BlackBerry não será vendida



  

O ano de 2013 para a BlackBerry foi um furacão de problemas. Entretanto, a empresa parece estar retomando o rumo das coisas. As idas e vindas, ao que deu a entender, já estão com os dias contados. De acordo com as informações divulgadas no site The Verge a BlackBerry informou que retirou a placa de “vende-se” de sua “cara”.

As novidades não param por aí. A fabricante de smartphones receberá uma injeção de US$ 1 bilhão de sua maior acionista, a empresa Fairfax Financial Holdings. Como se não bastasse a “ajuda” ela ainda se propôs a ficar com mais de US$ 250 milhões dos títulos de dívidas. Lembrando que no mês de setembro deste ano a Fairfax havia iniciado a oferta de US$ 9 por cada ação da empresa de origem canadense. Ainda assim passou por maus bocados para fechar a compra no valor de US$ 4,7 bilhões.  O objetivo na época era conseguir adquirir todas as ações da BlackBerry que estavam no mercado e que não pertenciam a Fairfax (esta tem cerca de 10% das ações).

Mesmo com os novos anúncios feitos as ações da empresa continuaram a cair no início desta semana.

A BlackBerry também terá um novo CEO para lidar com a tormenta: Prem Watsa, CEO da Fairfax. Além de líder da direção ele também ocupará a posição de presidente do comitê de remuneração e governança da empresa.

As mudanças – e são muitas – não param por aí. A companhia canadense ainda deverá passar por uma mega reestruturação organizacional. Isso começa a ocorrer lá do topo. O primeiro atingido será o diretor executivo Thorsten Heins. O seu substituo será o CEO interino John S. Chen, que possui certa experiência no mercado móvel e poderá contribuir para o desenvolvimento de novas tecnologias na empresa. Chen também ocupará o posto de presidente executivo do Conselho de Administração da BlackBerry.





Em número o prejuízo apresentado pela empresa é de US$ 934 milhões. No ano passado foram dispensados cinco mil trabalhadores e até o fim de 2013 40% dos atuais também deverão ficar sem emprego.

Por Denisson Soares

BlackBerry

Foto: Divulgação



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *