A operadora Oi lançou neste mês, em Brasília e em Goiás, a televisão por satélite através de um serviço de assinatura. Desde 2008, a Oi detém, entre os seus serviços de telefonias, a televisão por satélite.

Em todo o Brasil o mercado de TV por assinatura, para proporcionar entretenimento diverso ao usuário, cresce cada vez mais e chegou a quase 30 milhões de usuários no Brasil este ano, o que torna este mercado cada vez mais competitivo e atraente para que as empresas invistam de diversas maneiras afim de atrair mais consumidores.

A Oi tem como objetivo cobrir todo o Brasil até o começo do ano de 2011, com o serviço de TV via satélite.


Empresas de telefonia celular estão se preparando para lançar, a partir de outubro deste ano, planos de TV digital paga para os usuários de celular, com preços de até R$29,90 mensais.

Serão cerca de trinta canais pagos, sem custo adicional para as transmissões de TVs abertas, que serão oferecidos pelas empresas TIM, Oi, Claro e Vivo, através de acordo firmado entre as mesmas. Além disso, pretende-se oferecer vídeos sob demanda (VOD) e a opção pay-per-view (pague pelo uso), além do acesso à rede 3G, já incluso na assinatura mensal.

Os consumidores irão efetuar o pagamento pelo serviço através de débito direto na conta de telefone, ou por meio de cartão de crédito. No modelo atual as operadoras cobram por hora pelo uso do conteúdo digital.

Por Elizabeth Preático

Fontes: Folha de São Paulo, AD News


Ginga é o aplicativo brasileiro capaz de levar a tão esperada interatividade à TV digital. E aos poucos a novidade chega aos televisores. E não apenas isso, com o lançamento de celulares capazes de captar o sinal digital, o recurso também estará disponível em celulares e smartphones.

E a primeira empresa a lançar o sistema para seus aparelhos foi a LG. Com a linha Scarlet II, os usuários poderão experimentar o que há de melhor na tecnologia DTVi. O primeiro modelo a receber o recurso é o TV Phone GM600.

O aparelho já está à venda há algumas semanas no país, e quem já o comprou basta fazer o upgrade de firmware pela internet para poder usar a interatividade no aparelho. Vale lembra que não há custo algum para o usuário.

A primeira emissora a fornecer conteúdo com interatividade é a Rede Globo. Mas a LG informou que outras emissoras de TV entrarão no jogo. Aliás, aproveitando o trocadilho, o primeiro evento a permitir a interação total deve ser a Copa do Mundo.

Por Maximiliano da Rosa

Fonte: PC World


A operadora Vivo anunciou que em breve colocará no mercado um modelo de celular com recursos de interatividade. O aparelho contará com o Ginga, o middleware de TV interativa desenvolvido pelo Brasil. Provavelmente o novo modelo deve ser fabricado pela LG e Samsung ainda no primeiro semestre. Outros modelos estão programados para estarem nas lojas até o final do ano.

Apesar disso, o lançamento pode esbarrar num problema simples: a falta de conteúdo. O problema, aliás, é o mesmo enfrentado pela TV 3D. E o desenvolvimento de aplicativos para a interatividade móvel depende de uma série de fatores que vão além da simples questão de mercado.

A primeira emissora a fazer testes com o Ginga deve ser a Rede Globo. A empresa também faz frente na interatividade nas TVs e se prepara para entrar no mercado 3D com a Copa do Mundo.

Por Maximiliano da Rosa

Fonte: PC World





CONTINUE NAVEGANDO: