Sucesso do modelo superou as expectativas e empresa quer acelerar a produção de mais unidades.

Uma das maiores surpresas do ano de 2016 incrivelmente até mesmo para a própria fabricante, no caso a Apple, é o recém lançado iPhone SE. O sucesso é tão grande, em escala mundial, que a empresa da Maçã pediu para que a produção das peças e a montagem do dispositivo sejam feitas com maior rapidez e agilidade. As informações são do site DigiTimes.

O número de vendas do iPhone SE surpreende tanto que informações dão conta de que hoje existem mais vendas do que dispositivos em estoque na empresa, algo simplesmente inimaginável mesmo para a empresa.

A surpresa é tanta que os analistas de mercado previam que o dispositivos deveria vender cerca de 15 milhões de unidades neste ano, entretanto, apenas na primeira semana mais de 3,4 milhões de unidades foram vendidas apenas na China. O DigiTimes afirma que a empresa se prepara para uma demanda ainda maior no segundo semestre, muito graças ao lançamento do dispositivo em outros mercados, caso do Brasil, que está prestes a receber o dispositivo.

Um dos maiores atrativos do aparelho que deve chegar em breve ao Brasil, visto que no início deste mês a tão criticada Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações) homologou o iPhone SE, fazendo com que o mesmo possa ser comercializado por aqui, é um preço bem inferior ao cobrado pela Apple em seus dispositivos de topo, embora este, como a própria empresa diz, não é um dispositivo de entrada, visto que possui configurações de hardware bastante agradáveis, sendo vendido nos Estados Unidos por cerca de US$ 399, algo em torno de R$ 1.420 ainda desconsiderando os impostos a serem cobrados pelo dispositivo.

A Anatel, aliás, já havia emitido a certificação das baterias do dispositivo da Apple, o que já indicava a chegada do aparelho muito em breve em solo tupiniquim, já estando 100% legalizado por aqui, abrindo a porta para suas vendas.

Por enquanto, não se sabe a data em que a empresa pretende lançar o seu Apple SE no Brasil, muito menos seu preço, entretanto, a expectativa é que isso aconteça entre Junho e Setembro desse ano de 2016, sobrando a curiosadade quanto a receptividade que o dispositivo terá no Brasil, já que por aqui há até mesmo opções de parcelamento em até 24x por dispositivos da empresa.





CONTINUE NAVEGANDO: