iPhone 5A Apple inova mais uma vez e traz ao mercado uma tecnologia que reduz o consumo de energia do iPhone.

A partir de agora o usuário do aparelho não precisará racionar energia e pode tranquilamente passar várias horas conectado à internet através de uma conexão 3G que o dispositivo da Apple fornece.

O iPhone 5 permite ao usuário permanecer conectado à internet de forma ininterrupta por, no mínimo, 5 horas consecutivas, podendo chegar até a 8 horas de conexão permanente.

Usuários fascinados por vídeos poderão facilmente assistir a filmes durante quase 10 horas no novo iPhone. Um dos maiores problemas que a empresa enfrentava nos últimos anos era a ineficiência que o aparelho apresentava quanto ao consumo de energia e frequentemente recebia críticas da mídia e dos consumidores que se queixavam de ter que recarregar o aparelho de 2 a 3 vezes ao dia.

Mesmo com toda essa eficiência a Apple recomenda desligar o sistema 3G e Bluetooth quando não estiver utilizando os serviços para troca e recebimento de informação. A Apple recomenda também não manter seu dispositivo conectado na tomada após a bateria estar com sua carga completa.

Por Fernando Setoue


iPhone 5 com tela de alta resistênciaTodos sabem que o maior problema da maioria dos celulares e smatphones é a sua resistência contra riscos e impactos bruscos. Pensando nisso a equipe de Steves Jobs quebrou a cabeça durante muito tempo para solucionar este grande empecilho.

Para que a vida útil das telas dure mais tempo a Apple, desenvolvedora do iPhone 5, revolucionou o mercado de smarthphones ao utilizar em suas lentes um produto tão resistente que só perde para o diamante nesse quesito. O produto denominado Safira tem propriedades leves ao mesmo tempo em que garante uma excelente superfície livre de arranhões e quaisquer outras lesões que o seu iPhone possa sofrer.

Mesmo com essa alta durabilidade e rigidez a Apple não recomenda que seu iPhone fique em locais em que o risco de queda seja grande, afinal a Safira foi utilizada apenas para confeccionar a tela do iPhone e não está presente nas demais ligas e circuitos. Portanto, se você está pensando em adquirir o novo iPhone fique tranquilo, pois não será mais necessário gastar rios de dinheiro com dezenas de membranas antirisco que geralmente não dão conta de prevenir todos os arranhões.

Por Fernando Setoue


Com o lançamento da nova geração do smartphone top de linha da Samsung, o Galaxy S4, é inevitável que o gadget seja comparado com o seu principal rival, o iPhone 5.

De acordo com informações divulgadas pelo site Android Authority, parece que o Galaxy S4 chega a ter desempenho duas vezes maior que o aparelho da Apple. Para chegar a essa conclusão, o site efetuou os benchmarks comparando o S4 com o iPhone 5 e também com outros gadgets como o S3, o BlackBerry Z10, o Nexus 4, o Xperia Z e o Galaxy Note 2.

No benchmark feito no Geekbench, entre Galaxy S4, iPhone 5 e BlackBerry Z10, o aparelho da Samsung saiu na frente com uma “liderança” muito avantajada. Isso, porque o novo smartphone teve pontuação total de 3.163 pontos, enquanto que o iPhone 5 teve apenas 1.647 pontos.

O mais interessante é que esses testes foram realizados com a versão do Galaxy S4 que tem o processador Snapdragon 600 com quatro núcleos. Assim, espera-se que o celular da Samsung tenha muito mais potência quando utilizado com o processador Exynos Octa 5 com oito núcleos.

Por Guilherme Marcon


O novo aparelho da Apple teve seu lançamento no dia 21/09 deste ano, e somente hoje, dia 14 de dezembro, chegou oficialmente em terras tupiniquins.

O valor do modelo mais básico fica em R$ 2.399 e o do modelo top de linha não sai por menos de R$ 2.999.  

Mesmo sendo lançado apenas hoje no Brasil, não é novidade para ninguém que o iPhone 5 está apresentando muitos problemas, e nesta matéria vamos avisar quais são eles, como evitá-los e principalmente, como resolver a maioria deles.  

Wi-Fi: o aparelho apresenta muitas falhas nesse dispositivo e anda irritando muitos usuários. Na maioria das vezes uma simples restauração do sistema pode resolver o problema.  

Problemas na carcaça do aparelho: o novo iPhone 5 está apresentando falhas no seu encaixe, sendo assim frestas de luz podem ser vistas através do aparelho. Esta é uma falha não muito comum, caso você seja um dos “sorteados”, pode pedir a troca do aparelho ou simplesmente acostumar com isso.  

Enfraquecimento do brilho da tela: em alguns momentos a tela do seu novo iPhone 5 pode ficar muito fraca, este é um problema de software e somente uma atualização do iOS pode realmente solucionar o caso. Enquanto isso não acontece a única solução é reinicializar o aparelho toda vez que o problema acontecer.  

Câmera problemática: a Apple diz que este problema acontece com qualquer câmera top do mercado, mas não é bem assim. Muitas fotos tiradas com o iPhone 5 estão ficando com grandes marcas roxas, a solução para isso é mudar a posição da câmera, não tirar fotos totalmente voltadas à luz ou colocar sua mão na frente da lente bloqueando boa parte da iluminação.  

iMessage: muitas pessoas estão encontrando dificuldades para a ativação desse recurso. Algumas das soluções encontradas são a reinicialização do aparelho, colocá-lo em modo avião ou em último caso, no modo automático. Muitas vezes o problema é resolvido.  

Problemas com a tela do aparelho: muitos usuários estão reclamando de problemas na tela do novo iPhone 5, em algumas ocasiões a tela fica piscando como se fosse parar de funcionar e em outras situações ficam tremidas e onduladas, o que dificulta muito nas operações e principalmente na leitura de textos.  

A Apple já se pronunciou sobre a maioria dos problemas e diz que irá resolver todos, seja com simples atualizações de sistema ou em último caso a troca do aparelho.

Por Bruno Mathiuzzo


Recentemente foi anunciado um novo acessório para o iPhone 5, por parte da empresa PopSlate. O produto é um novo case que dá ao smartphone uma segunda tela com tecnologia e-ink.

O acessório traz uma tela semelhante à do Kindle, da Amazon, sendo que o novo display é exibido na parte de trás do celular, oferecendo diversas novas funções. O novo display é capaz de exibir o que o usuário quiser, pois é personalizável.  Sendo assim, a pessoa pode optar pela exibição de apps ou de conteúdos das redes sociais, entre outras opções.

A ligação do case com o iPhone 5 será feita por meio da conexão lightining, onde era a conexão de 30 pinos antigamente. O melhor é que o consumo de bateria, por parte do acessório, é bem baixo, tendo em vista que a e-ink é uma tecnologia bem econômica.

De acordo com a empresa criadora, o case é quase indestrutível, porque é feito de plástico. Entretanto, para que o produto seja lançado, é necessário o apoio dos consumidores por meio do site de crowdfunding, chamado Indiegogo. O valor total solicitado para a conclusão e lançamento do projeto é de US$ 150 mil, com prazo de até 15 de janeiro. Até então, cerca de US$ 100 mil foram “coletados”.

Por Guilherme Marcon


Nesta sexta-feira, dia 07 de dezembro de 2012, a operadora de telefones TIM informou que está vendendo em todo o Brasil o iPhone cinco da Apple já desbloqueado.

Fonte: Hardsakura

As vendas irão começar neste dia 14 de dezembro de 2012 com valores que variam entre R$2.400,00 e R$3.000,00 de acordo com as características e capacidade do aparelho entre 16 e 64 GB.

Por Ana Camila Neves Morais


Na última sexta-feira, 9 de novembro, uma falha na tela touch do iPhone 5 foi descoberta por um desenvolvedor de aplicativos. Ao realizar alguns testes o desenvolvedor pode perceber que ao fazer vários movimentos diagonais rápidos na tela do aparelho, o sistema simplesmente para de responder aos comandos e trava.

A falha, imperceptível para usuários comuns, foi descoberta e revelada por CMA Megacorp em sua própria página do Twitter, que relatou que depois de um certo tempo deslizando o dedo na diagonal para frente e para trás, o iPhone 5 começa a travar ou para de responder.

Para poder confirmar se realmente é verídico o relato do desenvolvedor, o site Recombu fez o mesmo teste em quatro iPhones diferentes, sendo o primeiro e o segundo o 4S, um com a versão 6.0 e o outro com a versão 6.1 do iOS , e dois iPhones 5 trabalhando também com ambas as versões da plataforma da Apple. O resultado é que a falha foi encontrada apenas na versão mais recente do smartphone, o que significa que o problema está relacionado ao hardware do produto e não ao software.

Até o momento, a Apple não veio a público para falar sobre o assunto, mas acredita-se que com a revelação da falha a empresa poderá lançar uma nova versão do iOS 6 para corrigir estes problemas.

Por Felipe Santos Bonfim


Recentemente, a rivalidade entre as grandes empresas de fabricação de celulares e smartphones Apple e Samsung foi muito divulgada. E novamente a disputa está em destaque neste trimestre.

O Samsung Galaxy S3 está preste a cair para o segundo lugar de vendas no Brasil, pois a sua concorrente norte americana Apple pode lançar ainda este ano o iPhone 5 4G, modelo este que já é vendido na Europa com a freqüência de rede 4G, mas que precisa de uma adaptação para a sua utilização.

Há rumores de que a Anatel ( Agência Nacional de Telecomunicações ) tenha homologado o novo iPhone 5, mas ainda sem confirmações.

Atualmente ainda é o Galaxy S3 o aparelho de smartphones mais vendido no mundo, chegando a apontar recorde de vendas totalizando mais de 30 milhões de exemplares vendidos, como informou a empresa ainda este mês, através de comunicado à imprensa.

Alavancando lucros para a empresa Sul Coreana, o modelo foi altamente aceito no mercado mundial por seu design super atraente, tela sensível ao toque de quase 5 polegadas, um peso de 133g apenas e duas câmeras de alta resolução.

Basta aguardar o mais novo lançamento da Apple para então confirmar  a expectativa de bater recordes de vendas, assim como esta sendo o Galaxy S3 hoje.

Por Bianca Rodrigues


Como de costume, a Apple sempre lança somente duas cores para o seu iPhone, e isso não foi diferente com o iPhone 5, que é vendido apenas nas opções branca e preta.

Entretanto, sempre há várias pessoas que gostariam de ter o aparelho, porém em cores diferenciadas. Pensando nisso, a empresa ColorWare resolveu disponibilizar a personalização externa do iPhone 5.

A empresa permite que o usuário escolha como ele quer que fique o aparelho, onde cada cor será colocada e se a personalização será em apenas um local específico ou se será em todo o aparelho. Essa modificação é feita diretamente no aparelho, não se tratando de um case de cores diferenciadas.

O problema é que para ter um iPhone 5 colorido, os interessados terão que desembolsar uma grande quantia de US$ 1.700, o que equivale a cerca de R$ 3.400. E esse preço é somente para a customização, fora o valor gasto para se comprar o smartphone da Apple.

Não há informações se a empresa pretende trabalhar com a customização de outros modelos do iPhone, como o 4S e o 4. Também não foi divulgado se clientes brasileiros poderão realizar a customização.

Por Guilherme Marcon


Recentemente, foi lançado na China o Zophone I5, uma réplica “xing-ling” do iPhone 5. De longe a semelhança é incrível, é de se assustar como o aparelho lembra o smartphone da Apple em todos os seus detalhes visuais, porém, ao chegar um pouco mais perto é possível ver que se trata apenas de um “clone”.

As imagens que estão circulando pela internet mostram como os dois dispositivos se parecem, ambos possuem um design praticamente idêntico. O que realmente entrega o Zophone I5 são suas especificações técnicas que, comparadas ao recente lançamento da Apple, são bem mais modestas.

O smartphone “xing-ling” conta com sistema operacional Android 4.0, que apresenta uma interface alterada para poder ficar mais parecida com a do iOS. A versão chinesa do iPhone ainda conta com tela de “Retina’ de 4 polegadas, memória RAM de 1 GB, processador dual-core MTK MT6577 de 1 GHz, câmera traseira de 8 megapixels e uma outra frontal de 0,3 megapixel.

O Zophone I5 tem preço sugerido de apenas US$ 240, algo em torno de  R$ 480 sem os impostos.

Por se tratar de um smartphone “xing-ling” ainda não se sabe se ele será comercializado apenas em seu território de origem ou se os outros mercados também receberão o aparelho.

Por Felipe Santos Bonfim


A Apple estaria tendo problemas na reposição de estoque do iPhone 5, mas uma fabricante chinesa encontrou a solução para o caso, o LeGuo, uma réplica Xing-ling do novo smartphone da Maçã. O smartphone chinês conta com um design totalmente fiel ao do iPhone 5, porém vem com sistema operacional Android 4.0, com tela de apenas 4 polegadas e resolução bem menor do que a do iPhone 5.

O grande destaque no aparelho Xing-ling é que, mesmo tendo o Android como plataforma, ele conta com uma interface bem semelhante a do iOS, o que da ao usuário a opção de usar a interface da Google ou da Apple.  Além disso, o smartphone também traz uma cópia da Siri, a assistente pessoal do iPhone, e o aplicativo de mapas do iOS 6.

O  LeGuo possui processador de 1 GHz, memória RAM de 512 e 4 GB de armazenamento interno, sem suporte para expansão através de um cartão microSD. O smartphone ainda traz uma câmera de 8 megapixels na parte traseira e uma outra na parte frontal de 3 megapixels.

A loja Android-Sale, localizada em Hong Kong, prometeu que a venda do smartphone começará até o final deste mês.

Por Felipe Santos Bonfim


Quem conheceu o iPhone 3, teve uma surpresa ao se deparar com o iPhone 4, tanto esteticamente quanto a nível de hardware e software. Mas, e o que dizer do iPhone 5?

Lançado no dia 12 de setembro, vamos destacar algumas características de como os seus antecessores vêm para revolucionar as próprias criações da Apple.

Aparentemente não muda muita coisa, mas olhando de pertinho as mudanças são extremas, a começar pelo tamanho e peso que são inversamente proporcionais. O tamanho aumentou e o peso diminuiu. O iPhone 5 tem o “corpo” revestido de alumínio e vidro, sem bordas.

Em termos de software, o iOS 6 não foi mexido e aparentemente possui uma fileira a mais para posicionar ícones. Quanto ao hardware, a câmera melhorou muito. E mesmo sem a Apple revelar qual o clock do processador (A6), sabemos apenas que se trata de um Dual-Core, e podemos garantir que é muito veloz.

E por fim, temos a posição do conector P2 que fica agora na parte inferior do aparelho e a mudança no carregador, pois saiu o padrão de 30 pinos e agora está menor, o que dificulta a execução de músicas já que o padrão dos aparelhos (Home Theatre, Dock Station) é de 30 pinos.

O iPhone 5 é uma boa opção de aparelho e já se trata de algo revolucionário.

Por A.V.S


Após o anúncio do novo smartphone da Apple, o iPhone 5, a concorrência já começou a se sentir incomodada e empresas como HTC e Samsung já iniciaram planos para processarem a Maçã na tentativa de impedir a venda do novo smartphone na Europa e nos EUA.

A principal razão para o processo é a compatibilidade com as redes 4G LTE que o iPhone 5 ganhou, tendo em vista que várias patentes para essa tecnologia pertencem tanto a Samsung quanto a HTC. No caso da sul-coreana, a “raiva” existe principalmente devido à recente vitória da Apple em um embate judicial contra a Samsung.

No caso da HTC, há boatos de que antes mesmo do novo iPhone 5 ser lançado a empresa já teria procurado um juiz para apresentar seus argumentos na tentativa de iniciar um processo. Já a Samsung estava só esperando um bom motivo para tentar dar o troco na Apple.

Há diversas informações circulando na internet sobre o assunto, algumas indicam que a Maçã sequer precisa se preocupar com isso e outras apontam que pode haver uma boa briga caso a Apple realmente tenha infringido as patentes da HTC.

Por Guilherme Marcon


Um problema foi detectado para os consumidores que optarem por comprar o iPhone 5 antes de seu lançamento no mercado brasileiro. Quem trouxer o aparelho de fora terá o problema da frequência do 4G utilizada pela Apple no produto, que não tem compatibilidade com a que será empregada no Brasil.

A conectividade adotada pelo iPhone 5 é a 4G LTE, capaz de downloads em 100 Mbps, duas vezes mais do que no 3G utilizado atualmente. Com três opções de diferentes tipos lançadas para o iPhone 5, a Apple tem o objetivo de conseguir adequação ao 4G dentro dos 9 mercados mundiais onde o produto estará inserido em 21 de setembro. A frequência a ser utilizada no Brasil não opera com nenhuma das 3 versões.

Apesar disso, mesmo não funcionando com a tecnologia 4G, os produtos comprados por brasileiros no exterior terão funcionamento normal com a 3G, assim como ocorre na terceira atualização do iPad. O produto comercializado no mercado nacional funciona com 2,1 GHZ. Assim que a tecnologia 4G iniciar seu funcionamento no Brasil, com previsão para 2013, os iPhones comprados no exterior funcionarão apenas com o 3G.

Por Marcelo Araújo





CONTINUE NAVEGANDO: