Xiaomi Redmi Note 8 Pro – Especificações, Características





O novo modelo possui tantas características superiores, que se aproxima até de um aparelho gamer, superando as expectativas para um aparelho intermediário orbitando perfeitamente entre custo benefício e performance.

O Redmi Note 8 veio ao mercado com o intuito de ser um aparelho intermediário, mas assim como seu antecessor o Redmi Note 7 apesar de entregarem um excelente desempenho pelos seus preços, a impressão que deixavam é que faltava alguma coisa para eles realmente serem aparelhos intermediários acessíveis de peso e preço acessível.

Assim chegamos ao Redmi Note 8 Pro, que apesar de se pensar que ele seria apenas um pequeno upgrade em relação ao seu antecessor, ele possui tantas características superiores, que chega a parecer um outro aparelho se aproximando até de um aparelho gamer e superando as expectativas para um aparelho intermediário orbitando perfeitamente entre custo benefício e performance, uma rajada de ar fresco na linha Note que já passava a se caracterizar apenas por aparelhos que apresentavam um baixo custo.




Com uma tela de 6,53’ Full Hd, uma bateria de 4500 mha e sua parte traseira com acabamento vitrificado o Note 8 Pro vem pesando 200g sendo assim classificado como peso médio não sendo um celular ultra leve e nem super pesado.

O aparelho vem equipado com o chip MediaTek Helio G90T e apesar dos Media Tek terem a fama de consumirem muita energia e entregarem um baixo desemprenho relativo o aparelho entrega uma ótima autonomia graças a esta nova distribuição do chip, que entra no mercado com a intenção de se apresentar como um hardware assumidamente gamer fazendo assim com que o conjunto entregue um ótimo desempenho aproximando o Note 8 Pro até de celulares topo de linha como Galaxy S10 Plus ou LG G8 ThinQ no que tange a desempenho principalmente para games graças também as memórias rápidas presentes no Note 8 Pro.


O aparelho tem um preço convidativo que na data desta matéria gira em torno de R$ 1.400,00 e R$ 2.200 variando de acordo com a versão.

Quatro câmeras na parte traseira podendo assim gravar a 2160p a 30 fps ou em resoluções mais baixas a um máximo de até 120 fps e uma câmera frontal de 20mp que suporta gravações de até 1080p a 30fps.

Especificações:

O aparelho conta com dual sim LTE 4g, um processador de 8 núcleos e 2GHZ, memória expansível de 128 GB, sistema de GPS integrado, Android na sua versão10, Display de 6,53 pol. com uma resolução de 2340x1080px, câmera de 64mpx e pronto para gravar vídeos em 4k

Todos esses fatores colocam o aparelho como uma ótima opção para o segmento intermediário.

A Xiaomi vem cada vez mais se especializando em entregar aparelhos que unem um design atraente, alta potência e um custo benefício excelente frente às marcas mais consolidadas do mercado como Motorola e Samsung em especial com a linha Redmi Note que desbancou oficialmente a soberana Motorola que já vinha dês de meados de 2013 absoluta com seu moto G e claro, quem ganha com isso são os consumidores, em especial os usuários que procuram aparelhos de entrada ou intermediários que por sinal são a maioria. Mas já vimos isso antes, foi oque aconteceu com a Samsung que com a ascensão do Moto G se viu obrigada a adaptar a produzir bons celulares de entrada e intermediários como o Galaxy J que foi o primeiro aparelho a conseguir conquistar um pouco do mercado do Moto G em meados de 2015.

A entrada forte da Xiaomi no mercado de smartphones brasileiro reaquece a disputa entre as grandes marcas pelos corações e bolsos do publico mediano propiciando assim que as marcas trabalhem para prover hardwares que entreguem cada vez mais potência e qualidade por um preço acessível, assim como impulsiona ainda mais o mercado tecnológico no Brasil.

Por Rafael Romao



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *