Novo vírus para Android faz ligações sozinho




Quando se trata de vírus para smartphones já passamos por muita coisa: vírus simples que impedem o funcionamento de aplicativos comuns, apps maliciosos que enviam mensagens sem que o dono saiba, temos aqueles que coletam informações, e por aí vai. O problema é que como se não bastasse essa gama quase interminável nos últimos dias tivemos um novo vilão para os smartphones, principalmente aqueles cujo sistema operacional é o Android: o MouaBad.P. Um vírus específico para o sistema do Google que faz ligações sozinho.

O malware foi descoberto recentemente pela empresa de segurança Lookout. Basicamente ele é apenas uma evolução de outro já conhecido nosso, o MouaBad, que conseguiu enviar mensagens SMS. De acordo com as informações da companhia o MouBad P chamou a atenção não por sua “eficiência em aprontar “ com o usuário mas sim por que é a primeira vez que um vírus tem acesso a ligações. De fato isso nos mostra que um salto bastante importante na questão de variedade de vírus espalhados por aí.


Para piorar a situação o MouaBad.P entra em ação exatamente no momento em que o usuário do celular não está tão “ligado”. Ou seja, ele aproveita os momentos de inatividade do aparelho como, por exemplo, quando você estiver dormindo. As ligações feitas pelo dito cujo não são para qualquer número. Ele escolhe “números Premium” para ligar, isso mesmo, exatamente aqueles que vão gerar receita para o programa. E não é só isso. Caso o usuário queira fazer uma ligação enquanto ele está em ação a chamada é cancela. Apesar de tudo as falhas existem. Um exemplo disso é o fato de que o vírus não possui a capacidade de alterar  o histórico de chamadas do aparelho. Caso o usuário resolva dar uma olhada no registro rapidamente irá perceber que tem algo errado.

A parte “boa” disso tudo é  que o MouaBad.P afeta uma fatia bastante restrita dos usuários. Ele só age em aparelhos com o Android 3.1 ou versão inferior a este e que funcione em regiões específicas da China. Outro detalhe é que como os números premium possuem uma certa variação de um país para outro é bastante improvável que ele se espalhe para outras regiões do mundo.

Por Denisson Soares


MouaBad.P

Foto: Divulgação



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *