Venda da Blackberry – Empresas estão de olho nos Funcionários Demitidos

  

  

Após o anúncio da venda da BlackBerry, foram tomadas algumas medidas como a demissão de centenas de funcionários em diferentes unidades do grupo no mundo, inclusive na unidade de Waterloo, o que desperta o interesse das concorrentes, que vem com bons olhos a dispensa e busca talentos que foram desligados do grupo BlackBerry.

A própria Motorola Mobility, da Google, já planeja instalar uma nova unidade em Waterloo, província que fica a cerca de uma hora de viagem de Toronto. Segundo o diretor de Engenharia da Motorola no Canadá, Derek Philips, a empresa tem um espaço para crescer consideravelmente, contudo, não quis especificar o número de contratações, mas salientou que a empresa busca talentos em engenharia e ciências da computação.


A BlackBerry anunciou recentemente a demissão de 4,5 mil funcionários devido ao prejuízo registrado no último trimestre, de quase US$ 1 bilhão. O valor é o maior prejuízo registrado pela empresa, que para diminuir gastos, decidiu realizar as demissões.

A mudança mais significativa ficou por conta do acordo de venda da companhia para a Fairfax Financial Holdings. Segundo o acordo, o consórcio (que já é o principal acionista do BlackBerry) irá pagar US$ 4,7 bilhões para um regime de co-liderança, contudo, não foram liberadas mais informações sobre a transação, que segue em sigilo. 

  

Por Robson Quirino de Moraes

Deixe uma resposta