uma pegada requintada no design, o aplicativo proporciona uma navegação inteligente e interativa, inspirado pela música "Sous le Ciel de Paris" de Edith Piaf, também não deixa a desejar em termos de trilha sonora, proporcionando o melhor do mundo da música com uma seleção exclusiva durante a navegação.

Por Fábio G. Santos


Todos nós sabemos que o cigarro é um grande problema. Porém, o que poucos tinhan conhecimento era de que, com as novas tecnologias para celulares e smartphones, ficou mais fácil parar de fumar.

Assim, a dica que temos hoje é o aplicativo que pode ser baixado de forma gratuita na App Store ou no Android Market. Tratata-se do app Brasil sem cigarro, um prrograma que foi baseado no quadro do Dr. Drauzio Varela, no Fantástico.

Esse sistema vem com dicas do doutor e com uma parte onde o cliente coloca seus dados e o tanto de cigarros que já fumou. Este aplicativo, com efeito, fala dos malefícios da nicotina, traz vídeos de superação de pessoas que deixaram o vício, além de permitir a comunicação dos usuários com outras pessoas que também querem ou que já conseguiram parar de fumar.

O Brasil sem cigarro também mostra os gastos que o cigarro traz para a vida de quem fuma, ou seja, também mostra a questão da economia em todo esse processo. Lembre-se: o app ajuda, mas tudo depende do seu empenho.

Por Madson Lima de Oliveira


Os usuários e os fãs dos aparelhos que possuem o sistema inovador conhecido como Android tenham a curiosidade de conhecer quais são os melhores jogos para a sua diversão e entretenimento, não é verdade?

Exatamente por esse motivo que vamos listar abaixo quais são os jogos mais baixados e acessados através de seus aplicativos, e caso você ainda não conheça, baixe também e comece a se divertir nas horas livres.

Os melhores jogos são:

Cut the Rope: Uma série que possui bichinhos bem engraçados. O objetivo do jogo é levar o doce até a boca do sapo, mas para isso é preciso usar estratégias.

Bouncy Seed: Seed é uma laranja que pula de acordo com o manuseio dojogador. O objetivo é fazer com que a laranja Seed siga em frente e não caia no rio. Claro que existem muitos obstáculos.

World of Goo: Um jogo extremamente difícil, pois o seu objetivo é de levar as bolinhas óleos formando pontos e estruturas de escape.

Angry Birds :  Um jogo bem divertido que contém as aves que são contra a sobrevivência dos porcos, pois eles roubam os seus ovos.

Batman: Um jogo com diversos cenários e muita aventura. Vale à pena conferir esse e todos os outros que citamos aqui.

Espero que goste!

Por Josiane Fernandes de Jesus


O Yahoo! continua na fase de aquisições e ampliação do domínio da empresa. Agora comprou a startup Qwiki, aquisição que exigiu que a empresa desembolsasse um valor aproximado a US$ 50 milhões (o valor real da compra não foi informado).

Mesmo com a compra, a empresa afirmou que continuará investindo no app com a ajuda da equipe que o desenvolveu, isto porque essa equipe da Qwiki irá se juntar ao time do Yahoo! no escritório localizado em Nova Iorque.

O brasileiro que investiu na Qwiki e co-fundador do Facebook, Eduardo Saverin, ficou feliz com a aliança Yahoo!-Qwiki e felicitou a startup. Em 2011 Saverin liderou os investimentos feitos na Qwiki que somavam ao todo US$ 8 milhões.

O aplicativo transforma vídeos, músicas e imagens armazenadas em iPhones em clipes com trilha sonora e outros detalhes para serem postados na internet

Essa união das empresas foi divulgada pelo blog oficial de cada uma das empresas após do encerramento das negociações.

Junto com o Twitter e Facebook, o Yahoo! entra no negócio dos vídeos curtos.

Desde que a nova chefe executiva Marissa Mayer entrou na equipe Yahoo!, já foram adquiridas doze empresas.

Por Melina Menezes





CONTINUE NAVEGANDO: