In a Permanent Save State – Apple Retira da App Store Jogo baseado em Suicídios



  

O jogo "In a Permanent Save State" é uma narrativa surreal, interativa e visualmente impressionante, onde o criador diz que imagina a vida após a morte de sete trabalhadores sobrecarregados que cometeram suicídio, em alusão a eventos da vida real.

O jogo foi silenciosamente retirado da App Store menos de uma hora depois que foi ao ar.

A Apple alega que o jogo violou parte das diretrizes da empresa, mas não está bem clara qual parte das diretrizes foi violada. Um representante da Apple não respondeu a um pedido de comentário.

O idealizador do jogo, Benjamin Poynter, diz que procurou contar um pouco da situação desses jovens e do stress que vem junto ao fato de  não ver o fim das coisas.





A Apple já cancelou outros aplicativos que considerou muito controversos, principalmente quando envolvem situações críticas que ocorreram com a própria empresa. O jogo "Paolo Pedercini Phone Story", que analisava as preocupações éticas que cercam a vida de um smartphone, a partir da extração de minerais raros até a fundição de perigosos componentes químicos, também foi banido da App Store em razão de ser "censurável".

Mais recentemente, o aplicativo "Drones +", que usa mapas e manchetes de notícias para enviar alertas sempre que ocorre uma greve nos EUA, foi proibido por motivos semelhantes.

Fonte: The Verge

Por Matheus Camargo



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *