A época em que capas (skins e cases) de celulares e smartphones serviam apenas para deixar os aparelhos mais atrativos está para acabar. É o que propõe a empresa ACA que anunciou um projeto audacioso: transformar o iPhone em uma câmera infantil.

O projeto, ainda em fase de testes, consiste em uma capa de borracha que é incluída no smartphone com uma lente funcional que altera o macro da foto: para disparar em objetos próximos ou deixar o foco distante, para fotos como pôr do sol ou amanhecer. A diferença está no aplicativo que é distribuído junto com a capa de câmera, um editor de imagens dos mais potentes que auxiliará as crianças a tirarem fotos com qualidade para serem postadas em redes sociais.

Ao todo, serão 4 cores diferentes (branco, preto, rosa e azul) que serão desenvolvidas. Contudo, o projeto ainda está em fase de testes e demonstração ao público, onde procura patrocinadores para arcar com os custos da produção: cerca de US$ 85.000.

O projeto pode ser encontrado e avaliado no site KickStarter, onde também é possível doar valores através do cartão de crédito para o desenvolvimento do projeto.

Por Diego Piovesan


Os donos de iPhone sempre têm o receio de serem roubados e perderem seu aparelho que tem um preço elevado no mercado. Por isso, foi desenvolvido o Yellow Jacket, que vem com a promessa de proteger não só o iPhone, mas também o seu dono.

O novo case é capaz de proteger o smartphone de quedas e danos graves. Além disso, o acessório possui uma poderosa arma de autodefesa com 650.000 volts de potência, para ser utilizada em caso de assaltos. O projeto ainda não está à venda, mas sua proposta pode ser conferida no vídeo promocional criado pelos dois fundadores da Yellow Jacket.

A ideia é que o case seja colocado no mercado o quanto antes, pois muitas pessoas ficam traumatizadas devido a assaltos, principalmente quando roubam seus celulares inteligentes, como o iPhone, que é um dos principais alvos dos assaltantes.

Para o lançamento do case, os fundadores estão arrecadando fundos no site Indie Gogo, que é similar ao Kickstarter. O preço estimado de venda é de US$ 85 quando tiver sido lançado, porém os responsáveis pelo projeto precisam arrecadar US$ 100 mil para concluir o dispositivo.

Por Guilherme Marcon


O barulho em torno da falha da Apple na antena do iPhone 4 não foi pouco. Prova disso foi a atitude tomada pela empresa ao distribuir gratuitamente capas para o aparelho, que ajudariam a diminuir o problema da recepção do sinal. Porém, os brasileiros que compraram o iPhone 4 não foram incluídos no “recall” e por isso, precisarão comprar a capa.

O problema maior é que o acessório está sendo vendido por R$100 no Brasil. O pior é que a filial brasileira da Apple superfaturou as capinhas, que são vendidas por US$30 nos EUA. Com isso, uma mobilização em torno do problema começa a crescer no Brasil.

2.800 pessoas assinaram um abaixo-assinado para chamar a atenção da Apple sobre o tema e tentar conseguir suas capas de graça.

Por Camila Porto de Camargo

Fonte: G1


Quem não tem dinheiro para comprar um iPhone, mas quer sentir a sensação de ter todas as facilidades do software da Apple, às vezes apela para um iPod Touch. O player multimídia tem quase todas as funções do smartphone, mas não realiza ligações. Pensando neste problema, a empresa chinesa Yosion Technology criou uma capa que transforma iPods Touch em iPhones.

O aparelho é simples: uma capa com bateria e entrada para chip reveste o iPod. Assim, você pode realizar chamadas com o player sempre que estiver com a capa. Vendida por R$100, pode ser um negócio da China.

No entanto, deve ser necessário um app que ative as funções da capa, tendo em vista que o iPod Touch não possui botões para realizar chamadas.

Por Camila Porto de Camargo

Fonte: Folha Online


Logo após ser lançado, o iPhone 4 chamou a atenção dos especialistas e consumidores não só pelos pontos positivos, mas também por uma falha na recepção de sinal. Ao segurar o aparelho de uma forma específica, alguns consumidores identificaram que o smartphone tinha perda considerável na qualidade do sinal.

Como a Apple é a “toda poderosa”, logo uma enxurrada de posts em blogs, redes sociais e na mídia especializada fizeram com que Steve Jobs oferecesse uma solução para o problema.

A solução encontrada pelo CEO da Apple e sua equipe foi a de disponibilizar capas protetoras para o iPhone 4. As 3 milhões de pessoas que já têm o smartphone, podem pedir pelo site da empresa a sua capa e recebê-la gratuitamente. Segundo Jobs, apenas 0,55% dos consumidores tiveram problemas com a recepção do sinal, mas a empresa vai fornecer as capas para todos que se sentirem lesados.

Por Camila Porto de Camargo





CONTINUE NAVEGANDO: