Os smartphones e outros dispositivos móveis estão se tornado cada vez mais populares, mas e como esses dispositivos funcionam para pessoas com deficiência visual?

As empresas estão preocupadas em agradar a todos os consumidores, e a Apple, por exemplo, colocou no iPhone o VoiceOver, o aplicativo fala o que aparece na tela, dessa forma o usuário consegue utilizar o aparelho sem precisar vê-lo, porém ainda assim o sistema possui algumas limitações.

Pensando nesse mercado, um estudante da Universidade de Sheffield Hallam, na Inglaterra, criou um método mais prático. O estudante teve a ideia de um aparelho com todas as funcionalidades normais de um celular, mas com um diferencial: as teclas do aparelho estão em braille.

O aparelho foi batizado de DrawBraille Mobile Phone e conta com duas peças principais, a primeira tem 35 botões em braile que são distribuídos em cinco colunas. Já a segunda peça é bem parecida com os monitores de toque encontrados em muitos telefones inteligentes, a única diferença é que a superfície é em relevo. Através de cinco pontos em relevo, o usuário consegue saber se a bateria do aparelho está carregada,  pois cada ponto representa 20% da energia disponível.

O projeto ainda não passa de um esboço e não possui previsão para comercialização, cabe aos desenvolvedores de smartphones começarem a ter mais consciência da democracia digital, para que o aparelho saia do papel e entre no mercado.

Por Guilherme Marcon


A empresa Ampli-Visão, especializada em auxílios óticos, lançou recentemente um aparelho celular com números gigantes, para auxiliar pessoas com pouca visão. Também conta com um botão SOS, onde o usuário pode gravar números de emergência, que quando acionados, caso o primeiro número não esteja disponível, automaticamente passa para o número seguinte.

É um aparelho projetado para ser de fácil manuseio, fornecendo nomes e números de contatos mais acessados pelo usuário em apenas um único toque. O Ampli-Visão só pode ser comercializado mediante encomenda e custa em média R$ 349,00 cada.

Para mais informações sobre o Ampli-Visão, ligue: (11) 3816 0291 ou através do site: www.amplivisao.com.br.

Por Monique Mota





CONTINUE NAVEGANDO: