Sugestões e Opiniões sobre Banda Larga Móvel e Qualidade de Serviços – Prazo Prorrogado



  

O segmento da telefonia móvel no Brasil tem crescido vastamente nos últimos anos, tanto que quase todos os brasileiros, numa média geral, possuem aparelhos celulares, desde adolescentes a idosos. Opções não faltam à população, tanto no que diz respeito às modalidades pré e pós-paga até operadoras disponíveis, como é o caso da Vivo, Tim, Claro e Oi.

Na medida em que o número de linhas se estende pela nação, aumentam também as reclamações contra as empresas responsáveis por gerir seus sinais. Por isso, a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) dispôs um canal pelo qual a população pode contribuir à melhoria dos serviços, desde que o consumidor acesse um formulário online à Consulta Pública 27 – abarca também banda móvel.





No princípio desta semana a Anatel decidiu prorrogar para até dia 15 do próximo mês as opiniões a serem colhidas. Reportagem do Estadão acena que a CP nº 27 tem em um de seus textos aprovados o estabelecimento de metas de qualidade para o acesso móvel à rede mundial de computadores, não cerceado na regulamentação anterior, uma vez que o serviço na ocasião ainda não existia no Brasil.

O Comitê de Defesa dos Usuários de Serviços de Telecomunicações (CDUST) e a Coordenadoria Estadual de Proteção e Defesa do Consumidor do Paraná (Procon-PR) foram os responsáveis pela solicitação e a estipulada prorrogação e publicada no Diário Oficial da União.

Por Luiz Felipe T. Erdei



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *