Cortana – Assistente de voz da Microsoft



  

Desde que os primeiros celulares inteligentes surgiram no mercado, uma das características que mais chamaram a atenção do consumidor foi a interação que os aparelhos ofereciam. Muito além de comandos básicos de voz, os aparelhos tinham a capacidade de impressionar o usuário com uma inteligência artificial jamais vista antes. Atualmente, os assistentes de voz conseguem entender uma variedade cada vez maior de comandos, e, em alguns casos, há a nítida impressão de que estamos conversando com nossos aparelhos. A Apple foi pioneira na criação de um assistente que foi muito além das expectativas. O Siri, como é conhecido, é um assistente engraçado, que consegue ter muitas respostas “na ponta da língua” e não deixa de ajudar o usuário da forma mais criativa possível.

Por outro lado, oGoogle também sentiu a necessidade de introduzir seu próprio assistente de voz, o Google Now, que também é bastante útil aos usuários de Android, apesar de não possuir uma personalidade tão viva quanto a do seu principal concorrente. Já a Microsoft demorou bastante tempo para entrar nessa brincadeira. Agora, com o lançamento do Windows Phone 8.1 a companhia apresentou seu próprio assistente, denominado Cortana, que promete bater de frente com o Siri da Apple.

Embora seja aproximadamente dois anos mais novo que seus concorrentes, o Cortana se sai surpreendentemente bem nas tarefas do cotidiano. Os fãs mais apaixonados da franquia Halo da Microsoft vão se identificar com o assistente, que é baseado no jogo. Infelizmente, o português brasileiro ainda não é o forte de nenhum dos assistentes atuais. Enquanto não há previsão de outros idiomas para o Siri da Apple, o Cortana deve receber suporte a outros idiomas em 2015.

Um diferencial do Cortana em relação aos outros é que, caso você marque algum evento com alguém na agenda, o assistente te lembra do evento ao receber uma ligação dessa pessoa. Apesar disso, no geral, todos os três assistentes fazem a mesma coisa.





Apesar da Microsoft ter se atrasado bastante na liberação de um assistente, ela o fez a tempo de concorrer em igualdade com as outras opções disponíveis no mercado.

Por Ebenezer Carvalho

Cortana

Foto: Divulgação



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *