Vendas de phablets deverão aumentar nos próximos anos



  

Segundo uma pesquisa realizada pela empresa ABI Research, nos Estados Unidos, os aparelhos híbridos denominados de phablets alcançarão a marca de 208 milhões de unidades vendidas até o ano de 2015.

Os phablets são uma junção de smartphone e tablet em um único aparelho, mas que possuem tela maior do que um smartphone e menor que um tablet.

O aparelho phablet mais famoso que temos como exemplo é o Galaxy Note, que foi lançado em 2011 pela fabricante sul-coreana Samsung, representando uma nova categoria de aparelhos.





A ABI Research revelou que, no começo, estes tipos de dispositivos tiveram um retorno pouco favorável no mercado, mas agora, mesmo assim, empresas como a HTC, Huawei e LG pretendem lançar produtos deste tipo ainda este ano, como forma de aquecer o setor.

Os phablets são definidos como dispositivos com tela touchscreen com tamanho entre 4,6 e 5,5 polegadas, sendo que o recente lançamento da Samsung, o Galaxy S III, enquadra-se nesta categoria por possuir uma tela de 4,8 polegadas.

O analista da ABI, Joshua Flood, afirma que cada vez mais pessoas utilizam os smartphones para realizar tarefas do dia a dia, como acessar a internet, ler artigos ou até mesmo visualizar rotas e mapas, e que isso irá favorecer o crescimento das vendas de phablets, tendo em vista que eles possuem telas maiores que as dos smartphones proporcionando assim uma experiência mais agradável para o usuário na execução de tais atividades.

Por Guilherme Marcon



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *