iPhone X – Características, Lançamento



  

Novo modelo é uma versão comemorativa de 10 anos do iPhone.

O celular que popularizou o conceito de smartphone volta a causar burburinho com sua edição comemorativa dos seus 10 anos. O iPhone X, o lançamento tecnológico mais esperado de 2017.

De cara, o que chama a atenção ao produto são as bordas mínimas, de tal forma que a tela quase cobre toda a frente do celular. E a Apple fez questão de caprichar na tela. “A primeira tela Oled digna de um iPhone” explica Tim Cook, presidente da Apple. A nova tela batizada de “Super Retina HD” tem uma diagonal de 5,8 polegadas e uma resolução de 2436 por 1125 pixels, significativamente maior que no iPhone 7 Plus. Embora a densidade de pixels seja bem elevada, são 458 pixels por polegada, o “Super” acrescentado ao nome da tecnologia (já que no iPhone 7 Plus a tela se chamava “Retina HD”) pode também vir do altíssimo contraste de 1000000:1. O elevado valor para a proporção de contraste só é possível pelo abandono do LCD e adoção do Oled, já que na tela Oled cada pixel emite sua própria luz e os pixels que formam uma imagem preta simplesmente ficam apagados, enquanto no LCD todos os pixels, não importa a cor, refletem a luz do backlight. A nova tecnologia de imagem também é mais econômica e consumirá menos energia.

A tela é protegida pelo que a Apple garante ser o vidro mais resistente já utilizado em um smartphone. O mesmo vidro também protege a parte de traz do produto. Já as laterais são feitas de aço inoxidável, sendo toda a estrutura hermeticamente selada contra água e poeira.

A melhor tela que um iPhone já teve não poderia estar desacompanhada de excelentes câmeras. O iPhone X terá a frontal de 7 MP e a câmera dupla traseira de 12 MP. A novidade da câmera traseira, além da nova disposição vertical do sistema duplo de lentes, é o novo sistema de estabilização de imagens e o novo sensor, mais rápido que o anterior. Os vídeos podem ser feitos em resolução 4K em até 60 frames por segundo. Ou se preferir fazer vídeos em câmera lenta, há a opção de filmar em 1080p em até 240 frames por segundo, com possibilidade de utilizar o zoom óptico enquanto grava. A câmera frontal contará com a função TrueDepth que analisa mais de 50 movimentos musculares para que os Animojis, emoticons animados, reflitam os movimentos faciais da pessoa a utilizar o aparelho. Foram acrescidas também funções de iluminação que a Apple garante dar qualidade profissional aos selfies e o modo retrato que desfoca o fundo da imagem, ressaltando o rosto.

Uma das tecnologias mais inovadoras do novo produto é a função de reconhecimento facial. Com ele você poderá facilmente desbloquear e se autenticar utilizando o seu rosto. E para se adaptar às mudanças que o seu rosto sofre com o tempo e os diferentes adereços, chapeis e bijuterias que poderiam modificar a percepção do seu rosto pelo sistema, a Apple não só criou um software baseado em aprendizado de máquina e inteligência artificial como criou uma parte específica de seu novo processador (que na verdade é um SoC, System on a Chip) para essas funções. A nova tecnologia foi batizada de Neural Engine, uma alusão às redes neurais, um tipo de modelo computacional utilizado em inteligência artificial. O processador A11 Bionic, continua utilizando o conjunto de instruções ARM 64 bits, mas agora é fabricado com litografia de 10 nm. A GPU terá 3 núcleos e o conjunto demonstra uma larga vantagem em termos de velocidade quando comparado ao celular Samsung Galaxy S8 ou mesmo ao iPhone 7 Plus, ao serem testados utilizando o pacote GeekBench 4.





Outra grande inovação, já esperada para modelos anteriores, é o sistema de carregamento sem fio. Para utilizá-lo, basta colocar o aparelho acima do carregador ou estação e pronto, basta esperar. A funcionalidade é particularmente útil em bares e hotéis, onde nem sempre é cômodo compartilhar uma tomada.

O iPhone X contará com opções de armazenamento de 64 e 256 GB e poderá ser adquirido nas cores cinza-espacial ou prateado. O início das vendas em mais de 55 países acontecerá em 27 de outubro, e as entregas começarão a serem feitas em 3 de novembro.

Mas atenção, se quiser adquirir uma unidade antes de todo mundo, vai aí uma má notícia. O site do Wall Street Journal publicou uma matéria sobre como o processo de produção do novo sistema de reconhecimento facial criou um gargalo nas fábricas e, portanto, poucas unidades estarão prontas em novembro. Se quiser botar as mãos na novidade antes de todos, terá que contar com a sorte!

Por Lancelon de Souza Lima

iPhone X



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *