A China apresentou nesta sexta-feira, dia 28 de dezembro de 2012, normas que determinam um maior controle do estado comunista sobre o uso da internet no país.

De acordo com as novas regras, páginas da internet e mensagens que contenham informações consideradas ilegais serão excluídas e os envolvidos serão punidos.

Além disso, agora será exigido que todos aqueles que se inscrevam em um provedor informem o seu nome verdadeiro.

Estas medidas consistem, segundo o governo chinês, em uma maneira de evitar críticas e acusações feitas de forma anônima na internet além de evitar divulgações de conteúdos pornográficos e com informações sem fundamento sobre o país.

Por Ana Camila Neves Morais


Recentemente, foi lançado na China o Zophone I5, uma réplica “xing-ling” do iPhone 5. De longe a semelhança é incrível, é de se assustar como o aparelho lembra o smartphone da Apple em todos os seus detalhes visuais, porém, ao chegar um pouco mais perto é possível ver que se trata apenas de um “clone”.

As imagens que estão circulando pela internet mostram como os dois dispositivos se parecem, ambos possuem um design praticamente idêntico. O que realmente entrega o Zophone I5 são suas especificações técnicas que, comparadas ao recente lançamento da Apple, são bem mais modestas.

O smartphone “xing-ling” conta com sistema operacional Android 4.0, que apresenta uma interface alterada para poder ficar mais parecida com a do iOS. A versão chinesa do iPhone ainda conta com tela de “Retina’ de 4 polegadas, memória RAM de 1 GB, processador dual-core MTK MT6577 de 1 GHz, câmera traseira de 8 megapixels e uma outra frontal de 0,3 megapixel.

O Zophone I5 tem preço sugerido de apenas US$ 240, algo em torno de  R$ 480 sem os impostos.

Por se tratar de um smartphone “xing-ling” ainda não se sabe se ele será comercializado apenas em seu território de origem ou se os outros mercados também receberão o aparelho.

Por Felipe Santos Bonfim


Em uma pesquisa divulgada nesta quinta-feira, dia 19 de julho, pelo Centro de Informação de Rede Internet da China (CNNIC), foi constatado que os chineses são os habitantes do planeta que mais acessam a internet por meio de telefones móveis. Este número supera a quantidade de pessoas que fazem uso da rede em computadores, considerado o marco do "boom dos smartphones", segundo consta o estudo.

As estatísticas mediram que, no país, o uso de celulares com internet aumentar em 22,2% em cima do ano de 2011, o que representa o número de 388 milhões de usuários. Os números de internautas que preferiram usar mais o computador para acessar à rede marcou apenas 380 milhões. De acordo com o CNNIC, esta é a primeira vez que este tipo de acesso passa na frente do uso de PCs.

O relatório também fala sobre o uso de internet em áreas rurais do país, uma característica específica do local. Dos novos usuários de internet pelo celular, 60% deles moram no campo. O país com bilhões de habitantes já tem mais de 538 milhões de pessoas conectadas, desde junho.

Por Tadeu Goulart


Foram divulgadas na internet algumas imagens de uma loja não oficial do Android. A falsa loja está localizada em Namping, cidade que fica na província de Guangdong, na China. A loja, que se passa por uma Android Store, além de vender os aparelhos Androids comercializa produtos da marca Apple.

O Android vem crescendo e ganhando cada vez mais espaço na China, mas ainda não tem força para derrubar a Apple que continua sendo a marca mais cobiçada pelos chineses.

A metade dos smartphones da China vem com o sistema operacional do Google, e essa é uma das principais razões do surgimento de falsas lojas Androids pelo país.

No ano passado, várias lojas falsas que se passavam por lojas oficiais da Apple foram descobertas na China, as autoridades chinesas intervieram e todas as lojas foram fechadas.

As fotos divulgadas na internet mostram o robô símbolo da marca Android que enfeita a fachada da falsa loja, além de vários aparelhos com sistema do Google. A loja ainda coloca à venda iPhones, iPads, Mac Books, e vários outros produtos da marca Apple, sendo que todos os produtos são originais.

Por Guilherme Marcon





CONTINUE NAVEGANDO: