Diferenças entre AMOLED, LCD e OLED




A tecnologia presente em nossos aparelhos eletrônicos, sejam smartphones, tablets ou notebooks, é melhorada a cada dia mais. Atualmente existem diversos tipos de displays disponíveis e é interessante conhecer alguns detalhes antes de comprar esse ou aquele dispositivo super-revolucionário.

A tecnologia AMOLED ficou conhecida no mundo inteiro graças à capacidade que esse tipo de display possui de se curvar, algo que gera uma série de possibilidades novas na criação de smartphones com design diferenciado. No entanto, as outras tecnologias utilizadas em displays atualmente também possuem suas particularidades. Você sabe diferenciá-las? Fique de olho nas dicas a seguir e entenda um pouco mais sobre o LCD, OLED e o famoso AMOLED, para não ficar perdido na hora da compra do seu novo smartphone ou tablet.


LCD – A tecnologia LCD é a mais “velhinha” das três, mas possui seus benefícios. Graças a ela hoje é possível termos displays com telas menos brilhantes, o que facilita a utilização de aparelhos em locais mais claros. No entanto, para que possa funcionar, uma tela LCD necessita de uma iluminação de suporte o tempo todo. Essa iluminação trabalha para que todas as cores possam ser formadas, inclusive o preto. Por isso, o LCD consome muita energia, bem mais que as outras tecnologias mais recentes.

OLED – Com essa tecnologia, não é necessária nenhuma iluminação de suporte, ou backlight como é comum dizer. No OLED, cada pixel se acende individualmente quando uma corrente elétrica os atravessa. Ou seja, a sua principal diferença é que ele possui luz própria e gera as suas próprias cores. Muito mais prático e econômico em relação às tecnologias mais antigas.

AMOLED – São uma evolução natural do OLED e possuem uma taxa de atualização muito melhor. Os displays com essa tecnologia possuem uma fina película de exibição onde alguns compostos orgânicos formam um material eletroluminescente que controla a função de cada pixel. Por isso, esse material é maleável e permite a sua utilização em smartphones e quaisquer aparelhos que possam fazer uma curvatura, por exemplo.


Por Ebenézer Carvalho



1 comentário em “Diferenças entre AMOLED, LCD e OLED

Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *